História Riddikulus - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Rock Lee
Tags Bregafns, Cachecoldobrega, Fns, Gaalee, Songfic
Visualizações 47
Palavras 1.025
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Musical (Songfic), Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente eu sou mto maluca, então não estranhem muito essa história viu kkkkk
Minha cabeça viaja assim mesmo rsrsrsrrs
Eu tentei muito fugir disso, mas nn deu! Então bora botar a cara no sol neh rsrsrsr
Enfim, espero que gostem e se divirtam tanto quanto eu
Essa é mais uma do Desafio Cachecol do Brega

Ps- tentei imaginar a personalidade do Gaara mais sério mesmo, como ele é no anime. Por isso o mal humor "não intencional" dele.
Ps2- o nome da fic basicamente é Ridículo, só que em latim. E é um dos feitiços de Harry Potter rsrsrsr
Enjoy!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Riddikulus - Capítulo 1 - Capítulo Único


OneShot- Riddikulus



Gaara não sabia o que exatamente lhe despertava mais ódio: o carnaval - amaldiçoava quem começou com essa porcaria - ou seu namorado Lee.

Mas ao dar uma rápida olhada no espelho decidiu: com certeza seu namorado Lee.

Suspirou.

Porque mesmo havia aceitado o convite de viajar até o outro lado do mundo pra ver essa festa ridícula? Ah sim, porque era um idiota!!

O ruivo não estava assim antes. Na verdade, ele até se animou com a idéia. Até o Lee inventar que queria ir à uma dessas festas à fantasia no “trio elétrico”. O que diabos é um trio elétrico?

Mas ok, até aí tudo bem. O que o aborreceu mesmo foi quando o moreno inventou de ir comprar as fantasias sozinho. Gaara estava ali, plenamente curtindo seu açaí- que ele achou delicioso por sinal- quando o celular tocou. Lee estava eufórico com as fantasias e disse que iria levar uma de falcão para o ruivo. A princípio ele estranhou. Porque Lee estava trazendo uma fantasia de uma ave? Mas agora receberia satisfeito até mesmo uma fantasia de galinha.

Ah mas o namorado iria se arrepender!

Gaara jamais poderia imaginar que esse “falcão” na verdade fosse uma pessoa. E, novamente se olhando no espelho, concluiu que essa pessoa era - no mínimo - um maluco de pedra. Que roupas eram aquelas?

Ridículo era a palavra que o definia.

A blusa social rosa era até bonita, mas a calça vermelha não combinava nem um pouco com o sapato amarelo. E isso sem contar aquele blazer ridículo. Porque alguém usaria algo com tantas cores? Nada combinava ali! E porque raios havia uma tomada elétrica grudada no blazer? E aquela pequeno porta-retrato? Sem contar aquele girassol gigante.

Ridículo.

Gaara se sentia tão ridículo que poderia se enterrar em um buraco e nunca mais sair. Porém esse sentimento diminuiu um pouco ao ver o sem juízo do Lee. O ruivo colocou a mão na boca para não rir e acabar chateando o namorado.

- Gostou, amor?_ Lee perguntou sorridente e dando pulinhos de excitação.

Gaara suspirou e falou o mais calmamente possível:

- Lee.. O que diabos você está usando?

Lee mandava beijinhos para o ruivo enquanto dava voltinhas.

- Não sei bem, mas no pacote tinha escrito: “Ney Matogrosso”.

Gaara riu. Basicamente o que Lee vestia era uma saia branca e longa completamente desfiada. Um enfeite também branco e desfiado nos dois braços e uma faixa na cabeça. Sem camisa. Dava pra ver a cueca cinza que o moreno usava.

Ridículo. Um casal de ridículos.

- Vamos? Está na hora._ Lee parecia uma baratinha tonta de tanta empolgação.

Gaara suspirou.

- Vamos.

Antes que saíssem, Lee chamou-lhe a atenção.

- Gaara, e seus óculos escuros? Não vai levar? Veio na fantasia.

Uma pequena veia saltou na testa do ruivo.

- Nem morto! Fodam-se esses óculos!!!

Puxou a mão do moreno e saíram para o famoso carnaval de Salvador.



