História Resurrection - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias American Horror Story, Bleach, Naruto, Once Upon a Time, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos, Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Charles "Charlie" Beckendorf, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Silena Beauregard, Thalia Grace, Zoë Nightshade
Tags Acampamento, Annabeth Chase, Bleach, Bruxos, Caos, Chaos, Clarice, Descensum, Deus, Deuses, Eternos, Fada, Feiticeiros, Frank Zang, Gregos, Guarda, Guerra, Hades, Hazel Grace, Imortal, Jason Grace, Josh, Leo Valdez, Luke, Magia, Meio-sangue, Mitologia, Natureza, Nico Di Angelo, Ordem, Ouat, Percabeth, Percalia, Percy, Percy Jackson, Pertemis, Poder, Pretor, Primordias, Quíron, Romanos, Shakkahou, Sobrenatural, Thalia Grace, Titas, Vingança
Visualizações 261
Palavras 2.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Violência
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Okay okay tem pouca coisa aqui.

AI MEU KAMI DESCULPA GENTE EU TAVA ASSISTINDO UNS ANIMES DAÍ O APP PAROU DE FUNCIONAR E FUI JOGAR SOU LUNA (É ISSO MESMO! ALGUMA COISA CONTRA?) E NÃO FUNCIONOU ENTÃO TENTEI FAZER UMA FICHA PRA UMA FIC E NÃO CONSEGUI, FUI PASSEAR, CHEGUEI ASSISTI ESSES FILMES CHAAAAAAAAAAATOS E DECIDI FAZER ISSO AQUI.

EU QUERO MAIS TEMPO PRA ESCREVEE OS CAPS. EU TÔ FALINDO!

Capítulo 11 - The Lady Death


Luke estava distraído aquela manhã, na verdade ele não teria uma boa noite de sono até que estivessem fora do acampamento, então usava seus poderes para parecer ótimo. Estava distraído o suficiente para não perceber a aproximação do seu Capitão.

Quando Josh perdeu o ar olhando para a entrada da Arena ele soube que o Capitão estava lá, olhou e perdeu o ar também. O lado direito do rosto de Thaddeus estava quase todo coberto de curativos e o normalmente pálido braço direito estava roxo. O estado de choque passou assim que lembrou da noite anterior, apesar de ser um pouco terrível era comum o Capitão aparecer machucado. Certas noites de lua cheia o poder dele subia a níveis tão altos que era obrigado a caçar monstros poderosos apenas para gastar parte da energia, ainda assim essa energia era densa o suficiente para ferir seu corpo é mesmo com fator de cura não se recuperava fácil.

Luke observou com cuidado enquanto Thaddeus andava a passos lentos em direção aos membros da Guarda, geralmente o período de recuperação dele levava de dois a três dias e a quantidade de energia ainda seria absurda, nesse meio tempo o Capitão ficava instável, seu bom humor já escasso desaparecia de vez e quem o enfrentasse mesmo num treinamento sairia com muito mais que alguns arranhões, até Joshua​ se mantinha afastado.

No entanto, sem contar os curativos no rosto e o braço roxo, Thaddeus parecia ótimo. A fria calma de seus olhos azuis era inabalável e seu corpo não emanava energia nenhuma. Ele parecia mais humano que qualquer um ali, mas as aparências não enganaram Luke, o garoto de cabelos violeta tinha visto algo na noite anterior, algo… assustador.

Se estivesse certo o Capitão da Ordem havia despertado uma habilidade única, um poder esquecido pelos homens e pelos deuses. Uma bênção enorme e a pior maldição. Mas aos olhos dos outros permanecia normal, até sorriu em alguns momentos. Luke voltou a encarar Josh que mantinha uma expressão preocupada no rosto.

—Hum… Capitão?

—O que foi Luke? —o homem perguntou pondo a mão nos cabelos alvos —Não me diga que aquele velho chato mandou algum recado para mim…

—AH O QUE? Velho chato? Está falando de Caos? Nah não, eu só… só queria saber se o senhor está bem mesmo.

—Ah Lukie estou bem sim… —sorriu, muito estranho.

—M-mas seus olhos… eu… ontem… Despertou?

