História Resistindo Ele - Mikelly - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Confuso, Atrações, Hot, Mikelly, Romance, Saga, Sexo, Traições
Visualizações 37
Palavras 2.664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiie amores voltei com mais um capítulo espero que gostem.

Obs: O capítulo contém hot, se você não gosta peço educadamente que não leia. TOME HOT ❤️🔥

Capítulo 5 - Ele é irresistível


Algumas semanas depois...

- Posso saber aonde você estava? - Jerry disse, ele tava em pé com os braços cruzados.

- Trabalho. - Ela revirou os olhos

- Essas horas? - Jerry questionou.

- Qual é o seu problema? Vai ficar me fazendo várias perguntas? - Ela rosnou andando até o quarto.

- Eu sou seu namorado e tenho o direito de saber onde você estava - disse fazendo ela franzi o cenho.

- Eu estava no trabalho Jerry, T-R-A-B-A-L-H-O! Sabe o que é isso? - Ela exclamou, tirando a roupa e deitando de calcinha e sutiã na cama.

- Eu amo quando você dorme assim, isso me excita. - Jerry deitou ao lado dela beijando seu pescoço.

- Safado. - Ela disse roubando um beijo dele.

- Vamos transar, eu prometo ir com calma - Jerry estendeu a mão pegando uma camisinha no criado mudo.

- Jerry é melhor não, temos que ir devagar nessa de transar, sabe que eu sou perfeccionista e não quero nada do tipo assim - Ela empurrou ele.

- Tem razão. - Jerry revirou os olhos - boa noite.

Por autora: Pela manhã Kelly saiu antes mesmo de Jerry acordar, ela sabia que ele iria lhe encher o saco por não voltar para casa no mesmo horário de sempre, ela se arrumou usando uma calça moletom cinza com um cropped preto e uma jaqueta jeans, ela usou uma touca e deixou o cabelo solto. O tempo estava frio, ela passou na cafeteria para pegar um chocolate quente e encontrou Mike que também já estava indo para o trabalho.

- Olha só quem está aqui. - Mike sorriu.

- Bom dia. - Ela disse. - um chocolate quente cremoso com duas rosquinhas de prestígio pra viagem. - ela terminou e o homem assentiu.

- Uau, você faz academia? Pra manter esse corpinho gostoso desse jeito comendo tudo isso. - Mike comentou e ela franziu as sobrancelhas.

- Você pode ser menos grosseiro pela manhã? - Ela disse pegando o pacote com seu café da manha.

- Senhora cartão não autorizado - disse o caixa devolvendo o cartão dela.

- Passa esses dois no meu por favor. - Mike deu o cartão ao homem. - obrigado.

- Quanto que eu te devo? - Ela disse abrindo a carteira.

- Deixa de besteira, eu não vou cobrar um café a você. - Mike revirou os olhos.

- Então muito obrigada. - Eles caminharam para empresa.

- Hanna o que você tá fazendo aqui? - Mike perguntou.

- Voltei a trabalhar aqui com meu maridinho. - Hanna respondeu sorrindo.

- Erick temos que conversar, meninas ao trabalho. - Mike mandou e as meninas que estavam conversando foram cada uma pra sua mesa - eu posso saber que loucura é essa? - perguntou.

- Ela tá doida achando que eu estou traindo ela, eu não pude impedir se não ela iria com certeza achar que eu tenho mesmo uma amante. - Erick respondeu negando com a cabeça.

- O que passa na cabeça dela em achar que você tem uma amante? - Lucca perguntou dando um gole no café.

- As nossas saidinhas pro bar, ela acha que eu minto falando que vou sair com vocês, mas na verdade estou saindo com uma vadia aproveitadora, segundo ela. - Erick comentou da mesma forma que Hanna falava.

- E a gata que você vai sair Lucca? Já viu ela antes do encontro? Porque vai que chega lá e não é a gata que você tanto espera? - Mike comentou sorrindo.

- Engraçadinho. - Lucca revirou os olhos - bom eu vou indo trabalhar, até mais tarde na faculdade.

- Meninas eu vou sair com um cara gato - Alice comentou.

- Uau! Quem é o sortudo? - Kelly perguntou.

- Eu ainda não sei, mas vamos sair essa semana pro cinema e depois vamos pra casa dele - Alice respondeu com risos.

