História Reputation - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Alexandra Daddario, Bella Thorne, Blake Gray, Cameron Dallas, Camila Mendes, Chloë Grace Moretz, Cole Sprouse, Emma Roberts, Jack & Jack, Katherine McNamara, Kaya Scodelario, KJ Apa, Madison Beer, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nick Jonas, Sam "Wilk" Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff, The Vamps
Personagens Aaron Carpenter, Bradley Simpson, Cameron Dallas, Camila Mendes, Chloë Grace Moretz, Emma Roberts, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Katherine McNamara, Kaya Scodelario, KJ Apa, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Adolescência, Amizade, Amor, Cameron Dallas, Jack And Jack, Matthew Espinosa, Nash Grier, Old Magcon, Romance, Romance Gay, Shameron, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 28
Palavras 1.363
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 43 - Ex namorado


  |SHAWN MENDES|


  Já provei mais de dez ternos e todos eles minha mãe disse a mesma frase.

"—Está incrível príncipe"—Tudo bem,eu entendo que ela é mãe e tudo mais,só que preciso escolher algum terno e então peço a opinião da minha irmã que diz que a cor vinho combina muito comigo,bom.Acho que vou ficar com o mais básico do branco.Saimos da loja do shopping e fomos procurar algo para comer na praça de alimentação.As mesas estão quase todas ocupadas e os murmúrios de conversas parecem ainda mais alto quando nos aproximamos da sessão de comida italiana.

—Aí Meu Deus!—Minha mãe se assusta quando cubro o rosto com as sacolas de compras e caminho mais depressa até me esconder atrás de uma curva no corredor.Aaliyah me segura pelo ombro,me encarando confusa.Mamãe surge em alguns segundos—O Dylan...ele está aqui...

—Seu ex paquerinha?—Aaliyah não perde a chance de zombar de mim.

—O Dylan....—Minha mãe ri baixo,a situação parece ainda mais constrangedora do que o normal.

  No primeiro ano,antes de me apaixonar oficialmente por Cameron,Dylan foi o garoto com que me relacionei,mas não tivemos nada sério,depois de ele negar que não era gay,porém como tínhamos a mesma idade,decidimos ter um pequeno namoro escondido de todos,só a minha irmã e minha mãe sabiam,nem mesmo Camila sabe sobre .Quando ele se mudou para outro colégio,acho que não tive mais medo de pensar sobre minha sexualidade e foi assim que comecei a me apaixonar por um garoto completamente errado da cabeça.Ver Dylan agora é assustador.

—Shawn?—Não...droga!Aaliyah ri e puxa minha mãe junto com ela até uma loja de roupas.Penso em segui-las,mas seria muito ruim,me viro para Dylan,ele parece ainda mais novo,o cabelo charmoso e o rosto fofinho.—Se lembra de mim?—Posso dizer que não e ser idiota.Balanço a cabeça assentindo.

—Dylan!—Finjo uma animação desagradável.Ele sorri,mordendo o lábio vermelho.

   Algumas pessoas tem maturidade para encarar o fato de que ex são amigos ou até mesmo inimigos,só tenho medo do que esse ex namorado de fato pode fazer.Ele sempre foi...convencido demais de um jeito ruim.

—Você mudou muito...está...—Ele me olha de cima a baixo,molhando a boca—Mais alto—Completa.

—Certo...preciso ir,tenho que encontrar meu noivo em algumas horas.—Dylan arregala os olhos,é claro que fiz questão de deixar claro para ele que o superei por ser tão babaca.Tudo bem,posso lidar com isso.

—Uau!você vai casar?isso é incrível!quem é o corajoso da vez?—Ele diz em tom de ironia,irritante e sem pudor algum.Respiro fundo sentindo a imensa vontade de socar sua cara.Mas...

—Bom...Eu sou o sortudo da vez...cara ele manda muito bem na cama—Meu corpo paralisa quando ouço a voz de Cameron e suas mãos quentes em meus ombros.Dylan fica estático e sem palavras.

—C...Cameron?—Ele gagueja,desviando o olhar quando Cameron revira os olhos.

—É Dylan...sou eu,lindo e claramente o cara mais sortudo do mundo...mas preciso levar meu amorzinho para terminar a lista de convidados...—Cameron segura minha mão e me arrasta para longe dali.Passamos pelo corredor em direção a loja de doces onde estava minha mãe,mas não entramos,nos sentamos em um banco espaçoso.

—Babe...espera...Você estava me seguindo quando...—Cameron começa a rir balançando a cabeça negando,mas sei que está mentindo.Seu sorriso não nega o quão falso é.Reviro os olhos,me curvando e mordiscando sua bochecha,sua pele morena se tornou rosada.

  Agradeci Cameron por me livrar daquele garoto,sei que ele está se remoendo para me perguntar sobre Dylan ou algo assim,mas está me polpando ou se polpando da real.Avisamos as nossas mães que iríamos a loja de games,Gina,Karen e Aaliyah foram correndo para a loja de roupas francesas.Seguro a mão de Cameron,gelada e macia,arrasto devagar pelas minhas bochechas e meu queixo.

—Para...com isso...se não...—Acabo rindo da sua reação de surpresa,me aproximo dele e envolvo meus braços em seu pescoço.Antes de realmente irmos a loja de games.

  Um grande espaço para os jogos lançamentos e máquinas,luzes coloridas e muito barulho puxando a visão.Cameron abre os braços sorrindo.

