História Reverse Falls o verão que mudou a minha vida - Capítulo 53


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Tags Dipcifica Reverse, Reverse Falls
Visualizações 379
Palavras 2.810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai , mais um capitulo aqui , sei que to demorando muito mais e tudo culpa da escola

Capítulo 53 - ''Tente de novo , erre de novo , erre melhor''


Fanfic / Fanfiction Reverse Falls o verão que mudou a minha vida - Capítulo 53 - ''Tente de novo , erre de novo , erre melhor''

*Pov Dipper*

Acordei com os raios de sol no meu rosto e corpo , abri os olhos lentamente , eu tava de bruço , minha visão ainda tava meio embaçada mais eu pude ver minha linda namorada sentada na cama encima das duas pernas , com uma roupa minha branca de botões e manga , ela tava comendo uns biscoitos de chocolate e lendo um dos nossos bestiarios ...

_ trabalhando ? uma hora dessas ? ( perguntei divertido ) ( Dipper )

Ela sorriu e olho pra mim.

_ so to procurando saber mais dos seres sobrenaturais , e dos caçadores ( Pacifica )

_ a quanto tempo ta pesquisando nisso dai ? ( Dipper )

_ a noite inteira , não vi o tempo passar , já li muitos e muitos livros da sua biblioteca que falam sobre o sobrenatural ( Pacifica )

_ e o que ta tentando descobrir ? ( falo me virando e me sentando - eu tava so de calça moletom ) ( Dipper )

_ tudo , sobre os caçadores , os seres , esse lugar que e o mais estranho do mundo , tentando descobrir qual e a nossa misteriosa fonte de energia enfim , mais não importa o quanto eu pesquise , parece que eu nunca vou descobri ( suspiro cansada e olho pro teto , depois falo baixinho voltando a olhar pra o livro ) , tente de novo , erre de novo , erre melhor ( Pacifica )

_ erre melhor ? que isso ? ( Dipper )

_ ha , e ... quando eu era menor e fui aprender a andar de bicicleta eu cai e me machuquei um pouco , mais eu fiz tanta manha que queria para de tentar ai o meu pai me disse isso , quer dizer , não importa o quanto tente e erre , continue tentando e continue errando , erre cada vez melhor ate acerta , falo isso pra mim desde então sempre que penso que não vou conseguir acerta nunca ( Pacifica )

_ interessante ( Dipper )

_ e eu sei , escrevi no meu caderno de matematica no 8° ano ( riu ) ( Pacifica )

_ você ? ja teve problemas em matematica ? grandes surpresas ( riu e a pego por sua cintura e a coloco no meu colo ) , que horas são ? ( Dipper )

_ 9 horas ( digo apoiando minha mão em seu peito nu ) ( Pacifica )

_ hum ... legal , que tal agente se diverti um pouco ? ( Dipper )

_ Dipper você me quebro ontem ( falo rindo mas sou interrompida ) ( Pacifica )

_ e vou te quebrar hoje de novo ( falo rindo malicioso ) ( Dipper )

Vou subindo as mãos por dentro da blusa e puxo sua calcinha pra baixo , não a tiro por completo , a deixo no joelho. E começo a masturba-la , quero brinca um pouco , ela logo fecha os olhos e se arrepia ao meu contato , eu começo a intensificar mais , sem corta contato visual , ela abre a boca se segurando pra não soltar nenhum som e apoia mais as mãos em mim ...

 _ encare isso como uma aula-pratica , ta aprendendo alguma coisa ? ( Dipper )

_ você ... e ... uma ... pessoa muito mal haaa ( falo gemendo e jogo a cabeça pra tras ) ( Pacifica )

_ e pois e não sei como consigo dormi a noite ( digo sorrindo maldoso ) ( Dipper )

Ela leva suas mãos ate minha calça e a baixo um pouco , so um pouco , o bastante pra meu pau ficar de fora ...

