História Resfriado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Midshimury, Taekook, Vkook
Visualizações 103
Palavras 1.164
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mim ser puro, taok KKKKKK
Dedico a @unkiekookie por que foi ela que deu a idéia do tema
Enfim, é isto KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Resfriado - Capítulo 1 - Capítulo Único

Taehyung permanecia sentado em seu sofá, vendo um programa qualquer na televisão em frente. Jungkook fazia algo aleatório em seu celular e de vez em quando dava algumas fungadas.

Uma vez que espirrou e logo sentiu-se um pouco fraco, o Kim entendeu que o mesmo estava resfriando. Ele havia dito para o mais novo voltar para casa cedo, pois com a chuva que estava tendo no lado de fora, seria impossível não gripar.

Agora com o nariz um tanto entupido e espirrando de minuto em minuto. O Kim teve de pensa em algo, ele não sabia se havia algum remédio que possa ser usado, mas teria de procurar.

— Na próxima vez, pense um pouco antes de sair de casa e voltar no meio de uma chuva! — disse Taehyung, ao se levantar.

Jungkook pegou em sua mão e o impediu de ir.

— Espere! — Agarrou a barra da camiseta do mais velho. — Sei de algo bom para gripe!

— O quê? — perguntou Taehyung, um tanto confuso.

— Leitinho...

— Hum...

— Bem quentinho...

— Direto da fonte?

— Humrrum...

— Certo... Não sei se o mercado está aberto para comprar leite fresco — disse Taehyung, como se ele não tivesse entendido.

— Idiota, eu sei que você entendeu — resmungou Jungkook. — Eu estou falando de você.

Taehyung sorriu e deu de ombros.

— Não vai me dar? Ou está com medo de alguns catarros?

— Credo, Jungkook! — gritou ele, batendo no ombro do mais novo. — Que nojo.

Taehyung se aproximou do mesmo e o beijou, o selar de lábios ficou um tanto quente pois Jungkook estava com febre. Mas não deixava de ser bom.

— Depois do "Leitinho", você vai tomar um remédio e descansar. Huh? — proferiu Taehyung e Jungkook apenas sorriu e assentiu.

O mesmo se levantou e retirou seu cinturão. Após isso, abaixou o zíper do jeans e abriu os botões.

— Fica quietinho! — pediu ele.

Quando finalmente abaixou suas calças e o boxer junto, seu membro saltou já ereto.

Jungkook salivou tendo vontade de abocanhar o membro do mais velho, entretanto Taehyung ainda não deixou.

— Deixe-me começar!

Ele levou sua mão até seu membro e começou a estimula-lo, Jungkook apenas observava e esperava a hora que podia colocar a boca naquilo.

— Hum... Ah...

O movimento de vai-e-vem o deixava delirando. Entretanto ainda faltava muito para gozar.

— Taehyung... Eu quero... Leitinho...

— Calma... Jungkook... Já, já sai!

Taehyung acelerou o movimento e gemeu contido. Logo ele colocou o membro na boca do mais novo e deixou ele chupar por um momento. Logo após retirou e voltou a se masturbar.

Ele soltou seu pênis e retirou sua camiseta. O mesmo estava suando demais. Jogou a roupa em um canto qualquer da sala e retornou com a mão para o movimento contínuo.

— Vai... — murmurou ele para o mais novo. — Me chupa, eu tô quase!

Jungkook rapidamente abocanhou o membro de Taehyung. Chupava e engolia o mesmo com uma determinada vontade.

O Kim gemia descontrolado e movimentava sua cabeça para trás por conta do prazer.

Logo ele mesmo começou a foder com a boca de Jeon, inclinava a cintura e rebolava para que o mais novo pudesse enfiar mais daquilo em sua garganta.

— Lá... Vai... — disse.

Taehyung gemeu alto e prolongado com a ejaculação. Acabou por gozar por inteiro na boca de Jeon e o mesmo engolia tudo.

