1. Spirit Fanfics >
  2. Retrouvailles - Taekook(Jimin) >
  3. Neighbors

História Retrouvailles - Taekook(Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: Taekook_Girll

Notas do Autor


🌈💜Oi

💜Arte da capa : @Korigami (MCD)💜💜

Capítulo 1 - Neighbors


Fanfic / Fanfiction Retrouvailles - Taekook(Jimin) - Capítulo 1 - Neighbors

❛Não tem olhos solares, meu amor;

Mais rubro que seus lábios é o coral;

Se neve é branca, é escura a sua cor;

E a cabeleira ao arame é igual.

Vermelha e branca é a rosa adamascada

Mas tal rosa sua face não iguala;

E há fragrância bem mais delicada

Do que a do ar que minha amante exala.

Muito gosto de ouvi-la, mesmo quando

Na música há melhor diapasão;

Nunca vi uma deusa deslizando,

Mas minha amada caminha no chão.

Mas juro que esse amor me é mais caro

Que qualquer outra à qual eu a comparo.❜

William Shakespeare

-ˋˏ ༻✿༺ ˎˊ-

[14:22] 03 de Janeiro , Quinta-feira , NYC

Seus fios acinzentados balançavam livres com a brisa fresca e os ventos frios com o sol poente . Logo ali na frente , os céus proclamavam à luz daquele dia que chegara ao fim . Pintando as nuvens com cores quentes e frias , um verdadeiro espetáculo ao longe . Era o fim de um dia , e logo o início de uma belíssima noite , abrilhantada pela lua e seus astros luminados .

Aquela era sua parte preferida do dia . Se despedir da luz de sua estrela preferida , e das as boas vindas à gélida noite . Taehyung , ainda sentado naquele balanço grande de madeira , suspirou fundo e encarou o livro em suas mãos , havia terminado As mentiras de Locke Lamora . Estava encantado com aquela obra .

Tinha aproveitado bastante o seu último dia ali na casa de seus pais , afinal de contas , iria para sua própria casa ao amanhecer . Não podia negar a si mesmo que estava assustado . A vida de adulto podia ser perturbadora , se tornou adulto à apenas cinco dias e já sentia o peso das obrigações , da responsabilidade . A idéia de se mudar e deixar seus pais e seus irmãos , não lhe agradava nem um pouco , mas precisava daquela privacidade , precisava do seu tempo e da sua comodidade , de suas regras e suas escolhas .

Vamos conhecer um pouco do nosso jovem Kim .

Vindo de uma família humilde e bondosa , Taehyung nasceu em Verona , na Itália . assim como sua mãe Perla . Como explicar seus doces e sorridentes olhos azuis orientais ? Seu pai , Steven Ross Kim , nascera em Daegu assim como seus dois irmãozinhos gêmeos , Yerim e Matteo . Uma verdadeira mistura de nacionalidades . Aprendeu cedo à ler e a escrever graças à seu pai , que é dono de uma editora de livros e também amante de obras bem escritas e de arrancar suspiros .

Devido a essa rotina , Taehyung acabou desenvolvendo uma paixão fortíssima pela literatura , sonhando um dia poder lançar seu primeiro romance , e arrancar suspiros apaixonados de leitores em todo o mundo , assim como seus autores preferidos fizeram e fazem até hoje . O Kim passa metade do dia trabalhando na cafeteria de sua mãe , e a outra metade fazendo as coisas que ama , no caso; ler , ouvir músicas lentas e calmas no fone de ouvido e também praticar suas aulas de piano .

ㅡ Tae ! O jantar está pronto , querido ! ㅡ Sua mãe o chama da cozinha , tirando o Kim de seus pensamentos aéreos .

Apanhou seus fones no balanço , o livro e seu celular , e então caminhou em direção à casa , depois de horas no jardim . Assim que colocou seus pertences encima da prateleira da sala , se juntou à sua família na mesa de jantar . Perla já servia os pratos com quantidades generosas enquanto Steven a ajudava servindo o suco . Se sentou na ponta oposta de seu pai e riu soprado ao ver Yerim e Matteo implicarem um ao outro .

ㅡ Deve estar faminto , filho . Não comeu nada hoje ... ㅡ Seu pai disse com certa preocupação .

ㅡ Estou um pouquinho , sim .

