1. Spirit Fanfics >
  2. Resistindo Ele - Mikelly >
  3. O resgate - Fim

História Resistindo Ele - Mikelly - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que tenham gostado da revisão, espero que façam boa maratona. Obrigada por lerem ❤️

Boa leitura ❤️

Capítulo 18 - O resgate - Fim


- Pronto agora temos 30 milhões, eu vou ter que encontrar o cara às 3 horas da madrugada, não chamem a polícia. - Mike disse.

- Filho, pode ser perigoso você ir sem a polícia pra lá. - Jenny comentou.

- Eu não vou colocar a vida da Kelly em risco. - Mike respondeu.

- Temos que pelo menos ir com você, escondido no banco de trás do carro. - Erick se pronunciou.

- Não sei se é uma boa ideia, isso pode trazer mais perigo ainda. - Mike respondeu.

- Você precisa de uma base e eu não vou deixar você encarar essa sozinho. - Erick exclamou pegando no ombro dele.

Cativeiro

- Sabe o que eu devia fazer com você? Te matar depois que seu namoradinho pagar o resgate, só ele sentir na pele o que eu senti quando você roubou ele de mim. - Mandy rosnou.

- Você deveria aceitar que eu sou melhor que você em qualquer coisa. - Kelly sorriu com deboche.

- Você nunca vai ser melhor que eu, você é apenas um tampa buraco na vida do Mike, porque na realidade ele nunca me esqueceu. - Mandy disse com raiva.

- Bom, parece que a tampa buraco aqui vai ser noiva dele, e você? Quem é você, mesmo? Deixa eu dar a resposta. - Kelly respondeu com sarcasmo - Você é a ex conturbada que não aceitou o fim do relacionamento.

- Eu deveria matar você agora mesmo. - Mandy exclamou.

- Você não vai matar ninguém, a gente vai pegar o resgate e entregar essa garota. - Tommy se pronunciou. - E não é que ela é mais bonita que você mesmo?

- Obrigada moço. - Kelly sorriu com deboche.

- Você não vai começar, não é? - Mandy rosnou arqueando as sobrancelhas.

- Eu trouxe um lanche pra você. - Tommy entregou o lanche a Kelly.

- E cadê o meu lanche? - Mandy perguntou.

- Eu não vou ficar alimentando você, se você quiser, você vai lá e compra. - Tommy respondeu.

- Eu não acredito que você vai ficar alimentando essa presidiária. - Mandy sorriu sem humor.

- Eu preciso dessa presidiária inteira para pegar meus 30 milhões. - Tommy respondeu.

- Ah troco de que vocês estão me sequestrando? É por vingança, Mandy? Você tá muito incomodada por que o Mike tá comigo e não com você? - Kelly perguntou.

- Fica quieta, sua delinquente. - Mandy mandou.

- Se você tinha um problema comigo, você tinha que ser mulher o suficiente e vir até a mim, a gente iria resolver, mas não, você precisa de capachos. - Kelly comentou com ironia.

- Espera aí, eu não sou capacho dela, ela deu a ideia, eu estou fazendo por que ela tá me devendo grana. - Tommy comentou.

- Eu deveria dar uma surra em você. - Mandy apertou o rosto dela.

- E por que você não me solta? Podemos resolver isso de mulher para uma ratazana covarde que precisa me prender pra me bater. - Kelly respondeu.

- Calada você se saí melhor. - Mandy acertou um soco no rosto dela, fazendo-a desmaiar.

Casa de Mike

- Alice, precisamos conversar. - Lucca disse se aproximando dela.

- Eu não tenho o que conversar com você, Lucca. - Alice respondeu. - E eu sei o que você veio falar.

- Você sabe mesmo? - Lucca perguntou confuso.

- Que você me ama, quer uma chance, mas não vai ter chance alguma. Eu já falei pra você que eu estou feliz com meu namorado, que agora é atual noivo, você precisa entender isso e me esquecer. - Alice respondeu.

