História Retornarei - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 45
Palavras 725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiiii... Domingo vai ter mais um capítulo... o próximo, será do Naruto ou do Sasuke?

Capítulo 5 - Sakura


Meu coração ainda estava acelerado. Lágrimas caiam em minhas bochechas, me permiti a continuar a chorar quando Shizune expulsou os meninos do quarto. Era óbvio para eles que eu continuasse a chorar, afinal, eu sempre fui muito chorona. 

 Shizune me contou tudo o que tinha acontecido desde que fui atrás de Sasuke. Eu só me lembrava de ter lutado com nukenin (não tinha certeza de quantos, ainda não conseguia me lembrar), depois disso eu apaguei e só acordei quando escutei a voz dele. Por que escutando a voz dele?  

 Shizune tinha dito que meu estado não era um dos melhores. O veneno do qual estava no meu corpo, era muito forte e perigoso, que atacava o sistema respiratório. Ela e Tsunade tinham tirado quase todo veneno, mas o veneno era rápido e tinha agido. 

 "- A gente tentou de tudo, mas você não conseguia respirar sozinha e não mostrava nenhum sinal de que iria acordar. - Shizune tinha os olhos marejados."

 A mesma estava tirando os tubos e verificando se eu conseguia respirar sem eles. 

- Como se sente? - O cansaço era visível. 

 - Bem. - Me ajeitei na cama. - Quando vou poder ir? 

- Sakura, você só reagiu hoje, não pode ir para casa ainda. - Ela tinha desligado os aparelhos que estavam ligados a mim. - Mesmo com essa melhora repentina, eu ainda não posso deixar você ir. 

Minha expressão foi de pura derrota, não podia sair desse hospital. Trabalhar no hospital era uma coisa, mas ficar internada, era uma coisa bem diferente. 

Shizune se dirige até a porta. 

 - Volto amanhã. Descanse, Sakura! 

Não tinha vontade de dormir, fiquei um bom tempo dormindo.  Olhei para janela, da qual Shizune tinha aberto um pouco a cortina, a imagem de Konoha estava bem ali. Onde ele estava agora? 

O sol já estava se pondo, o céu alaranjado tomava conta de toda a Vila. Outros olhares também estavam contemplando aquele céu. Olhares que mostravam tristeza, ódio, saudades, amor, carinho, pena... O olhar de ônix e rinnegan, que deveria estar fixado no céu que não estava mais alaranjado. 

Em uma das minhas cartas para Sasuke, tinha dito que escreveria sempre que o céu ficasse alaranjado, pois assim, eu poderia sentar na janela da minha casa, encarar o céu até que ele ficasse da cor de seu olho direito. Então assim, eu iria conseguir escrever. Depois disso, ele não me respondeu mais.

               ***

 Acordei com Shizune abrindo a cortina.

- Shizune! - Fechei meus rapidamente, pois o sol tinha entrado com tudo no quarto. - Por quê? 

- Porque você parece um fantasma de tão branca! - Ela tinha razão. - Vou levar você para tomar um banho e colocar uma roupa nova. 

 Abri meus olhos lentamente para me acostumar com a claridade. Shizune estendeu a mão para me ajudar a sair da cama. Sentia que meu corpo estava fraco, apoiei meu braço nos ombros dela. Seguimos até o corredor. 

Quando voltamos, vi um vaso com tulipas rosas no criado mudo, me aproximei e peguei um cartão que vinha junto. 

" Melhore logo. 

          -Naruto!"

- Tenho certeza de foi Hinata quem escolheu as flores. - Shizune disse rindo. 

- Também acho, aquele baka não sabe escolher nada sozinho. - Lembrei de quando Naruto me pediu ajuda para escolher a aliança da qual iria pedir Hinata em casamento.

-  Agora deite-se, Sakura. - Ela me ajudou a subir na cama. - Eu volto logo. 

Quando Shizune saiu, peguei novamente o cartão que estava junto as flores. Naruto sempre esteve comigo, mesmo não concordando com algumas decisões minhas. Prometi sempre estar junto dele, o ajudando sempre que ele precisasse, até escolhendo uma aliança. Seus olhos brilhavam mais que a joia, que agora está no dedo de Hinata. 

Shizune tinha voltado. 

- Tsunade-sama pediu para que eu te desse alta hoje mesmo. - Meus olhos brilhavam. - Mas você ainda não tem condições de voltar sozinha para casa.

- O quê? 

- Naruto e Hinata estão vindo te buscar. 

- Hai... - Vi Shizune revirar os olhos. 

- Não fui eu quem teve a ideia imprudente de ir atrás dele. Agora, para de resmungar, Sakura. - Olhei para ela. - Você já cuidou muito dos outros, deixe-se ser cuidada. 

Ela tinha razão, eu não tinha condições de ficar sozinha agora. Tudo porque tomei uma decisão errada, de novo. 


Notas Finais


Espero que gostem desse cap, minha cabeça está muito cheia e não estou conseguindo desenvolver muito bem, mas podem ter certeza que estou fazendo meu melhor.

*Queria perguntar uma coisa, vcs gostariam que eu postasse aqui as minhas outras histórias?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...