1. Spirit Fanfics >
  2. Revenge for Alexandria - CARL GRIMES >
  3. 31. Nossa menina

História Revenge for Alexandria - CARL GRIMES - Capítulo 33


Escrita por:


Capítulo 33 - 31. Nossa menina


Fanfic / Fanfiction Revenge for Alexandria - CARL GRIMES - Capítulo 33 - 31. Nossa menina

LIA MONROE

Nesses dias, colocamos todo nosso plano de ataque em prática. Equipamos carros com proteções, observamos uma horda para usá-la, e eu, fiquei ouvindo sermões de Rosita e de Carl, que eu não poderia fazer esforço e todas essas coisas chatas. 

Enquanto todos saíam, iam atrás de armas, e até de suprimentos, eu ficava na comunidade, cuidando de tudo aqui e, principalmente, da minha gravidez. Não gostava de ficar trancada, então quando todos saíam, eu fugia e ia para a floresta. 

Hoje fiz isso. E como costume, me sentei na árvore, que sempre ficava quando pequena. Subi no galho, e fiquei olhando a vista, um tanto quanto bonita para o apocalipse.

"Você não deveria fazer esforço." - minha mãe disse, ficando ao meu lado.

一 Até você?! - perguntei divertida e sorri. 一 Não estou doente... - dei de ombros. 一 E essa criança vai nascer no meio do apocalipse, acho que eu subir em uma árvore vai ser o menor dos problemas para ela. 

"Estou falando por você!" - me virei e ela me encarou seriamente. 一 "Precisa se cuidar."

一 Eu vou fazer isso. - sorri e no mesmo instante ouvi carros se aproximando de Alexandria. 一 Só que não vai ser agora. 

"Cuidado filha." - ela disse e logo sua imagem sumiu.

Sempre. - falei baixo e desci. Pulei o muro para o lado de dentro. Quando me virei, dei de cara com Carl, com os braços cruzados e me olhando sério. 一 Não fala nada, por favor! - pedi manhosa e ele riu.

一 Não ia dizer nada... - ele disse, e levantei minha sobrancelha. 一 O que? É sério! Nada que eu falasse ia adiantar mesmo. - ri e abracei sua cintura.

一 Vocês já estão indo? - ele concordou. 一 Então vamos... - peguei em sua mão, mas ele me fez parar.

一 Você não vai. - olhei para ele sem acreditar. 一 Não posso arriscar Lia! 

一 Carl... eu quero! Vamos ficar bem. - coloquei nossas mãos sobre minha barriga e ele sorriu. 

一 Eu sei, mas não quero arriscar mesmo assim. Não quero que aconteça nada com você, muito menos com nosso filho...

一 Oi? A Lia está grávida?! - Eric apareceu ao nosso lado e disse um pouco surpreso.

一 Fala baixo Eric! - pedi e ele me ignorou, e começou a me abraçar e sorrir animado.

一 Eu não acredito! Uau... minha menininha cresceu. - ele apertou minhas bochechas e depois me deu um beijo estalado no rosto.

一 Eric! - comecei a rir. 一 É sério... fale baixo, não quero que ninguém saiba, não por enquanto. 

一 Tudo bem. - ele disse abaixando o tom de voz. 一 Sendo assim... Carl está certo, você não vai.

一 O que?!

一 Viu!

Eu e o Grimes dissemos juntos e Eric riu. 

一 Você não vai Lia! - bufei, mas acabei cedendo. 一 Ótimo! Até mais tarde e se cuida. - o mais velho me abraçou forte e deixou um beijo em minha cabeça. 

一 Eu amo você! - Carl disse, enquanto se despedia de mim.

一 Eu também amo você, cowboy. - respondi e lhe dei um beijo. 

Abracei meu corpo e fiquei em frente ao portão, vendo eles saírem da comunidade e sentindo uma sensação estranha me consumir. Deixei os pensamentos de lado e voltei para minha antiga casa. Entrei e olhei ao redor, vendo as coisas como eu deixei da última vez. 

Arrumei ela, tirei meus últimos pertences, os de Jony e do meu pai, e a deixei pronta para outra pessoa. Embalei tudo em caixas e, quando acabei, me sentei no chão da sala e comecei a chorar, lembrando de todos os momentos que estive aqui. 

× FLASHBACK ON ×

一 Essa é a sua casa vovó? - pergunto animada olhando todo o local. 

一 Sim meu anjo. - a mais velha sorriu com minha animação. - Venha, vou te levar para seu quarto. 

(...)

一 Aiden! Não vale, você roubou! - digo irritada, jogando o controle do vídeo game no sofá.

一 Roubei nada. Aceita que você é ruim, Lia. - ele me mostrou a língua. Pulei em cima dele e comecei a dar socos fracos em seu braço, arrancando risadas dele. 