- Eu te amo mesmo, mas esse amor por você me fez perder a Rebecca. - Lucca respondeu. - E se eu não superar todo amor que sinto por você, eu não vou conseguir ficar com extremamente ninguém.

- E você veio perceber isso justamente agora? Olha, eu sei que a gente se conheceu no colegial e tivemos um lance que não foi nada de mais e quando chegamos na parte dos de mais você foi um babaca. - Alice respondeu com as sobrancelhas arqueadas. - Você tava fazendo tudo por um jogo e se arrependeu, mas eu não me vejo na obrigação ficar com você, só porque você salvou minha vida, eu estaria sendo hipócrita.

- Eu preciso de um tempo só pra mim antes de me envolver com uma pessoa de novo. - Lucca respondeu. - Eu e minha babaquice fez com que eu não ficasse com ninguém, eu deveria ter escutado você.

- Mas você não me escutou, agora não tem nenhuma das duas. - Alice respondeu dando de ombros. - Mas é apenas uma lição pra você aprender um pouco mais.

- Podemos ser amigos pelo menos? - Lucca perguntou e Alice assentiu dando um abraço nele. - Espero que você seja muito mais feliz com Justin do que você já é.

- Desculpa atrapalhar a nova amizade, mas já são 02h30 da manhã e vocês precisam dormir. - Tom falou.

- E o Mike como ele tá se sentindo? - Lucca perguntou.

- Tá tentando não se abalar com isso. - Tom respondeu. - Acho melhor vocês irem dormir.

- Estou indo. - Alice respondeu soltando a mão de Lucca e foi para o quarto dela, conversar com o seu atual noivo, Justin.

- Eu tô preocupada com a minha filha. - Sharon comentou. - Eu não sei o que vai ser de mim se tirarem ela da gente.

- Calma meu bem, vamos conseguir trazer ela de volta. - Jason disse.

- Eu vou fazer o possível Sr e Sra Madson. - Mike se pronunciou.

- Obrigada Mike, você é um grande garoto. - Jason pegou no ombro dele.

- Quem será essas horas? - Jenny perguntou indo atender a porta. - Pois não?

- Eu preciso falar com Mike. - Jerry pediu pressionando a ferida.

- Meu Deus, por favor entre. - Jenny deu espaço e Jerry entrou.

- O que você tá fazendo aqui? - Jason perguntou com as sobrancelhas arqueadas.

- Eu sei onde tá a Kelly. - Jerry disse caindo sentado no sofá.

- Pega os primeiros socorros na sala de medicamentos, meu amor. - Tom mandou.

- Cadê a minha filha, seu irresponsável? - Sharon rosnou.

- Calma gente, ele foi baleado. - Jenny comentou entregando os primeiros socorros a Tom.

- O que aconteceu com você? - Alice perguntou descendo as escadas novamente.

- Crianças, eu acho melhor vocês irem descansar um pouco. - Jenny disse. - Hanna, Alice por favor, vocês estão cansadas.

- Não vou dormir enquanto minha amiga não estiver aqui. - Hanna cruzou os braços.

- Amor, é melhor você escutar a Sra Marshall. - Erick disse. - Vocês estão cansadas, já ajudaram com o que pode.

- Tudo bem. - Hanna deu um selinho nele. - Vamos Alice?

- Claro. - Alice respondeu dando de ombros e subiu para o quarto com Hanna.

- Me diz agora aonde tá a Kelly? - Mike perguntou.

- Com a Mandy e um cara chamado Tommy. - Jerry respondeu.

- Como você sabe disso? - Jason rosnou. - O que você sabe disso?

- Eu ajudei eles a sequestrar a Kelly. - Jerry respondeu simplesmente.

- Eu deveria matar você. - Mike foi pra cima de Jerry, mas Lucca e Erick segurou ele.

- Se me matar não vai saber onde ela está. - Jerry revirou os olhos.

