História Reviravolta de uma Suicida - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 11
Palavras 878
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Postei de novo porque estava muito inspirada e decidi escrever.😉❤

Capítulo 41 - É Diferente



           

               Dois anos depois 


Lucy


E neste exato momento estou em uma balada completamente bêbada não faço idéia de quanto eu já bebi mas vou continuar bebendo. Peguei outra garrafa eu nem sabia o que era não conseguia ler apenas virei na boca. Me virei e comecei a dançar novamente. Percebi que uma garota me olhava há um tempo decidi trocar o olhar fazia movimentos junto ao ritmo da música, a garota misteriosa veio mais pra perto de mim. 


Continuei a dançar de frente pra ela em quanto a mesma apenas seguia os movimentos junto a mim. Ela era muito bela uma morena dos olhos azuis a boca bem vermelha alta e com muito estilo. A garota decidiu ousar os movimentos colocou suas mãos em volta de minha cintura e me puxou, num lance rápido me virei de costas pra ela e me movi contra seu corpo, a garota foi até minha orelha e deixou uma pequena mordida, aquilo foi o suficiente pra acender a chama dentro de mim beijei a garota estava um beijo quase desesperado a mesma desceu suas mãos até minha bunda e deixou um leve aperto minhas mãos estavam em seu pescoço arranhando de leve até pararmos o beijo.


__ Vem comigo. -  A garota disse puxando minha mão e me levando a seu carro. A mesma abriu a porta traseira e me jogou no banco de trás ela subiu em cima de mim, foi tudo muito rápido ela começou a me beijar depois meu pescoço. Ela se sentou e tirou sua própria blusa deixando a mostra seus belos seios com o sutiã rendado que usava, olhou pra mim e lançou um sorriso de pura malícia e desejo seu olhar foi parar na barra de meu shorts enfiou a mão por debaixo da blusa que eu usava e apertou meus seios depois desceu sua mão até a barra de meu shorts e o abriu aquilo me deu um frio na barriga. Quando ela colocou suas mãos dentro de minha calcinha meu corpo inteiro se estremeceu a garota começou a me masturbar lentamente mas algo me fez lembrar dela por um momento tudo pareceu parar Emma eu lembrei dela.


__ Eu tenho que ir pra casa. - Falei enquanto a garota ainda beijava meu pescoço freneticamente.  __ Eu realmente tenho que ir.

__ Ok você precisa de carona ou veio com alguém?

__ Eu vim com uma amiga mas eu não sei onde ela tá.

__ Onde você mora? Eu te levo.

__ A obrigada.


Chegando...


__ Sério muito obrigada. - Falei pra menina.

__ Toma meu número ainda vamos terminar o que começamos. - Deu um sorriso me entregando o papel com seu número.

__ Eu ainda não sei o seu nome? - Perguntei.

__ Milena, mas pode me chamar de amor da sua vida. - Dei risada.

__ Prazer Lucy. 

Abri a porta do carro e errei alguns passos.

__ Você quer ajuda?

__ Eu aceito. 

A mesma saiu do carro passou meu braço por cima de si mesma e colocou sua mão em minha cintura afim de dar apoio pra mim. 

__ Lucy. - Milena me puxou e me deu um último beijo os lábios de Milena eram extremamente macios e sua língua sabia exatamente o que fazer na hora do beijo.

__ Até mais. - Saiu acelerando seu carro.


Entrei em casa com passo leves não enxergava muita coisa por estar tudo apagado e eu não estar com a visão muito boa.


Acabei tropeçando por cima de alguma coisa e cai no chão.


__ Mas que poha é essa? - Me levantei e por um milagre meus pais não acordaram.


Subi as escadas quase caindo mas eu subi, abri a porta de meu quarto tirei minha roupa e cai na cama olhei pro teto e parei pra pensar. Porquê eu lembrei dela há tanto tempo não pensava nela isso foi tão estranho. Não consigo explicar o que eu sentia naquele momento mas beijar Emma é diferente de beijar outras garotas nenhuma tinha o toque delicado e ousado igual o dela nenhuma tinha a pegada dela nenhuma tinha o seu cheiro o beijo a textura de sua pele o seu sorriso cafajeste ou o modo como ela me amava.

Toquei levemente meus lábios me lembrando de cada sentimento que passei com ela cada momento pequeno e cheio de lembranças. O pior é ter que aceitar que tudo isso não passou de uma breve aventura.


Me levantei rapidamente e corri até o banheiro me ajuelhei e vomitei no vazo. Terminei me olhei no espelho eu estava acabada com a maquiagem péssima cheia de olheiras e o cabelo bagunçado mas eu estava sorrindo é isso que importa né, você tem que estar com um sorriso no rosto independente do que aconteça. Fechei os olhos com força enquanto as lágrimas caiam abaixei a cabeça. A quem eu estou querendo enganar eu sou um fracasso chega a ser humilhante sai do banheiro e fui pro meu quarto peguei meu cigarro e o acendi fui até a janela e me sentei hoje é lua cheia ela estava mais clara do que nunca, perfeita, como eu queria ver ela novamente eu simplesmente não consigo esquecela dói tanto dei um último trago e fui tentar dormir já que eram umas 3:00 da manhã.




Notas Finais


Espero que tenham gostado bjs.❤😅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...