1. Spirit Fanfics >
  2. (re)START - Jenlisa >
  3. Lar é onde o coração se grava em pedra

História (re)START - Jenlisa - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Lar é onde o coração se grava em pedra


Fanfic / Fanfiction (re)START - Jenlisa - Capítulo 8 - Lar é onde o coração se grava em pedra

Point of View: Jennie Kim

Desde o dia que eu a encontrei que eu achei Lalisa uma das pessoas mais belas que já tive a oportunidade de encontrar, contudo ela conseguiu ficar ainda mais linda depois que Rosé cortou e pintou suas madeixas. Agora elas tinham um tom mais voltado para o caqui tirando completamente aquele ruivo levemente laranja, bem como estavam mais ou menos na altura dos ombros, talvez um pouco mais abaixo, o que deixou seu rosto ainda mais acentuado mostrando seu formato exótico. Se eu não fosse tão possessiva com minhas coisas, ela daria uma perfeita modelo para Chanel.

Lalisa: Sou eu? -Suas mãos corriam por o cabelo agora já completamente seco- Oh my God!

Jisoo: Se eu não pegasse a Rosé e a Jennie não quisesse lhe dar uns pegas, eu juro que te pedia em casamento agora mesmo. -Só tive tempo de abrir a boca e acertar-lhe as costas em um tapa ardido-

Jennie: Pabo! -Vi Lisa corar as bochechas-

Rosé: Eu disse que sabia fazer isso, você ficou perfeita Liz. -Tirava a máscara que antes usava-

Lalisa: Gamsahamnida. Sinto que agora posso recomeçar. -Deu de ombros sorrindo torto e aberto mostrando seus dentinhos-

Rosé: A gente deveria ir comprar roupas para você. -Mexia nas unhas como quem falara despretensiosamente-

Jisoo: Ah não, compras não. -Resmungou e eu apenas trouxe Lisa para um abraço quando ela se aproximou após sacudir a toalha que tinha nos ombros- Até mesmo porque eu quero meus frangos fritos.

Jennie: Vocês podem dormir aqui e amanhã a gente vai na empresa.

Lalisa: Fazer o que na empresa? -Se virou para mim ainda agarrada em minha cintura-

Jennie: Escolher roupas novas para você. -Apertei seu nariz-

Lalisa: Mas eu gosto dos seus moletons, são quentinhos e tem seu cheirinho. -Fiz um bico imitando o que enfeitava seus lábios-

Jisoo: Lisa não tem cara de patricinha...

Rosé: Orre unnie, vai deixar? -A loira odonto veio rindo e se jogando na cama a qual Jisoo também já havia deitado enquanto eu apenas mostrava-lhe o dedo do meio-

Jennie: Vocês vão ficar aqui essa noite? -Perguntei vendo Leo adentrar o quarto miando e se enroscando nas pernas de Lice-

Jisoo: Por mim pode ser, até porque meus frangos ainda não chegaram e eu não saio daqui até comer. -A enrolei até Rosé aprontar Lalisa para poder pedir sua comida favorita em todo o mundo-

Rosé: Então a gente fica no seu quarto e você fica com a Lisa aqui. -A olhei arqueando a sobrancelha-

Jennie: E eu posso saber porque?

Jisoo: Jinjja? Certeza que você vai querer dormir conosco? -Me olhou maliciosa- Se bem que a gente poderia fazer um ménage à quatre. -Cruzou as pernas passando seus braços por trás de Rosie com cara de cafetona-

Rosé: Aigoo, primeiro que eu não te divido com ninguém e segundo que você está precisando pedir a Deus por sua alma.

Jennie: Tem mais nem salvação isso aí. -Disse gargalhando da cara de Jisoo que ria alto da pregação de Rosie, a falsa cristã-

Lalisa: Nini, o que é ménage à quatre? -Seus olhos pareciam de criança curiosa e eu apenas tive tempo de arregalar os meus passando um olhar de raiva para Jisoo que chorava de rir ainda mais agora-

Jennie: Ah Liz, nada demais. -Abracei seus ombros a puxando para sair dali e mudar o foco-Bom, vamos pedir comida enquanto elas duas limpam seu banheiro.

Rosé: Quem vai limpar é a Jisoo unnie, eu já pintei e cortei.

Jisoo: Exatamente por esse motivo que VOCÊ quem vai limpar, afinal VOCÊ sujou.

Tão-somente saí rindo com Lisa ao mesmo tempo que elas discutiam entre si já indo para o banheiro que estava entupido de cabelos e até mesmo tinta que caiu, elas que lutem para limpar e deixar como encontraram. Antes de irmos para o andar de baixo, Lisa agarrou em seus braços o gato que apenas ronronou e se encolheu, ah como eu queria ser esse peludo sortudo. Meu pai estava sentando no sofá conversando com minha omma que sapeava o controle mudando de canal a procura de provavelmente algum canal sobre moda.