Apesar da gagueira repentina Thaddeus entendeu a pergunta, sua expressão se tornou séria e ele olhou pra frente.

—Você acha que mais alguém viu?

—Josh com toda certeza reparou, fora ele acho que ninguém mais…

—Ótimo, já estou dominando minha energia muito bem e não vou usar os olhos por agora. Fique tranquilo… 

Sentaram num espaço reservado na arquibancada, todos os membros da Guarda exceto Silena que estava com alguns membros da Ordem e os dois combatentes, Charles e Bianca, que estavam no meio da Arena.

—Pode dar a ordem para iniciar o combate…

Levantou com pressa e andou até o parapeito da arquibancada, puxou a maior quantidade de ar, murmurou algumas palavras e depois sua voz se espalhou por toda a arena.

—QUE COMECE O COMBATE.

Assim que as palavras saíram da boca do garoto Bianca empunhou a foice com firmeza e avançou contra Charles aparentemente com tudo, mas ele era protegido por um tipo de areia metálica (cujo formato original eram esferas).

Apesar de seus ataques rápidos e precisos, além de poderosos, Bianca parecia estar em desvantagem contra Charles. A armadura dele era feita do mesmo metal semi-indestrutível que as esferas e cobria o corpo todo, graças a sua habilidade mental de controlar o metal das esferas sua defesa era quase impenetrável. E mesmo aparentando velhice extrema seu martelo era uma arma de alto nível destrutivo, aliás o martelo parecia ter sido criado para destruir.

O martelo foi encontrado por Charles numa das mais antigas forjas abandonadas de Hefesto, provavelmente criado pelo próprio deus das forjas, de alguma forma a ferramenta adquiriu energia espiritual e habilidades específicas relacionadas a força do usuário.

O antigo filho de Hefesto por sua vez já era considerado o membro mais dotado de força física da Ordem, quando tomou posse do martelo sua força aumentou mais ainda portanto qualquer coisa que fosse atingida por eles seria despedaçada. Qualquer coisa exceto Bianca di ngelo, assim que teve chance de se distanciar novamente a manipuladora de sombras usou seu encantamento.

—Desintegre-se Cão Negro de Rondanini. Absorva o terror, paralise e rasgue sua própria garganta. Apothísoun! —então voltou a investir contra Charles com força total, seus ataques se tornaram mais rápidos e mais fortes chegando a lançar fagulhas sempre que atingia as esferas de proteção, se concentrou totalmente no ataque deixando a defesa de lado. No momento que Charles estava prestes a esmagar o braço dela uma espécie de barreira negra apareceu no lugar e recebeu o ataque, só aí Luke entendeu. 

O encantamento que Bianca usou era para repelir os ataques físicos de Charles, pelo que pode notar não eram o suficiente para repelir todo o impacto e logo a mulher estaria dolorida demais para atacar.

Não muito tempo depois as investidas da tenente começaram a se tornar mais lentas e as barreiras negras repeliam cada vez menos impacto. Bianca já estava cheias de pequenos cortes e hematomas, enquanto Charles não tinha um arranhão e nem aparentava cansaço.

O homem avançou e desferiu um golpe com força demais para que as barreiras repelissem mais que metade, as roupas da tenente rasgaram com o impacto mostrando a camiseta branca que usava por baixo e ela cambaleou para trás um pouco tonta. Usando esse momento de confusão Charles atingiu ela mais uma vez, sem a proteção precária das barreiras ela foi lançada metros pelo ar como uma boneca de pano e bateu no chão. O ferreiro ergueu as mãos para os céus e depois apontou para Bianca.

—Muralha de areia metálica, torre feita de ódio, forje ferro derretido e termine em silêncio. Pylónes! —o chão da arena começou a tremer e no lugar onde estava a tenente cinco enormes pilares de metal negro começaram a se erguer, assim como os pilares a mulher foi elevada no ar e ali ficou paralisada. As esferas de Charles começaram a girar ao redor de um eixo invisível cada vez mais rápido enquanto Bianca tentava em vão se libertar da prisão dos pilares, o movimento da esferas começou a gerar energia elétrica, mais e mais até a arena ser preenchida pelo barulho da estática e por fim lançaram um enorme raio de energia na tenente, ela foi mais uma vez lançada com violência na parede, a poeira que subiu impossibilitou a visão do estado dela, mas Charles caiu de joelhos ofegante na arena.

