1. Spirit Fanfics >
  2. Revenge (Bts- Min yoongi- Fanfic) >
  3. Capítulo 1

História Revenge (Bts- Min yoongi- Fanfic) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo novo...espero que gostem

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Revenge (Bts- Min yoongi- Fanfic) - Capítulo 2 - Capítulo 1

S/ɴ Oɴ

- Fala sério....hj O atendimento está baixíssimo...em pleno domingo onde mais lota

Digo com as mãos apoiadas no rosto olhando para fora, logo pegando o celular. Ouço o sino da porta se abrindo e logo estendo os olhos vendo de quem se tratava

- Boa tarde senhor o que deseja?

O Homem de cabelos metade claros e metade escuro, com a pele branca vem até o balcão olhando para os valores e tipos de café

𝚈𝚐- Humm por favor, me vê um cappuccino? -Diz apontando para o café-

-Claro só um segundo...

Anoto o pedido do msm, a voz dele era grossa e rouca...os lábios pequenos mais ainda sim não estampava nenhum sorriso, somente uma expressão fria, vou até a bancada começando a fazer o café e me sinto com os olhares do msm, isso já era normal e não eu não fui assediada pois nessa cidade todos tem respeito...bom é o que eu acho. Faço o pedido do msm e o entrego e pego o dinheiro do msm que logo saí do departamento seguindo para o lado oposto em que estava

❁𝙱𝚘𝚖 𝚖𝚎𝚞 𝚍𝚒𝚊 𝚏𝚘𝚒 𝚎𝚡𝚊𝚝𝚊𝚖𝚠𝚗𝚝𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚜𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜 𝚎𝚗𝚛𝚛𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎 𝚜𝚊𝚒𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚊𝚕𝚒❁

- Por que essas ruas tem que ser tão escuras ao anoitecer....graças a deus nunca me aconteceu nada....espero que nunca aconteça....

Sigo o meu caminho chegando em segurança em meu apartamento e adentrando no msm, vou para o banheiro me despindo e logo adentro no msm fazendo com que a água morna me relaxasse totalmente...Acabo o banho me enrolando na toalha e saindo pegando um pijama confortável e quentinho...as noite de Taejeon-dong eram frias, claro estávamos no outono e logo vamos entrar no inverno mais por que o frio tem que começar partir de outono...bom isso não me interessa, não agora

- Estou com fome...será que a mulher que faz mochi está aberta??

Digo me perguntando no meio da sala com o dedo indicador em minha boca mordendo a unha

- Tudo bem eu preciso ir ver se ela está lá ainda...sinto falta daqueles bolinhos de arroz mais chamados como mochi.....eu só preciso me trocar....

Corro até meu quarto pegando uma roupa de frio com um cachecol e uma touca...me troco e saiu pegando as chaves e descendo com o elevador

-Ooooohh está frio...não está como ontem...já que ontem estava mais fresco....hj realmente está frio...

Digo após sair de dentro do local e vou seguindo pelas ruas escuras e frias. Corto caminho dentro de um beco que sempre passava e vejo alguns garotos ali e me escondo atrás de uma parede e vejo que era o moço que eu avia atendido hj, Arregalo os olhos após ver que o Homem tira uma pistola de seu bolso e eu solto um gemido abafado por minhas mãos. P homem aponta para o cara no chão e solta um sorriso fechado e amedrontador em seu lábios e atira no homem que logo caí no chão. Estava tão paralisada que sem querer avia soltado um grito de desespero e tampo a boca imediatamente virando para frente e com a respiração ofegante.

Yᴏᴏɴɢɪ Oɴ

Após matar homem ouço um grito de mulher e olho procurando

-Tem alguém aqui?

Saiu procurando e os outros ficam para trás enquanto olhavam tbm vejo uma parede que tinha ali e vejo a atendente em que me atendeu e eu Arregalo os olhos puxando o braço da msm para se levantar e a puxo para mim a olhando bem de perto falando entre os dentes

-O que vc viu garota?

-E-eu não fiz nada... por favor não me machuque

-Me diga como não vou lhe matar após isso...olha aqui garota....