_ que pressa ( falo sarcastico ) ( Dipper )

Ela ta mordendo tanto os labios que ja ta sangrando então decido entra , tiro minha mão da sua parte intima e ela entende e sente em mim , nos dois gememos juntos e ela começa a ir pra frente e pra tras , eu vou a ajudando com as mãos em sua cintura fazendo os movimentos ficarem mais fortes.

Depois inverto as posições e começo a estocar mais rapido e mais forte enquanto marco todo o seu lindo tórax. Depois de um tempo nos gozamos e eu deitei do seu lado a puxando pra ficar encima de mim , agradeço todos os dias por ela tomar anticoncepcional ...

_ você ... acaba comigo ( falo ofegante porem rindo ) ( Pacifica )

_ ( riu ) perdi muito cedo , na hora me viciei ( Dipper )

_ quantos anos ? ( Pacifica )

_ 14 ( digo calmamente ) ( Dipper )

_ nossa ( Pacifica )

_ eu sou icontrolavel , o que você esperava ? ( digo normal ) ( Dipper )

A olho e ela ja ta dormindo , coitada , depois da transa ontem passou o resto que sobrou da madrugada lendo , to pegando muito pesado com ela , tenho que dar mais descanso pra Pacifica , eu sei disso , mais simplesmente não consigo me controla , e um inpulso tão selvagem mais forte que eu , ela e tão sexy e fofa , e isso me excita tanto. Decido dormi mais um pouco também ...

Quebra de tempo { x } 

*Pov Pacifica*

Agora agente tava tentando monta o portal seguindo as informações dos 3 diarios ( n//a : ela ta com a roupa da capa ) , o Dipper contou pra o Stan do leilão onde ela supostamente vai ser vendida , ele mandou a Mabel e o Gideon pra investigarem se isso era verdade , depois quem vai nesse ''leilão'' vamos se eu e Dipper , ou tudo mundo , diz ele. Ele também disse que não ta disposto a pagar por uma coisa dele , ou o melhor do irmão dele , mais em sua ''ausencia'' e dele , mas isso agente decidi depois , so faltam mais alguns passos , o portal ja ta quase todo montado , agora so precisamos da ultima peça e da fonte de energia potente , falta pouco Ford.

Eu tava fazendo alguns calculos porque tinham muitas coisas faltando nos diarios , peças que não se encaixavam e outras que o diario não dizia como ou onde encaixa. Eu tava tão distraída que nem vi quando encostei em um maçarico ainda quente , queimei minha mão na hora.

_ AIII ( sacudi minha mão com força e segurei ela com a outra mais forte ainda ) ( Pacifica )

_ você ta bem ? ( vou ate ela preocupado e me ajoelho do lado da cadeira ) ( Dipper )

_ ai , queimei ( ele pega minha mão e olha ) ( Pacifica )

Uma aura azul começa a cobrir ele e depois eu e eu sinto a ardencia na minha mão aliviando , quando acaba ela ta curada ...

_ ta melhor ? ( pergunto sorrindo ) ( Dipper )

_ ( sorri e beijei ele ) obrigada ( Pacifica )

_ você ta distraída ( Dipper )

_ não , talvez ... e cansaço ( Pacifica ) 

_ que em grande parte e culpa minha ( rimos ) , ta bom , prometo que vou deixar você dormi hoje , so dormir , sem fazer mais nada , eu vou me segura , sem transa , ou acorda de madrugada pra fazer de novo , ou oral , ou qualquer outra coisa do tipo , eu prometo ( Dipper )

_ você ? ( Pacifica )

_ e serio , você precisa descansa ( Dipper )

_ ( mordo o labio ) não e so isso , agente ta trabalhando de mais , mais uma boa e completa noite de sono não faria mal , to precisando dormi ( sorriu ) ( Pacifica )

_ ta bom , escuta porque você não vai descansar ? quando a Mabel e o elfo aparecerem eu te aviso ( Dipper )

_ e você ? ( Pacifica )

_ eu vou ficar aqui mais um pouco , depois subo pra te fazer companhia ( Dipper )