—Isso é o paraíso!—Ele diz piscando para mim e correndo em direção a bilheteria de fichas para jogar o que não faço ideia do que seja,uma máquina gigante se estende no centro do lugar.Realidade virtual é o que eu acho que seja.Cruzo os braços apenas observando,o quanto ele parece uma criança animadinha com  um brinquedo qualquer.

  Dois garotos perto dos suportes estão olhando para mim,é o que eu acho.Um loiro de cabelos penteados para trás,um moreno de olhos reluzentes e pele clara.Estou me sentindo uma isca prestes a ser capturada.Desvio o olhar constrangido quando o loiro morde o lábio.Demora meia hora para Cameron sair do monstro viciante,quero fugir daqui o mais rápido possível.Sinto um calafrio quando um deles assobia alto o suficiente para fazer Cameron se virar e encara-los.Qualquer coisa menos isso!

—Certeza que eles estão brincando...—Seguro o braço dele antes que a fera que existe dentro do seu interior escape.Ele respira fundo,e afasta minha mão,caminhando rapidamente até os dois garotos que não pareceram intimidados com Cameron.—Cameron!—Grito escondendo meu rosto entre as mãos...por favor não faz isso comigo Dallas!

—Engraçadinho você não é?—Cameron não grita e se mantém calmo.Ainda bem,seguro seus ombros,me escondendo atrás dele.O garoto loiro se curva para me espiar.

—Uhum...—O moreno zomba,com um sorriso dançante nos lábios e acompanha seu amigo na risada.—Qual é cara...me perdoa...não sabia que ele estava acompanhado—O loiro estala a língua,como se estivesse concordando com seu amigo.Cameron bate as mãos contra o peito dos dois,que cambaleiam juntos para trás.

—Não vou quebrar a fuça de vocês por um motivo...mas vocês devem respeitar quem quer seja!independente se está ou não acompanhado—Mordo o lábio para calar a risadinha inútil.Apoio as mãos na cintura,dando um passo para trás.Os dois garotos assentem,as expressões um pouco duras.Cameron segura minha mão e me arrasta de volta para a mesma loja que nossas mães e Aaliyah estavam.Esperamos um pouco e vimos elas saindo com muitas sacolas.

  Depois da longa manhã e metade da tarde que tivemos no shopping,Cameron foi tomar banho,e eu guardei as poucas coisas que comprei para a casa nos armários.O terno minha mãe levou para a sua casa.Nem mesmo acredito que vou me casar daqui alguns dias,está quase tudo pronto e não posso colocar nada a perder.A forma como ele se controlou hoje foi incrível,só me mostrava o quanto está se superando.

—Amor!vem aqui—Levanto do sofá,largando o meu livro na mesinha e correndo em direção ao quarto.Afasto a porta,e tenho uma grande surpresa ao vê-lo segurando uma caixa enorme azul e um laço dourado perfeitamente feito.Fecho a porta com cuidado,ao sentar na ponta da cama,Cameron passa a embalagem grande e super pesada para o meu colo.

  Levanto e deixo a caixa sobre a cama,arracando a tampa e arremessando todos os papéis coloridos para longe.Meu coração começa a bater de um ritmo louco e dançante.

—Uma guitarra!—Junto as mãos a frente da boca.Isso é melhor do que qualquer buquê de flores,tudo bem,adoro as rosas,mas isso é demais!fico um pouco indignado por não ter comprado nada específico para ele—Amor...eu não...comprei nada para você—Digo um pouco envergonhado,Cameron bufa,mostrando o dedo do meio em um gesto obsceno demais para mim,vindo dele não espero muito.

—Eu estou lhe dando como um presente de casamento...e você não precisa se preocupar comigo—Ah...mas eu preciso sim,não quero ser do tipo que se aproveita demais do marido,sem querer ser chato também.Preciso pensar em uma surpresa incrível para Cameron.Simplesmente amei a guitarra vermelha personalizada com pequenos desenhos de notas musicais.

—Eu não mereço você babe!—Sussurro,envolvendo seu pescoço com os meus braços,o abraço mais apertado que já dei.

  Quero entender como ele consegue tanto dinheiro,tenho certeza que isso custou uma fortuna e nem sei como realmente agradecer.Beijo sua boca rapidamente,o puxando para perto do meu corpo mais uma vez,ele me empurra na cama,seu corpo sobrepondo todo seu peso ao meu.

—Que saudades de poder apreciar o corpo do meu babe—Torço o nariz,isso definitvamente não faz parte dele,ser tão carinhoso e bem meloso,mas confesso que amolece meu coração...

—Você é tão meloso—Murmuro beijando seu queixo.Meus dedos escorregando por seu pescoço até o ombro.—Mas eu gosto disso...—Subo a barra da sua camiseta,ele me impede.Franzo a testa,pensei que...

—Vamos deixar para a lua de mel...o que acha?—Sussurra contra a minha boca,depositando selinhos e mais selinhos,beijos por todo meu rosto.O melhor de tudo são as nossas risadas sincronizadas soando como uma melodia perfeita pelo quarto.Concordo apenas balançando a cabeça,e puxando seu corpo para mais perto do meu,seu peito colado ao meu.Meus dedos passeando por seus cabelos.Mas nada passaria de uma noite de carícias.


Notas Finais


Capitulo fofo e cheio de alegria,os dois amadureceram demais não é mesmo?mas pensa que toda essa calmaria não vai trazer uma tempestade?

Até a próxima ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...