ㅡ Não sei quem você puxou para comer tão pouco ... seu pai é que não foi . ㅡ Perla brincou ao servir o prato de Steven com mais quantidade que os demais , tirando risadas de todos ali .

ㅡ Eu não como pouco , vocês é quem acham isso . ㅡ Disse com um sorriso pequeno e então começou a comer .

ㅡ Hyung , eu quero te mostrar o desenho que eu fiz na escola hoje . ㅡ Matteo disse animado .

ㅡ Tudo bem , assim que acabarmos aqui , você me mostra , tudo bem ? ㅡ O mais novo afirmou sorridente .

ㅡ O seu irmão desenhou você , filho . ㅡ Steven disse , fazendo o Kim arquear a sobrancelha surpreso . ㅡ E ganhou o prêmio de melhor desenho hoje .

ㅡ Está brincando ? ㅡ Olhou para Matteo , que sorriu e negou . ㅡ Eu devo ter ficado lindão , para você ter ganho esse prêmio , uh ? ㅡ Brincou , fazendo o menor rir .

ㅡ Mamma , e o meu violino ? ㅡ Yerim perguntou em um tom meigo .

ㅡ Querida , assim que possível eu comprarei pra você , tudo bem ? ㅡ A garotinha abaixou a cabeça e afirmou . Yerim , ao contrário de Matteo , era um doce . Era delicada , meiga e compreensiva . ㅡ Não fique assim , meu amor ... eu prometi que te daria de aniversário .

ㅡ Você quer um violino , princesa ? ㅡ Taehyung sorriu e afagou os fios castanhos e curtinhos da menor , a mesma afirmou com a cabeça . ㅡ Você terá o seu violino , eu prometo . Uh ?

ㅡ Ta bem , Oppa . ㅡ Yerim sorriu meiga e então voltou ao seu jantar .

ㅡ Já empacotou suas coisas , filho ? ㅡ Steven pergunta após dar um gole em sua bebida . ㅡ Viu se não está deixando nada para trás ?

ㅡ Sim , pai . ㅡ O kim riu soprado . ㅡ Não é como se eu estivesse indo para o outro lado do mundo . ㅡ Disse e então o mais velho o olhou cabisbaixo . ㅡ Pai ?

ㅡ A casa não será a mesma sem você , Poco  . ㅡ Foi a vez de Perla responder pelo marido , o chamando de forma carinhosa em italiano . O mais novo sorriu pequeno e segurou a mão da mulher encima da mesa .

ㅡ Mamma , eu estarei por perto sempre . Só vou estar a vinte quilômetros daqui . ㅡ Riu baixinho , tentando a tranqüilizar . ㅡ E vamos nos ver todos os dias , praticamente . ㅡ Deu um beijo nas costas de sua mão delicada .

ㅡ Certo , Taehyungie ... vamos mudar esse assunto , senão eu me acabo em lágrimas . ㅡ Steven disse , tirando risos de todos .

-ˋˏ ༻✿༺ ˎˊ-

[08:37] 4 de janeiro , Sexta-feira , NYC

Taehyung terminava de pegar as caixas em seu quarto e as colocar no carro de seu pai . Na última remessa , o Kim encarou a última caixa em cima da cama e por saudades , a abriu . Sorriu triste ao tocar o rosto de Seokjin no porta retratos , onde ambos estavam se abraçando e sorrindo felizes para a Câmara . Seu hyung estava lhe fazendo falta . Tentando ignorar aquele sentimento , Taehyung fechou a caixa e então a levou para o carro .

ㅡ Está tudo aqui ? ㅡ Steven perguntou após fechar o porta malas e bater as mãos para limpa-las .

ㅡ Sim , se eu estiver esquecendo alguma coisa , eu venho buscar depois . ㅡ Suspirou fundo e então viu sua mãe sair de casa junto aos dois baixinhos . ㅡ Já vai levá-los à escola ? ㅡ Perguntou .

ㅡ Estão quase atrasados . ㅡ Perla sorriu afagando os cabelos lisos de Yerim . ㅡ Eu tenho que ir , filho . Depois vamos te visitar , tudo bem ? ㅡ Se aproximou do Kim e beijou-lhe a testa .

ㅡ Tudo bem , sem problemas . ㅡ Sorriu . ㅡ Tenham um bom dia , e Matteo , nada de arrumar encrenca . ㅡ O menor riu soprado , se gabando . ㅡ Até mais , princesinha . ㅡ Beijou a bochecha de Yerim e então os viu caminhar até o carro de sua mãe .