Aperto o braço da msm puxando ainda mais perto de mim

- Vc tome cuidado comigo eu posso saber de tudo de vc com apenas um estalar de dedos...e posso matar sua família sem nem vc saber...e vc vai ter que morrer

A coloco em meu ombro saindo andando para os meninos


S/ɴ Oɴ

O msm me coloca no ombro do msm e eu começo a bater no msm em suas costas e sinto os grandes músculos do msm em sua camisa social preta, acompanhado com calça preta e sapatos de couro....a pele branca do msm estampava sobre o preto

- Eu vou gritar...me solta agora.....

-Cale a boca ou te dou um tiro na sua boca e vc além de morrer vai calar a boca no inferno....Nunca atrapalhe meus negócios está me ouvindo ou não ficou claro para vc....

A coloco no chão sentada e os olhos dela já estavam com lágrimas

𝙹𝚔 - Yoongi pega leve ela é uma mulher....

Falo encostando a mão no ombro do msm

-Tire as mãos de mim agora....eu não importo se ela é uma mulher ela atrapalhou meus negócios e eu odeio que fazem isso.....

A mulher já estava aos prantos e Yoongi pega a arma colocando o silenciador e colocando no pescoço da msm e ela se desespera logo a respiração da msm fica ofegante e tenta não se mexer. Sem coragem solto a arma e vou perto da msm novamente

- Vc não fica mais aqui....a partir de agora vc vai morar comigo pelo o que fez hj....ENTENDEU?

Concordo e o msm me pega novamente me colocando em meu ombro e saindo andando

-Limpem essa sujeira deste homem morto, depois reunião em minha casa....

Yᴏᴏɴɢɪ Oɴ

Continuo andando e a coloco dentro do carro (Jaguar) e entro do outro lado saindo pisando fundo, a msm nem se mexia...mais Eu já sabia como usá-la....chego em minha casa que era grande de mais com um lago na entrada com uma ponte pra passar por cima e saiu do carro andando para dentro sem nem me importar

- Vamos eu não tenho tempo pra vc sair quando quiser....

Digo a olhando com cara de tédio

S/ɴ Oɴ

Acordo pra vida e saiu do carro andando rápido atrás do msm olhando para cada lugar grande. Logo as grandes portas daquele grande lugar se abrem e entro atrás da msm e paro no meio enquanto ele subia as escadas...possivelmente para o quarto do msm e fico ali no meio daquele enorme lugar sem reação

-Ah pronto....o que eu vou fazer tô no meio desse lugar gigante

Digo somente para mim

𝚈𝚐 - Por que está parada aí Vá até o porão e leve aquelas caixas....só as levem direito tem armas e drogas ali dentro...lhe aconselho a usar máscara para não expirar aquilo...vc vai ficar louca com aquilo...

-Aaah pronto virei escrava...... eu não vou fazer isso...se vc me trouxe aqui para isso....pode tirando seu cavalinho da chuva idiota...

𝚈𝚐 - Repete isso na minha cara agora....

O msm vem descendo as escadas, paro em sua frente em alguns metros de seu rosto cruzando os braços

-Se vc acha que eu vou ser algum tipo de escrava sua ou pior uma vadia só por que eu tenho corpo....tire agora seu cavalinho da chuva...

Digo debochada na frente do msm, eu não sei p que tinha me dado mais eu queria soltar aquilo e foi em arrogância extrema

𝚈𝚐 - Ent quer dizer que vc é afrontosa...mais Eu não vou tirar o cavalinho da chuva.....deixa ele molhar, é outra eu trato vc como bem entender...aliás soube que seu papaizinho e mamaezinha eram da Máfia mais importante....pena que meus pais mataram eles né, que pena que eu sou a máfia mais importante

-O que foi tá se achando tão importante só por que matou os próprios pais por poder....e vc quer ver eu conquistar tudo isso aqui com um dedo....me deixe sozinha nessa casa com o porte de armas aberto e eu te mando pra fora do mapa.....

Sorrio de lado para o msm e ele me olha debochado pra mim e volta a andar

𝚈𝚐 - No dia que isso acontecer eu quero que eu esteja me arrastando por seus pés....agora vá fazer o que eu mandei....e perante a seu corpo, eu amaria o ver nu em minha frente...não é atoa que seu pai era Brasileiro e tinha aquele corpo bem formado....

-Claro...continue me desejando...vc só vai chegar na sua cama batendo uma tá....não duvide de mim...e sabe o pior....

"Eu sei muito bem ser uma vadia mau"

𝚈𝚐 - guarde muito bem essas palavras e veja se vai usa-las msm....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...