1. Spirit Fanfics >
  2. Relato Do Meu Parto - Yoongi >
  3. Relato Do Meu Parto - 1.

História Relato Do Meu Parto - Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem,voltando depois de muito tempo sem escrever,desculpa por ter apagado as outras fics,mas era algo pessoal,espero que gostem dessa. Beijos.


Desculpa qualquer erro de ortografia.

Boa Leitura.❤

Capítulo 1 - Relato Do Meu Parto - 1.


~ 5:40 am ~

     ~p.o.v S/N~

Sinto o aroma no ar,aquele cheiro era de Yoongi,era bom mas me entristecia ao senti-lo,pois ele usava esse perfume para ir trabalhar todos os dias de manhãzinha,queria que ele não precisasse fazer isso,ficasse comigo pelo menos agora,mas infelizmente esse meu desejo não poderia ser atendido,ou então não teria sustento para casa.

-Tchau meu amor.- Ele beija minha testa,com pressa por achar que estava adormecida.

-Amor,você vai voltar mais cedo hoje?.- Abro os olhos vendo ele fechar sua mochila.

-Dependendo das atividades de hoje minha vida,mas pelo cronograma sim,felizmente voltarei mais cedo,okay?Não se preocupe.- Ele põe as mochila nas costas,logo em seguida pegando sua toalha molhada em cima da cama.

-Tudo bem.- Tento pensar positivo.

Com dificuldade de virar pelo meu barrigão que agora carregava,Min Eun,viro para o outro lado agora da parede,ouço passos do mesmo voltando da varando depois de estender a toalha.

-Eu comprei seu cereal favorito,hm?.- O mesmo suspira,deitando na cama de frente pra mim.

-Eu vou ficar bem,eu só tenho medo,de você não estar aqui e não conseguir assistir o parto.- Me entristeço,quero muito que ele esteja lá para ver Eun nascer.

-Eu vou estar okay?.- Ele agora olha em meus olhos passando a mão em meus cabelos negros.

Concordo com a cabeça e ele sorri,aquele sorriso gengival tão doce.

-Ei pequena,espere o papai,viu?.- Ele diz todo bobo,colocando um de seus ouvidos em minha barriga,acaricio seus cabelos lisos,que agora castanhos.-Sim papai.- Imita supostamente como seria a voz da pequena Eun,sorrio boba.

-Melhor você ir,vai se atrasar.- Ele me dá vários selinhos.

-Eu prometo tentar voltar o mais rápido possível.- Yoongi me dá o último selinho e se levanta ainda com a mochila nas costa,vai direto para a cômoda pegar seu celular,manda um beijo no ar e sai.

 

 

~8:23 am.~

 

Consegui dormir bem pouco depois que Yoon saiu,estou preocupada.

Tento levantar mas posso sentir uma pontada na barriga muito grande,gemendo de dor,não era como as outras dores era uma dor diferente.

"Calma meu amor, lembra do que o papai falou pra você?...hm?" falo em vários sussurros,tentando respirar com a dor que não aguentava. "só algumas h-horinhas,pensa bem.." respiro outra vez sussurrando,sentindo outra pontada,apertando os olhos com força sentindo a dor se manisfestar constantemente,levantando rapidamente.

-Tá legal Eun eu já entendi,eu já..entendi.- Pego meh celular em cima da cômoda,discando o número de meu marido.

 

Depois de mais ou menos 5 tentativas de caixa postal resolvo ligar pra minha mãe. 

 

-Mamãe?.- Questiono retoricamente.

-Sim querida?.- Sua voz estava extremamente preocupada.

-Mãe estou sentindo muitas dores,e o Yoon não atende!.- Falo desesperada.

-Calma,relaxa estou indo pra í okay?.- 

-Vem logo,mãe tá doendo.- Exclamo quase entre choro de dor,pondo minha mão em minha barriga enorme.

Desligo o telefone voltando para cama,mas sou interrompida por um líquido caindo em minhas pernas,deixando minha camisola molhada.

"nananão" penso, sendo tarde demais.

Começo a chorar de desespero "por que agora Deus?Por quê???",não só porque a dor se intesificava mas porque Yoon,não veria o nascer da Eun.

-Yoongi por favor venha logo..-Sussuro.

 

 

-Relaxa vai dar tudo certo okay?.-Minha mãe me dizia já no carro,minha ansiedade batia mais alto,e eu estava com medo.

-M-mãe o Yoongi.-Falo pela trigésima vez no dia seu nome.