ㅡ Beijo , querido . ㅡ Deu um selinho rápido em Steven .

ㅡ Tenha um belo dia , amor .

ㅡ Será que vou me acostumar ? .... ㅡ Taehyung perguntou enquanto os via sair . Steven sorriu baixo e tocou o ombro do mais novo .

ㅡ Vai sim , Taehyungie . Você é forte . ㅡ O menor sorriu cabisbaixo e afirmou . ㅡ Agora vamos , tenho que te deixar lá e depois tenho que ir trabalhar .

ㅡ Tudo bem . ㅡ Deu uma última olhada na casa e então no jardim , sorriu e abriu a porta do passageiro . ㅡ Liga o som , pai .

Pediu enquanto colocava o cinto de segurança . Amava sair com seu pai , pois eram muito parecidos . Tinham os mesmos gostos . Eram muito sentimentais e tímidos . O mais velho ligou o som e suas músicas já começaram a tocar , deixando o clima leve e agradável .

Enquanto atravessavam a cidade , Taehyung ouvia as novidades que seu pai lhe contava sobre a editora . Os novos livros e novos escritores brilhantes que mereciam reconhecimento . Mais e mais indicações de obras , músicas e tudo oque mais gostavam de compartilhar .

O sentimento ainda era assustador . Apavorante . Ficar sozinho e ter que lidar com sua maioridade sozinho . Não ter os ombros de seus pais para chorara a qualquer momento . Não ter um amparo familiar por perto em suas crises noturnas . Não ter seus irmãozinhos para atormentar vinte e quatro horas por dia . Por outro lado , ganhar sua independência parecia um tanto atraente .

Ao chegar ao prédio , Taehyung apertou seu controle e então o portão para a garagem abriu , os levando para o estacionamento no subsolo . Ali era um misto de vintage e modernidade . Assim que estacionou na vaga , desceram do carro e foram para o porta malas .

ㅡ Vai dar trabalho pra levarmos uma por uma ... ㅡ Disse Steven , encarando as caixas .

ㅡ Cada um leva três , vai sobrar só duas , eu venho buscar . ㅡ Taehyung sugeriu e assim foi feito . ㅡ Coloca no chão , pai . Está pesada . ㅡ Disse após entrarem no elevador e apertar para o décimo oitavo andar .

ㅡ Você fez a compra do mês ? ㅡ Perguntou o mais velho .

ㅡ Não , farei hoje . ㅡ Suspirou cansado e então as portas metálicas se abriram . ㅡ É por qui ... ㅡ Voltaram a pegar as caixas e caminharam até chegar de frente para uma porta branca com número 313 em dourado . ㅡ Espera .... ㅡ Colocou as caixas se volta no chão e retirou do bolso a sua chave , abrindo então a porta e levando as caixas junto a Steven . ㅡ Pode colocar aqui , Pai . ㅡ Apontou para um canto próximo ao sofá .

ㅡ Ooh ... ㅡ O mais velho disse olhando ao redor . ㅡ A mobília ficou incrível ... ㅡ Taehyung sorriu e afirmou com a cabeça .

ㅡ É , fizeram um ótimo trabalho mesmo . ㅡ Cruzou os braços . ㅡ Não achou grande demais pra apenas uma pessoa ? ㅡ Perguntou divertido .

ㅡ Acho , por isso deveria se casar logo . ㅡ Respondeu bom bom humor e riu ao ver o semblante entediado do menor . ㅡ Eu estou brincando , filho . Tudo tem um tempo , e tudo bem se demorar . ㅡ Tocou os ombros do acinzentado e sorriu . ㅡ E você ainda é muito jovem , tem muito oque aproveitar e conhecer .

ㅡ Que bom que acha isso , queria que a mamãe também enxergasse isso . Ela insiste em me pressionar para um namoro . ㅡ Bufou .

ㅡ Ela só quer que você ocupe a cabeça , filho . Ela acha que isso vai te fazer melhorar ... ㅡ O mais novo abaixou o olhar e suspirou . ㅡ Todos nós tivemos nosso tempo para lidar ... você tem todo direito de decidir a hora de superar . ㅡ Beijou a testa do mais novo e sorriu . ㅡ Agora vamos , você tem que ir buscar as outras duas caixas .

ㅡ Tudo bem , vamos lá .