_ tem certeza ? ( Pacifica )

_ tenho , ja to acabando ( Dipper )

_ vai conseguir fica uma noite inteira sem transa ? ( Pacifica )

_ eu faço um esforço ( riu ) , vai logo você precisa descansar ( Dipper )

_ ( riu ) ta , ta , brigada ( dou um selinho nele e me levanto ) ( Pacifica )

Quebra de tempo { x }

Agora já tava escuro , eu tava dormindo profundamente , ate ouvi um barulho no banheiro , a pia tava ligada , eu abri os olhos lentamente e me espreguicei silenciosamente , depois me levantei e fui ate o banheiro. O Dipper tava lavando as mãos na pia , tava ofegante , parei na porta do banheiro sem ele me ver.

_ ta tudo bem ? ( ele se vira rapido ) , Dipper porque ta ofegando ? ( comecei a andar em sua direção lentamente ) ( Pacifica )

_ oi , te acordei ? ( Dipper )

_ não , quer dizer a pia tava muito alta , mais isso não importa , que foi ? ( Pacifica )

_ nada ( ele me olha com uma cara tipo ''serio ?'' ) e serio ( Dipper ) 

_ conta a verdade ( paro na sua frente ) ( Pacifica )

Ele morde os labios rindo malicioso.

_ sabe quando eu acordo no meio da madrugada sem mais nem menos excitado e quero transa de novo ? ( Dipper )

_ ho se sei ( falo sem graça olhando o chão ) ( Pacifica )

_ pois e , ai eu entrei no quarto , e te vi dormindo linda e confortável e a unica coisa que quis foi fuder você ( Dipper )

_ como eu consigo te excita ate dormindo ? ( pergunto rindo ) ( Pacifica )

_ não sei , você ta me excitando ate parada agora , com esse lindo vestidinho curto que mostra suas pernas , sem tampar as minhas marcas , da pra ver todas elas ( passo a mão na curvatura do seu pescoço ) , desculpe eu não consigo para ( digo rindo de leve ) , eu prometi que ia te deixa dormi , e eu tentei não se um completo pervertido mas não consegui , mas como eu não queria te acorda ... ( interrompido ) ( Dipper ) 

_ veio ate o banheiro e se masturbou ? ( perguntei meio chocada , eu fiz mesmo ele se masturba ? ) ( Pacifica )

Ele assenti ainda mordendo os labios sorrindo malicioso , não sei porque mais ele ta agindo como se isso fosse a coisa mais normal.

_ eu fiz mesmo você se masturba ? eu ? ( Pacifica )

_ e não foi a primeira vez ( seguro sua cintura ) , olha acho que se quiser te uma noite tranquila e melhor eu ir dormi em outro lugar , não sei se vou me controla ( Dipper )

Mordo meus labios , depois pulo em seu colo , monto nele e começo a beija-lo , com uma perna de cada lado da cintura e ele segura minhas pernas , ele retribui o beijo na hora e vai indo pra tras ate se encosta na pia e me segura mais forte , o beijo era selvagem e quente. O ar acabou e nos não queriamos parar , passou alguns segundos com agente se beijando sem ar mas eu ja tava quase desmaiando então so dei um mordida forte no seu labio inferior a ponto de arrancar sangue e encerrei o beijo ...

_ assim você me quebra , não vou conseguir me controla ( digo ofegante - mais que antes ) ( Dipper )

_ não quero que se controle , prefiro não dormi e fica com você , do que ter uma longa noite de sono sozinha ( volto a o beija ) ( Pacifica )

Ele desencosta da pia e vai pra o quarto.

_ ( corto o beijo e digo ) cama não , poltrona ( Pacifica )

Ele da um sorriso malicioso e me obedece , começa a me beijar de novo e vai ate a poltrona. Ele senta comigo ainda em seu colo e eu tiro sua camisa ( n//a : ele tava de blusa branca , calça cinza e tenis branco e preto ) , ele desce os beijos pra o meu pescoço e eu arranho seu abdômen , depois ele pega a minha mão e me faz arranha mais forte e diz com a voz rouca e excitante ...

