1. Spirit Fanfics >
  2. Reviravoltas - Jung Hoseok >
  3. Prólogo

História Reviravoltas - Jung Hoseok - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Prólogo


Seis anos atrás.

Seoul, Coréia do Sul, domingo - 02:30pm.



— Vamos, meu bem, já estamos atrasados.



— Eu tenho mesmo que ir? - questionei ainda tentando achar sentido naquele pedaço de pano.


— Não teria sentido se você não fosse, afinal, a festa é pra você - disse ele me abraçando por trás e me encarando pelo espelho.


— Você sabe que não gosto de festas ‐ abaixo a cabeça, corada pela proximidade de nossos corpos.


Hoseok já tinha me visto semi-nua outras vezes, já tínhamos até transado, mas ainda assim sentia vergonha de ficar na frente dele, mesmo que estivesse usando biquíni.


Me sentia envergonhada por ser mais nova, Hoseok era universitário e eu estava terminando o colegial, meu quarto ainda tinha bichinhos de pelúcia e as paredes eram rosa-choque.


— Vamos, S/n, você está apenas a dois meses da formatura, tem que aproveitar mais a vida - ele disse se jogando na cama enquanto eu colocava um short curto preto e um cropped na mesma cor.


— Eu não sei, não quero caçar confusão com meus pais.


— Ah, gata, qual é? Seus pais me conhecem, eles confiam em mim - ele se levantou e veio em minha direção com os braços abertos.– Você não confia? - eu o abraçei e ele riu.


— Vamos logo, estamos perdendo tempo - disse me separando e pegando meus óculos escuros e minha jaqueta preta, o dia estava quente, mas eu não queria morrer de frio na volta pra casa.


Saímos da casa de Hoseok e fomos em direção a casa de Jin, um dos amigos mais próximos dele, que estava dando uma festa em comemoração ao meu aniversário de 18 anos. Jin é muito legal, muito bonito e cozinha muito bem, sem falar que é engraçado, do jeito dele, é claro.


A festa seria na piscina, os pais de Jin estavam fora por um tempo e ele aproveitou o momento, às vezes eu queria ser mais igual ao Hoseok e aos amigos dele, aproveitar a vida e os momentos plenamente, mas eu acho que é esse meu jeito medroso que deixa ele interessado em mim.


Dias atuais.

Palermo, Itália, sexta-feira - 5:35pm.



Os passos apressados dos pequenos invadiram o cômodo, antes silencioso, e não consegui conter minha risada ao ver John vestido de dinossauro enquanto corria atrás dos gêmeos, estes que riam alto e gritavam em animação.


Hyu-sa passou pela porta dizendo algo que não entendi muito bem, mas parecia estar bem irritada, a loira sorriu assim que percebeu minha presença, e aproveitei o momento para tirar uma foto dela, que levantou dois dedos e fez uma pose um tanto engraçada devido a estar carregando várias sacolas.


— De novo você enchendo meus filhos de mimos? Onde foram dessa vez?


— A tia levou a gente pra tomar sorvete depois da aula - Dylan vociferou animado, estava suado de tanto correr e parecia finalmente estar cansado, sentou no tapete da sala com os olhos vidrados em Jhon, que estava largado no sofá.


— Depois fomos ao shopping e o tio John foi comido por esse dinossauro - Dyana disse batendo levemente na barriga da fantasia.— Agora ele tá preso lá dentro, mas ainda dá pra ouvir a voz dele.


Eu e Hyu-sa rimos da situação, Jhon já parecia cansado e Dylan se levantou e chutou a canela do moreno gritando para o dinossauro devolver o tio, o que me fez rir mais ainda e John levantar do sofá, voltando a correr atrás dos gêmeos.


Eu vim para a Itália quando ainda estava grávida, meus pais não admitiram ter uma filha "impura" morando sob o mesmo teto que eles, e como decidi por não retirar os fetos, minha mãe disse que seria melhor se eu morasse com algum parente próximo a mim que me ajudaria nesse processo.


Na época em que me mudei Hyu-sa e seu marido John estavam juntos a 2 anos e concordaram prontamente em me acolher na casa deles, minha prima estava eufórica ao saber que eu estava grávida, e só faltou enlouquecer de vez quando descobrimos que eram gêmeos, Dylan e Dyana.



O casal estava tentando ter os próprios filhos, mas quando me ajudaram a passar pelo meu momento de gravidez decidiram que não seria a melhor opção para o momento, afinal, eles ainda queriam se estabilizar um pouco mais financeiramente antes de passar por esse processo.


19:50


— O que vão querer assistir hoje? - John perguntou para as crianças enquanto eu e Hyu-sa terminávamos de arrumar a bagunça do jantar.


— Eu quero Frozen - Dyana disse animada.


— Ah, de novo não - Dylan protestou -, eu quero o filme do leão.


— Mas a gente já assistiu esse.


— E também já assistiu Frozen.


— Okay, vamos assistir o filme dos carros então, o que acham? - John tentava chegar num consenso entre os gêmeos e recebeu um não como resposta.– Pelo menos nisso vocês concordam.


— Que tal aquele filme das corujinhas? - Hyu-sa sugeriu entrando na sala e se sentando junto com o marido.


— Ou então aquele lá dos Guardiões, como era o nome? - me sentei no sofá onde estavam os gêmeos e eles logo vieram para mais perto de mim, se aninhando sob meus braços.


— Ah, aquele do coelho e do papai Noel? Esse é legal - John procurou o filme e já se preparava para dar o play quando Dylan desceu correndo do sofá e foi em direção à cozinha e voltou com as duas mamadeiras em mãos pouco tempo depois, logo se iniciou nossa pequena sessão de cinema.


Aquele cena já era costumeira naquela casa, Hyu-sa abraçando John no sofá de dois lugares e eu e meus filhos no sofá maior, eu no meio e as crianças aconchegadas em mim. Eu havia me acostumado bem com a vida em Palermo, mesmo que no início não soubesse falar muito bem italiano, mas o casal de professores havia me ajudado até nisso.


Nesses anos todos eu aprendi que o destino pode dar algumas reviravoltas bem loucas, mas estando ao lado das pessoas certas tudo fica mais fácil de lidar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo e acompanhem a fic, elogios e críticas construtivas são sempre bem vindos.

Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...