-ˋˏ ༻✿༺ ˎˊ-

Assim que voltaram ao subsolo , Taehyung se despediu de seu pai e pegou as outras duas caixas que restaram no carro . Fez o mesmo trajeto pelo elevador e esperou até que as portas se abrissem , e assim que fizeram , pegou as duas caixas . Por elas serem um pouco maiores do que as outras , sua visão estava um pouco comprometida .

Merda , merda , merda .... ㅡ Disse após sentir que a caixa de cima iria cair e tentou as equilibrar .

ㅡ Oh , deixe-me te ajudar . ㅡ Ouviu uma voz juntamente a um riso fraco , e então a caixa de cima foi retirada dali , dando passagem para sua visão , e que visão .

Era um belíssimo homem , sua pele era pálida e ele tinha um sorriso encantador . Seus cabelos eram tingidos em um tom chamativo de vermelho . Ele também era forte e seu corpo era másculo . Assim que chegaram a porta de seu apartamento , colocaram as caixas no chão e Taehyung finalmente se direcionou ao rapaz .

ㅡ Como vai ? Me chamo Park Jimin . ㅡ Estendeu a mão para o Kim , que um pouco envergonhado a apertou .

ㅡ Sou ... Kim Taehyung . ㅡ Disse baixo e então o ruivo olhou aquele rapaz de cima a baixo , o achando belo . ㅡ É , obrigado por ... me ajudar com a caixa . Foi muita gentileza ...

ㅡ Imagina . ㅡ Sorriu fraco e então encarou a porta de Taehyung . ㅡ Então ... parece que você é o meu novo vizinho , uh ? ㅡ O Park cruzou os braços . ㅡ Seja bem vindo , Taehyung .

ㅡ Obrigado ... ㅡ Tentou retribuir o sorriso . Ficava ainda mais tímido na frente de caras bonitos .

ㅡ Eu tenho que fazer umas coisas agora , mas sempre que precisar de alguma coisa é só tocar a campainha , ok ? ㅡ Apontou para a porta branca do lado esquerdo da de Taehyung .

ㅡ Ah ... é , tudo bem . Eu fico agradecido . ㅡ Fez uma referência um pouco desengonçada fazendo o Park rir achando aquilo adorável .

ㅡ Até mais , Taehyung . ㅡ Piscou para o acinzentado e então caminhou para o elevador , deixando o Kim finalmente soltar o ar que estava prendendo .

ㅡ Tenho um vizinho bonito na qual terei uma secreta paixão platônica , que clichê . ㅡ Disse consigo mesmo e riu sarcástico , levando as caixas para dentro de casa .

-ˋˏ ༻✿༺ ˎˊ-

ㅡ Nós vamos sair as sete e meia , e não temos horas para voltar . ㅡ Taehyung soltou um riso fraco enquanto caminhava com o carrinho de compras pelos corredores do mercado .

ㅡ Talvez vocês não tenham , eu sim . ㅡ Disse simples , não dando a mínima para o rolar de olhos do mais velho . ㅡ Me desculpe se eu não sou tão divertido quanto seus outros amiguinhos .

ㅡ Não é isso , Taehyung . Você acabou de virar adulto , tem que começar a viver de verdade . ㅡ Explicou o moreno .

ㅡ E oque seria viver de verdade pra você , Hobi ? Hum ? ㅡ Perguntou enquanto pegava algumas coisas nas prateleiras e as colocava no carrinho .

ㅡ Beber , sair , conhecer pessoas novas , fazer besteiras , encher mais a cara , transar , curtir . Qualquer coisa que seja o contrário do que você faz . ㅡ Deu de ombros e então recebeu um olhar afiado do Kim . ㅡ Me desculpe , mas a verdade pode doer as vezes .

ㅡ Eu não acho que me encaixo nisso , Hobi . Eu nunca bebi , não sei dançar , não sou bom em fazer amigos e muito menos fiz sexo . ㅡ Disse rindo de si mesmo . Não sentia vergonha de ser virgem aos dezenove , apenas sentia que não se encaixaria no meio daquelas pessoas .

ㅡ Pode ser a sua chance de desencalhar .

ㅡ Eu estou bem assim , obrigado pela preocupação . ㅡ Soltou um riso fraco e então caminharam até o caixa . ㅡ Acho que dá pra ir na festa dela , não vou prometer , mas vou tentar . Tudo bem ? ㅡ O mais velho estalou a língua no céu da boca e suspirou pesado .