- Você vai pra casa de um cara que você não conhece no primeiro encontro? - Lívia perguntou.

- Sim, qual o problema? - Alice cruzou os braços.

- Ele pode ser um psicopata. - Lívia comentou.

- Lívia, não viaja..- Alice revirou os olhos

- Como vai seu namorado? - Hanna perguntou.

- Ele tá bem, só sofreu algumas lesões nas pernas e nos braços. - Lívia respondeu voltando a ficar concentrada no seu computador.

- O que aconteceu com o namorado dela? - Kelly perguntou com sussurros, Hanna pegou um papel e escreveu. "O namorado dela foi pego devendo drogas".

- Então amigas, eu preciso de uma ajudinha pra escolher a roupa que eu vou sair com o boy - Alice se pronunciou depois de algum tempo calada.

- Eu vou adorar ajudar. - Hanna deu pulinhos na cadeira.

- Eu vou ir almoçar, encontro vocês depois - Kelly levantou indo para cozinha. - posso sentar aqui?

- Pode. - Mike deu espaço e ela sentou.

- O que você tá fazendo? - Ela perguntou.

- Anotações. - Mike sorriu fraco.

- Legal! - Ela respondeu comendo um pouco da sua comida.

Algumas horas depois todos voltaram para suas casas e se arrumaram para ir a faculdade, Kelly estava com uma calça jeans escura com regata preta e a mesma jaqueta jeans, ela usou uma bota cano longo, seu penteado estava preso em um rabo de cavalo e assim saiu para faculdade.

- Olha só quem estuda aqui também. - Mandy comentou com as amigas e olhou Kelly de cima baixo.

- Ridícula. - Uma de suas amigas respondeu entre risos.

- Aposto que tá dando a buceta pro meu Mike, mas isso vai durar por pouco tempo porque eu vou acabar com essazinha. - Mandy exclamou.

- Eu não sabia que Mandy estudava aqui. - Kelly comentou para Alice e Hanna.

- E não estudava, essa cobra deve ter pedido transferência quando soube que Mike e você estudava aqui também - Hanna respondeu.

- Bom seja o que for, Mike é todo dela. - Kelly deu de ombros.

- Eu ainda tenho a certeza que o Erick tá me traindo com alguma vadia, eu preciso saber quem é essa garota! - Hanna disse.

- Hanna eu não acho que o Erick seria capaz, vocês estão juntos a tanto tempo - Alice se pronunciou.

- Ele parece ser uma boa pessoa. - Kelly comentou.

- Então estou hiper mega ansiosa para o encontro, finalmente vou desencalhar - Alice suspirou sorrindo.

- Estou indo pra sala, a gente se ver na casa da Alice para escolher a roupa. - Kelly disse, saíndo.

- Mandy aqui é o meu lugar e da Kelly. - Mike disse com as sobrancelhas arqueadas.

- Não tem o nome dela aqui, você até pode sentar do meu lado, mas daqui eu não saio pra ela sentar. - Mandy sorriu debochada.

- Tudo bem Mike, eu não vou brigar por causa de um lugar - Kelly saiu sentando em uma mesa individual.

- Senta Mikezinho - Mandy mandou batendo na cadeira.

- Nem ferrando eu vou sentar do seu lado. - Mike sai sentando em uma cadeira individual na frente de Kelly deixando Mandy furiosa.

~••~

Assim que a noite caiu, Hanna e Kelly foram para casa de Alice ajudar ela escolher um vestido para o encontro, elas estavam sentada na cama dizendo não praticamento para todos os vestidos de Alice que já estava entediada com tanta indecisão.

- Será que vocês podem escolher um? - Alice perguntou entendida.

- Você só tem vestidos feios - Hanna comentou - por sorte eu trouxe esse daqui. - ela abriu a bolsa e tirou um vestido vermelho com preto e deu a Alice.

- Que vestido maravilhoso, vamos lá se arruma logo. - Kelly disse

Alice se arrumou usando o vestido com um salto preto e fazendo um coque no seu cabelo deixando algumas mechas caída sobre seu rosto, ela rogou uma bolsa de mão cor preto e logo saiu com as meninas que foram para suas casas e ela foi para praça se encontrar com o cara do site de relacionamento. Alice ficou sentada batendo seu pé esquerdo no chão quando viu um homem vindo em sua direção, ela sorriu abertamente quando o cara chegou mais perto seu sorriu murchou.

