1. Spirit Fanfics >
  2. Revenge - SaTzu >
  3. Prólogo - mamãe vai voltar?

História Revenge - SaTzu - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Cá estou eu, trazendo outra fanfic antes de terminar as que eu já tenho kkk (relevem) 😂❤

Capítulo 1 - Prólogo - mamãe vai voltar?


15 DE JUNHO DE 2009

Tainan, Taiwan

Senhora Chou, juntamente com sua filha, estava passeando em algumas lojas do shopping center de Tainan. A pequena Tzuyu havia completado 10 anos na noite passada, mas a mulher só pode levá-la para um passeio naquela noite. O pai de Tzuyu, por sua vez, havia saído com a pequena na noite anterior e agora esperava as duas dentro do carro. Já passava das nove da noite quando as Chou entraram em uma enorme loja de brinquedos cujo nome era quase impossível de ser pronunciado. 

— Mama, eu quero este! — a pequena apontou para uma grande pelúcia de urso que se encontrava numa prateleira um pouco mais alta que a garotinha. A mãe de Tzuyu sorriu com a empolgação da garotinha. 

— Tudo bem, Chewy. — chamou a filha pelo apelido carinhoso que dera para a menor. — Pegue! — ergueu a pequena e essa esticou os bracinhos para alcançar o brinquedo. 

— Obrigada, mamãe. — depositou um beijinho carinhoso na bochecha da mãe e foi colocada no chão pela mesma. Mãe e filha caminharam até o caixa de mãos dadas sorrindo. Após pagar o brinquedo de Tzuyu, senhora Chou segurou as dezenas de sacolas nas mãos e observou sua filha caminhar saltitante até a porta de saída do lugar. 

Ao descerem até o estacionamento e encontrarem o carro da família, senhora Chou guardou as sacolas no porta malas do carro e colocou o cinto de segurança ao redor da cintura da filha. Sorriu docemente e depositou um selar na testa da filha. Caminhou até o marido, que estava no banco do motorista e sussurrou algo no ouvido do mesmo. 

— Tem certeza disso, querida? — disse num tom preocupado.

— Ele está me esperando lá atrás... — olhou numa direção completamente, onde não era possível dizer, com certeza, se havia alguém lá ou não. — Eu quero que isso acabe hoje, querido. — disse apreensiva. — Reze por mim. — completou antes de virar as costas andar na mesma direção que olhou há poucos segundos atrás. 

— Papai... — Tzuyu chamou. — A mamãe vai voltar, não vai? — perguntou. O pai da garotinha se manteve em silêncio e suspirou preocupado. Ele era um homem poderoso e poderia muito bem fazer o que bem entendia sem consequência alguma e isso deixava o senhor Chou amedrontado. O silêncio naquela lugar frio e escuro se estendeu por longos segundos, quando um grito desesperado ecoou pelo local e, logo depois, um disparo foi ouvido. — MAMÃE! — Tzuyu gritou ao ver, pelo retrovisor do carro, sua mãe caída no chão. 

•••

ATUALMENTE

Osaka, Japão

Tzuyu se encontrava deitada no chão da sala do pequeno apartamento fazendo abdominais enquanto Dahyun segurava suas pernas. 

— Tzuyu, não acha que está exagerando? — perguntou preocupada com o ritmo acelerado que a amiga subia e descia.

— Não, Dahyun! — respondeu. — Eu preciso estar em forma se quiser derrubar aquela família maldita. — ditou com o maxilar trincado. 

— Você ainda não desistiu dessa ideia absurda, Chou? — perguntou. — Os Minatozaki são, de longe, a família mais poderosa desse país! — disse. 

— Eu não me importo, Dahyun. — se sentou chão com a respiração ofegante. — Aquele canalha matou minha mãe e ele vai pagar por isso, nem que seja a última coisa que eu faça em vida! — disse sentindo a raiva lhe corroer por dentro. 

Tzuyu agora estava com seus 21 anos, e morava com sua melhor amiga em Osaka e trabalhava na cafeteria "CCG". Após a morte de seu pai, Chou se viu decidida a se vingar do homem que matou sua mãe e se lembrava perfeitamente do nome daquela maldita família: Minatozaki.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...