1. Spirit Fanfics >
  2. Revenge >
  3. Cap 5

História Revenge - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Tentarei postar o 6 hoje de noite

Novamente me desculpa por estar mal corrigida, como sempre sinceridade: preguiça de corrigir.

Capítulo 5 - Cap 5


Pov Baekhyun

Eu me sentia perdido.

Daehyun estava morto.

Ou seja, o verdadeiro assassino estava monitorando cada passo nosso. Entendia o porquê de Luhan querer saber cada detalhe de cada um, mas eu estava assustado.

- Luhan, meu filho esta correndo perigo. – falei apavorado e eu pude ver o terror nos olhos de Chanyeol.

 Luhan suspirou fundo.

- Está Baek. – me arrepiei com seu tom frio - Ele está e é por isso que preciso que descreva como é a personalidade de cada um. – falou sério e depois suspirou cansado – Porra, Daehyun morreu debaixo do meu nariz! O que isso significa pra você? – rosnou e eu me encolhi.

Nada passava por Luhan.

Isso ter acontecido só mostrava que estamos fodidos.

Por Myunghan eu precisava ser firme agora.

- Vamos começar por Yixing. – falei sério e ele assentiu, franzi o cenho recordando de todos os momentos que tínhamos um vínculo – Yixing é ex namorado do Yifan. – sussurrei e vi a surpresa em seu olhar, então lembrei que havia esquecido de contar essa informação – Yixing já namorava a 3 anos com o Yifan quando eu conheci o Chanyeol, Zitao era meu melhor amigo na época e eu comecei a namorar com o Chan. – ponderei tentando buscar alguma informação relevante - Zitao se apaixonou pelo Yifan, mas sempre respeitou seu relacionamento tanto que foi ele que descobriu que Yixing estava traindo o Yifan com a Yuri. – lembrei claramente dessa situação - Ele me contou, mas resolvemos não falar nada porque não era nosso assunto, até que um dia Yifan os pegou em flagrante na cama e eles terminaram. – expliquei - Yixing sempre foi muito quieto, me parecia uma boa pessoa, exceto quando ele deixou claro que só estava com Yifan para ficar perto do Chanyeol. – suspirei e Luhan nos encarava sério absorvendo as informações.

Yixing era uma pessoa alegre e calma, mas quando Yifan descobriu sua traição ele se voltou arisco querendo destruir tudo e todos com suas palavras e atitudes cruéis.

- Zitao. – Sehun que falou e Luhan voltou sua atenção para ele – O Tao é uma criança gigante, Yifan o mima muito, mas ele é uma boa pessoa. – sua expressão era amorosa - Depois da traição de Lay, ele nunca se aproveitou da situação para ficar com Yifan, muito pelo contrário eles só foram ficar juntos um ano depois. – seu tom carinhoso me fez sorrir.

Isso era verdade.

Tao era muito meu amigo, assim como de Chanyeol, ele sempre estava com conosco! Ele sofreu muito quando eu comecei a namorar com e descobriu que Yifann namorava, ele se sentia só. Como Sehun disse, ele era só uma criança que queria atenção. Mas com o tempo ele foi amadurecendo.

De certa forma eu me sentia orgulhoso de Tao.

- Yifan. – Chanyeol sussurrou e por um minuto me permiti senti pena dele, eu sabia o quanto ele amava e venerava seu irmão mais velho – Meu irmão sempre cuidou muito de mim e do Sehunnie, sempre colocou nós dois em primeiro lugar, quando nossos pais morreram, ele assumiu toda a responsabilidade. – seus olhos estavam atormentados - Mesmo com aquele jeito indiferente e distante, ele nunca nos deixou faltar nada, principalmente amor, carinho e proteção, por isso eu não consigo entender, eu não consigo acreditar... – sua voz morreu e eu engoli em seco quando senti a necessidade de conforta-lo.

Precisava enterrar esses sentimentos que estavam novamente a superfície.

Eu não poderia ceder.