ㅡ Tá ... melhor do que nada .

Quando terminaram de pagar a conta , ambos levaram as compras para o carro de Hoseok e então foram em direção ao apartamento de Taehyung . Jung Hoseok era um amigo íntimo da família , seus pais eram amigos de Steven e Perla , inclusive a mãe de Hoseok era madrinha de Matteo e Yerim . O moreno tinha vinte e cinco anos , completou o curso de administração e então resolveu abrir um estúdio de tatuagens e piercings , tanto é que seu braço direito era completamente fechado de desenhos rebeldes e descolados .

Amava sair com o mais velho , pois tinham várias coisas em comum apesar da diferença de idade .

ㅡ Taehyung . ㅡ Chamou enquanto prestava atenção na estrada . O Kim murmurou um "hum?" enquanto colocava uma música para tocar . ㅡ Ficaria puto comigo se eu te apresentasse a alguém ? ㅡ Perguntou e de imediato recebeu um olhar mortífero do mais novo . ㅡ Só vou te apresentar , Taehyung , você não precisa ficar com ele .

ㅡ Sabe que não gosto dessas coisas , Hoseok ...ㅡ Disse simples e cruzando os braços em seguida .

ㅡ Tá bom , tá bom . ㅡ Rolou os olhos . ㅡ Cara difícil da porra ... ㅡ Sussurrou para si mesmo , fazendo o acinzentado rir .

Mais tarde , quando Hoseok o ajudou a levar as compras para seu apartamento , o mais velho explicou que tinha que ir embora pois precisava ajudar com a preparação da festa de amanhã , iriam comprad as bebidas e as comidas , já que amanhã poucas coisas estariam abertas .

Taehyung terminou de guardar todas as compras e se apoiou no balcão da cozinha , este que dividia a mesma da sala . O kim ficou olhando ao redor , era tranquilo , pura calmaria e sossego . Sorriu de canto devido aquela sensação gostosa que estava sentindo e então olhou o relógio pendurado na parede , o mesmo marcava sete e dezesseis .

Como não tinha mais nada para fazer naquele dia , o Kim resolveu estrear o chuveiro , tomando um demorado banho quente , colocando como sempre sua playlist para tocar . Após sair do cômodo abafado e coberto de vapor , caminhou para o seu quarto onde já colocou um conjunto preto de moletom e voltou para a cozinha na intenção de achar algum petisco para comer , já que não estava com muita fome de janta .

ㅡ Aah ... ㅡ Se jogou no sofá e ligou a televisão , procurando algum filme para assistir . ㅡ Adulto , hum ? Até que não é tão ruim ... ㅡ Deu de ombros e começou a comer seus amendoins .

Algum tempo depois , o acinzentado ouviu a campainha ser tocada . Franziu a testa e deixou a vasilha de petiscos no sofá , já se levantando e indo até a porta . Ao abrir , de de cara com Jimin , seu vizinho gentil e extremamente gato . Ficou surpreso com a visiga inesperada .

ㅡ Oi ... Taehyun , certo ? ㅡ Perguntou incerto e com um sorriso bonito nos lábios carnudos .

ㅡ Taehyung , na verdade ... ㅡ Disse um pouco envergonhado .

ㅡ Oh , perdão . ㅡ Coçou a nuca e Taehyung sorriu fraco achando aquilo adorável . ㅡ Eu vim apenas desejar uma boa noite ... trouxe isso pra você , presente de boas vindas . ㅡ O ruivo estendeu uma sacola de papel ao Kim , que o olhou surpreso .

ㅡ A-ah , não precisava se incomodar com isso , Jimin ... ㅡ Disse um tanto sem jeito .

ㅡ Imagina , não foi incômodo algum . ㅡ Sorriu e então entregou a sacola ao Kim . ㅡ  Ressaltando oque eu te disse mais cedo ; moro logo ao lado , qualquer coisa que precisar , basta me chamar .

ㅡ Muito obrigado . ㅡ Sorriu agradecido .

ㅡ Você parece jovem ... sem querer ser intrometido , quantos anos você tem ? ㅡ Perguntou um pouco envergonhado .

ㅡ Eu tenho dezenove . ㅡ O Park o olhou surpreso . ㅡ Parece assustado ... ㅡ Riu da expressão do ruivo .

