1. Spirit Fanfics >
  2. Relaxation of sadness >
  3. Como explicar?

História Relaxation of sadness - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


eu e um(a) amigo(a) a gente trouxe pra vocês esse bem bolado, curtem ai

Capítulo 1 - Como explicar?


Olá, meu nome é Bryan -tosse- eu tenho uma vida muito ruim, até porquê sou mais um adolescente nessa bagaça, to na minha décima segunda punheta do dia porque não tenho nada pra fazer, só tô imaginando a kpopper da minha sala vendo aquelas fanfic do jimin, ela é uma gostosa, mas ela não repara em mim, vou me matar.

-BRYAN!

Agora que eu percebi que estou atrasado pra escola e minha mãe ta me chamando enquanto estou fingindo ter um canal no youtube falando sobre kpoppers. -Eu realmente não sei o que fazer da minha vida-.

-Sim, eu sofro por ser virgem com 14 anos, como soube? Apenas fico vendo minha vizinha de 80 anos se trocar no banheiro dela porquê é a única coisa que tenho pra ver, meu medo é entrar em um site pornô e ter um vírus do sonic pelado.

-BRYAN! Acorda seu viado-

-O que ta acontecendo?

-Você ta meia hora aqui dentro da perua e  nem falou comigo seu merda.

-Ata -Esse é meu "amigo" Wesley eu só falo com ele pra ter cards do álbum de figurinhas do carrossel- desculpa eu tava pensando em outra coisa.

-Ta pensando na Marjore né?

-O que? -Que porra é Marjore?-

-Aquela nova menina que gosta de BTS na nossa sala.

-Verdade né Wesley? Tinha esquecido do nome dela -Como que pode um ser na terra gostar de uma muié sem saber o nome dela? Assim nunca vou pegar ela-

MEIA HORA DEPOIS•

-Aaaaaii ~voz tremida~

-Que porra é essa Wesley?

-Eu to vendo um anjo...

-Quem?

-Aquela menina ali...

-Aquela menina que tem um CC do caralho porque nunca lava o cabelo? -Pera, isso não fez sentido-

-É... 

-Esse viado nem me escutou-

-É a Josefina?

-Sim...

-Porquê tu gosta dessa biromba?

-Ela é diferente sabe? Tem cabelo colorido, piercing, usa roupa preta, tem cabelo curto...

-Uau, igual a todas essas maria shampoo daqui.

Sinal da escola bate•

-Espero ver ela no inter...

-Cala a boca gado.

-Agora que eu tô entrando na sala percebi que não sentou ninguém perto da... esqueci o nome de novo, que merda, vou sentar do lado dela logo-

Wesley senta do lado de Bryan•

-sussurrando- Sai daqui Wesley.

-sussurando- Porque?

-sussurando- Quero falar com a mina.

Wesley sai da carteira•

-Ela ta mexendo no celular vendo essas fanfic, tenho CERTEZA! Ela deve tá batendo siririca com a mente-

-Ta olhando o quê?

-VISH ELA ME REPAROU FINALMENTE VOU PARAR DE FOGO NO CU E NÃO POSTAR MAIS QUE MINHA VIDA É UM LIXO E NÃO VOU SER MAIS VIR...-

-EI! To falando com você sabia?

-Desculpa, tava distraído...

-Porquê ta me olhando desse jeito?

-Que jeito?

-Malicioso...

-Ah, é nada gos...

-Gos?

-Nada não...

-Ta bom né.

-resmungando- Como você é um merda cara, sou um lixo meu, vou colocar minha foto do bart triste de novo no zap.

-Oi?

-Nada não...

Garota se levanta e vai para a carteira mais longe•

-Vou ouvir meu xxxtentacion...-

•Professora entra na sala•

-Essa é a professora de matemática, já vi ela usar cocaína aqui dentro da sala e não faço a mínima ideia porquê, e ela não passa nada pra gente e no facebook diz que faz seu trabalho como professora com amor, então eu só fico pensando que sou um protagonista de uma história enquanto fico na aula dela-

-Minha história é o seguinte, eu morei minha vida toda na casa da minha avó, porque meus pais se separaram e meu pai só fica com a madrasta e a filha dele (que por sinal só é um ano mais nova que eu), então eles ficavam indecisos e minha mãe ia trabalhar e me deixava com minha avó, mas ela sempre pagou minha avó. E agora que estou maior eu voltei a morar com minha mãe e isso tá sendo estranho




Notas Finais


Vocês caíram na pegadinha do malandro, não tem nada de sério e nem triste, agora se quiserem ler as coisas que eu e meu(minha) amigo(a) escreve, é o gosto de vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...