Jennie: Omma, oppa, conheçam a nova moradora de nossa casa. -Lisa me olhou tímida-

Irene: Jagi, você está linda! -Se aproximou de nós tocando o rosto de Lisa em carinho- Fico feliz que tenha aceitado recomeçar.

Jinyoung: Realmente Rosé fez um ótimo trabalho, Lalisa. -Falou sorrindo levemente ainda sentado em seu canto-

Lalisa: Obrigada, me sinto diferente com esse estilo, mas eu adorei. -Confessou sorrindo para meus pais, ainda mais para minha mãe-

Irene: Combinou demais com você. -Se virou para mim- Vão comprar roupas para ela quando, Jennie?

Jennie: Amanhã, omma. Iremos na empresa mesmo, não sei se será bom já ir para um shopping com Lisa.

Jinyoung: Ainda está muito recente todo o acontecido e também não sabemos sobre as pessoas que fizeram isso com ela, embora estejamos investigando é tudo ainda uma grande incógnita. -Assenti concordando-

Irene: Vou pedir que uma das lojas mais próximas deixe algumas amostrar lá, afinal ela precisa de roupas casuais.

Jennie: Pronto, vou pedir Rosie e Jisoo mais coisas como de higiene e tal.

Lalisa: Eu jamais vou poder agradecer por tudo que vocês têm feito por mim.

Jennie: Você pode aceitar minha mãe como sua sogra. -Balancei as sobrancelhas rindo em sua direção que escondeu o rosto entre as mãos-

Lalisa: E seu disser que sim? -Indagou me olhando depois de alguns segundos-

Jennie: Yeorobun?!

Meus olhos automaticamente se arregalaram enquanto ouvia minha omma rindo de meu gay panic, meu pai olhava com uma cara feia em ciúmes na minha direção. Apoiei-me no sofá dramatizando olhando o sorriso de canto de Lisa. Okay! Talvez eu não tenha dramatizado tanto e realmente tenha precisado me apoiar para não cair diante daquela perfeição em minha frente. Acho que eu morri e fui parar no Harém, enfim...

 

Point of View: Lalisa Kim Manoban

PLAY: Home (Gabrielle Aplin)

Foi uma das noites que dormi melhor em todos esses dias de nova vida, se é que assim devo dizer. Como Rosé e Jisoo unnie dormiram aqui na casa dos pais de Jennie, nós duas ficamos em meu quarto que antes era o de hóspedes enquanto Kim e Park ficaram no quarto de Jennie. A princípio eu fiquei um pouco tímida de dormir na mesma cama com Nini, digo, eu nem sei explicar direito o porquê mas, ela mexe com minhas emoções de um jeito forasteiro, porém ela me deixou super a vontade e no meio de um filme que Nini escolheu, eu acabei me encolhendo em seus braços com Leo deitado em minhas pernas e assim dormimos.

Ela acordou primeiro, se deixasse eu dormiria até mais tarde, porém um negócio barulhento e infernizante tocava como se o mundo fosse acabar, ela também resmungou bastante antes de me soltar e desligar aquela pequena banda marcial caseira. Acho que ela notou minha cara de confusão e se dispôs a explicar que aquilo era um alarme, me avisou que iria tomar banho e pediu que eu fizesse o mesmo enquanto ela ia antes acordar as meninas então eu tão-só assenti. Seria o meu segundo banho descente, no banheiro de meu quarto havia um enorme espelho e algo chamou minha atenção, era como um rabisco de caneta em toda minha coluna, mais precisamente em minha espinha.

Virei minha cabeça olhando melhor aquele rabisco, engraçado que eu não fazia a menor ideia do que significava. Sequer entendia o que estava escrito e não pude evitar que uma lágrima caísse de meus olhos, por fim estava me dando conta de que eu estava sozinha no mundo, embora não queira parecer ingrata com Jennie e sua família, com as meninas, no entanto definitivamente eu não tenho ninguém que conheça. Fechei meus olhos permitindo que o ar entrasse com suavidade em meus pulmões, uma vontade de chorar e de me esconder do mundo crescia em meu peito. Era uma sensação diferente de todas que já senti. Afastei-me de meus pensamentos quando ouvi leves batidas na porta do banheiro.

Lalisa: Já vai! -Apressei em pôr um roupão abrindo rapidamente os olhos a procura do mesmo-

Jennie: Você demorou, fiquei preocupada. -Respondeu quando saí do banheiro-

Lalisa: É que... é que eu descobri algo. -Consertei minha oração- Digo, encontrei algo em mim.

