História Revenge - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 35
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 15 - "Aonde ele está?"


                     Pov Shawn

-Por que ela desligou?- pergunto fechando o notebook

-Talvez porque vocês começaram a falar merda?- Cameron diz olhando para mim e para o Nash

-O que? Nós só falamos a verdade- Nash fala dando de ombros

-Pois é... Mas a garota nos ligou para nos informar das coisas... Algo que ela não precisaria ter feito- Taylor diz se jogando no chão

-E como ela iria ajudar ele?- pergunto o olhando

-Ela poderia voltar para cá ou sei lá...- ele fala dando de ombros.

-Ok, o que importa é, todos temos que ficar atentos nos nossos celulares e temos que ficar perto um do outro- Cameron diz e todos asentimos

                   Pov Helena

Assim que desligo a chamada, uma mensagem chega no meu celular, então eu pego o mesmo, leio a mensagem e vou até o hospital, já que o Tae havia saído.

Assim que chego lá, vejo o Henrique e corro até ele

-Hey... O que houve?- pergunto vendo o mesmo preocupado

-A minha mãe... Ela foi fazer uma cirurgia de emergência...- ele fala e começa a chorar.

Eu o abraço e acaricio seu cabelo

-Calma... Ela vai ficar bem...- falo baixo- faz quanto tempo que ela está lá dentro?

-Mais ou menos uma hora...- ele fala e eu o olho

-Está bem... Eu vou ficar com você até termos alguma notícia dela...- falo sorindo doce e ele assinte

Fala sério, não tem como isso ficar pior.

                 Pov Hayes

Todos estávamos deitados no chão da sala, olhando o celular de 5 em 5 segundos, para ver se o Aaron havia ligado ou mandado mensagem, mas nada.

Tudo o que tínhamos é o que a Helena havia falado, e mais nada.

-Nós vamos mesmo ficar aqui esperando?- Matt pergunta

-Você por um acaso tem bola de cristal?- Nash fala e vemos eles negarem.

-Nash... Seu celular está vibrando...- falo o olhando.

Ele rapidamente pega o celular e atende a ligação, colocando a mesma no viva voz

                 Ligação on

-CARALHO, VOCÊS NÃO TEM CELULAR NÃO?- Helena grita assim que atendemos.

-Sim, temos, mas nenhum deles tocou- Nash fala calmo

-Pois deveriam verificar... Enfim, eu descobri uma coisa...- ela fala mais calma.

-O que?- perguntamos juntos.

-Eu rastreei o celular do Aaron assim que eu consegui o sinal do mesmo, e eu sei aonde ele está...- ela fala

-E aonde ele está?- Cameron pergunta.

-Taylor, você lembra daquele galpão no final de uma estradinha deserta? Aquele que sempre íamos brincar depois da escola?- ela fala

-Sim... Lembro sim- ele fala se aproximando do celular

-O sinal vem de lá, mas a estrada para aquele galpão está fechada, então a partir de um ponto vocês vão ter que ir andando...- ela fala baixo

-Só isso?- Nash pergunta entediado

-Não, eu quero que vocês tomem cuidado e que façam o seguinte... Quero que somente um faça o caminho inteiro indo até o galpão, quero que dois fiquem no meio do caminho e que o restante fique no carro, por que isso foi muito fácil, então pode ser uma emboscada...- ela fala preocupada

-Está bem... Nós faremos isso.- falo baixo

-O Aaron foi sequestrado, não quero que vocês sejam também.- ela diz e desliga em seguida

                Ligação off

-Meu Deus...- falo olhando para eles

-Impressão minha ou ela se preocupa e se importa com a gente?- Cameron pergunta feliz.

-Eu não sei... Mas isso me deixou... Feliz- Matt fala sorrindo.

Depois de alguns minutos, o Taylor recebe uma mensagem, e era da Helena, e dizia o seguinte:

"Não vão até o galpão, e saiam agora da casa do Cameron, não façam perguntas, não respondam essa mensagem e não me liguem, só façam isso, e façam agora!"

Nos olhamos sem entender mas, nos levantamos rapidamente e saímos pela porta do fundo. Vamos até a vizinha do Cameron que era uma senhorinha e ela nos deixa entrar. 

Assim que entramos e olhamos pela janela, vemos vários caras armados invadindo a casa do Cameron, ouvimos alguns sons de tiros e ouvimos coisas quebrando, então nos olhamos, fechamos a cortina e fomos para outro cômodo

-Gente... O que está acontecendo?- Taylor pergunta nos olhando com medo

                           Pov Helena

-Pronto... Eu já fiz tudo... Agora me solta...- falo com voz de choro.

-Está bem... Ah, e parabéns, você foi uma ótima garota- o cara encapuzado sai, me deixando sozinha naquela sala.

Ele foi tão idiota, que me contou praticamente todo o plano sem mesmo perceber, e assim que eu sair daqui, vou falar com os meninos.

Mas, a pergunta é: como eu vou conseguir sair daqui? A janela tem grades, a porta é de aço e tem várias câmeras espalhadas... Eu estou fodida.




Notas Finais


Espero que tenham gostado
Me desculpem pelos erros
A tia ama vocês ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...