História Replay - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Lucas
Visualizações 7
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi gentex
espero que vocês gostem vou tentar posta-la todos os dias <3
boa leitura

Capítulo 1 - Isso não vai dar certo


- Esse é o fim da picada! não mãe eu não vou!/entro no meu quarto aos gritos
e minha mãe vem atras. - Não adianta Rachel,eu já liguei pra sua tia! e vocês são como primos.
- Ele nem mesmo é meu primo de verdade,mãe eu não aguento aquele Moleque,desde criança
ele era uma peste,sabe as bonecas que a senhora havia comprado pra mim e eu disse que eu tinha
dado para minhas amigas? sim eu menti por que ele queimou todas elas estavam pior que a Annabelle.
- Ele era apenas uma criança,isso faz muito tempo agora ele é um rapaz crescido.- Mas mãe..- Sem mas Rachel
agora arrume suas malas e vai dormi,você ira partir de manhã./Ao terminar de falar beija minha testa e sai do meu quarto.
- Se acalme Rachel,minha mãe deve estar certa ele não deve ser o mesmo,apenas feche os olhos e relaxe/Falo a mim mesma e fecho os olhos 
e em seguida os abro. - Isso não vai funcionar..de jeito nenhum./solto um suspiro.

Quando termino de fazer as malas vou logo para a cama.

no outro dia

- Rachel! já está pronta? o taxi já chegou./minha mãe grita da sala.
- Já estou indo mãe!/desço para a sala. - Vou sentir sua falta minha princesa.
- Eu também vou sentir muito sua falta mãe./digo a abraçando. - Não deixe de ir ao meu enterro por favor/digo e ela dá uma risada
- Deixa de exageros menina! agora vai o motorista já está impaciente./acinto com a cabeça e saio de casa
e logo entro no Taxi.

Meu celular começa a tocar.
- Deve ser minha tia..é claro que é ela./atendo. - Oi tia Wong! - Oi Rachel,você já está vindo?
- Estou sim...- Achei que você não viria,mas preparei tudo para sua chegada.
- Que otimo,estou quase chegando mas..o Lucas não está aí né? - ah o Lucas! como ele poderia perder
a chegada de sua prima?,ele até faltou o emprego hoje vocês eram tão proximos! - Não é mesmo?/rio forçado
- Ah tia cheguei! - é mesmo? estou indo atender a porta./Desligo o telefone e pago o Taxi depois saio.

Vou até a frente da casa onde se encontrava minha tia me esperando.
- Rachel! entre,entre!/ele segura minha mão e me leve para dentro de casa. /você está tão crescida e bonita!
- Obrigada tia,a senhora também continua bonita mas do que era antes.- Você está apenas sendo educada/ela dá uma risada
- Lucas! sua prima chegou - Deixa pra lá ele deve estar ocupado. - Não ali está ele./ela aponta para ele e eu logo o olho.

Fiquei realmente surpresa pois ele estava diferente mais velho mais...bonito.

- Prima!/ele se aproxima logo abrindo os braços para me dá um abraço mas eu o interrompo.
- Fique parado! n-não o-ouse me dá um abraço! vamos apenas dar um aperto de mão./Estico meu braço.
- Como você quiser./ele sorrir e aperta minha mão. - Que lindos! primo e prima juntos de novo como os velhos tempos./diz minha tia 
- esse é um belo momento para tirarmos uma foto,vamos façam uma pose./diz pegando seu celular.
- Tudo bem,vamos fazer isso. - O-oque?/ele coloca um braço em volta de mim.- olhe para a camera e sorria/ele diz abrindo um sorriso,eu hesito um pouco
mas faço o mesmo sem mostrar os dentes.- Pronto!/ela tira a foto. - Lindos! vou mandar colocar em uma moldura./diz ela indo para a cozinha.
- acho melhor eu ir para meu quarto../pego minhas malas.- Espere./ele segura meu braço. - Vou te levar até lá. - Por que?/olho pra ele. 
- Você ao menos sabe onde é? - Não.. - Viu? então vou te levar até lá e vou levar suas malas também/ele as pega mas eu seguro. - Não precisa.
- Eu disse que vou fazer isso./ele toma minhas malas e me faz o segui até o meu quarto.
- A senhorita está entregue. - Obrigada.. - oque disse? eu não ouvir. - O-bri-ga-da! - Ah de nada! qualquer coisa é só chamar./Ele sorri de um modo fofo
e isso me faz corar. - Ei! por que seu rosto está vermelho? você tem algum tipo de alergia?. - Não,não é nada!!/Fecho a porta na cara dele
e a tranco e  espero ele sair.


Notas Finais


Acho q ela foi um pouco rude rs
prometo que vou melhora-la.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...