(...)

LIA! - Jony entrou correndo em meu quarto - O Aiden deixou a gente ir na busca com ele, mas tem que ser agora! - ele disse animado.

一 Vamos lá então. - levantei da cama e corremos até o portão da comunidade. 

× FLASHBACK OFF ×

Lia?! - alguém entrou e eu enxuguei o rosto rapidamente. 一 Querida... - Rosita veio até mim e se sentou ao meu lado, me puxando para um abraço.

一 Você não foi? - perguntei, sem sair dos seus braços.

一 Alguém tinha que ficar de olho em você. - rimos juntas. 一 Quer ajuda com essas caixas? - ela apontou para a pequena "mudança".

一 Sim... - sorri. 一 Vou levar para a casa do Eric. Juntas, levamos as coisas para minha nova casa. Rosita resolveu fazer companhia para mim durante o dia. 


AARON

Chegamos no Santuário e começamos o plano de ataque. Rick conversava com Negan e os outros ficavam atrás das barreiras, esperando o momento certo.

A Lia está grávida. - Eric disse baixo e rápido, ao meu lado. Olhei para ele e fiquei sem reação.

Como?! 

A.Lia.Está.Grávida. - ele repetiu e me olhou sorrindo. Fiquei surpreso e depois sorri também.

Ela te pediu para não contar, não foi? - perguntei divertido e ele afirmou, me fazendo rir.

Não ia conseguir esconder isso, não de você. - ele falou, voltando a olhar para frente. 一 Quando voltarmos, comemoramos juntos. 

Sim. - respondi sorrindo e também me virei para frente.

(...)

Os zumbis cercaram o local e nós saímos, indo em direção à um posto avançado que tinha por perto. O grupo começou a nos atacar também. Ficamos o tempo todo atrás das barreiras e atirando neles.

Eric foi para frente, com Tobin, para tentarem atingirem os que avançaram, mas o segundo acabou sendo atingido de raspão. Olhei para frente e vi que os Salvadores que foram atingidos, estavam voltando como zumbis. O plano havia funcionado.

Enquanto evacuavamos, vários dos nossos foram atingidos pelos que sobraram. Olhei em volta e vi que alguns salvadores se aproximavam de Eric. Tentei me aproximar, mas ele já havia sido atingido. 

Não! - me abaixei próximo dele. 一 Venha, vou te tirar daqui. - apoiei ele sobre meu ombro e, enquanto Scott nos dava cobertura. Encostei ele em uma árvore e tentei conter seu sangramento.

一 Precisa me prometer que vai cuidar... da... Lia... - Eric disse com a voz já falha.

一 Não. Você vai fazer isso comigo! Você vai ficar bem... - comecei a falar, desesperadamente, enquanto chorava e pressionava seu ferimento.

一 Aaron... - olhei para seu rosto. 一 Vocês vão ficar bem. Diga a ela que a amo, sempre vou amar... ela é nossa menina rebelde... - ele deu um sorriso fraco.

一 Por favor... - coloquei minhas mãos em seu rosto. 一 Fica comigo!

Eu amo vocês... - ele falou e, lentamente, seus olhos foram se fechando.

一 Eric! - abracei o seu corpo. 一 Eu também te amo... - disse baixo e me permiti chorar em seu ombro.

一Vem... - Scott, que eu nem havia percebido que ainda estava ali, me ajudou a levantar. 一 Deixa eu fazer isso para você. - ele me colocou para trás e se abaixou até Eric, onde fincou uma faca na parte de trás de sua cabeça.

(...)

Pegamos os nossos, que haviam morrido, e cobrimos com lençóis, os colocando nos carros para poder enterrar em Alexandria. Sentei em uma escada, enquanto Daryl e os outros acabavam com os zumbis. Logo Rick apareceu, carregando uma bebê em seus braços e dizendo que as armas não estavam lá, e que teríamos que partir.

一 Tobin, pode levá-la até o doutor Carson em Hilltop? Até pediria ao Daryl, mas ele está de moto e preciso dele para fazer uma coisa. - Rick disse, se referindo a garotinha.

一 Eu levo... - falei, me levantando e eles me olharam. 一 Eric está morto... - vi Carl ficando surpreso. 一 E nós íamos para lá depois disso mesmo.

一 Tem certeza? - afirmei. 一 Tudo bem... - Rick passou a garotinha para os meus braços. 一 O nome dela é Gracie. 

一 Eu vou falar com ela. - Carl se aproximou e colocou a mão em meu ombro.

一 Eu sei que vai. - esperei os outros se afastarem e me virei de volta para o garoto. 一 Antes dele... - respirei fundo. 一 Antes do Eric morrer ele me falou, fico feliz por vocês. - Carl sorriu e logo foi para um carro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...