História Rematch(Book 2) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Aventura, Baby, Bangtan, Bts, Daddy, Drama, Suspense, Taehyung
Visualizações 47
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AEEE, voltei, bb's.

ஜ Avisos ஜ

ಌ Esse livro não terá nem data e nem hora fixa para postagem dos capítulos; então esperem a qualquer hora.
ಌ A maioria dos capítulos, serão bem maiores que os da primeira temporada.
ಌ Esse livro, apresentará um tipo diferente de história; com mais adrenalina, suspense e essas coisas.
ಌ Esse capítulo é uma junção de prólogo(apresentação) e de capítulo da fic.

OBS: Se ainda não leu a primeira temporada, leia-a, é necessário para o entendimento desta história.

ஜ Boa Leitura ஜ

Capítulo 1 - A explicação de tudo e O Desconhecido


Prólogo
   Depois de um ano casada com aquele que eu pensava ser o amor da minha vida, peço o divórcio. Meus amigos me julgaram, dizendo que eu estava sendo injusta, mas sei muito bem que ele não se importa mais comigo, apenas com seu trabalho.
  Não sei em que momento tudo aconteceu, mas foi tão rápido. Vi seus olhos lacrimejarem minimamente e ele assentir, dizendo que entendia meus motivos. 
  Tenho que admitir, Kim Taehyung amadureceu muito. Eu ainda o amo, mas não adiantava continuar casada com uma pessoa que só pensa em trabalhar e nunca está em casa.
  Agora, comprei uma casa para mim, onde moro sozinha. Sempre vou visitar Bonnae e Jungkook, aproveitando para ver a linda filha que os dois tem.
  Jackson e Chaelin continuam juntos, mas somente namorando. Eles se amam, todos sabem, mas nenhum dos dois querem assumir algo tão sério, como casamento.
  O trio louco[N/a: MDS kk], se separou, mas ainda são melhores amigos. Uma coisa que eu acho linda, é quando um casal rompe, mas continua a amizade....pena que não posso dizer o mesmo de mim e o Taehyung, já que nem mantemos mais contato.
  Eu o Tae assumimos a empresa de nossos pais. Os pais do Taehyung morreram no final do ano passado, então, depois de ele superar -Oque foi bem mais rápido que eu, quando meus pais morreram -, ele assumiu a empresa deles. Eu, depois de muita insistência dele, assumi a empresa dos meus pais também, que até então estava parada e quase falindo. Fizemos um curso de administração, para nos orientarmos melhor.Tenho que admitir, nos demos muito bem sendo presidentes de nossas empresas, mas eu, por outro lado, sabia administrar o tempo. Já o Taehyung, só sabia ficar na empresa, mal parava em casa..e esse é o tal motivo do divórcio.
  Mesmo sofrendo internamente, prefiro ficar longe do Taehyung, por que sei que sofreria mais esperando sua presença, algo raro de acontecer. Eu sei que posso estar fazendo ele sofrer e me arrependo, mas a felicidade de ambos importa e eu não tinha a minha.
   Por fim...prefiro continuar assim do que sofrer por um marido ausente. Espero que eu tenha feito a escolha certa e que não me arrependa.
CP.1 
  Depois de levantar -cheia de preguiça -, tomar um banho e passar uma make, coloco uma roupa que peguei no closet e saiu de casa, indo de encontro com a minha Lamborghini. Depois de dar a partida na mesma, vou dirigindo tranquilamente até a Global Jung's.
[...]

[ Local: Empresa Global Jung's]
   Após entrar na empresa, com o card de acesso, vou para o meu escritório, que é no último andar. Me sento na enorme mesa de vidro, que fica de costas à uma enorme janela de vidro, e começo o meu trabalho.
[...]

[9 horas depois... / Local: Residência de Jung Min-cha]
  Estou com uma dor de cabeça terrível e acho que deve ser pelas horas de trabalho. Depois de tomar um banho quente, vestir um babydoll e tomar um comprimido para dor de cabeça, me deito no sofá e passo a assistir Grey's Anatomy. Fico uns minutos assistindo, até que ouço meu telefone vibrar e o pego, vendo que é uma mensagem.
[KakaoTalk ON]
Unknown: Acho melhor você se cuidar, Jung Min-cha.
Me assusto ao ler tais palavras e decido responder.
You: Quem é que está fazendo essa brincadeira?! É você, Bonnae?!
Unknown: Sempre tão ingênua, né, Min-cha? Não direi quem sou, mas brevemente nos veremos.
Começo a sentir um medo crescendo em meu interior.

Deseja bloquear este número?