Confesso que quando Luhan investigou a empresa de Chanyeol e foi descoberto que Yifan desviava dinheiro para uma conta no exterior, até eu fiquei surpreso. Ele sempre foi uma boa pessoa aos meus olhos, e por isso cheguei aqui com a certeza de que não confiaria em ninguém.

- Bang.  – falei querendo cortar o assunto de família – Bang é traiçoeiro, nós nos conhecemos desde a época da escola... Baderneiro e manipulador, Himchan é um idiota ambicioso mas completamente manipulável. – revirei os olhos - E Bang o manipula como ninguém, na época da escola Zelo namorava o Bang. – lembrei encarando Luhan seriamente - Zelo sempre foi um amor, doce e carinhoso. Ficamos aliviados quando ele terminou com o Bang e começou a namorar com Jongup que é meio lento para entender algumas coisas, mas uma boa pessoa. – Sehun balançou a cabeça concordando - Pelo menos eu nunca o vi fazer nada de ruim ao contrário de Bang que por puro orgulho ferido, mesmo namorando Himchan, armou para que o Zelo achasse que Jongup estava o traindo, adivinha de quem foi toda ideia e incentivo? – bufei indignado.

- Yuri. – debochou e eu sorri de lado.

- Exatamente – falei sarcástico.

Himchan havia beijado Jongup na hora que o Zelo apareceu. Eu tentei convencer que era uma armação, mas Zelo não acreditou e eu aposto que o Jongup ainda gosta dele.

- Mas não se esqueça que o Zelo acabou se apaixonando por você, de tanto que tentou ajudar ele. – Chanyeol acusou e eu bufei.

Luhan arqueou a sobrancelha.

- Ele só confundiu as coisas, eu tenho certeza que ele ainda gosta do Jongup, só é muito cabeça dura. – me defendi, mas não pude deixar de sorrir ao lembrar quantas vezes rolei na cama com a selvageria de Chanyeol completamente ciumento.

Malditas lembranças.

Eu sentia tanta falta de seus toques.

- Suho hyung. - Sehun falou com um sorriso e Luhan mudou completamente sua expressão. Ciúme? Não podia negar que estava completamente surpreso com a interação dos dois – Suho é uma ótima pessoa, a mãe dele foi embora com o amante quando ele era pequeno e o pai dele morreu no mesmo acidente nossos pais, então ele veio morar conosco, ele é um bom hyung e cuida muito bem de nós. – seu olhos brilhavam amorosamente e eu tive vontade de rir ao ver a fúria contida nos olhos de Luhan.

Meu melhor amigo estava caindo e nem percebia isso.

- E qual a relação dele com a Yuri? - Luhan perguntou direto e eu sorri de lado.

- Bom, ele tinha raiva da Yuri porque todo mundo sabe que era apaixonado por Daehyun, e ele namoraram um tempo. – Sehun parecia perdido em lembranças - Mas a Yuri ajudou o Youngjae que era apaixonado por Daehyun. – olhei de canto de olho para Chanyeol – Yuri ajudou o Jae a ficar com ele quando estava bêbado e quando conseguiu o que queria, descartou Daehyun. Depois de um tempo seu novo alvo era Chanyeol. -  suspirou e eu fechei a cara quando ele citou o Youngjae.

- Jongdae – Chanyeol continuou e eu tenho a leve impressão que ele percebeu o clima tenso entre os dois e minha raiva ao falar sobre o Youngjae - O Chen era namorado do Minseok, ele é engraçado e muito fiel, um bom amigo. – suspirou - Mas depois que Xiumin o traiu com Yuri e roubou todo o dinheiro que ele havia juntado para faculdade, ele se tornou arisco e debochado, começou a ter raiva de todo mundo e quem pode julga-lo? – fechou os olhos por um segundo - Principalmente do Minseok que era ambicioso e se deixava levar pela Yuri. – eu concordei lembrando com raiva tudo que Jongdae havia passado, Chanyeol que o ajudou a se reerguer, mas Chen acabou se encantando pelo meu marido e confundindo o sentimento de gratidão por amor.

Yixing, Jae e Chen eram os motivos de nossas inúmeras brigas por ciúme.

Que sempre resultavam em sexo selvagem.

