História Remix of suffering - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Yo pessoinhas! Exatamente isso... CAPITULO EM PLENO DIA! Era pra sair na madrugada como sempre... Mas não tinha mais nada pra fazer agora de tarde, então fiquem com o capítulo!

Nesse capítulo é apenas um comprimento para o anterior como é óbvio. E dando uma leve focada na amizade do Natsu e da Erza!

Então espero que gostem!

Boa leitura!

Capítulo 15 - Enquanto as estrelas existirem...


Fanfic / Fanfiction Remix of suffering - Capítulo 15 - Enquanto as estrelas existirem...

A sala inteira ficou no mais puro silêncio... Jude mantinha o seu sorriso e Gray observava tudo calado. Já com Natsu era bem diferente... A máscara poderia esconder mas pode de baixo mesmo o rosado estava com a boca aberta, olhos arregalados e com as mãos suadas... Era sério isso? Jude Heartfilia um dos homens mais ricos e poderosos do mundo, estava oferecendo um contrato numa gravadora? E principalmente... O chamando para ser um acionista? Ok... Provavelmente em um dos seus pulos no palco ele deve ter caído de cabeça e desmaiado e tudo isso é um sonho.

 

Jude – Então garoto? Qual sua resposta? – Perguntou o homem sorridente se sentando calmamente em sua cadeira.

Natsu – Isso é sério? Você tá me oferecendo um contrato e parte da empresa? – Perguntou estático, ele não conseguia mexer nenhuma parte do corpo a não ser sua boca.

Jude – Mas é claro que é... Se tem uma coisa que não brinco nessa vida são com meus negócios – Disse colocando as mãos sobre a mesa.

Natsu – É... Não sei o que dizer – Foi tudo o que disse, enquanto aos poucos assimilava o que acabou de acontecer – O que você acha? – Virou rapidamente para Gray que até então se encontrava em silêncio.

Gray – Já teria aceitado a muito tempo – Disse cruzando os braços e olhando para ele – Isso vai ser muito vantajoso para nós... Uma gravadora irá aumentar ainda mais o seu alcance – Coçou o canto da boca – E também... Você vai começar a ganhar muito dinheiro, precisamos de um motivo dessa renda – Voltou sua atenção ao mascarado.

Natsu – É você tá certo... – Disse e voltou sua atenção ao homem mais velho – Certo... Aceito a oferta – Disse de maneira firme.

Jude – Muito bom ouvir isso – Abriu ainda mais o seu sorriso – Mas antes... Tenho uma condição para isso – Voltou a ficar sério, criando um clima tenso na sala – Quero saber com quem estou negociando... Então se puder tirar a máscara o nosso acordo está selado – Cruzou as mãos e olhou seriamente para o garoto.

E novamente um silêncio tomou conta do local... O clima repentinamente ficou tenso e tudo que era possível ouvir era a respiração do trio. Desviando calmamente seu olhar para Gray, viu o olhar do moreno que dizia “A escolha é sua”.

Natsu – Isso vai ficar aqui? – Perguntou olhando para Jude.

Jude – Se depender de mim, com certeza... O seu marketing é justamente o mistério da sua identidade, revela-la seria péssimo para o plano da minha gravadora – Prometeu o homem escorando as costas lentamente na cadeira.

Dando um longo suspiro Natsu levou sua mão lentamente até o capuz que usava, tirando-o calmamente. Em seguida tirou a máscara que cobria sua boca... Respirando novamente, vendo que não havia outra alternativa, retirou a parte de cima da máscara revelando seus olhos... E por fim, a peruca que deu lugar aos seus cabelos róseos.

Assim que tudo foi retirado o rosado pois os acessórios em cima da mesa e bagunçou seus cabelos.

Natsu – Pronto, esse é o Ashen One – Disse abrindo os braços e jogando as costas contra a cadeira.

Jude – Você não é o bolsista da Fairy Tail? O garoto nota dez – Disse um pouco surpreso com a identidade do DJ misterioso.

Natsu – Eu mesmo, Natsu Dragneel... O nerd da escola – Riu coçando a nuca.

Jude – Sim, esse mesmo... Conheço sua fama, Makarov sempre me conta sobre os melhores alunos quando vamos discuti o patrocínio do time de basquete da escola – Coçou o queixo – Me surpreende que de todos os alunos possíveis fosse logo você o DJ misterioso – Voltou a cruzar os braços.