_ seu ( tiro seu vestido e começo a beijar o vão entre seus seios ainda por cima do sutiã e digo rosnando ) minha ( Dipper )

_ sua ( digo com dificuldade por causa dos chupões que ele começa a dar ) ( Pacifica )

Ele para os chupões e beijos tira o meu sutiã e volta a me beijar , eu levo minha mão ate a calça a desabotuando e a puxando pra baixo , não a tiro toda so o bastante , ele baixa a minha calcinha , também não a tira toda , e eu sento nele , nos dois gememos juntos e eu jogo a minha cabeça pra tras , ele não perde tempo e começa a movimentar minha cintura pra cima e pra baixo com rapidez e força.

Naquele quarto so se ouvia respirações descompassadas e gemidos e um cheiro de sexo se manifestava no quarto. Depois de um tempo gozamos juntos e ele saiu de dentro de mim , eu desabei em seu peito sorrindo e me aconchegando nele , meio sem forças , pra nada ... Depois ele se levantou ainda comigo em seu colo e me deitou na cama , eu tava exausta mais volto a mim quando ele rasga a minha calcinha com brutalidade e começa a me chupar.

Eu gemo e agarro seus cabelos com força os puxando , ele intensifica mais e eu solto uma das mãos de seus cabelos e levo ate minha boca mordendo o braço com força pra tentar controlar meus gemidos , eles estavam altos e incontrolaveis , mordo tanto meu braço que acaba sangrando , mesmo assim ele não para , e eu sorrio entre o braço ainda mordendo.

Depois de mais uns segundos , ou minutos , eu gozo , de novo , e agora sim eu fico total e completamente sem forças pra nada , nem pra vestir uma roupa , so consigo sorri com os olhos transitando entre fechados e entre-abertos e tiro o braço da minha boca , numa dessas transitadas conseguir ver ele com a mordida forte cheio de sangue mas não tava doendo , ate tava , mais era prazeroso , o que ta dando em mim ? sorri mais.

_ ei , ta viva ? ( pergunto brincalhão ) ( Dipper )

_ engraçadinho ( digo rindo de olhos fechados ) ( Pacifica )

_ vem senta ( a ponho sentada pego uma roupa minha , vermelha com preta e capuz e ponho nela ) , pronto ( a deito de novo e pego seu braço ) você fez um estrago aqui ( riu ) ( Dipper )

_ não ta doendo ( Pacifica )

_ tem certeza ? ( ele so balança a cabeça confirmando ) ( Dipper )

_ deixa assim depois eu limpo , vem ( o puxo e ele se deita do meu lado e eu deito minha cabeça em seu peito ) , quero te dizer uma coisa aproveitando que eu vou desacorda logo logo , uma coisa que eu quero dizer a muito tempo ( falo do olhos fechados quase dormindo ) ( Pacifica )

_ fala ( digo também de olhos fechados quase dormindo ) ( Dipper )

_ EU TE AMO MIMADINHO , MUITO , MUITO , MUITO , TE AMO ( Pacifica )

*Pov Dipper*

Abro os olhos na hora , ela falou , uma felicidade enorme nasceu em mim , muito , muito grande mesmo , sorri , um sorriso sincero e verdadeiro e a beijei , intensamente demonstrando toda a minha felicidade.

_ EU TAMBÉM TE AMO BOA MOÇA , TE AMO MUITO , NUNCA DUVIDE DISSO , TE AMO MAIS QUE TUDO ( Dipper )

_ eu também ( Pacifica )

Nos dois acabamos pegando no sono , hoje o dia foi longo , mas ela falou e eu to anormalmente feliz com isso , nunca me senti tão feliz , eu te amo muito minha boa moça ...


Notas Finais


Eles tavam demorando muito pra contar rsrsrs , comentem , podem comentar , adoro comentarios , boa noite mortais , ate outra noite estrelada , beijos de vampira pra vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...