História Revenge - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Drama, Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taeyoonseok, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 15
Palavras 1.346
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shounen, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyo guys <3

Como vocês estão? De boas? Normal? Triste/Sad?
Independente da sua emoção, me call que eu irei ajudar com o que precisar, só não garanto ser boa em concelhos kkk, mas é sério, pode me chamar que eu estou disposta, ver qualquer pessoa bem me faz bem também.

Chega de enrolação e vamos direito para a parte principal. Eu fiz (tentei) um trailer para essa fanfic, só tem um problema... A música que eu usei tem direitos autorais e quando eu fui colocar no YouTube vocês ja sabem o que aconteceu né? Eu procurei por um site que desse pra colocar e achei um tal de Vimeo. Aqui está o trailer e se der algum problema no site me notifique e me desculpe se isso ocorrer ;-;

TRAILER: https://vimeo.com/241157790

Boa leitura!!!!

Capítulo 2 - Chapter 2 - Toxic


Fanfic / Fanfiction Revenge - Capítulo 2 - Chapter 2 - Toxic

  Jungkook não era de dar oportunidades para as pessoas e nem mesmo de salva-las. Alguém sendo estuprado em um beco no meio da noite? Era algo que não lhe importava mas, como uma força sobrenatural, ele foi atraído pra lá, aquela nem era sua rota.

  Quem é Jeon Jungkook? Ele é conhecido por não perdoar as pessoas e suas atitudes também não eram perdoadas. Seria comum ter muitos atrás querendo sua cabeça e sobre a recompensa, ela era enorme.

  Depois de ajudar aquele ômega ele questionava sobre suas políticas, talvez um banho frio o ajudaria a organizar os pensamentos. E  foi isso que ele fez. Já em casa, foi diretamente para o banheiro, despiu-se e deixou a água gelada tocar seu corpo quente. Estava errado sobre acreditar que aquilo faria efeito, cada contato com a frieza o seu pensemento ia parar no ômega sobre aquele chão frio. A raiva, não sentida pelo seu lobo mas sim pela sua alma, predominava. O que estava acontecendo consigo? Nem ele sabia.

                   ~~~~~~~~~~~~

  Acordou cedo no outro dia, por volta das 7h. Por que acordar a está hora? Perguntava-se. Seus sentidos o guiavam para seu carro e diretamente para a casa do Park.

  A casa era desgastada, tinta velha e a madeira da portas e janelas eram todas em pedaços. Pelos menos tinha campainha, apertou o botão da mesma e ouviu alguns barulhos vindos de dentro. A porta foi aberta com dificuldade por causa da junção velha.

  -O que você quer? - Um alfa havia atendido, de sua boca saia um bafo horrível de bebida alcoólica e a prova estava na sua mão direita, uma garrafa de whisky. - Ah... - Riu - Você é o idiota que o Park bosta conquistou. - O mais velho cutucou seu peitoral.

  -Onde que ele está? - Jeon tirou a mão do outro alfa de si e limpou o lugar tocado.

  -Porque você quer saber? - Tomou um gole grande da garrafa e limpou a boca com o braço.

  -Você só precisa saber que prejudica. - Riu cínico.

  -Hm... Você está se relacionando com meu filho para prejudica-lo? - O moreno concordou. - Gostei de você garoto. - Abraçou o mais novo de lado passando um dos braços sobre os ombros do mesmo. - Ele está na escola mas nem pra isso ele presta.

  -Quando ele sai? - Tentou desvencilhar do braços do outro.

  -Às 10h.

  Jungkook saiu dali sem nem dar um tchau ou se despedir, só queria fazer logo a pergunta ao Park. Aquilo iria sim prejudicar mas não ao ômega, pela primeira vez ficou com dó dos que irão sofrer. Estranho, ele está mudando.

  Entrou no carro, colocou o cinto e foi aí que ele percebeu que não havia perguntado em qual escola Jimin estava, além de começar a ter  compaixão, iria ficar burro?

  Não querendo voltar pra perguntar o velho, deu a partida no carro e saiu do acostamento indo para a mais próxima.

  A 1° estava caindo aos pedaços, aquele bairro não recebia muitos cuidados do governo. Entrou, para recompensar a péssima estrutura, a escola era enorme. Depois de algum tempo andando pelos corredores, encontrou um aluno e o perguntou onde seria a diretoria. Seguiu as indicações e realmente havia um diretoria ali. Uma mulher estava em um balcão e atrás dela tinha uma porta que ele não sabia a onde daria, era sua primeira vez andando por aquele lado da cidade.

  -O que posso fazer pelo senhor? - Perguntou a moça de cabelos castanhos em um tom sedutor.

  -Estou aqui a procura de uma pessoa, pode olhar o registro pra mim? - Entrou em um joguinho de troca de favores mas somente a ômega iria fazer um favor pra ele.

