1. Spirit Fanfics >
  2. Ressaca de nove meses - Kim Namjoon >
  3. Está acontecendo de novo

História Ressaca de nove meses - Kim Namjoon - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem deste capítulo!

Boa leitura!

Capítulo 4 - Está acontecendo de novo


Fanfic / Fanfiction Ressaca de nove meses - Kim Namjoon - Capítulo 4 - Está acontecendo de novo

A ideia de ir para Ilsan não era ruim seria bom para esquecer a minha recente demissão, mas por outro lado no momento não era boa. Ao contrário do que sempre fazíamos, estávamos indo para Ilsan de trem. Muitas pessoas vem para a Coreia coma imagem de que as coisas aqui são incríveis, na maioria das vezes os trens não tem movimentação. Mas neste horário de sexta feira, esse trem que ia para Ilsan estava cheio, quase transbordando. Para piorar eu era iludida, então quando Namjoon me convidou para ir a Ilsan pensei que íamos de carro, por isso eu fiz uma grande mala por mais que fosse só um fim de semana.

-  Eu disse só um fim de semana  -  Namjoon analisa minhas malas amontoadas em cima de nos dois, as minhas malas não eram as únicas coisas amontoadas as várias pessoas nos empurrando, nesse momento eu queria matar Namjoon, o meu olhar já dizia tudo  -  Porque trouxe esse monte de mala? 

-  Eu precisava de algo para me destrair, então consegui colocar quase todo o meu guarda roupa nesses tres malas  -  Namjoon volta a olgara apavorado para as malas, ele devia estar se perguntando como eu coloquei quase todas as minhas roupas ali.

-  Nossa  -  Porque eu reclamei que esse trem estava lotado? No memso instante em que Namjoon ficou queito ao nosso acabava de entrar um casal de velhinhos. Infelizmente a senhora Kim tinha ensinado Kim Namjoon a ser uma pessoa educada, para a minha infelicidade ele tinha aprendido a lição em pouco tempo tive que dar o meu lugar para o casal de idosos. Eles eram tão fofinhos, mas ainda assim estavam sentados no meu precioso lugar  -  Não acredito que está pensando nisso  -  Namjoon estava atrás de mim, a dorama que ele falou isso perto do meu ouvido me causou um grande arrepio por todo o corpo. Porque? Só Namjoon não sabia do efeito que a voz que ele tinha causava nas mulheres.  -  São velhinhos devemos dar o lugar para eles, você anda muito mal educada, precisa aprender bons modos -  Namjoon da um risinho sacana, que eu nem devo dizer me arrepiou mais do que eu já estava. 

Pela primeira vez na vida eu senti que os deuses estavam do meu lado, antes de Namjoon terminar ou começar a dar outra coisa foi avisado que chegamos ao nosso destino, Ilsan.

Vazia alguns meses, quase um ano completo que eu não vinha a Ilsan, mas esse curto período foi o suficiente para a cidade, pelo menos a estação mudar bastante. A mãe e a avó de Namjoon já esperavam agente na frente das escadarias, amanhã era o aniversário da vó de Namjoon. Diga - se de passagem aquela senhora era um amor, esse era o seu aniversário de 90 anos. Tinha certeza que ela viveria muito mais isso.

-  Meu Namjoon  -  A velhinha Yang- Mi  fofa que era a vó de Namjoon da um beijo nas bochechas dele, mas o mais fofo foi reservado para mim.  -  Minha linda!  -  Uma série de beijos e apertos foi espalhado por todos o meu rosto, eu nunca recebi este tipo carrinho em toda a minha vida, exceto o que vovó mim me concedia. Sem exagero algum considerava ela como uma vó. A família Kim me acolheu muito cedo, devia ter uns quinze anos quando conheci Namjoon. Estava tendo várias dificuldades na escola então ele fpidestinada a me ajudar, me ajudou muito! Não só com os compromissos escolares, mas ele deus de cedo se tornou um porto seguro, como disse sua família fez questão de me ajudar. Eu não tinha ninguém no mundo, depois de conhecer Namjoon, acho que podia dizer com toda certeza que eu tinha uma família.

-  Yura, está cada dia mais linda!  -  A mãe de Namjoon me dá um abraço muito apertado,  essa família é incrível!


