1. Spirit Fanfics >
  2. Renovando algo novo - Hilda e Trevor (Netflix) >
  3. Um Lugar Silencioso (Parte 2)

História Renovando algo novo - Hilda e Trevor (Netflix) - Capítulo 4


Escrita por: Totovix

Notas do Autor


Boa leitura!

Esse vai ser um pouco mais curto, mas isso não significa que não foi feito com dedicação, eu já estou fazendo o outro capítulo, então, eu espero que gostem desse também.

Capítulo 4 - Um Lugar Silencioso (Parte 2)


Fanfic / Fanfiction Renovando algo novo - Hilda e Trevor (Netflix) - Capítulo 4 - Um Lugar Silencioso (Parte 2)


Assim que Hilda e Trevor saíram, eles começaram a procurar os cogumelos, e falharam miseravelmente, eles pararam em frente a pracinha, onde eles haviam brigado pela primeira vez. -Ei, lembra de quando brigamos aqui?, Eu tinha sido meio idiota.. Trevor diz e solta uma risada baixa e meio descontraída, Hilda olha pra ele e solta um leve sorriso, ela chega perto de Trevor e diz; -É né, pra falar a verdade você foi mesmo, Hilda diz e começa a rir um pouco.


Eles continuam andando, e continuam falhando na procura dos cogumelos, eles já estavam desistindo, eles já estavam perto do muro, mas Trevor pensou ver algum tipo de cogumelo brilhante fora do muro, Hilda achou estranho, mas possa ser que ele esteja certo, então ela seguiu o mesmo e pergunta; -Trevor, você tem certeza que viu um cogumelo brilhante fora do muro?, Não que eu esteja com medo de levar bronca, mas é só pra ter certeza mesmo, vai que você só quer descontrair, afinal, a gente não achou nenhum ainda..

-Sim, eu tenho certeza, ele tava por aqui, eu tinha visto ele em algum lugar, diz ele procurando entre os árbitros, e perto das árvores, e em outros lugares, e então, ele avista uma raposa listrada, ele se assusta e acabando caindo pra trás, Hilda olha pro lado e vê Trevor caído no chão e vai ajudar ele a levantar, quando Hilda vai ajudar, a raposa pula em cima dela e se transforma em humano, e sim, era o Lucius, Hilda ficou bastante surpresa, ela ficou feliz, então Lucius sai de cima dela e ajuda a mesma a levantar.


-Luciius!! Você por aqui? Que surpresa agradável. Hilda diz sorrindo, e Lucius diz o mesmo; -Eu quem o diga, o que você tá fazendo por aqui?, A gente tinha combinado no centro da cidade lembra, e depois da escola. Ele pergunta confuso e feliz ao mesmo tempo pelo fato de Hilda ter aparecido, afinal, ele estava entediado, a maioria dos amigos dele estavam saindo com os pais ou dormindo.


-É que eu e o Trevor estamos procurando cogumelos, e sim, ainda temos aulas, mas é ao ar livre, e infelizmente não achamos nenhum cogumelo, você pode ajudar a gente?, Se quiser é claro. Hilda pergunta e fica esperando eufóricamente pela resposta do Lucius.


Lucius solta uma leve risada, coloca a mão atrás do pescoço coçando a sua nuca de leve e então decide ajudar,; -Tudo bem, eu te ajudo, afinal, eu não tinha nada pra fazer mesmo. Hilda entrega a lista pro Lucius ver os cogumelos, então ele diz que tem todos esses cogumelos por um lugar que ele já tinha passado, mas era bem mais longe do muro, Trevor estava parado, apenas observando, ele estava um pouco enciumado, pelo fato do garoto de cabelos ruivos, ter aparecido totalmente do nada e pulado em cima de Hilda, ele sentiu um pequeno desconforto mas apenas ignorou, afinal ele não podia fazer nada, pelo simples fato de não ter tanta intimidade assim com Hilda e pra não demonstrar que estava com ciúmes.


-Ah, então esquece, vai ficar muito tarde e a gente não vai conseguir voltar a tempo pra escola, a gente tem que aceitar que vai ficar sem nota mesmo.., Hilda diz soltando um leve suspiro triste. Trevor coloca a mão em seu ombro, fazendo ela levantar um pouco os ânimos. Lucius observa Hilda triste, então ele resolve dizer algo, ele pode ter conhecido Hilda agora, mas ele confiava nela, apesar de nunca ter sido amigo de um humano.