[ X ] Sim   [   ] Não

Você bloqueou Unknown

[KakaoTalk OFF]
 Depois de ficar pensando sobre quem possa ter me enviado as mensagens, que não sei se são brincadeiras de mal gosto, decido ligar para a Bonnae e ver se a mesma que está por trás destas mensagens estranhas.
[Ligação ON]
-Alô?
-Mi? Oque foi?
-Bon, você, por acaso, que me enviou aquelas mensagens?
-Que mensagens, Mi? - É, acho que não foi ela.
- Nada, esqueça. Boa noite. - Ouço ela murmurar um "boa noite", claramente confusa.
[Ligação OFF]
 Se não foi ela, quem poderia ser? Será que foi o Taehyung? Acho que não...mas só saberei se perguntar. Disco o número do mesmo, que atende no segundo toque.
[Ligação ON]
- Amor?... -Ele ainda me chama assim. Sorriu para o nada, enquanto o ouço pigarrear, assim que percebe o modo que me chamou. - Min-cha...oque houve, por que está me ligando?
- Você, por acaso, me enviou mensagens anônimas?
- Por que eu faria isso? - Pergunta rindo. - Não, não fui eu. - Responde mais sério, assim que percebe que não se trata de brincadeira.
- Você está na empresa? - Pergunto com uma ideia em mente.
- Não, estou em casa. - Será que ele acharia estranho eu pedir para ele dormir aqui em casa? Estou com medo desse tal desconhecido.
- Taehyung, sei que não somos mais casados e você não tem nenhuma responsabilidade em relação à mim... - Respiro fundo. -...mas será que poderia vir para minha casa e dormir aqui? É que eu estou com medo. - Digo sincera.
- Medo de que? - Pergunta em um tom preocupado. - Já estou indo, Min-cha. 
- Te conto quando chegar. - Digo em relação ao motivo do meu medo e ele murmura um "ok".
[KakaoTalk OFF]
  Permaneço deitada no sofá, até que escuto a campainha tocar. Será que é ele? Pode ser o tal desconhecido. Levanto e olho pelas cameras quem é, vendo o Taehyung. Suspiro aliviada e abro a porta, lhe lançando um sorriso tímido. Vejo ele me olhar de cima à baixo e morder o lábio inferior.
- E-entra. -Digo lhe dando espaço e o mesmo entra. Tranco a porta e me sento no sofá novamente. - Eu estou com medo de alguém que não conheço. -Começo a explicar e ele me olha com uma confusão bem nítida. -Eu estava aqui, depois de voltar do trabalho, quando recebo essas mensagens. -Digo mostrando à ele as mensagens que recebi.
- Não acha que pode ter sido a Bonnae? -Ele pergunta. Nossa, pensamos igual.
- Pensei a mesma coisa, então liguei para ela, mas ela negou. Depois de pensar, acho que nenhum dos meus amigos mandariam isso...não tem motivos para essas brincadeiras idiotas.
- Realmente...não tem mesmo motivo. -Diz ele, concordando.
- E se for uma ameaça? -Pergunto, ainda pensando nessa possibilidade, que é a principal.
- Você bloqueou o número? -Assinto. -Então não vai ter como continuar te ameaçando, se for isso que querem fazer. -Assinto, tentando ficar mais calma.
- Quer assistir algo? -Ele assente e eu levanto, indo pegar o controle, que estava na mesa de centro e acabando por empinar um pouco o meu traseiro em sua direção. Volto a minha postura normal, depois de pegar o controle, e me sento.
-Isso foi provocação? -Pergunta rindo.
- Claro que não, só peguei o controle. -Digo rindo e ele assente desconfiado. -Oque quer assistir, Taehyung?
- Para de me chamar pelo nome, parece que estamos brigados. -Rio.
- Okay, Tae. -Digo dando ênfase no seu apelido e ele ri.
- Quero um filme de terror. -Diz sorrindo sacana.
- Ah, não, você sabe que eu tenho medo. -Choramingo manhosa.
- Ah, por favor, bebê. -Olho pra ele com cara de "Sério que me chamou de bebê?" e ele ri. -Por favor, você sabe que eu amo terror.
- Você ama é que eu me agarre à você, por conta do medo. -Digo e ele ri sacana.
- Isso também. -Diz sacana e eu rio.
- Idiota. -Digo.
- Chata. -Ele rebate rápido.
- Irritante.
- Mandona.
- Retardado.
- Linda.
- Lindo.
- QUE? -Perguntamos em uníssono e rimos.
- Vou colocar esse aqui, se chama O Chamado. -Ele assente e eu aperto o play.


Notas Finais


ಌ Voolteeei!
ಌ Eu sei que falei que só voltaria em dezembro, mas abriu uma brecha.
ಌ Comentem nessa joça!

ஜ Beijos da Unnie ஜ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...