{...}


Não demorou muito para que chegássemos a residências dos Kim, que devo dizer era grande de mais para somente quatro pessoas moravam ali, mas quando as épocas festivas chegavam, a casa ficava lotada. Eu não conseguia entender, todo nata aparecia um novo primo, a família parecia crescer mais e mais a cada novo ano.

Estávamos todos sentados na mesa, o jantar preparado pela senhora Kim estava divino. Por sorte eu já não tive mais enjoos, só um ou dois antes de embarcarmos.

-  Namjoon nao acha que esta na hora de ss casar? Você e Yura são amigos a anos , não acham que está na hora de lefar isso para o proximo nivel?  - Namjoon e eu quase morremos engasgado pelo assunto que o pai de Namjoon começou, depois de tantos anos pensei que o mesmo tinha esquecido essa coisa de casamento. Desde primeira vez que NamJoon me trouxe para jantar na casa dele os rumores criadas pelo próprio pai não paravam, na verdade até pararam quando fomos para a faculdade. Mas parece que eles não ficaram no passado como eu pensei.

-  É verdade  -  A vovó Yang-Mi concorda, e a única pessoa que eu pensava que não iria concordar concordou, a senhora Kim balançava a cabeça concordando com cada placar que era dita pelo marido.

Ao contrário do que eu pensava Namjoon não dissera uma palavra, pelo contrário eu podia ver o sorrisão contido no seu rosto, eu sabia exatamente no que ele pensava em dizer: Isso já passou do próximo nível. Então como Namjoon não falava nada, isso estava incentivando os pensamentos da família Kim , tinha que falar antes que isso virasse uma bola de neve   -   Namjoon e eu somos só amigos!

-  Vocês são o tipo de casal que todos sabem que vai ficar juntos menos vocês  -  Se essa frase não estivesse sendo aplicada a mim e a Namjoon eu iria concordar com a senhora Yang - Mi.  -  Mas isso pelo que vejo ainda vai demorar para se tornar verdade, mas vocês ainda vai ter lindos filhos  -  Filhos essa foi a palavra que trouxe todo aquele enjoo de volta. Tive que me segurar para não vomitar na frente de todos.  -  Talvez os filhos já estejam vindo.


- Os seus pais estão cada vez mais doidos  -  Falo para Namjoon assim que eu consigui parar de vomitar 

-  Eles não estão errados  -  Como assim eles não estão errados? Namjoon entre nós dois era sempre o que mais negava o nosso suposto envolvimento, afinal ele sempre tinha uma namorada ao lado nos jantares.

-  Errados sobre o que?

-  Que você não esta bem do estômago  -  Namjoon da uma leve risada do estado onde eu encontrava  -  O pirralho do Doyan pegou meu quarto  -  Não entenderia essa rivalidade que Namjoon tinha com o irmão mais novo, claro que Doyan não era o adolescente mais legal cátedra, mas ainda sim não entendia o ódio vindo do seu irmão mais velho.  - A vovó está arrumando uma cama para eu dormir no chão do quarto de hóspedes  -  O quarto de hóspedes há tinha praticamente virado meu, sempre que gostávamos a casa dos Kim eu dormia la.

{...}

-  Está chão está muito gelado!  -  Namjoon exclama, hoje estava Fazendo um dia bastante frio, no canto enquanto havia uma lareira, mas ela naobparecai suficiente para esquentar o quarto. E neste momento o lado bondosa de Yura foi ativado, não poderia deixar meu amigo dormindo assim no chão.

-  Namjoon quer vir dormir aqui?  -  Parecia que Namjoon planejou isso, porque no mesmo instante em que o convidei ele o mesmo já estava deitado comigo na cama.

-  Yura acha que vovó tem razão?  -  Namjoon me olhava atentamente esperando por uma resposta -  Sobre o que meu pai falou lá embaixo.

-  Eu não sei  - Não sabia ao certo porque estava nos tendo essa conversa, mas sabia muito bem porque Namjoon decidiu perguntar, há alguns anos atrás ele faria de tido para esquecer o assunto. 

- Eu acho que está acontecendo de novo  -  Namjoon tira alguns do meu rosto alguns fio que o impediam de me olhar nos olhos.

 -  O que Namjoon?

 -  Vegas eu acho que está acontecendo de novo....




Notas Finais


Comentem o que acharam desse capítulo, se comentarem e favoritarem eu vou ficar tão feliz!

Dem uma passadinha em o grande plano!

fanfic

https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-grande-plano--imagine-jungkook-19608454


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...