História Relatórios de Sebastian - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 319
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela, Survival
Avisos: Canibalismo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Relatório 02


 ["Então, senhor Schoemberger, como foi o primeiro dia?"]

Eu que pergunto isso para vocês. Como foi? A doença está se espalhando! Vamos mandar um míssel lá e erradicar o vírus. Sei…

["Por favor, responda…"]

Eu não quero e não vou.

["Para o seu próprio bem, prossiga"]

Já te disse que…

[Passos apressados e um grito assustado e doloroso]

["Caso permaneça rebelde, iremos dar outro choque, Sebastian"]

E-está bem. Se não me engano, eu e Lydia estávamos no colégio e um doente entrou correndo no pátio e dilacerou a primeira pessoa que encontrou: um colega meu. Todos começaram a gritar, correr e tentaram fugir. Mas não havia apenas um comedor de carne. Eles estavam escondidos nas sombras, aguardando suas vítimas passarem desesperadas e depois, pulavam em cima dela a fim de se alimentar.

Somos irmãos, certo, mas não ficamos juntos no intervalo. Eu procurei por ela no meio daquela multidão. Estava quase chorando por não vê-la em nenhum canto.

O diretor estava nos guiando para o refeitório, lugar onde os policias se encontravam. Os tiros às vezes erravam e acertavam os alunos, um ou outro caindo morto. Os pais também estavam ali, ansiando ver seus filhos.

Os meus me abraçaram no meio daquele caos. Me encararam e perguntaram: "Onde está Lydia?". "Não sei. Não sei". Era doloroso demais pronunciar aquelas palavras… Eles choraram comigo, porém não tínhamos tempo para isso.

Enquanto éramos levados até um ônibus, vi minha irmã na fila, aguardando com os olhos arregalados de puro terror. Conseguimos alcançá-la e entramos no veículo que acreditávamos ser nossa salvação.

["Mais alguma coisa?"]

Não.

["Para onde vocês foram levados?"]

Longe. Uma prisão. Até os presidiários estavam com medo e não fizeram nada com os recém chegados. Quanto mais gente, melhor.

["E quanto tempo vocês ficaram lá?"]

Três dias.

["Por quê? O que aconteceu?"]

Já falei que contarei um pouco de cada vez. Vocês ficam bastante ansiosos.

 ["Término do Relatório 02"]


Notas Finais


Obrigada por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...