- E o Jongin. - completei – Irmão de Yuri, mas não se engane, ele a odiava. – Luhan arqueou a sobrancelha me encarando - Porque ele é o filho bastardo do pai dela e a mãe da Yuri causou a morte da mãe de Jongin. – pude ver que Luhan achou essa informação interessante pois seus olhos cintilaram em interesse – Por causa disso ele foi obrigado ir morar com pai e consequentemente sofrendo maus tratos da madrasta e meio irmã. – era tudo tão malditamente confuso - Kai era um menino tímido, vivia machucado e nos surpreendemos quando começou a namorar Kyungsoo na época da escola. – vi Chanyeol e Sehun concordarem – Porque Kyung era traiçoeiro e interesseiro, mas não posso negar que ele é louco pelo Jongin e fez de tudo para protege-lo da Yuri. - falei sério e Luhan arqueou a sobrancelha.

- Todos realmente tinham motivos para matar Yuri. – seus olhos brilharam analíticos – A maioria das coisas que vocês falaram estava no diário, ela participou de várias armações e se divertia prejudicando os outros. -  fez careta - Essa Yuri era uma vadia. – torceu o nariz e eu só pude concordar.

Ela realmente era odiosa.

Sua morte não apagava as coisas horríveis que fez.

- Ela era. – dei de ombros - Lu me diz o que você acha. - pedi porque eu sabia que ele estava desconfiado de algo, podia ver isso em seu rosto.

- Jongin, Kyungsoo, Jongdae e Yixing são os que mais tinham motivos para matá-la. - Luhan falou me encarando, mas havia algo em seu olhar que dizia que as coisas não seriam tão simples assim.

Eu me senti acuado.

Eu não conseguia parar de pensar em meu filho.

Me levantei e dei a volta sentando em seu colo.

- Lu, eu to preocupado com o Myunghan.- sussurrei aflito e ele me rodeou com os braços me puxando contra seu corpo.

- Eu sei pequeno, eu sei! – podia sentir sua frustração - Eu também estou, a partir de agora vou deixar avisado a todos os seguranças que Myung não sairá sem proteção. – fechei os olhos cansado - Todas as comidas serão supervisionadas e os carros revistados, não posso correr nenhum risco Baek! Não vou deixar nada acontecer com vocês, eu prometo. - falou baixinho e beijou minha testa e meu coração se aqueceu.

Eu sabia que Luhan cuidaria de nós.

Mas estava malditamente aflito com essa situação.

- Chanyeol hoje terá outra reunião, certo? - Luhan questionou e eu sorri diante o brilho de fúria em seu olhar.

Ciúme.

Mas o que me surpreendeu é que também podia ver claramente o desconforto de Sehun.

- Sim, nós temos uma reunião daqui 2 horas. - Chanyeol falou desviando o olhar irritado.

- Ótimo, depois da reunião vocês vão me falar os detalhes que lembram da noite em que Yuri morreu. - avisou e nós assentimos.

- Aqui mesmo? - Sehun questionou e ele concordou.

- Eu tenho um plano. - Luhan falou de repente e eu franzi o cenho

- Qual? – questionei

- Adivinha Chanyeol. – falou debochado e eu franzi o cenho. Ele não colocaria o Yeol em risco certo? Engoli em seco por ver o quanto ainda me importava - O Baek acabou de te perdoar e vocês vão reconstruir a família. – esbugalhei os olhos - Vão mostrar todo o amor que ainda sentem um pelo outro e Baek a partir de hoje você vai dormir no mesmo quarto que seu marido. - falou sério.

- O que? - explodi incrédulo.

Meu coração bateu acelerado.

Chanyeol me olhava com os olhos arregalados.

 Eu teria que dormir ao seu lado.

 Deixa-lo me tocar.

Queria choramingar de desespero.

Por que Luhan está fazendo isso comigo?

- Não pense que isso vai mudar as coisas Chanyeol, vou fazer isso pelo meu filho. – falei ríspido e ele semicerrou os olhos.

- Você se importa comigo. – ele falou firme e eu olhei embasbacado.