Natsu – Até eu me surpreendo as vezes – Riu timidamente – O garoto nerd que sofre bullying e um pobre fodido – Coçou o olho e suspirou. – E nos tempos vagos é um DJ misterioso que praticamente todos amam... Vida boa, não acha? – Perguntou sarcasticamente.

Jude – Sinto muito... Como patrocinador e idealizador das bolsas de estudos, sei da história de cada um de vocês que tem... A sua não é diferente – Engoliu a seco – Sinto muito pelo seu tio – Disse com um olhar triste.

Natsu – Obrigado... Mas já faz muito tempo – Coçou a bochecha e novamente suspirou.

Jude – Imagino quão difícil foi se manter sozinho durante todos esses anos... Me surpreende você não ter entrado para a criminalidade. – Disse olhando fixamente para o rosado que apenas riu.

Natsu – Por muitas vezes me perguntei o porquê não entrei... Talvez porque não sei atirar com uma arma de verdade? Pode ser – Riu – Mas o principal é que foi justamente a eletrônica que me tirou desse mundo... Passava horas e mais horas fazendo músicas e isso tirava todo meu tempo livre... Quando fui ver era escola, trabalho, música... Escola, trabalho, música... E por aí vai – Suspirou – Meu sonho era seguir uma carreira de DJ, mas tinha medo de rejeitarem minhas músicas – Olhou para Gray – Esse idiota aqui me abriu os olhos... De maneira trairá, mas abriu – Disse soltando uma risadinha que foi retribuída por Gray – Se hoje estou aqui em frente a você é graças a ele – Terminou apontando para o Fullbuster.

Jude – Fez bem, seria um talento enorme desperdiçado – Parabenizou olhando para Gray que acenou positivamente.

Gray – Sempre falei isso pra ele... Precisei lançar as músicas pelas costas dele pra finalmente cair a ficha – Riu se lembrando do dia em que fez o ato.

Natsu – Como falei... Trairá mas foi por uma boa causa – Disse rindo junto a Gray – Bom... É isto... Acho que não tenho mais nada para dizer sobre mim – Voltou sua atenção ao Jude – Se tiver alguma dúvida minha ficha escolar está nas mãos do senhor – Disse limpando um pouco de suor que descia da sua testa.

Jude – Não... Não precisa – Cruzou os braços – Sei que é um garoto de coração nobre... Não preciso ler uma ficha inteira pra perceber isso, seu jeito já diz tudo – Se levantou da cadeira e olhou seriamente para o garoto – Vou te ajudar no que possível pra manter seu segredo e principalmente, te levar ao topo dos melhores – Estendeu a mão para o rosado.

O mesmo ficou parado por alguns segundos, olhando para a mão de Jude... Era meio difícil imaginar que isso estava acontecendo ainda... Mas abrindo um largo sorriso ele se levantou e apertou a mão do homem mais velho, selando o acordo de ambos.

Jude – Você não vai se arrepender garoto – Disse de maneira firme.

Natsu – Nem o senhor – Disse da mesma maneira.

...

Natsu e Gray se encontravam agora dentro do carro do Fullbuster. Haviam acabado de sair dos arredores da praça, mas mesmo assim era nítido a enorme movimentação de pessoas nas ruas indo para suas casas... Todas felizes e animadas com o show que acabava de acontecer naquela praça que ficara marcada para sempre na memória de todos, inclusive da memória do Natsu.

Já estava de noite as ruas iluminadas pelos postes de luz e a própria lua, o tempo bem sereno e gostosinho era bem acolhedor...

Enquanto Gray dirija rumo a casa do Dragneel, o mesmo estava com a cabeça apoiada no vidro na janela e fitando as ruas movimentadas da cidade... E tudo com um sorriso bobo no rosto... Mal acreditava que aquele tanto de gente gritou por ele, foi até seu show e principalmente... Que ele realizou seu sonho.

Mas outro sonho tomou conta do lugar do anterior... Se tornar o maior DJ do mundo e levar sua gravadora ao topo junto com ele. E ele iria realizar esse sonho, mesmo que se custa anos de sua vida!

Gray – Como se sente? – Perguntou o moreno com um sorriso enorme no rosto.

Natsu – Acho que não existi palavras para descrever como me sinto – Disse rindo sem tirar os olhos da rua. – Tudo que consigo pensar é que a algum tempo atrás era um cara normal, nerd e idiota que fazia músicas e deixava mofar no computador... Hoje carrego uma identidade secreta de um DJ foda, amado por praticamente toda cidade, onde seus hits são sucessos. E agora um acionista de uma gravadora – Abriu os braços retirando a testa da janela e olhando para seu amigo – Isso é surreal – Completou rindo nervoso.