ㅡ Não , é que ... achei que fosse novo , mas não tanto . ㅡ Riu baixinho . ㅡ Enfim , não vou mais te atrapalhar , tenha uma boa noite . ㅡ Sorriu docemente para o Kim .

ㅡ Boa noite , Jimin . E você não me atrapalhou ... ㅡ Disse gentilmente e fez uma rápida referência ao ruivo .

O Park mordeu os lábios e sorriu pequeno , parecia um pouco tímido , e então se foi . O Kim voltou para dentro e abriu a sacola , tirando de lá um vinho tinto de 82 , alguns salgadinhos , fritas e dois sanduíches do McDonald's .

ㅡ Meu Deus ... ㅡ Riu completamente chocado com aquilo . ㅡ Que gentil ... ㅡ Sorriu pequeno e então guardou o vinho no armário , já que provavelmente não o beberia . Também guardou os salgadinhos , voltando para a sala somente com as fritas e os hambúrguers . ㅡ Por mais vizinhos assim no mundo .

-ˋˏ ༻✿༺ ˎˊ-

[02:48] 5 de janeiro , Sábado , NYC

Taehyung já havia ido dormir a muito tempo . Estava bastante cansado . Sua semana havia sido exaustiva , tinha trabalhado , organizado coisas do apartamento , comprando móveis que faltavam , etc . Já eram quase três horas da manhã e sua primeira noite em sua casa própria estava sendo ótima , até que ...

Tá zoando ...

Enfiou a cara no travesseiro com força ao ouvir a música alta e as gritarias que vinham do apartamento ao lado . Estava insuportável . Ainda mais pelo seu quarto ficar bem ao lado , sentia até mesmo as paredes vibrarem com tamanha altura do som . O Kim tentou ignorar ao máximo que podia , mas não conseguiu . Jogou o cobertor para longe e procurou suas pantufas ao lado da cama . Assim que saiu do quarto , caminhou até a porta da sala a destrancando e muito puto , foi ao apartamento ao lado .

Isso só pode ser brincadeira .

Bateu a mão a testa já que o barulho dali de fora estava bem mais alto do que lá de seu quarto . Tirando coragem de onde não tinha , bateu três vezes na porta , mas ninguém o atendeu . Suspirou fundo e então bateu mais três vezes , dessa vez mais forte . Cruzou os braços e fez um bico irritado, até a porta ser aberta por um cara de cabelos rosa bebê , o homem era alto e bem bonito . Seu corpo era repleto de desenhos e ele tinha um ar rebeldio , ainda mais mascando chiclete daquele jeito . Seu olhar era de desdém apesar de ter um sorriso divertido nos lábios , parecia alcoolizado .

ㅡ Boa noite moço , eu vim aqui reclamar .  Porque essa music... ㅡ Foi interrompido .

ㅡ Escuta pirralho , melhor dá o fora daqui se não quiser arrumar encrenca pros papais  . ㅡ Disse de forma ignorante , oque fez o Kim ficar um pouco assustado . Quando o rosado ia falar mais alguma coisa , outra voz se aproximou e então outro homem apareceu , abrindo mais a porta e tocando o ombro do rosado .

ㅡ Você tá bêbado cara , deixa que eu resolvo aqui . ㅡ Esse novo homem , disse em direção ao rosado , que deu uma última olhada em Taehyung e voltou para dentro . ㅡ Posso te ajudar ?

Taehyung ficou o olhando estático por alguns instantes . Aquele homem era pouca coisa mais alto que si , seus cabelos eram pretos , raspados na lateral e amarrados em um coque logo em cima da cabeça . Ele era um pouco pálido e seus braços eram tatuados , também haviam uma tatuagem no lado direito de seu pescoço , assim como uma corrente de prata pendurada . Na sobrancelha direita também havia um piercing , assim como no cantinho de seu lábio . Em suas orelhas haviam alargadores pequenos e em seus dedos Alguns anéis de prata e no pulso um relógio digital .

O homem era belíssimo mesmo aparentando esse ar sombrio e gótico . O mesmo usava uma calça jeans clara com vários rasgos , uma camisa toda preta de manga curta e um all star vermelho . Sim , ele era bonito e estiloso .

ㅡ Ei ! ㅡ O Kim voltou a realidade e encarou o moreno que tinha um pirulito na boca . ㅡ Em que posso te ajudar ? ㅡ Perguntou mais uma vez , olhando taehyung , o estudando .