- Eu deixei de me importar a muito tempo! – orei para que ele não pudesse ver a mentira em meu olhar.

Eu não poderia mostrar fraqueza.

Não posso deixar que o sentimento floresça novamente.

- Então por que está confiando em mim Baekhyun? – rosnou impaciente - Você não veio se vingar? – seu tom era debochado, mas eu podia ver a fúria em seus olhos

- Não se engane Chanyeol. – falei calmo tentando controlar meus sentimentos - Eu faria isso com qualquer um, mas infelizmente meu ex marido é você. – debochei recebendo um olhar furioso.

- Quando eu te fodia de quatro da minha cama não era tão ruim assim, não é? – olhei incrédulo e meu corpo estremeceu com suas palavras.

Eu odiava o efeito que ele ainda tinha sob mim.

- Não, não era! – falei solene - Mas o Luhan é muito melhor que você – infantilmente o provoquei e vi Luhan e Sehun arregalarem os olhos.

Merda eu não deveria mentir para provoca-lo.

Vi o orgulho ferido em seu olhar.

- Você não tem nada com o Luhan. –  seu tom incerto me fez sorrir.

Me virei para meu melhor amigo com um pedido mudo no olhar.

Ele me encarou surpreso.

E sem pensar duas vezes selei nossos lábios e o beijei lentamente, ele estremeceu no primeiro contato. O beijei delicadamente e um tanto incerto, era estranho. Não era o que eu sentia com o Chanyeol mas a sensação não era ruim. Deixei minha língua explorar cada canto de sua boca, e quase sorri quando Luhan se entregou ao momento e me beijou com vontade. A forma que ele apertou minha cintura me fez desejar mais, o que realmente me surpreendeu.

Mas Luhan parecia querer provar algo a si mesmo.

E eu deduzi que era algo relacionado ao Sehun. 

Por um segundo me perdi no beijo esquecendo que estava na frente do meu marido. Queria provar que eu poderia me sentir bem com outra pessoa, mas quando Luhan gemeu contra meus lábios me separei dele com os olhos arregalados.

Que porra foi essa?

Ele arqueou a sobrancelha me encarando, podia ver a confusão em seu olhar e eu pigarrei sem saber como agir. Me virei para Chanyeol e meu coração se apertou ao ver a mágoa em seus olhos.

Me senti falsamente vitorioso ao ver as lágrimas presas em seus olhos.

- Parabéns Baekhyun, você esta indo perfeitamente bem com sua vingança. – sua voz tremeu por um segundo e senti meu coração se quebrar em mil pedaços - Espero que no final você se sinta aliviado em me ver sofrendo, talvez eu mereça. – falou baixo

- Você merece. – retruquei friamente.

Mas então por que diabos eu não estou me sentindo bem com isso?

Por que diabos eu odeio ver o sofrimento em seus olhos?

Eu achei que quando chegasse esse momento me sentiria feliz e vingado por todo sofrimento que eu passei, mas eu não sentia. Eu só queria correr para seus braços e me sentir protegido.

- É Byun Baekhyun, eu mereço – falou se levantando indo em direção a porta, mas quando girou a maçaneta se virou me encarando – Mas não esqueça o que dizem sobre vingança “A vingança é como uma cobra de duas cabeças. Enquanto você vê seu inimigo cair, está envenenando a si mesmo” –  saiu da sala sendo seguido por Sehun.

As lágrimas caíram automaticamente dos meus olhos assim que ele fechou a porta.

Luhan limpou meu rosto e acariciou meus cabelos.

- Eu achei que me sentiria bem ao vê-lo sofrer. – solucei – Mas por que não me sinto assim Lu! Por que? – perguntei afundando meu rosto na curva de seu pescoço.

- Porque você o ama. – ele sussurrou e eu queria negar.

Mas não podia.

Quem eu queria enganar?

Eu ainda amava Chanyeol.

 

 


Notas Finais


Vi que temos leitores novos, se alguém lembrar quem é o assassino não de spoiler nos comentarios hihihi e todos que me perguntaram. Simmm! Pretendo repostar Vulneravel assim que terminar Revenge ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...