Gray – Nem me fala – Riu da mesma maneira – Era um garoto normal e hoje sou assediado pela imprensa, fãs e empresários... É muita responsabilidade e ao mesmo tempo algo incrível – Disse parando o carro em frente ao sinal vermelho – E você sabe...

Natsu – Sei – Riu voltando sua atenção para rua – Isso é apenas o início...

...

Depois de vários minutos dentro do carro finalmente Natsu havia chegado em casa. Estava agora andando pelo corredor do prédio onde morava, indo em direção seu apartamento... Onde Erza o esperava, já que a mesma havia ido embora com Jellal, Cana, Sting e Juvia.

Depois de alguns segundos caminhando finalmente chegou em frente à sua porta, abrindo-a rapidamente ele adentrou seu apartamento e sem nem mesmo ter a chance de fechar a porta, viu um vulto vermelho pulando em cima de si, circulando sua cintura com as pernas e o abraçando com força enquanto gritava histericamente.

Erza – VOCÊ FOI INCRÍVEL! – Gritava a ruiva sem parar enquanto pulava sem parar no colo do Dragneel que não tinha reação nenhuma, além de tentar se manter em pé...

Natsu – Er, Erza se acalma – Pediu tento dificuldade para ficar em pé, mas por sorte conseguiu fechar a porta atrás de si.

Mas parecia que ele falava em Russo, já que Erza continuava o apertando e pulando em parar.

Sem ter opção o rosado se encaminhou calmamente até o sofá com todo o cuidado, já que a cada pulo da ruiva era uma chance de ambos darem de cara no chão. Assim que chegou até seu objetivo em um movimento rápido abraçou a ruiva e se jogou no sofá, junto a ela.

Fazendo assim a seguinte cena... Natsu deitado no sofá e Erza deitada em cima dele. A mesma havia parado de pular e gritar, e agora estava com a cabeça deitada por cima do peito do Natsu com sua respiração ofegante.

Natsu por sua vez olhava fixamente para o teto e com um grande rubor nas bochechas... Já que né, uma garota estava por cima dele... Uma garota linda e sedutora.

E ambos ficaram nessa posição por vários minutos em silêncio... Até que Erza quebrou o silêncio...

Erza – O show foi incrível! – Elogiou levantando a cabeça, apoiando os braços no peito do Dragneel e olhando diretamente para os olhos do garoto.

Natsu – Obrigado... De verdade, tudo que fez por mim até agora foi sensacional... Não digo só com as roupas, cabelo e essas coisas... Digo isso pela sua amizade, apoio, honestidade e fidelidade – Olhava atentamente para os lindos olhos da Scarlet que escutava tudo com um enorme sorriso – Você e o Gray foram as melhores coisas que aconteceram na minha vida – Complementou com um simples sorrisinho no rosto.

Abaixando rapidamente o olhar a ruiva se manteve em silêncio por longos segundos... Algo que deixou o Dragneel preocupado, será que ele tinha falado alguma merda? Antes mesmo de pensar em perguntar sobre isso, viu a ruiva ser mais rápida e contornar seu pescoço com os braços e afundando o rosto na curva do seu pescoço, em um simples e amoroso abraço.

De começo Natsu ficou surpreso... Mas em poucos segundos contornou a cintura da ruiva com os braços, intensificando o abraço e levanto calmamente sua mão esquerda aos cabelos da garota e fazendo um cafuné nele.

Erza – Lembra o que eu falei quando cheguei aqui? – Perguntou ainda com o rosto na curva do pescoço do garoto – Que íamos nos dá muito bem? – Indagou e recebeu um breve “Sim” do rosado – Então... Me enganei profundamente – Disse e na mesma hora Natsu arqueou a sobrancelha sem entender o que ela quis dizer com isso. – Não existe palavras para descrever o quão conectados estamos! – Disse retirando seu rosto da curva do pescoço do Natsu e olhando diretamente para os olhos deles – Nascemos um para o outro... Pra se apoiar quando necessário e contar sempre com um de nós! – Passou a mão pelo olho, em uma tentativa para não chorar... Mas falhando miseravelmente, já que logo as lagrimas começaram a descer pelo seu rosto. – Você é o melhor amigo que tenho... E que para sempre vou ter – Encerrou se sentando sobre a barriga do Dragneel e começando a limpar as lágrimas – Porra, não paro de chorar – Riu em meio as lágrimas.