-Na verdade.. tem um jeito sim. Lucius diz, fazendo com que Hilda e Trevor ficassem surpresos, com esperança e meio confusos.

-Sério!?, Qual jeito?. Hilda e Trevor diz em unissono, nem muito alto e nem muito baixo. Fazendo com que Lucius soltasse uma pequena risada descontraída.

-Sim existe, vocês já ouviram falar do espaço nada?

-Já ouvimos sim. Os dois dizem ao mesmo tempo, se entre olharam e soltaram uma risada descontraída.

-Eu até já entrei lá várias vezes com meu Nice, foi incrível.

-A única que vocês podem saber é que a diferença entre o nosso espaço nada e o dos níces é que; eles usam os deles pra se locomover e pra morar lá, e o da gente, é geralmente usado, só pra se locomover, pra poupar tempo sabe?, Mas então, vamos lá, é bem rápido.

Eles se juntam e dão as mãos, Trevor cora levemente ao tocar na mão de Hilda, a mesma não percebe por estar muito animada, afinal, ela estava prestes a ver outro tipo de espaço nada, e provávelmente, eles seriam os únicos "humanos" por assim dizer, e de Trollburgo, que iriam entrar num espaço nada das raposas listradas. 


-Então, vamos no três, 1.. 2.. 3- Assim que ele termina de dizer o número "três", não dá nem tempo pra pensar direito, e num piscar de olhos, eles já estavam dentro do espaço nada, era bem aconchegante, quase semelhante ao espaço dos níces, era tipo um pula pula gelatinoso, era mais prático também, só pular na direção que você quer, que chega rapidinho, nós pulamos e entramos em um buraco, quando saímos, ficamos maravilhados, era um local cheio de cogumelos, tinham vários tipos de cogumelos, de brilhantes a iluminados, de pequenos a grandes. Claro que o Trevor achou aquilo fascinante, mas, quando ele foi direcionar o seu olhar para Hilda.. nossa, ela estava tão bonita, os cogumelos pareciam destacar mais sua beleza, obvio que Hilda era uma garota bonita, mas, ela fica ainda mais bela sobre a luz do Sol, antes de entrarem no espaço nada, estava fazendo uma sombra do lado de fora do muro, então ela estava bonita, mas de um jeito normal, ah vocês entenderam.

Trevor logo vira seu rosto para outro lado quando percebe que o Lucius estava olhando para ele, ele fica meio sem graça, então, cora de leve. -Bom..  chegamos!, então vamos logo pegar os cogumelos. Lucius diz, confiante e alegre, ele solta uma leve risada, após lembrar da cara que o Trevor vez, então eles começam a catar os cogumelos e a colocar na bolsa, não eram muitos, mas eram todos da lista, ali, faria com que eles ficassem com muitos pontos.


Quebra de tempo


Depois de coletarem todos os cogumelos, eles se despediram do Lucius e voltaram o caminho direto para a escola, eles conversam um pouco, até que chegam na escola, o professor chama todos de volta para a quadra, enquanto o mesmo recolhe os sacos, ele fica surpreso por Hilda e Trevor, terem sido os únicos a coletarem mais cogumelos que todos os outros e ficado com a nota mais alta da sala. -Nossa, meus parabéns, vocês tomaram nota máxima, mas.. onde vocês conseguiram achar todos esses cogumelos, nós tiramos alguns dos livros e que geralmente não nascem muito pelas redondezas de Trollburgo.


-Isso é meio que nosso segredo, diz Hilda enquanto dá uma cotovelada de leve no Trevor, o mesmo entende o sinal e concorda com a Hilda. -Sim é verdade, eu não quero me gabar, mas nós dois somos exper's em achar cogumelos. Diz Trevor, fazendo uma pose sarcástica, tirando uma leve e boa risada do professor. Logo depois, Hilda e Trevor comemoram um pouco antes de sair, antes de Hilda se despedir de Trevor, ele pergunta a mesma; -Hilda.. posso te perguntar uma coisa?, Ele diz isso olhando pra Hilda e prós amigos dela, -É Claro, pode falar. Então Trevor olha pra Hilda e diz; -A sós, por favor.., então Hilda manda os amigos esperarem e vai atrás do Trevor, ele para se afasta um pouco, parece um lugar meio vazio, não tem ninguém por ali, afinal todos estavam cansado e queriam ir pras suas casas.