- Lucca? - Alice disse com tom decepcionado.

- Alice? A garota é você? - Lucca sorriu.

- Eu não acredito que esse tempo todo era você - Alice bufou revirando os olhos.

- Eu fico feliz que seja você - Lucca exclamou.

- E eu não fico nenhum pouco feliz. - Alice rosnou.

- Já que estamos aqui porque não saímos para o cinema? A gente pode assistir o filme que você quiser - Lucca disse.

- Você acha mesmo que eu vou querer sair com você? - Alice sorriu nervosa.

- Eu só quero que não seja tempo perdido ter se arrumado e ficado semanas marcando o encontro para sair falho - Lucca deu de ombros.

- Tudo bem, mas se você tentar alguma gracinha eu acabo com você - Alice e Lucca seguiram para o cinema.

~••~

- Kelly o que tá fazendo na rua sozinha essas horas? - Mike perguntou encostando o carro.

- Esperando um táxi - Ela respondeu, seus braços estavam em volta de seu corpo, parecia estar com frio.

- Entra aí eu te dou uma carona - Mike abriu a porta e ela entrou.

- Só vou aceitar porque já tá tarde e eu preciso mesmo ir pra casa - Ela disse colocando o cinto.

Mike começou a dirigir, estava chovendo a tinha faltado energia na estrada que percorria pela casa de Kelly, um homem da a mão apontando que seu carro estava quebrado e sua mulher estava grávida, Mike desce do carro e o homem anuncia o assalto mandando Kelly descer do carro, eles não reagem apenas saem do carro ficando na estrada tomando chuva.

- Você tá bem? - Mike perguntou se aproximando dela.

- Claro que não, acabamos de ser assaltados e eu estou longe da minha casa - Ela respondeu quase gritando.

- Minha casa fica perto daqui, vamos pra lá - Mike disse pegando na mão dela e levando ela para casa dele. Quando eles chegam na casa de Mike seus pais estavam no sofá abraçados assistindo um filme.

- Mike o que aconteceu? - Jenny perguntou.

- Fomos assaltados o cara levou meu carro - Mike respondeu.

- Que perigo, eu tentei te ligar pra avisar que teve um blackout no bairro e era pra você dormir na casa de um amigo - Tom exclamou, entregando duas toalhas a Mike e Kelly.

- Obrigada. - Kelly disse se secando - Mike eu preciso ir pra casa.

- Pode dormir aqui essa noite, querida, não quero que seja assaltada de novo. - Jenny se pronunciou.

- Obrigada. - Kelly sorriu fraco. - eu posso dormir aqui no sofá mesmo.

- Pode dormir no quarto do Mike, lá tem duas camas e vocês já devem ter dormido juntos outras vezes - Tom disse.

- Pai por favor - Mike revirou os olhos e subiu com Kelly para o quarto.

- Primeira vez que Mike traz uma garota aqui e ela sabe falar obrigada - Jenny comentou e Tom sorriu. - pode me chamar de louca, mas essa é a futura namorada do nosso filho.

Quarto de Mike

- Eu preciso tirar essa roupa, você pode me emprestar uma blusa? - Kelly pediu e Mike assentiu dando uma blusa a ela. Kelly "esqueceu" que Mike estava ali e tirou sua roupa ficando apenas de lingerie preta.

- Uau! - ele mordeu os lábios - você é linda.

- Obrigada, eu preciso avisar ao meu namorado que estou na casa de uma amiga - ela disse pegando o celular dentro do sutiã.

- Só não precisa ser agora. - Mike pega o celular da mão de Kelly e deita ela na cama dele e começa a beija-la. Ele desceu a mão pelo corpo dela acariciando seus seios por cima da blusa enquanto seus lábios ainda estavam colados fazendo uma guerra de língua deliciosa, Mike desceu as mãos passando na intimidade dela acariciando seu clitóris por cima da calcinha, eles finalizaram um beijo com um selinho longo, Mike entra dentro das pernas dela roçando seu pênis enquanto mordia o pescoço dela, logo depois voltou a beija-la mais lento e demorado.

