História Retornando as origens - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester, Supernatural
Visualizações 13
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é a primeira ficção que escrevo.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - O início


Fanfic / Fanfiction Retornando as origens - Capítulo 1 - O início

Dean e Sam eram irmãos, filhos de Mary e John Winchester, eles não haviam crescidos como crianças normais, sua família eram caçadores de coisas sobrenaturais. Quando eles eram pequenos, Mary, sua mãe, havia sido morta por Azazel protegendo Sam. Azazel era um demônio muito poderoso, que queria que Sam ainda bebê, bebesse o seu sangue, no intuito de mais tarde voltar e o fazê-lo seu manda chuva, mas não conseguiu. John encontrou Mary no quarto de Sam, pegando fogo, ele pegou o Sam e saiu a correr do quarto. Rapidamente ele o entregou a Dean para que eles saíssem da casa, mas John voltou ao quarto de Sam para ver se ainda conseguia salvar Mary, sendo tarde demais.

                O tempo passou, Dean e Sam cresceram naquela vida, na qual eles não gostavam, Dean parou de estudar e se dedicou a caçada juntamente ao pai e ao Bobby, depois que Sam saiu de casa. Bobby era como se você um segundo pai para os meninos, ele tinha ajudado a criá-los depois da morte de Mary. Quando eram ainda pequenos os meninos iam passar o verão com o Bobby enquanto John se dedicavam as caçadas, principalmente a caçada mais importante para ele, à procura por Azazel para matá-lo. Mas Azazel sempre escapou de John, ele não aguentava mais isso, pois se sentia inútil por não vingar a morte da sua mulher que tanto amou. No entanto, no período em que os meninos eram já crescidos, John treina Dean como um soldado para proteger Sam, pois ele ainda tinha o medo de Azazel voltar para terminar a tarefa que não havia terminado tempos atrás, Dean cresceu amando o irmão e o protegendo, Bobby sempre o tentou ajudar com a maior dedicação, só que o Dean sempre quis proteger o Sam sozinho. O Bobby amou aqueles meninos e o deu amor, como se fossem os seus próprios filhos, foi aí que o Dean se desinteiriçou dos estudos, seu único objetivo agora era o Sammy (apelido carinhoso que Dean colocou no irmão e, só ele o chamava assim).

                Quando Sam decidiu ir para a faculdade Dean se dedicou a caçada ao lado do pai e de Bobby, ele tinha saudades do irmão, mas entendeu a sua partida, o Sam estava começando a detestar aquela vida, na qual sempre lhe tirará alguns privilégios: uma família normal, amigos, amor. Sam foi estudar direito em Stanford, a vida que ele sempre almejou com tudo aquilo que ele queria. Mas tudo mudou quando John desaparecerá em uma da sua caçada, não era normal. Dean imediatamente ligou da casa do Bobby para o seu irmão e o avisou. Sam comprou a passagem de avião pouco depois, já era noite, Sam chegou à manhã seguinte na casa de Bobby.

                Bobby acordou aquela manhã e desceu para preparar o café da manhã, e a constatar que a sala e a cozinha estavam vazias disse:

                Bobby: Ah, certamente aquele garoto ainda dorme. (disse rindo)

                Pouco tempo depois alguém bateu na porta, abriu e ao ver quem era abriu um largo sorriso de felicidade.

                Bobby: SAM, meu garoto!         

                Sam: Olá Bobby, tudo bem? Vem aqui me dá um abraço! (falou todo feliz)

                Sam: Bobby, cadê o Deanno? (Deanno era o apelido que John, Bobby e Sam tinham colocado em Dean).

                Bobby: Ah, o dorminhoco do seu irmão ainda está dormindo.

                Sam: Ainda? Vou acordar ele agora, ele sempre foi dorminhoco, sempre.  (disse com uma cara que ia aprontar alguma)

                Bobby: SAM? O que você vai fazer? Seu danado.

                Sam: Eu, Bobby? Nada! ( ele estava gargalhando por dentro)

                Sam correu pela a escada até o quarto de Dean, ele já tinha acordado e agora estava no banho quente, Sam foi até o outro banheiro que ficava no quando do Bobby e viu que lá tinha um balde, ele pegou o balde imaginando em o que ia aprontar com Dean. Quando Sam voltou para o quarto viu que tinha uma geladeira pequena, onde Bobby colocava coisas de beber, que ele usava a noite, para não precisar ir até a cozinha, no momento em que ele abriu lá tinha gelo e, Sam não pensou duas vezes no que estava prestes a fazer. Sam pegou um pouco de gelo, colocou no balde e o encheu com um pouco de água, ele estava rindo. Chegando ao quarto percebeu que Dean ainda estava no banheiro e  jogou o balde de água fria em Dean.

                Dean: Droga! Bobby o que deu em você? Seu velho rabugento!

                Sam: Não é o Bobby Deanno, sou eu o Sam.

                Dean: SAMMY! Seu moleque, não muda mesmo. Vem aqui me dá um abraço.

                Sam: Saudades irmão. Como você está?

                Dean: Não muito bem! Você acabou de me dá um banho de água gelada. (disse rindo)

                Sam: Ah, irmão! Não resisti. (Rindo como só ele sabia fazer, de um modo bem sarcástico).

                Os dois conversaram durante um tempo, enquanto Dean se arrumava e logo em seguida eles desceram as escadas para tomar café da manhã e encontraram o Bobby lhes esperando.

                Bobby: Até que fim! Eu já ia comer sem vocês.

                Dean: Só demoramos porque esse danado resolveu jogar um balde de água fria, enquanto eu estava no banho quente.

                Bobby: Eu sabia Sam! Sabia que você aprontaria alguma com o seu irmão. (dando um tapara na sua cabeça)

                Sam: Eu não resisti Bobby. (disse rindo)

                Os três tomaram o café da manhã e depois resolveram investigar o caso de John, eles estavam muito preocupados com a possibilidade de John está morto. Passaram algumas semanas até que Dean e Sam resolveram seguir uma pista do paradeiro de John que tinha descoberto junto a Bobby: A de que John estaria numa cidade no Oregon, Echo. Lá eles descobriram que a pista era realmente verdadeira e encontraram o pai. Mas quando o encontrou, ele estava brigando com alguma pessoa, era Azazel. Eles foram correndo até lá, tentando ajudar o pai, a briga foi muito violenta e tanto John com Dean saíram feridos.

                Sam: Meu Deus Deanno, você está muito ferido. (com certo Tom de preocupação)

                Sam: Pai, você está bem? (olhando em direção ao pai)

                John: Sim filho, só um pouco ferido, mas não é para tanto. Como está o Deanno?

                Sam: Não muito bem, temos que levar ele para o hospital agora.

                Sam pegou o Impala de Dean e os levou, só que no meu do caminho de repente bateram numa árvore, acidente provocado pelo maldito demônio Azazel. O estado do Dean agravou mais ainda e o de John só um pouco, Sam saiu com ferimentos leves.


Notas Finais


Desculpem os erros.
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...