-Então Hilda..., Quando eu estava passando pela porta, lá na hora do recreio, eu ouvi vcs falando sobre o Castelo em Ruínas das bruxas.., eu realmente não queria ter ouvido, mas eu acabei ficando curioso, eu só queria saber se... Eu poderia ir também com vocês, eu sei que já brigamos várias vezes e que você provavelmente me odeia, e também, não temos muita intimidade, então se você não quiser eu vou entender, afinal, quem iria querer perto de mim..., Trevor diz isso meio cabisbaixo, deixando Hilda com pena, então, ela olha pro Trevor e coloca as mãos em seus ombros, ficando de frente pra ele, nem muito perto e nem muito longe, olhando diretamente nos olhos dele, ele não queria olhar prós lábios de Hilda, ainda mais porque ela iria notar isso, então, ele continua olhando prós olhos dela fixamente. -Olha.. eu realmente não gostava muito de você, por conta das suas atitudes, mas, talvez, se você quiser, pode mudar.. mas tudo vai depender de você, eu gosto de você agora, você parece realmente estar tentando mudar, e tudo bem pra mim você ir, seria até legal se você começasse a ficar com a gente, quanto mais, melhor!. Diz Hilda sorrindo, fazendo Trevor corar levemente, então, Hilda se despede de Trevor depois de falar novamente o horário do encontro deles, Trevor apenas vê Hilda sumindo pela porta, ele coloca a mão em seu próprio peito, e percebe que um novo sentimento está brotando em seu coração jovenil.


Quebra de tempo


Eles já estavam todos lá, agora só estavam esperando o tal de "Lucius", afinal, só quem havia visto foi a Hilda e o Trevor. Então eles continuam olhando pra ver se aparece algum garoto ruivo ou uma raposa, Túlio também estava atento, por que ele também já tinha visto o Lucius, enquanto eles procuravam, o Lucius solta um leve riso, e aparece atrás deles, se sentando num banco atrás deles, então Hilda olha pra trás e percebe que Lucius estava ali, então todos olham pro garoto, Frida e David ainda estavam em dúvida se ele realmente conseguia se transformar em uma raposa ou vice versa, mas afinal, se Hilda tinha dito, então era verdade.


-Eae Hilda tudo bem?, Parece que você trouxe convidados também.. haha. Lucius diz soltando uma leve risada, então Trevor olha pra eles, ele está com ciúmes, deixando isso bem claro pro David e pra Frida, mas eles não preferem dizer nada, apenas se encaram e deixam um leve sorriso de canto no rosto, com os olhos duvidosos e cheios de malícia. Trevor não havia percebido, pois ainda estava olhando para Hilda e o Lucius, mas logo depois ele percebe que David e Frida o encaravam com um olhar estranho, fazendo com que Trevor ficasse constrangido, Trevor então vira o rosto pro lado corando levemente, se afastando um pouco de Hilda, colocando as mãos nos bolsos, abaixando a cabeça de leve e chutando alguma pedrinha que estava por ali.


Hilda decide ignora-lo pelo fato de não ter entendido muito bem o que estava acontecendo, então, ela resolve responder o Lucius. -Sim.. eu trouxe convidados e espero que você não se importe. Hilda diz com incerteza, pois, não de sabe ao certo se ele iria ficar chateado ou com raiva, então ele decide tirar a dúvida de Hilda respondendo a mesma. -Ah tudo bem, eu não me importo, desde que você esteja também.. Agora, vamos logo antes que fique tarde, então todos seguiram o Lucius, o Trevor ficou com ciúmes, depois do que o Lucius falou, já que, estava evidentemente claro que o Trevor estava gostando da Hilda, e é óbvio que o Lucius já sabia e que só estava tentando deixar ele irritado, era bem divertido.