- Mike eu sou virgem, eu nunca transei - Ela disse quando os dois separou os lábios.

- Você quer? - Ele perguntou e ela assentiu, já não aguentava mais se guardar daquela forma pra ele.

Mike abraçou as costas de Kelly abrindo seu sutiã enquanto seus lábios ainda estava colados ao dela, ele passou as mãos apertando levemente seus seios e desceu sua boca beijando o pescoço dela fazendo-a arfar, as unhas dela deslizou pelas costas dele e enquanto gemia baixinho em seu ouvido enquanto a boca dele estava chupando seus pequenos seios que estavam duros por excitação, ele voltou a beijar ela enfiando a mão dentro da sua calcinha e movimentando seu dedo indicador fazendo movimentos circulares ela gemia entre o beijo deixando ele ainda mais excitado, ele tirou o dedo de dentro da calcinha dela e levou na boca do mesmo sentindo seu gosto. Ele abaixou a calcinha dela lentamente depositando selinhos em sua barriga e descendo beijando em cima da sua buceta ela gemeu um pouco mais alto dessa vez, ele passou novamente seu dedo indicador no clitóris dela e desceu enfiando devagar na sua entrada, logo passou a da beijos de língua em sua buceta que não demorou a lubrificar. Voltaram a se beijar enquanto ele roçava seu pênis por dentro da cueca na buceta dela que já estava completamente excitada, ele volta a passar seu polegar no clitóris dela massageando fazendo ela apertar os travesseiros, ele dá leves beijos na buceta dela. Ela sentiu a língua dele passar novamente com delicadeza em seu clitóris ele abre todos os meus lábios vaginais e começa a trabalhar mais ainda com a lingua, ela segurou forte no cabelo dele e ele chupava olhando nos olhos dela que sussurrava chamando seu nome. Mike tira a cueca deixando sua ereção para fora, Kelly pega delicadamente em no pênis dele começa a masturbar aumentando a velocidade aos poucos, Mike gemeu baixinho segurando na nuca dela e puxando sua boca para perto do seu pênis ela passou a língua e começou a chupar com maestria enquanto ainda masturbava ele com sua boca fazendo um vai e vem delicioso, ela tirou o pênis dele de dentro da boca e deu um outro beijo lhe puxando para cima dela, ele abriu o criado mudo que tinha ao seu lado da sua cama e pegou uma camisinha e ela tomou de sua mão, ele queria que fosse uma noite especial para os dois, mas muito mais para ela já que era sua primeira vez e os seus sentimentos por ela era bem diferente do das outras garotas com quem ele havia transado. Ela abre delicadamente tirando da embalagem e levando diretamente ao pênis dele que estava duro parecendo que iria explodir era grande e grosso diferente do que costumava ver em casa, ela estava com um sorrisinho malicioso no rosto estava tão excitada que nem pensava no namorado. Ele passa o dedo na língua dela fazendo molha-lo, ele abre as pernas ficando dentro dela, ela era virgem e Mike sabia disso, queria dá a ela uma noite maravilhosa ele encaixa perfeitamente seu pênis na entrada dela empurrando delicadamente, quando chegou no fim ele deitou entre as pernas dela colando seu abdômen em seus seios, ela abraçou ele e ele começou a estocar com carinho sem muita pressa aquilo no início tava doloroso para ela que gemia manhosa em seu ouvido. Mike abafou o gemido dela com beijos calorosos enquanto ele estocava e beijava ainda para envolver um certo prazer para os dois e estava cada vez melhorando, as unhas dela passeava por suas costas deixando uma marca registrada ali, ele começou acelerar mais os movimentos enquanto ela voltou a gemer no ouvido dele. Eles trocaram de posição ela ficando por cima sentando devagar fazendo seu pênis sumir dentro dela, ela começou começou a rebolar em seu pênis ficandi sentada apoiando as mãos em seu peitoral e fazendo um sobe e desce, o silêncio dos dois foram quebrado quando o ápice deu sinal de que iria chegar, Kelly pedia para ele ir mais rápido enquanto ainda rebolava fazendo a cama balançar, os dois gozaram e se jogaram na cama dando um beijo longo.


Notas Finais


Beijos até o próximo capítulo ❤️😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...