1. Spirit Fanfics >
  2. Rey Adam além da ascensão Skywalker >
  3. Capitulo seis- Chegada em Naboo

História Rey Adam além da ascensão Skywalker - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


nova fase, novos personagens, Uma viagem prazerosa, embora de trabalho, em um mundo novo para Rey repleto de encantos, lendas do passado, mas que esconde mais segredos que Rey poderia imaginar!

Capítulo 6 - Capitulo seis- Chegada em Naboo


Fanfic / Fanfiction Rey Adam além da ascensão Skywalker - Capítulo 6 - Capitulo seis- Chegada em Naboo


Fase dois:
Reflexão: "O fim é só o começo, os que amo estão com a Força e a Força está comigo sempre, nunca esquecerei de seus ensinamentos, atos de compaixão, sacrifícios e também suas falhas, e farei valer a pena cada segundo toda a fé que depositaram em mim pra fazer o que é justo e certo, me fortalecerei com as lembranças que sempre existirá em meu coração. Meu nome é Rey Skywalker, jedi sentinela, e está na hora de trilhar meu próprio caminho. "
E assim partirá de Tatooine para sua nova fase em um mundo totalmente novo.
Naboo era diferente de tudo que Rey imaginava. De fato a senadora não mentiu quando disse que Rey iria adorar era tudo tão bonito, tanto verde, rios, parecia um pedaço do Paraíso. Tatooine era um lugar que lembrava Jakku por seus aspectos desérticos e muito ensolarado, mas agora parecia tudo muito novo como quando foi ao mundo de Maz Kanata e a ilha de Ahch-To em que Luke se escondia. A pesar de estar trabalhando, mas a beleza do lugar mesmo vista da nave encheu Rey de felicidade e tranquilidade.
-Senhora Senadora. Estamos quase pousando.
-Certo Rey. Finalmente! -disse sorridente e entusiasmada.- Se quiser me chame de Dalilah.
-Senadora Dalilah.-respondeu Rey ainda mantendo formalidade, mas sorridente.
A senadora revirou os olhos dando um riso discreto e abafado.
Elas então desembarcaram da nave e seguiram caminho. Logo na entrada Uma moça acompanhada de um simpático rapaz e outro ao seu lado dele aguardavam, mas foram interrompidos pela empolgação:

-Dalilah!

-Demétria!

As duas se abraçaram.

-Quanto tempo!- disse a senadora Dalilah. - Senador e...-ela fez uma reverência discreta, mas parou ao ver seu interesse, apenas deu um sorriso sem menciona-lo e ele retribuiu o mesmo sorriso, o outro casal e Rey repararam o clima e se entre olharam em silêncio por um instante.

-E acredito que está moça é a nossa salvadora da Nova República e que deu fim ao renascimento do império. Sua fama se espalhou aos sete ventos. Rey sorriu agradecida.

-Sou Rey Skywalker senhores. -ela os cumprimentou apertando as mãos.

-Skywalker? Não podia se esperar outra coisa então. -disse o senador. -Você é filha do Luke?

-Bom ele e Leia foram meus mentores antes de falecerem e me treinaram. Foram a única família que tive, além da Resistência.

-Fascinante. -estava entusiasmo.

-Eu entendo, eu também fui adotado e tenho muito orgulho da família que me acolheu. As vezes um legado nem sempre precisa ser de sangue pra existir.

-Exatamente. -Rey concordou.

Rey se acomodou em seu aposento. O quarto era tão grande e tinha uma vista maravilhosa da varanda que dava pra ver a água. Aquele trabalho parecia mais uma merecida férias do que um serviço. Apesar da tranquilidade Rey deveria estar atenta para qualquer chamado de alerta da Força ou da segurança. Rey deixara seu cabelo mais solto e usava um vestido branco semelhante a seda mais solto e confortável ao estilo retro de vestido da moda de Naboo (e como a antiga senadora Padme vestia).

Rey havia recebido uma mensagem de Finn que avisava que tinha feito descobertas muito interessantes, sua nova amiga era de fato filha de Lando e o próprio estava bem próximo de descobrir suas próprias origens a pesar de que ele não era obcecado pelo passado. Mas já tinha uma noção de um possível planeta de origem. Também estava numa missão de ajudar muito de seus novos amigos a encontrar seus possíveis parentes distantes. Investigações e possíveis testes de DNA seriam realizados. Rey ficou feliz por Finn.

"Rey eu não consegui te falar devido a tantas distrações. Mas foi sempre uma honra lutar ao seu lado! Graças a você e Poe eu me libertei e consegui encontrar meu lugar. Sou muito grato a vocês."

Rey sorriu e se despediu. Saiu para dar uma olhada na bela vista da varanda. As histórias da senadora sobre aquele lugar fizeram a imaginação dela voar. O que poderia ter acontecido no passado naquele lugar? A possível mãe de Luke se apaixonou? Viveu momentos românticos nesse mundo? Haveria se casado entre outras coisas mais nesse mesmo lugar? Tudo parecia com um turismo histórico para a própria. O que tornava tudo mais fascinante. Por um momento Rey se deixou pensar em Ben por um instante a idéia de um romance proibido, ele um antigo cavaleiro Jedi e ela uma senadora tentando negar seus sentimentos óbvios e vivendo as escondidas, em uma outra época, outra vida.

Nessa noite Rey teve sonho, mas não como aqueles últimos com Ben Solo que ela se perguntava ser apenas um sono ou até uma Possível comunicação da força de seu subconsciente. Dessa vez ela tinha uma visão rolando sobre um gramado brincando e rindo, momentos felizes, não percebia os rostos, depois com um belo vestido longo de costas nuas e de cor mesclado. Um beijo acontecia depois de conversa breve que não dava pra entender e depois um afastamento. Por um momento Rey apenas percebia cenas de conflitos e guerras e então um casamento, nesse momento ela via como a si mesma. E ao seu redor apenas um juiz de paz e R2 e C3PO? Ela sorria confusa e via ao seu lado Ben, não usava as roupas de sempre seu traje era marrom mais parecido com traje de Luke ela julgou ser a antiga vestimenta jedi. Estendia a mão estranhamente era mecânica e se beijavam sem pensar no amanhã, apenas vivendo o agora cada milésimo de segundo parecia uma eternidade que jamais seria esquecida. Rey acordou.


Notas Finais


surge os personagens inéditos, a familia de senadores que será mais explorados nos próximos capitulos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...