Quebra de Tempo novamente


Assim que eles chegaram na floresta, Lucius decide entrar no espaço nada, mas antes, pediu para que eles dessem as mãos, os mesmo assim fizeram, então, eles deram as mãos, Lucius estava na frente, Frida e David logo atrás e por fim, Hilda e Trevor, Trevor estava novamente nervoso por estar segurando a mão da Hilda, Hilda estava concentrada demais em entrar no espaço nada das raposas listradas do que em todo o resto, Trevor estava levemente corado e logo depois segue seu olhar para o Lucius, Trevor não gostava muito do Lucius, Trevor sentia ciúmes, até por que ele estava começando a sentir algo diferente por Hilda, ele não sente ciúmes de Frida e David por já serem amigos dela, mas o Lucius? Ele nunca tinha visto ele, então não sabia suas verdadeiras "intenções" com a Hilda, tirando todos esses pensamentos e paranóias, ele volta pro mundo real e espera Lucius entrar no Espaço nada das raposas listradas.


-Então vamos no três novamente, 1...2...3- Lucius nem termina de dizer a palavra "três" e já vai diretamente entrando no espaço nada, tudo ocorreu bem, exceto para Hilda e Trevor, Trevor estava muito nervoso então quase acabou soltando a mão de Hilda, iria ser um prejuízo e tanto, por que ele iria ficar perdido para sempre, e poderia ir para qualquer lugar do mundo, assim que eles entraram no espaço nada, eles acabaram caindo, por que Trevor fez com que todos perdessem o equilíbrio...


Trevor estava nervoso, com os pensamentos a mil por hora, seu coração estava batendo muito rápido, ele estava muito corado, não dava nem pra disfarçar, Trevor estava em cima de Hilda, com as mãos apoiadas no chão, Hilda estava com uma expressão bastante fofa, para a sorte de Trevor, alguns fios do cabelo de Hilda estavam tapando os olhos, fazendo com que ela não percebesse que Trevor estava parecendo um pimentão de tão vermelho que estava, por sorte David e Frida tinham caído um pouco mais longe, então infelizmente eles não puderam ver aquilo e assim afirmar e concluir que o Trevor estava gostando de Hilda, mas para a infelicidade de Trevor, o Lucius estava lá, em pé, olhando diretamente para seus olhos, com um olhar sarcástico.


Lucius já tinha percebido que o Trevor gostava de Hilda, ele achava até aquilo fofo, afinal, Hilda era a sua amiga, então ele queria alguém bom o bastante pra ela, apesar de ter se conhecido a pouco tempo e ter sido a primeira amiga dele, ele queria alguém que fizesse ela realmente feliz, ele estava indeciso ainda, se o Trevor realmente era um bom pretendente para Hilda, afinal, ele conheceu o Trevor a pouco tempo também. 


Depois de Trevor sair da sua bolha de pensamentos, ele levanta rapidamente para que Hilda não notasse o quão corado ele estava, Trevor fica ainda mais envergonhado, pelo fato de que o Lucius estava olhando diretamente para eles, depois disso, Hilda e os outros também levantam, logo depois eles entraram num buraco e apareceram atrás das montanhas, era um lugar bem bonito, cheio de borboletas, pássaros e flores, eles não viram nenhum tipo de castelo em ruínas por ali, então Lucius interrompe o pensamento de todos dizendo:-O castelo está por aqui, só temos que procurar um tipo de passagem secreta ou algo que faça ele aparecer misteriosamente. Todos concordam e foram procurar algum tipo de passagem, e então Frida acaba reparando que tinha uma árvore que estava virada em uma posição estranha, afinal, esses tipos de árvores sempre ficam na mesma posição de sempre. ( essas árvores eram árvores diferentes, árvores do tipo mediano de se encontrar, era difícil mas também não era raro de acharem elas, Frida tinha lido algumas vezes sobre esses tipos de árvores por conta dos deveres que as bruxas passavam para a mesma ), então ela acaba tocando em alguma parte da árvore, fazendo aparecer um tipo de tábua, era diferente pois assim que eles chegaram perto, a tábua se transformou em uma porta, eles tentaram abrir, mas parecia que ela estava trancada, não adiantava nada, Trevor já tentou chutar e jogar algumas pedras bem grandes na porta e nada mudava, então Hilda chega mais perto, assim que ela encosta a mão na maçaneta, a porta de transforma em um portal que puxou Hilda e seus amigos para o lado de dentro.


Continua..




Notas Finais


Lembrando que eu sempre vou ficar atualizando os capítulos então fiquem ligados, e me perdoem mais uma vez pelos erros de português mantidos nos capítulos, é que as vezes eu deixo alguma coisa passar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...