—Coitado… —o Capitão disse com um meio sorriso e Luke quase se espantou.

—Você quis dizer coitada? —Josh fez a pergunta que Luke estava prestes a fazer.

—Ele quis dizer que Bianca tem algum trunfo!

Quase pulou do banco ao ouvir aquela voz, virou-se e deu de cara com Annabeth, os cabelos da deusa loira estavam presos num rabo de cavalo e Luke tinha que admitir a beleza dela.

—Não é mesmo Capitão? —ela completou e encarou Thaddeus, o capitão simplesmente ignorou ela, mas Luke estava interessado.

—Como? Aquele ataque elétrico de Charles foi com total certeza mortal…

—Você nunca viu ela em atuação? Interessante… Bem, eu conheço o Nico que é irmão da Bianca. E conheço Thalia que é uma filha de Zeus e deusa das tempestades. Eles brigam, eu já vi Thalia lançar cargas como esta em Nico e apesar deixar ele um pouco mais que arrepiado não o matam, ele é o deus das sombras. Imaginei que como membro da Guarda, Bianca domine seus poderes bem melhor que Nico… —ela disse tudo sem parar para respirar.

Tudo que ela falou fazia sentido, exceto talvez sobre as cargas que Thalia lançava. Ninguém podia lançar aquela quantidade de energia não é? Nem mesmo uma deusa menor certo?

—Entendo… pelo que ouvi sobre Bianca ela era filha de Hades quando morreu, mas Nyx se interessou por ela e trouxe de volta antes que pudesse renascer… —Josh começou a pensar em milhares de possibilidades.

—Isso é bem a cara de Nyx, tanto uma benção quanto uma maldição. A beleza da noite e a cruel divindade que gerar os terrores noturnos.

A poeira ainda não havia abaixado e o sorriso de Thaddeus aumentou.

—Eu quis dizer: Coitado, não percebeu, mas já foi pegou pela teia de Bianca… a vitória dela está garantida, ela é uma tenente, não pode perder. —ouviu as palavras do Capitão e voltou a encarar a poeira de onde Bianca ainda não havia saído.

—Não me ignore Capitão, eu vi seus olhos e conheço sua alma. Eu te conheço… Percy Jackson. —assim que acabou de falar o corpo tremeluziu como um holograma e sumiu no ar, Luke podia jurar que ouviu Josh murmurar um “Vaca” sob a respiração.

A poeira começou a abaixar e Charles levantou ainda ofegante, o céu acima da Arena começou a escurecer, uma enorme quantidade de energia maligna vazou pelo ar, os campistas ofegaram surpresos. Relâmpagos iluminavam as nuvens negras e toda vez que isso acontecia era possível ver formas gigantes e medonhas ali, no lugar onde Bianca havia sido lançada uma rachadura apareceu e começou a vazar uma substância escura, depois uma mão muito pálida surgiu, outra mão, os braços, o tronco magro, as pernas, a criatura mórbida levantou a cabeça e era a face desfigurada de Bianca, um diadema de material negro enfeitava a testa e as roupas destruídas foram substituídas por um longo vestido de sombras. Ao ver aquilo Charles ergueu o Martelo e pronunciou a frase de liberação.

—Rosne e destrua o mundo Dragão Sagrado! —o cabo do martelo se esticou até chegar em um metro de comprimento e engrossou, a madeira parecia jovem e envernizada, um pomo prateado surgiu na base e o tijole se alongou para ambos os lados tornando-se um machado com duas lâminas, a base das lâminas era incrustada com gravuras de fogo. Charles bateu no chão com a parte chata do machado e causou um tremor que desequilibrou a tenente, mas ela correu na direção dele do mesmo jeito, atacando e se esquivando de seus ataques com tanta facilidade que pareciam estar dançando, então num momento oportuno Bianca cravou a foice numa das esferas, o ferro escureceu mais ainda e depois começou se tingir de vermelho e laranja, alguns segundos depois a esfera se desintegrou e a mulher sorriu. Atingiu Charles no peito com a lâmina da foice o mandando alguns metros para trás.