- Por que fez isso, hein garoto? Foi pra atingir eu e minha esposa? - Jason perguntou.

- Apenas uma lição porque ela me traiu com esse cara. - Jerry respondeu com um sorriso tosco.

- Sai da minha casa agora. - Mike puxou ele pela camisa.

- Chama a polícia. - Tom mandou. - Você só sai daqui na viatura, por ajuda em sequestro.

- A que ponto chegou? - Sharon comentou com os olhos lacrimejados. - você nunca gostou da Kelly.

- Certamente não, eu só queria levar ela pra cama e depois chutar ela da minha vida. Mas ela enrolou tanto que, eu tive que pedir ela em namoro pra tirar a virgindade dela, mas ela deu pro chefinho dela. - Jerry sorriu debochado.

- Você é um babaca. - Mike deu um soco no rosto de Jerry tirando sangue de sua boca.

- Mike por favor, não faça isso. - Jenny pediu.

- Se alguma coisa acontecer com a Kelly, eu acabo com você. - Mike apontou o dedo indicador na cara dele.

- Se ela morrer eu fico feliz, ela não vai ficar nem comigo nem com você. - Jerry deu de ombros. - Se não fosse por aquele maldito que tentou me matar, eu iria pegar metade desse dinheiro.

- Eu vou acabar com você. - Mike deu outro soco no rosto de Jerry.

- Já chega de palhaçada seu moleque, onde está minha filha? - Jason levantou ele pela blusa.

- Eu não sei, mas brevemente pode estar no caixão mortinha. - Jerry sorriu.

- A polícia já tá chegando e você vai pagar por isso. - Sharon comentou.

- Eu odeio essa família, tinha que ser a família Madson. - Jerry sorriu com escárnio.

- Garoto, por que você tá fazendo isso? - Jenny perguntou.

- Por que? Seu filho não disse que ele é um babaca talarico? - Jerry cruzou os braços.

- Já são 03h00. - Tom comentou olhando para o relógio, Mike você precisa ir.

- Toma cuidado, por favor. - Jenny deu um beijo na testa dele.

- Voltem a minha filha. - Jason pediu. - Eu confio em você, Mike.

- Mimimi. - Jerry revirou os olhos. - Essa altura do campeonato ela deve estar morta, Mandy deve ter feito esse favor.

- Cala essa boca. - Sharon acertou um tapa na cara dele. - Se aconteceu alguma coisa com minha filha, se considere um homem morto.

- Preciso ir, fiquem de olho nesse mala sem alça para ele não ligar pra os comparsas dele. - Mike respondeu, ele pegou a mala e saiu com Erick e Lucca.

Mike entrou no carro enquanto Lucca e Erick estavam escondidos no banco de trás, ele liga o GPS para chegar ao local o de Tommy havia marcado, era um lugar muito distante dali. Assim que chegou, Mike viu um carro estacionado ao lado de um posto de gasolina abandonando.

 Tommy tava encostado no capô do carro com Mandy ao seu lado, Mike desce do carro pegando a mala de dinheiro.

- Cadê ela? Cadê minha namorada? - Mike perguntou.

- A mala de dinheiro primeiro. - Tommy respondeu.

- Eu quero ver ela. - Mike pediu, e Tommy apenas assentiu dando a volta no carro e tirando Kelly do porta malas.

Ela estava com as mãos amordaçada e com uma fita durex na boca, Tommy colocou ela de frente pra Mike apontando a arma na cabeça dela.

- Abre a mala, eu quero ver se tem os 30 milhões aí dentro. - Tommy mandou.

- Eu te dou a mala e você me dar ela. - Mike disse.

- Joga a mala. - Tommy mandou. - Se tentar alguma gracinha, eu mato ela.

- No três, trocaremos. - Mike disse e Tommy assentiu.

