1. Spirit Fanfics >
  2. Rewriting Fate >
  3. Capítulo 1 - O início de tudo

História Rewriting Fate - Capítulo 1


Escrita por: _Hope_Mikaelson

Notas do Autor


Eu queria um mapa igual os dos livros de fantasia, mas como não foi possível, coloquei o mapa dos países do mundo.

Capítulo 1 - Capítulo 1 - O início de tudo


Fanfic / Fanfiction Rewriting Fate - Capítulo 1 - Capítulo 1 - O início de tudo

Há muito tempo o mundo era um lugar pacifico e tranquilo, os reinos eram prospero e a vida era calma. 

Nesse tempo os conjuradores (Aqueles que tem a o elemento dentro de si) e dominadores (São aqueles que precisam que o elemento esteja ao menos proximo para usar a magia) eram tratados como iguais. 

Ninguém era mais rico ou mais pobre, nem sua cor ou genero importavam. Mas, um dia o rei Giovanni (Do reino de Monteriggioni) travou uma guerra contra o rei Michael (Do reino de Áquila) por puro poder, Giovanni achava que seu reino era pequeno quando comparado ao de Michael. 

Durante a guerra Giovanni teve um filho bastardo, que depois de um tempo descobriu que ele tinha poderes das sombras; Vendo que estava prestes a perder a luta o mesmo usou seu filho ainda criança como uma arma contra o adversário. 

Como ainda era inexperiente, afinal de contas era apenas uma criança, o garoto não sabia usar o seu dom corretamente, então ele apenas deixou fluir, mas era poder demais, criando assim uma uma barreira de sombras no mundo e transformando as pessoas que que estavam na fronteira em aberrações, pouco se sabe sobre elas, são poucos os que conseguem passar pela barreira de sombras. Sobre a criança, ninguém sabe de sua existência foi contada outra versão sobre o suposto surgimento da barreira no meio da guerra, mas há quem diga que o culpado das sombras morreu no mesmo dia. 

 A guerra sessou, mas os reinos continuaram inimigos, apenas esperando o momento de atacar novamente. 

Tempos mais tarde (500 anos pra ser exata) o rei Michael teria um filho junto com a rainha Charlotte. A rainha deu a luz no dia 21 de dezembro, no solstício de inverno , na noite mais linda e longa do ano; era uma linda menina, mas o rei odiou o fato de seu primogenito e herdeiro ser uma mulher. Não apenas por ser machista e as vezes arrogante ele tinha outro motivo. 

No auge da fúria o rei deu a própria filha a uma empregada e disse para irem para o mais longe possível, mas antes colocou uma correntinha de ouro com o simbolo do reino(é o mesmo que o da coroa da capa), em meio aos pertences da criança.

E disse a rainha e ao povo que a menina tinha nascida morta. A maioria das pessoas pensavam como o rei. Acredita-se que a única que sofreu realmente foi a rainha, que pensa na filha diariamente. 

Hoje em dia os conjuradores são mais importantes que os dominadores, há fome e pobreza. O mundo não é mais o mesmo de antes. 


Notas Finais


Onde está a princesa?
O que ouve com o filho bastardo do rei?
Por que o rei abomina tanto a idéia de ter uma filha mulher?
Muitas perguntas a serem respondidas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...