---------”-----------”-----------”-----------



Gaara já havia estado em muitos lugares com uma boa quantidade de pessoas, mas aquilo já era um absurdo. O ruivo não conseguia identificar onde começava e onde terminava aquele mar de pessoas loucas. Sim, loucas. Pessoas gritavam em uma língua que ele não conhecia, completamente bêbadas. Empurravam-se, agarravam-se. Gaara até estava curtindo o som que a mulher morena cantava, era diferente e super dançante, mas estar ali naquele mar de pessoas ia muito contra sua natureza. Suspirava aborrecido, enquanto Lee se divertia feito criança.

O ruivo aturava como podia toda aquela situação, porém viu que a mulher que cantava começou a apontar para si e a falar algo. Confuso, apontou para si mesmo e a mulher assentiu com a cabeça.

- Tão te chamando, amor. Vai lá!!_ Lee aplaudia extremamente excitado.

Gaara revirou os olhos e foi para o trio. Subiu até onde estava a cantora e observou a todos lá de cima. Era estranhamente excitante estar ali. Sorriu levemente. A mulher então começou a falar com ele, porém o ruivo não entendia nada. Fez uma careta de confusão, até que a morena pronunciou em inglês.

- Você não é daqui, certo?

O ruivo negou com a cabeça.

- Não, eu sou japonês.

- Oh! Veio de longe só para curtir o carnaval?

O ruivo suspirou.

- Na verdade, meu namorado que me arrastou para cá._ Disse apontando para o moreno, que gritou alucinado ao ver a cantora acenar para si.

- Que legal! Eu te chamei aqui porque vi sua fantasia de Falcão. Achei que conhecia um sucesso e poderia cantar comigo.

Interiormente, Gaara suspirou aliviado.

- Sinto muito, mas não conheço.

Já ia se preparar para descer, quando a mulher o agarra pelo braço.

- Oh, não tem problema! Você pode ficar aqui comigo enquanto eu canto. É bom que você vai conhecer um dos trabalhos de quem está fantasiado. Chame seu namorado, ok?

O ruivo revirou os olhos verdes, mas chamou Lee. O moreno foi praticamente correndo para onde estava. Lee estava super empolgado, abraçou a cantora morena e deu pequenos acenos para todo o público, soltando também vários beijinhos. Então começou a batida da música, também em um ritmo dançante e divertido. A mulher começou a cantar e Gaara nada entendia. Até que ela cantou a mesma música em inglês, para eles entenderem.


Ela me traiu usando o resto das camisinhas
Que eu deixei da última vez
Que a gente fez amor
Com o cheiro do meu corpo
Ainda no seu corpo
A outro cara ela se entregou

Não quis nem saber o que me dizer
Tão depressa esqueceu
Dando a outro prazeres de um corpo
Que eu pensava: "é meu"
E quando na cama
A gente se amando ela me falou
Te quero, sou tua
Me pede que eu dou
Fingia prazer pra ganhar meu amor..



E antes da música sequer terminar, Gaara já arrastava um Lee choroso e resmungão para longe daquele lugar.

- Que foi amor, não gostou da música?

O ruivo apenas disse:

- Da próxima vez que inventar de me arrastar para o outro lado do mundo apenas para ouvir essa porcaria _ Parou e encarou o namorado nos olhos _ Eu te mato!

Lee riu gostosamente e deu um selinho no namorado mal humorado.

- Não se preocupe, ano que vem nós voltaremos aqui.

- Nem morto!

E assim Gaara saiu a passos duros de volta para o hotel, sendo alvo dos olhares divertidos dos brasileiros e  deixando um Lee completamente risonho para trás. Só desejava nunca mais voltar ali e nem encontrar com essa Ivete Sangalo. 


Adeus carnaval!





Notas Finais


E é isso meus amores! Eu sei, tenho demência rsrsrsr
A música é do Falcão e se chama "Ela me traiu usando o resto das camisinhas"
Um grande bjooo e até a próxima ❤❤

Link roupa do Gaara:
https://goo.gl/images/a1QlHT
Link roupa do Lee:
https://goo.gl/images/MdASvi
Link do gp no face:
https://www.facebook.com/groups/122359598449326
Link da nossa page:
https://www.facebook.com/FanficsNS/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...