Soltando uma risada abafada o Dragneel levou suas mãos até o rosto da garota e calmamente limpou as lágrimas dela.

Natsu – Sei como se sente... – Disse com um singelo sorriso de canto – Olha... Quero te mostrar um lugar... Quer vim? – Perguntou terminando de limpar as lágrimas da Scarlet e vendo-a confirma – Então vamos...

...

Erza – Pra onde estamos indo? – Perguntava a garoto que se encontrava de olhos fechados e com Natsu a guiando, segurando sua mão.

Natsu – Calma, já estamos chegando... – Avisou com um largo sorriso no rosto.

A dupla andava calmamente pelo corredor do prédio onde moravam... Erza não entendia o porque de tanto mistério, já que tudo que eles fizeram foram subir vários lances de escadas e andar para frente.

Depois de um tempo caminhando finalmente pararam em frente uma porta que tinha um aviso enorme escrito

“NÃO ENTRE PARA SUA SEGURANÇA!”

Ignorando completamente o aviso, Natsu abriu a porta e segurando a mão da ruiva passou pela mesma.

Natsu – Pronto, pode abrir os olhos – Disse e na mesma hora a ruiva os abriu.

A primeira coisa que ela viu foi uma vista privilegiada para a cidade... Não entendo onde estava, começou a olhar para os lados e notou que se encontrava no terraço do prédio.

Erza – Pensei que fosse proibido vim pra cá – Disse se virando para Natsu e vendo-o fechar a porta.

Natsu – Não é contra as regras se ninguém te ver – Riu se encaminhando até a ruiva e parando do seu lado.

Erza – Olha só... O nerd vive perigosamente – Disse sarcasticamente arrancando risada de ambos.

Natsu – Sempre que quero ficar sozinho e respirar um pouco, por minhas ideias em dia e fugir de problemas... Recorro a esse lugar. – Levou as mãos aos bolsos e fitou atentamente a cidade – Deito no chão e olho as estrelas e a Lua... Me fazem esquecer de tudo a minha volta, viajo para bem longe de todos meus problemas... – Soltou um breve suspiro de cansaço – Esse é o meu porto seguro, vamos assim dizer... – Riu e desviou seu olhar para o céu.

Erza -Entendo – Abriu um sorriso triste – Também tinha um porto seguro na minha cidade... Mas logo descobrir que de seguro não tinha nada – Olhou para o céu, ficando da mesma maneira que o garoto. – Porque me trouxe aqui? – Perguntou sem tirar os olhos das estrelas.

Natsu – Acho que esse é o melhor lugar para falar sobre isso – Desviou seu olhar para ruiva, fazendo ela fazer a mesma coisa e ambos ficaram um de frente para o outro – Sua amizade é muito importante pra mim – Tirou sua mão direita do bolso e ergue o dedo mindinho para a garota – De baixo dessas estrelas, eu te prometo que enquanto a lua, estrelas e todo o universo existirem... Vou está sempre do seu lado, não importe o problema – Disse com o dedo mindinho erguido, fazendo a ruiva ter uma leve surpresa com tal promessa.

Erza – Natsu... – Arqueou ambas sobrancelhas em surpresa ao ato do garoto que continuava do mesmo jeito. Mas em questão de segundos um enorme sorriso apareceu nos lábios da garota e rapidamente envolveu seu mindinho com o do rosado, selando de vez suas promessas. – Prometo o mesmo – Disse de maneira firme.

Separando rapidamente seus dedos os dois se abraçaram e disseram ao mesmo tempo...

“Enquanto as estrelaras existirem, nossa amizade vai durar para sempre!”


Notas Finais


Que fofis kkkkkkkkk Sei que vocês pensaram que ia rolar beijo kkkkkk Calmem gafanhotos, isso ainda tá bem longe de acontecer... Apenas com a Erza kkkk

No próximo capitulo as garotas começaram a se introduzidas! Começando por duas! Então se preparem que a fic vai entrar no seu rumo e vai deslanchar até o fim! Esperem muita treta e romance que é duas coisas que focarei muito em fazer, além de aprofundar os personagens. E claro focar na carreira do Natsu! Então relaxem.

Espero que tenham gostado!

Comentem o que acharam!

VlwS2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...