-S/N,minha filha você precisa ter calma!.-Concordo respirando.-Uma coisa de cada vez.-

 

¤t e m p o s    m a i s    t a r d e.¤

 

 

Eu já me encontrava no hospital,minha mãe me havia trago,e eu estava deitada na maca,as contrações haviam parado,graças os medicamentos contra algumas dores precoces,quando cheguei aqui estava com 7 cm de dilatação,e logo logo Eun poderia vir ao mundo,uma coisa que não consigo imaginar sem meu marido aqui.

-Mamãe,e ele?.- Me preocupava,muito fraca estava minha voz.

-Filha eu não vou mentir não faço a mínima pois o mesmo não atende,mas fica tranquila,que ele virá.

Isso não me deixou calma.

 

~p.o.v Suga.~

 

Eu estava no estúdio com o RM e o J-hope desde o começo do dia,e se processo não demorasse já já estava eu liberado para ir para casa.

Hoje como não de costume estava meio avoado pensando em Eun e S/N,precisava terminar logo e já fazia tudo cagado,então nunca ficava bom.

 

Decidimos dar uma pausa e nisso eu aproveito para ir ao banheiro,mas antes pego meu celular e assim que o olho vejo muitas ligações perdidas da minha esposa e minha sogra.Entro em choque,começando  imaginar que ela pode já ter nascido ou estar nascendo neste exato momento.

 

-Meninos,eu não posso ficar mais,eu tenho que ir agora!.- Digo apressado pegando minhas coisas. 

-Ué por quê?.- RM pergunta.

-S/N precisa de mim agora,ela me ligou muitas vezes e a mãe dela também,ela pode ganhar a Eun a qualquer momento.- J-hope da espaço para eu passar correndo sem muitas explicações. 

■Sogra.

•Onde vocês estão?                            ✅✅

•Estamos no hospital,já irão medir daqui a alguns minutos a próxima dilatação dela,ela estava com 7cm de dilatação,precisa correr.                  ✔✔

•Não vai demorar muito estou a caminho.                          ✅✅

 

 

¤ q u e b r a     d e     t e m p o. ¤

 

Cheguei lá no hospital,S/N estava sentada de costa pra porta,com a cabeça encostada na maca,em cima de uma bola de fazer exercícios grande azul,respirando fundo,gemendo baixinho.Isso partiu meu coração,queria poder fazer algo,mas isso é a natureza dela,não posso fazer nada,e eu sinto muito por isso. Me aproximo dela,ela vira e posso ver seu pequeno sorriso ladino,por conta da dor,se formar em seu rosto. 

-Yoon,você chegou.- Sua voz era falha e baixa.

-Sim,viu falei que chegaria a tempo.-

-Estou com medo.- A palavra medo quase não sai,por conta da fraqueza nela.

-Relaxa eu tô aqui vai dar tudo certo hm..relaxa...-Faço massagem pra ela nas costas. 

Aquele momento pra mim,era coisa mais horrivel,não achei que seria tão forte assim ver minha esposa sofrendo antes do parto,sabia que ela sofreria mas não desse jeito.A cada gemido que ela dava uns altos outros baixos,e outros quase como sussurros,meu coração apertava de dó.Ela rebolava naquela grande bola de ginástica,para fazer exercícios para seu quadril,eu a ajudava no que podia.

-Compre por favor uma água?.- Peço para mãe de S/N.Ela apenas concorda e vai,enquanto continuo ajudando S/N.-Respira meu amor...isso bem profundamente.- Sereno digo a ela.

-Aanww.- Sussura um gemido choroso.

-Shii,calma,calma.- Pego seu cabelos negros tirando de seu pescoço dando um beijo naquela região.

-Aaanw,a-anw.-Agora um pouco mais alto.Ela não falava apenas gemia de dor.

Sua mãe chega com a água. 

-Tome Yoongi.-Ela me dá o troco do dinheiro da água,pego sem demora,assim acompanhado do copo descartável,ponho a água no copo,e ajudo a S/N a beber.

-Pronto..-Continuo acariciando seus cabelos.

Ela parece sentir pontada,gritando de dor me assustando,os médico colocam ela na maca. 

Fazendo rapidamente na mesma dilatação,ela faz uma careta de dor.Distruibuo beijinhos em seu rosto.

 

-Relaxa,hm?.- Falo tentando a tranquilizar.- Vai dar tudo certo.-

-Vamos o parto não pode esperar já está com 10cm de dilatação.- S/N,arregala os olhos desesperada e eu...

 

 

▪continua..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...