ㅡ A-ah ... e-eu ... ㅡ Coçou a nuca , estava se sentindo intimidado . ㅡ E-eu sou o novo morador do 313 ... ㅡ Apontou para o seu apartamento . O homem olhou naquela direção e então voltou a encarar Taehyung com as sobrancelhas franzidas .

ㅡ Bem vindo ? ㅡ Perguntou confuso . Aquilo teria saído um pouco rude , mas não era a intenção do moreno . ㅡ Quer mais alguma coisa ?

"Que me beije , por favor . "

ㅡ Sim , que abaixem a música um pouco , por favor . ㅡ Foi oque disse . ㅡ Meu quarto é logo ao lado , então fica muito alto para mim ... ㅡ Disse um tanto envergonhado , queria sair correndo . O moreno o olhou um pouco desconfiado , analisando cada centímetro daquele rapaz .

ㅡ Tudo bem . Sinto muito pelo incômodo . ㅡ Desculpou-se e então passou o pirulito para o outro lado da boca , ainda sem tirar os olhos do menor . ㅡ Qual o seu nome ?

ㅡ Kim Taehyung ... ㅡ Disse sentindo suas pernas falharem e suas mãos tremerem .

ㅡ Jeon Jungkook , é um prazer . ㅡ Esticou a mão ao menor , que um pouco receoso a apertou . Jeon sorriu achando graça ao sentir a mão extremamente gelada de Taehyung tremer ao apertar a sua . ㅡ É o meu novo vizinho então , uh ? ㅡ O Kim afirmou soltando a mão do moreno . ㅡ Quer entrar ? Vai ser um prazer te dar as boas vindas . ㅡ Jeon disse sem malícia , e então Taehyung viu logo atrás dele , várias pessoas dançando e bebendo feito loucas , e o cheiro de cigarro e droga que vinham dali era muito forte .

ㅡ A-ah ... outro dia , quem sabe . ㅡ Sorriu amarelo . ㅡ Mas obrigado pelo convite . ㅡ Fez uma reverência e o moreno o olhou confuso , mas ignorou aquilo .

ㅡ Tudo bem . Outro dia . ㅡ Sorriu fraco e continuou olhando Taehyung , parecia ter se interessado no menor , e aquilo estava o deixando constrangido .

ㅡ Bom eu ... vou voltar . ㅡ Sorriu mais uma vez um tanto envergonhado e Jungkook mordeu os lábios afirmando com a cabeça . ㅡ É ... boa noite ...

ㅡ Boa noite , Taehyung ... ㅡ O moreno disse de forma sensual e então o Kim o viu dar tchau movendo apenas os dedos . Taehyung só o viu entrando de novo , quando já estava na porta de seu apartamento .

Meu Deus .... ㅡ Suspirou fundo após fechar a porta atrás de si e colocar a mão sobre o peito . Estava eufórico . Nunca tinha se sentido tão intimidado e provocado dessa forma . ㅡ eu estou muito fodido aqui ...



Notas Finais


✩。:*•.─────  ❁ ❁  ─────.•*:。✩
ฅ^•ﻌ•^ฅ

⚠️🔞Alguns avisos :

❁Ship's : Taekook , Taekookmin , Yoonmin , Sope , YoonSeokMin , SeokMin .

❁É uma fanfic TAEKOOK , com a participação do Jimin . Então não precisam ficar se remoendo para saber se o Tae vai ficar com o Jk ou com o Ji , Ok ?

❁Haverá Threesome ! Tanto de TaeKookMin quanto de YoonMinSeok . E outro surpresa .

❁JK×Top
   TH×Flex
   JM×Top
   YG×Bottom
   HK×Flex

❁Aborda : Alcoolismo , Drogas , Drama familiar , Ménage , Romance , Palavras de baixo calão , tentativa de comédia (😢) , tragédia , Homofobia , violência .

❁Obra de minha autoria ! 100% !


❁Não tenho a intenção de ofender nem difamar ninguém . Não existe nenhum vínculo dos personagens com as pessoas reais !

❁A maior parte da estória se passa em Nova York .

❁Por favor , sem brigas por Shipp .

❁Vou atualizar quando me sentir inspirada , pois quero que esteja perto da perfeição os capítulos .

┌──❀*̥˚──◌──◌──❀*̥˚─┐

     Não se esqueça do ❤ Ok ?   

└◌───❀*̥˚───◌───❀*̥˚┘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...