Retirou o membro da garganta do mesmo e se masturbou mais um pouco, ainda gemendo alto.

Mais esperma ficou por cair no rosto de Jungkook e Taehyung ficará corado ao ver seu líquido na bochecha rosada do mais novo.

— Pronto... Está aí seu Leitinho — respondeu ele, ofegante e com um sorriso de canto.

— Você também não quer Leitinho? — perguntou Jungkook após lamber a glande de Taehyung.

— Hum... Não me provoque, Jeon — retrucou ele, retirando os fios de cabelos grudados em sua testa.

Jungkook abriu o zíper de sua calça e enfiou a mão por debaixo do jeans e fez movimento provocativos para o Kim.

— Ainda tem certeza que não quer?

Taehyung mordeu os lábios e encarou as calças do marido. Logo sorriu quadrado ao ouvir os gemidos manhosos do mais novo.

— Você não presta mesmo — respondeu Taehyung com um sorriso.

Ele rapidamente retira as calças dele junto com a boxer e abocanhou o membro sem pedir permissão.

Jungkook levou sua mão para a nuca do Kim e aprofundou mais a garganta do mesmo para com seu membro.

Ele arqueou as costas e gemeu alto. Taehyung retirou o pênis da boca e sugou as bolas do marido, fazendo com que ele entrasse em delírio contínuo.

— Geme para mim, Jungkook! — pediu Taehyung.

Ao ouvir a fala dele. Jeon apenas aumentou a voz e gemeu mais alto.

Taehyung começou a estimula-lo e continuava a chupar as bolas dele, lubrificando a mesma e deixando-a melada. E não demorando muito, Jungkook finalmente gozou. O Kim tratou de chupar tudo.

Logo ele levou dois dedos para sua boca e os chupou também, voltando com saliva diversa.

Levou os dedos para a entrada do mais novo e o penetrou com os mesmos.

Jungkook gemeu com a dor sentida, porém queria mais.

— Me fode!

— Hum? — soltou as bolas do mesmo e o encarou. —Eu já gozei, amor.

— Me fode!

Taehyung sorriu e se aproximou do marido, o beijando. Ainda com os dedos na entrada do mais novo.

— Como eu disse, eu já gozei!

— Mas pode ter outro orgasmo, não?

Taehyung retirou a camiseta do marido e a jogou no chão, perto das suas.

— Jungkook — chamou ele, com um sorriso. — Você doente é um perigo, sabia?

Jeon apenas sorriu.

— Me fode!

Taehyung retirou seus dedos da entrada dele e posicionou seu pênis já ereto novamente. Estocadas mais leves foram iniciadas, entretanto Jungkook implorou por mais e Taehyung não teve escolhas e as acelerou. Jeon gemia alto e contínuo.

— M-Mais rápido!

Kim aumentou as estocadas, fazendo com que Jeon gritasse de prazer. Sua próstata estava sendo literalmente espancada.

Os gemidos começaram a ficar unidos. Jungkook e Taehyung gemiam altos e escandalosos.

O Kim sentiu seu membro pulsar e esquentar, mas continuou, estava prestes a gozar pela segunda vez.

O mesmo havia notado que a glande ainda estava vermelha quando iniciou as estocadas, mas aquilo só deixava tudo ainda mais excitante.

— A-Amor — chamou ele. — E-Eu vou gozar!

— Goze, goze dentro de mim, Taehyung!

Logo o mesmo gemeu de alívio, dor e prazer. Ejacular dentro de Jungkook nunca pareceu tão excitante para si e aquilo fora maravilhoso.

Uma vez que sairá de dentro do marido, ele se aproximou dele novamente e o beijou. Logo em seguida colou vossas testas, com o suor pingando no rosto do mais novo.

— Agora vá tomar um banho... — murmurou ofegante. — E depois, tome seu remédio e descanse.

— Eu te amo, Taehyung — sussurrou ele.

— Eu também te amo! Jungkook.


Notas Finais


Katiau Monamour


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...