Jennie: Lisa, está tudo bem? -Se aproximou de mim- Você se lembrou de alguma coisa, Lice?

Lalisa: Não exatamente, eu apenas percebi que tenho rabiscos de caneta em minhas costas.

Jennie: Posso ver?

Assim que ela pediu senti uma leve vergonha e mesmo hesitante desfiz o laço do roupão e me virei de costas para ela permitindo que o mesmo fosse se abaixando por meus ombros, ainda que não mostrasse além da conta. Olhei por cima do ombro e vi Jennie resfolegar e se concentrar em olhar aqueles..., desenhos. Por um minuto ela levantou a mão e tocou docemente aquela coisa em minha coluna e foi como se eu sentisse várias formiguinhas percorrerem por meu corpo. Voltei a realidade quando ela pigarreou chamando nossa atenção.

Jennie: Eu não faço ideia do que possa significar, Lice. -Me olhou triste- A única coisa que eu sei é que é algo escrito em árabe.

O lugar era extremamente quente, parecia que minha pele iria torrar com aquele sol, mas graças a meu amor eu sabia que não sairia tão machucada de insolação, já que ela me embebedou de protetor solar antes de sairmos do hotel. Depois de olhar na previsão do celular percebi que havíamos escolhido a época do ano mais ardente, chegava até a 47°C.

Irônico que mesmo com todo esse perrengue do clima, foi definitivamente uma das melhores viagens que já tive a oportunidade de realizar e ainda mais ao lado do amor de minha vida, pois que desde que começamos a namorar que falamos em alguns lugares que tínhamos vontade de irmos juntas e Medina sempre esteve no nosso top3, nossa próxima parada seria Dubai. Até cogitamos em ir de primeira, mas Moguri tem gasto demais ao investir em sua carreira como cantora e devo confessar que mal me aguento de tanto orgulho.

Pranpriya: Eu quero fazer uma tatuagem, amor. -Avisei enquanto olhávamos as fotos que havíamos tirado-

Momo: E o que minha princesa quer tatuar? -Abraçou meu pescoço colando nossos corpos-

Pranpriya: “Qualquer um pode realizar seu sonho se tiver coragem.” -Sorri largo a apertando em meus braços- É isso que estamos fazendo, tivemos coragem de lutar por nosso amor e desde então nada mais será impossível para nós.

Momo: Já te disse hoje que eu te amo? Aishiteru imasu. -Minha japinha...-

Pranpriya: Saranghaeyo, unnie.

Jennie: Lisa? Você está bem? -Perguntou quando eu me apoiei nela com o roupão já recomposto- Vem, vamos sentar.

Lalisa: Calma, está passando. -Confidenciei apoiando minha cabeça em seu ombro- Minhas pernas tão moles, não consigo.

Jennie: Tudo bem, apenas saiba que eu estou aqui com você e eu não vou lhe soltar. -Sua voz era baixinha em meu ouvido e seus braços firmes em minha cintura- Não é fácil, Lisa, eu não vou mentir para você, mas eu vou estar aqui contigo a cada momento, a cada pequeno passo e a gente vai passar por isso juntas. Eu comprei sua briga com o destino para ser feliz e eu não vou falhar.

Lalisa: Jennie... -Sussurrei seu nome-

Aos poucos fui levantando minha testa de seu ombro e vendo que seu rosto estava colado ao meu, sua respiração era pacífica e fazia meus cabelos levemente se mexerem à proporção que o ar batia quentinho e fresco naquela direção. Minhas mãos foram com endereço a seus ombros enquanto ela virava seu rosto devagarinho assim como eu levantava o meu e nossas bochechas já se encostavam delicadamente assim como todo o clima que nos rodeava, sua mão antes em minha cintura foi subindo para meu pescoço e a minha, por sua vez, desceu para suas costas. Senti meus olhos se fechando lentamente até que...

Jisoo: Eita, Rosé, fecha os olhos que o XVIDEOS está fazendo live.

STOP: Home (Gabrielle Aplin)


Notas Finais


Lalisa Kim Manoban: https://66.media.tumblr.com/2a725488f7c234203492c3db31f73622/tumblr_ppxf2bu8oL1uhzhfj_400.jpg

Tatuagem de Lalisa: https://i.pinimg.com/originals/13/8d/81/138d81bdd96a1f97d9fdcd64b1a85525.jpg

-------------------------------------

Pessoal, agora temos também no perfil uma fanfic SooShu (Soojin + Shuhua do Gidle)
Friendzone - Sooshu: https://www.spiritfanfiction.com/historia/friendzone--sooshu-19316620


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...