Ainda sorrindo, Bianca cravou a foice no chão e falou numa voz gutural.

—Almas aprisionadas por minha foice, o rugido do Cão Negro os desperta, a Lagoa de Sangue devolve seus corpos. Ergam-se e obedeçam sua mestra! —naquele momento o lugar na parede de onde ela havia saído se encheu de braços e corpos em decomposição, o gemido dos mortos tornou tudo ainda pior e por fim eles começaram a sair dali aos montes, todos indo e atacando Charles, o ferreiro atingia a maioria com seu martelo, mas eles se regeneravam e continuavam a avançar contra ele, enquanto isso Bianca puxou um dos mortos para fora do portal e o colocou em sua frente, num golpe limpo ela arrancou a cabeça dele, o corpo se desintegrou e a poeira foi absorvida pelo corpo magérrimo de Bianca, assim ela voltou a sua aparência normal.

—Curioso… —o Capitão deixou escapar.

—M-mas o que é isso…? —Luke perguntou assustado.

—Está surpreso? Era de se esperar não acha? Bianca é a tenente, a assassina pessoal de Caos. Além de sua afinidade natural com o Erebus ela é ligada a Tártaro lembra? —o Capitão falou com naturalidade e Luke olhou a expressão de horror que Josh mostrava.

—Ela é terrível. Ela chama aqui e os mortos a cinco quilômetros estão se contorcendo em seus túmulos, a terra se abre para regurgitar os corpos e o Mundo Inferior simplesmente abre mão das almas. Ela quase consegue arrancar a alma dos vivos… ela… ela é como a Senhora da Morte… posso ver o que Nyx viu.

Voltando a prestar atenção na batalha Luke viu quando num ato desesperado Charles lançou seu machado na direção de Bianca, para surpresa de todos ela permaneceu parada e uma enorme parede sombras surgiu na frente dela e outra parede de sombra surgiu atrás de Charles o machado atravessou a primeira e saiu na segunda, se encaixando bem no meio da coluna do homem, sangue explodiu pra fora da boca e ele enfim caiu de cara no chão, imóvel.

—Luke… pode anunciar o campeão.

Mais uma vez Luke levantou-se de seu banco e caminhou até o parapeito da arquibancada, encheu os pulmões de ar e falou para todos ouvirem.

—A vencedora é BIANCA DI NGELO!

Não houve gritaria nem aplausos, apesar de não sentirem as coisas como Josh, todos viram o que aconteceu e todos estavam igualmente chocados com o show horrendo. Apesar disso Bianca sorriu enquanto caminhava em direção aos membros da Guarda como se ela não tivesse acabado de proporcionar aquela visão macabra.

Silena que estava do outro lado da Arena caminhou para junto dos filhos de Apolo que foram socorrer Charles, não que ele fosse morrer, ela provavelmente estava com medo da incompetência deles.

—Josh e Luke podem descer… eu vou anunciar a próxima batalha, a de vocês…

Suspirando pesadamente, os dois jovens desceram para o centro da Arena, se posicionaram e esperaram a ordem do Capitão, mas ordem não veio. Não veio porque uma garota muito parecida com Annabeth chegou correndo e fazendo estardalhaço no lugar, a própria Annabeth surgiu ao lado da menina e a incitou a falar o que estava acontecendo.

—T-em algué-alguma coisa nas barreiras do Acampamento. Eu não consigo ver, mas alguma coisa arrancou os dedos de uma criança lá, só não pegou o resto porque alguns campistas podiam ver… disseram que pareciam humanos normais só que com orelhas pontudas… Como as dele! —a menina apontou para Josh com o dedo trêmulo.

—Calma Helô, nós vamos lá ver agora. —e assim todos na Arena se moveram para a entrada do Acampamento​ Meio-Sangue, ao chegar lá os que podiam ver se depararam exatamente com o que Helô havia dito.

—Josh… você tem algo a falar não?

—Bem… o que posso dizer? Alguns dos meus parentes tem problemas com a fome desesperadora?


Notas Finais


Eu sou voda bagarai né non?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...