1. Spirit Fanfics >
  2. Ressuscitado >
  3. O que tem no Porão? (Pt.2)

História Ressuscitado - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, essas partes do "o que tem no Porão" são mais curtas mesmo, mas o resto dos capítulos são mais longos, não se preocupem

Capítulo 10 - O que tem no Porão? (Pt.2)


Fanfic / Fanfiction Ressuscitado - Capítulo 10 - O que tem no Porão? (Pt.2)

Estava desviando dos chilenos que a Yumi jogava em mim, nunca me senti tão aventureira em toda minha vida haha

Mas enfim, não era hora pra isso, tenho que pensar em algo para entreter a Yumi é Teru, que logo logo chegaria aqui

Yashiro: YU-YUMI - paro no meio do corredor e me viro devagar com as mãos pro alto - EU TENHO UM BOM MOTIVO PRA VOCÊ NÃO JOGAR A CHINELA EM MIM!

Yumi: fala logo - ela levanta o chinelo e mora em mim

Yashiro: be-bem... - pense Yashiro! - é que... - já sei, vou falar a verdade! - promete não me bater?

Yumi: eu vou te bater de qualquer geito, a diferença é o nível da dor - ela faz posição para jogar o chinelo, nessa hora meu corpo todo arrepiou, era muita pressão

Yashiro: enfim, você não pode perder tempo me batendo, porque Teru está a caminho pensando que você o chamou para um encontro!

Yumi: O QUÊ? - ela joga o chinelo na minha barriga e eu caio no chão, parece que eu levei um tiro! - NÃO É PRA VOCÊ FICAR MARCANDO ENCONTRINHOS POR AI SOBRE MIM!

ela foi pro quarto e apenas trocou o moletom

*Ding dong*

Yashiro: ele chegou

Yumi: tá muito em cima da hora pra desmarcar, droga - ela vai até a porta e cumprimenta Teru - você me paga Yashiro - logo após ela sai e fecha a porta

Yashiro: SE DIVIRTAM! - falo ainda deitada no chão, só falta eu ligar para o Kou-kun!

Ligação on

Yashiro: Kou-kun?

Kou: Sim? - ele estava ofegante, parecia recuperar o fôlego

Yashiro: consegui, os dois saíram para um encontro, acho que temos uns 30mim

Kou: droga...vou precisar de mais tempo, a porta é de concreto, to tentando quebrar

Yashiro: eu estou a caminho, tenta não fazer muito barulho!

Ligação of

Kou on

Quebra de tempo

Estava tentando quebrar a porta há algum tempo, a poeira do concreto estava no ar, deixando o ambiente mais pesado e meus pensamentos mais afastados

Tipo, o que tem atrás dessa porta? Será que tem algo a ver com o sumiço? Será que era seguro? Eu não tenho como ter certeza até quebrar a porta

Yashiro: Kou-Kun! - olha para trás e vejo a senpai descendo as escadas; ela estava de coque, vestia uma regata branca e um short jeans, ela trazia consigo um martelo - nossa que bagunça, nem sei como você consegue respirar com tanta poeira no ar haha

Ela se posiciona e começa a quebrar junto comigo

Kou: você vai se machucar, deixa isso comigo

Yashiro: você está cansado! Apenas aceite me ajuda

E lá vamos nós!

Quebra de tempo

Nós finalmente conseguimos quebrar a porta, nós entramos na sala e acendemos a luz, era uma luz bem fraquinha e quase não iluminava, mas pelo menos conseguimos ver bem que estava nossa frente

Uma mesinha de metal com rodinhas, ela tinha dois andares e ambos tinham ferramentas e algumas armas

Kou: por que meu irmão precisaria disso? - você não vai não me responde e continua com os olhos arregalados olhando para o lado - sampai?

Yashiro : AMANE-KUN! - me viro radicalmente e me deparo com Hanako preso por correntes nos pulsos, a Senpai soltando as correntes com alguma ferramenta, mas...

Ele não se mechia...por que ele não se mechia?...

Seu corpo estava muito machucado, alguns roxos e outros abertos e sangrando, agora sei o motivo da mesinha...

Quando me dou conta, estava chorando horrores ajoelhado no chão ajudando a Senpai, que também estava em desespero

Quando finalmente soltamos o mesmo, Yashiro o segura e o coloca nas costas com todo o cuidado do mundo, mas logo ela perde o controle e vomita, quase caindo e quase derrubando o "corpo"

Kou: senpai! - vou até ela e ajudo a mesma a se equilibrar - de-deixa que eu levo - digo ainda chorando, não era fácil aquela situação

Yashiro: Não! I-isso é culpa minha! Eu nunca-ca deveria ter ressus-su-citado ele! E-le não merecia isso - sua voz estava tremida e ela se engasgava no próprio choro

Nós tentávamos nós recuperar para sair de lá, já imaginando o enterro...ser colocado de baixo da terra, perder tudo, sofrer de novo...ele não merecia isso

Yashiro: por-por favor...se está ouvindo isso, dê ma-mais uma chance pra ele...só mais uma! Ugh...- ela se engasga novamente e recupera o fôlego

Eu não entendi na hora, com quem ela estava falando? Mas isso não importava mais, todos os nossos pensamentos se foram ao ouvir uma tosse vindo de trás da senpai

Yashiro: ele tá vivo...ELE TA VIVO! - eu e a senpai comessamos, dessa vez, chorar de felicidade, afinal, ele estava tossindo, então ele estava vivo! Ainda dava tempo!

Kou: E-eu não acredito, precisamos sair daqui!

Estávamos indo pegar nossas coisas, quando uma mão, novamente encosta no meu ombro









Teru: não tão rápido...eu disse pra você não vir pra cá Kou...


Notas Finais


Como prometido, postei esse rápido kkk

Lembrando, os capítulos voltarão a ser maiores, não se preocupem

Bjs, fiquem dentro de casa!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...