  -Divulgação dos arquivos é proibido mas por um homem que nem você eu posso infringir algumas regras. - A mulher mordeu o lábio inferior.

  -O nome é Park Jimin. Estou esperando aqui. - Jungkook piscou pra ela e a moça, cheia de si, saiu rebolando. O moreno revirou os olhos e fez uma cara de nojo.

  Se tinha uma coisa que ele odiva era as pessoas atiradas, conseguia todas mas era somente por prazer.

  A ômega voltou com alguns arquivos e segundo ela, todos eram de pessoas com o sobrenome Park ou o nome Jimin. Nenhum deles era o que Jeon estava procurando.

  -Mas porque você está procurando por esse tal de Park Jimin? - A acastanhada fazia círculos em seu peitoral com a ponta dos dedos.

  -Ele é meu ômega. - A cara de tacho da mulher foi a parte mais interessante por mais que precisasse contar uma mentira, valeu a pena.

  Saiu sem agradecer ou fazer caso do favor, não havia conseguido achar o que queria então não era digno de um 'obrigada', era o que ele pensava.

  Passou por mais ou menos 4 escolas e parou em uma de luxo, somente para ricos. Pela casa do ômega e por seu bairro, era meio difícil dele estudar ali mas não custava nada verificar.

  O padrão dessa escola pelas outras 5 era muito diferente, aquela tinha um ensino bem melhor.

  Apressou-se para achar a secretaria, faltava 1h para às 10.

  -Preciso saber se a pessoa que eu estou prcurando estuda aqui.

  -Desculpe mas os arquivos são restritos. - A velha secretária poderia restringir isso ao alfa agora. Jungkook tirou um bolo de 500 reais de seu bolso e entregou para a mulher.

  -Qual nome? - Aquilo só mostrava como as pessoas eram facilmente influenciadas por dinheiro ou sexo, como todos são corruptos e que não importava a classe, alta, média ou baixa.

  -Park Jimin.

  Depois de 20m a velha voltou com um só arquivo e aquele era de quem estava procurando. Pegou todos os dados do garoto e dessa vez agradeceu.

  -Em que sala ele se encontra? - Disse enquanto pegava seu telefone para salvar o número do ômega, iria precisar muito daquilo nos próximos meses.

  -A aula acaba 10m mais cedo, se correr consegue encontra-lo do lado de fora a tempo.

  Seguiu o concelho e dentro de 5m o alfa já estava do lado de fora da escola. Sentou-se em um banco do outro lado da rua e ali esperou o tempo até que todos saíssem.

  Centenas de alunos saíram pelo portão e nada de um loiro baixinho aparecer. Quando havia dissipado a multidão de alunos ali estava Jimin junto com 3 garotos. Um deles Jeon reconheceu por ser o namorado de um amigo seu, Kim Seokjin era o nome do ômega, os outros dois ele nunca havia visto na vida, um de cabelos verde e o outro castanho.

  Levantou do banco e foi em direção ao ômega alvo. Atrás de Jimin, Jungkook pigarreou tendando chamar atenção.

  -Park Jimin? - O ômega congelou e depois de algum tempo virou-se pra Jungkook.

  -É...é... Como você sabe onde eu estudo? - Receoso o ômega apertava os livros no seu braço, apertava tão forte que seus dedos começaram a ficar brancos.

  -Foi bem trabalhoso mas eu tenho uma proposta pra você. Poderia me acompanhar no almoço de hoje? - Jimin levou alguns segundos para responder, parecia que havia um conflito dentro de si.

  Medo de ser estuprado perto de seu heat? Claro.

  O alfa guiou Jimin até o seu carro luxuoso, até porque alguém como o Jeon não poderia perder pra ninguém.

  Os dois ômega e o alfa que ficaram na escola observaram aquilo paralisados. Todos conheciam quem era Jungkook pelo fato de um dos ômegas namorar alguém próximo do alfa. Entre olhares eles sabiam que iria dar merda. Seokjin não iria intervir por mais que gostasse bastante do Jimin, o medo de sobrar pra ele era maior. O acastanhado, Jung Hoseok era um ômega que não teria forças contra um lúpus. O esverdeado era o único que podia contra o alfa e estaria disposto a ajudar o seu amigo a qualquer instante. Mas uma coisa era certa, eles deveriam ter contado para o Park quem aquele homem era antes de eles se envolverem, a probabilidade era mínima mas não custava nada prevenir. Jungkook era uma arma tóxica. 


Notas Finais


Eu não sei se vocês leram lá nas notas iniciais mas está com o site do Trailer que eu fiz dessa fanfic e algumas explicações sobre o porque dele ter sido colocado no Vimeo... Mas aqui tá o site denovo.

https://vimeo.com/241157790


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...