História RENASCIDA - Capítulo 63


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 38
Palavras 513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Suspense, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 63 - 63


No centro do pátio, vinte Guardas Sangrentos das Sombras olhavam furiosamente para Sakura, que tinha uma expressão sarcástica. Ela ainda era tão nova, mas tinha falado em um tom tão descarado. Se não fosse pelo fato de que ela era a Princesa Consorte de seu Senhor, eles já teriam quebrado seu pescoço por ousar insultá-los.

Sasuke, que tinha percebido o estado de espírito dos Guardas, lentamente deu um passo adiante e disse com calma: “No futuro, ela será sua mestre.”

Aquela frase foi imediatamente respondida com uma aura de hostilidade e intenção assassina. Os vinte pares de olhos ficaram cravados em Sakura, não com respeito, mas com desdém e raiva.

Não, ela é desqualificada”, o líder da Guarda Sangrenta das Sombras, Neji, respondeu friamente.

Ao ouvir isso, Sasuke não falou muito. Ele apenas deu um passo para trás e olhou para Sakura com um sorriso.

Ontem, Sakura já achava que, sem seus poderes originais, seus movimentos e planos seriam restritos. Ela não podia confiar no Clã Haruno e no Clã do Ministro de Direita, pois, afinal, eles eram entidades separadas. Embora estivessem trabalhando juntos para benefícios mútuos, depois de um tempo definitivamente se separariam novamente para atender a cada um a seus próprios interesses.

Sakura pensava que só poderia fazer o que desejasse se tivesse um poder absoluto por conta própria.

Portanto, Sakura pediu um favor a Sasukee e ele também concordou em deixá-la no comando de suas honrosas forças.

Agora, era hora de mostrar suas habilidades e poderes. A fim de subjugar esses Agentes Secretos orgulhosos, que possuíam o poder sobre a vida e a morte das pessoas, o que ela precisava não eram palavras e louvores, mas uma amostra de poder e força absoluta.

Sem mais palavras desnecessárias. Com uma expressão apática, Sakura lentamente começou a colocar uma luva de seda prateada. Ela esticou a mão esquerda e depois torceu o dedo para os Agentes Secretos e disse, com um tom extremamente gelado: “Todos vocês devem me atacar juntos.”

Os rostos dos vinte agentes secretos escureceram instantaneamente com suas  palavras frias. Cada um deles era o principal assassino do Império Konoha.

Nenhum precisaria mesmo da ajuda do outro para assassinar uma pessoa. No entanto, agora mesmo, essa mera garota de treze anos realmente tinha a audácia de desafiá-los a atacá-la. Esta era definitivamente uma humilhação. Uma humilhação incomparável.

Examinando os rostos lívidos de todos os Agentes Secretos, um lampejo de desprezo brilhou brevemente nos olhos de Saira.

Já que vocês não se moveram, então não me culpem por ser a primeira a derramar sangue.” Sua voz fria ainda estava ressoando no ar enquanto seu corpo voava para frente, rápido como um raio.

Sua velocidade não era muito rápida, mas ela já havia aparecido antes deles em um instante.

Neji resmungou friamente quando a viu. Ele nem sequer desembainhou a espada na mão e disparou diretamente para Sakura, apontando as mãos para a parte vital de seu peito.

Inesperadamente, Sakura nem tentou evitar seu ataque. Suas mãos, usando as luvas de seda de prata, tocaram a bainha de sua espada. Então, com a ponta dos dedos, de repente se jogaram para frente de uma posição totalmente inesperada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...