- Um, dois, três. - Tommy terminou a contagem, Kelly correu para onde estava Mike. Ele jogou a mala para Tommy, que pegou jogando no banco passageiro de dentro do carro.

Tommy e Mandy entraram no carro e saíram rapidamente dali, Lucca mandou mensagem para polícia que estava próximo dali, as viaturas passam indo atrás do carro de Tommy.

- Você tá bem? Eles te machucaram? - Mike perguntou alisando o cabelo dela.

- Eu fiquei com tanto medo de te perder. - Kelly respondeu beijando ele.

- Agora vamos pra casa. - Mike levantou a cabeça dela. - Eu te amo.

- Eu também te amo, obrigada por não ter desistido de mim. - Kelly abraçou ele.

- Droga! Eles chamaram a polícia. - Mandy rosnou, olhando para trás, vendo que o carro deles estava sendo perseguido.

- Eu não vou ser preso. - Tommy disse. - Saí do carro.

- O que? Eu não vou sair. - Mandy respondeu.

- Saí do carro, vadia. - Tommy abriu a porta com o carro em movimento e empurrou Mandy para o lado de fora, ele voltou a fechar a porta, mas ainda estava sendo perseguido dela polícia. A polícia começa a atirar contra o carro de Tommy fazendo ele perder o controle do volante e bater o carro em uma árvore.

- Desce do carro com as mãos pra cima. - A polícia gritou apontando a arma para ele. Tommy desceu com as mãos pra cima. - Pega a mala de dinheiro. - Mandou. - Você está preso por tentativa de fuga e sequestro.

Casa de Mike

- Graças a Deus. - Sharon correu para abraçar ela. - Você tá bem?

- Agora estou. - Ela respondeu com um típico sorriso.

- Obrigada Mike, sabia que podia confiar em você. - Sharon pegou na mão dele.

- Amiga. - Hanna/Alice disseram em um dueto abraçando ela.

- Estou de volta. - Kelly sorriu correspondendo o abraço.

- Aquele ordinário do Jerry foi preso. - Jason comentou.

- Ele não morreu, ele tá bem? - Kelly perguntou.

- Não, ele levou apenas um tiro. - Mike respondeu.

- Eu preciso tomar um banho e descansar, se vocês não se importarem. - Kelly comentou.

- Claro meu amor, eu vou subir com você. - Mike disse.

- Sr Marshall aqui está o dinheiro do resgate, eles foram presos, não conseguiram ir longe. - Disse a polícia entregando a mala.

- Muito obrigado, boa noite. - Tom respondeu, o policial apenas assentiu e saiu. - Acho que todos nós devemos descansar agora né?

- Isso é ótimo. - Jenny respondeu. - Meninos podem dormir no quarto de hóspedes com as meninas, Sr e Sra Madson podem acompanhar a empregada até o quarto.

No dia seguinte...

Mike levantou cedo sem acordar Kelly, ela estava cansada e precisava descansar, ele desceu para cozinha e preparou o café da manhã para levar na cama pra ela, depois que organizou tudo em uma bandeja, ele pegou uma caixinha vermelha com duas alianças e colocou junto na bandeja também. 

Ele pegou e subiu para o quarto, colocou a bandeja em cima de uma mesinha ao lado de sua cama, sentando ao lado dela na cama, deu um beijo em sua testa que despertou seu sono, ela lhe deu um grande sorriso, levantando e sentando na cama.

- Isso é pra mim? - Kelly perguntou apontando para bandeja. Mike apenas assentiu pegando a bandeja colocando sobre o colo dela.

- Eu te amo muito, eu nem sei o que eu faria se não conseguisse te trazer de volta pra casa. - Mike disse alisando o rosto angelical dela.

- Eu amo você. - Kelly deu um selinho nele. - O que é isso? - Ela perguntou pegando a caixinha de aliança.

- Abre. - Mike mandou, tirando a bandeja do colo dela e colocando de volta no criado mudo.

