História Revivendo - Fillie - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias It: A Coisa, Stranger Things
Personagens Edward "Eddie" Kaspbrak, Eleven (Onze), Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Richard "Richie" Tozier, Will Byers
Tags Fillie, Romance
Visualizações 22
Palavras 482
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Prólogo


2 meses. Era o que havia se passado após a morte de Finn. Por mais que Millie negasse que ela estava bem com tudo aquilo ela ainda sentia falta dele,porém falar de Finn só lhe trazia lembranças boas.

Ela organizava seu quarto arrumando uma caixinha onde guardava coisas importantes,quando ao vasculhar um pouco encontrou uma carta,e quando viu a letra indicado quem era o destinatário,seu coração gelou. Neste dizia:

Para minha doce e pequena Brownie

Millie quis chorar antes mesmo de abrir a carta. E quando abriu se desabou.

Peço que não chores por favor

Como apenas um verso pode desabar tanto uma pessoa?

Sei que está lendo isso 2 meses após a minha morte,sei porque deixei essa carta aqui antes de morrer,no dia do meu aniversário e sei também que você arruma suas coisas de 2 em 2 meses,espero que não esteja errado.

Como ele conhecia Millie tão bem? Como que ele fazia a rir em momentos tão tristes?

Não poderia ir embora sem antes deixar minhas declarações à você. Tudo mudou após a sua chegada,não só na minha casa e sim na minha vida. Tudo causou um erro de batidas do meu coração,mas que era adorável ser sentido. Você me reviveu quando eu mesmo achava que estava morto. Você fez com que dias contados se tornassem anos eternos,e sou grato por isso.

Oh Millie... você me fez vivo à cada dia,você reviveu meu espírito,o espírito do qual eu acreditava que estava morto. Você penetrou os sentimentos mais puros com muita intensidade em meu ser. Coisas das quais eu nunca esquecerei.

E quem diria que ainda existia amor em mim? E quem diria que eu era capaz de me apaixonar quando  estava prestes à morrer? Foi você. Você iluminou meu mundo,me retirou da caverna do anti-socialismo e me fez alguém melhor.

Como diz em 500 dias sem você: Paixão acontece,não se explica. Mas o amor é uma decisão. Você escolhe amar uma pessoa todos os dias,inclusive nos piores. E, especialmente, quando ela não soube se amar.

Eu não escolhi amar você Millie,você me escolheu . E é por esse motivo que eu te amo tanto.

Ache alguém que te faça feliz como eu fui,ache o amor de sua vida. E não tenha medo de amar se for correspondida. Eu desejo sua felicidade e sempre irei desejar. Amor não define o nosso fim,o amor dura eternamente. Não se esqueça do paciente que você lidou pela primeira vez e nem o seu primeiro namorado. Lembre-se de comprar um cachorro,de preferência bem bonito e que não cresça. Te amo para todo sempre!

De seu amado,Finn Wolfhard

Dezembro de 2019.

Millie chorou fechando a carta,sabendo bem que tinha aproveitado a sua vida. Não o suficiente,mas havia aproveitado.

--- Fim ---

(N/A= Eu chorei escrevendo essa história,e a mensagem que trago para vocês é que aproveitem ao máximo as pessoas,elas não irão avisar quando irão partir. Bay,bay.  )

Deixe sua opinião sobre a história,please.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...