- Meu Deus, é lindas. - Kelly sorriu com os olhos lacrimejados, Mike pega a caixinha da mão dela.

- É nossa, aceita se casar comigo? - Mike pediu, ela colocou a não na boca sem acreditar.

- Mike. - Kelly secou as lágrimas. - Eu aceito. - Pulou no colo dele dando outro beijo. Ele colocou a aliança no dedo dela, e ela no dele.

~••~

O noivado de Kelly e Mike era em um bosque com a grama verde e cheio de flores de todas as cores, as cadeiras eram brancas e no altar tinha um anel grande de flores rosas. Ela tava vestida com um vestido branco simples até o joelho, Hanna tava vestida com um vestido longo cor rosa pink e Alice tava com um vestido longo azul turquesa com abertura na perna. Eles trocam as alianças de noivado depois de falarem seus votos.

- Eu queria aproveitar a ocasião para pedir a mulher da minha vida em casamento mais uma vez, só que na frente de todos. - Justin se pronunciou. - Alice, eu queria dizer que você é a mulher da minha vida, sempre te amei e tudo que eu quero é passar o resto da minha vida ao seu lado, aceita se casar comigo?

- Eu aceito, você é o amor da minha vida. - Alice respondeu com os olhos lacrimejados.

- Eu também preciso falar umas coisas, eu me superei de tudo e fui buscar o amor da minha vida em Londres, um amor que eu nunca deveria ter deixado ir embora. - Lucca se pronunciou. - Nunca poderia ter deixado essa deusa ir embora da minha vida, Rebecca Phillips, você aceita se casar comigo?

- Eu aceito. - Rebecca respondeu sorrindo e dando um selinho nele.

- Um brinde aos futuros noivos. - Mike ergueu a taça e todos fizeram o mesmo.

- Vamos curtir muito a festa gente, solta o som DJ. - Kelly pediu, o DJ assentiu colocando uma música eletrônica.

Lua de Mel

Mike pegou ela no colo e levou para o quarto do motel jogando ela na cama, em seguida deita por cima dela beijando e mordendo sua boca enquanto aperta sua buceta por cima da calça jeans, ele tira a camisa dele e volta a beija-la enquanto ela passa as unhas em suas costas. 

Ele tirou a calça dela deixando apenas de blusa e calcinha virou ela de bruço e deu um tapa em sua bunda que logo ficou vermelha, ele rasgou sua calcinha com apenas uma puxada e deitou entre as pernas da mesma passando a língua no seu clitóris, ela segurou em seu cabelo gemendo alto enquanto ele empurrava seu dedo e sugava todo seu clitóris fazendo movimentos circulares em sua buceta e ele sorriu olhando ela nos olhos dela que expressava o desespero querendo gozar, ela soltou um jato de orgasmo em sua boca e ele continuou chupando até que sentiu seu corpo tremer, ele subiu beijando ela para sentir seu gosto pegou em sua blusa e rasgou jogando os pedaços no chão. 

Ela sobe em cima dele e enfia as mãos dentro de sua calça arrancando seu pênis para fora, ele puxa o sutiã dela e começa a chupar seus seios enquanto ela masturba ele mais forte deixando-o louco. Ela sentou por cima dele e começou a rebolar fortemente fazendo ele arfar gostoso chamando o seu nome pedindo para que ela fosse mais rápido, ela continuou calvagando em seu pênis até que os dois chegaram a um delicioso ápice juntos.

Meses depois...

Kelly e Mike estavam finalmente casados e morando juntos, Alice e Justin estavam noivos dividindo o mesmo apartamento, Hanna e Erick viajaram para outra cidade, Lucca e Rebecca também estavam muito felizes para, Mandy estava presa pagando por todos os crimes que cometeu. Todos tiveram um final merecido, Mike e Kelly estavam se amando a cada dia que se passava, e por fim, ela não resistiu ele.


Notas Finais


Conheça a saga Mikelly no meu perfil.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...