História Right Or Wrong.-Camren - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui
Visualizações 1.741
Palavras 910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Essa coisa.


Camila praticamente empurrou Dylan quando seu olhar se cruzou com o de Lauren. Sentiu vontade de atravessar a janela e ir até a morena. De longe, ela parecia chateada, enjoada ao ver a cena, mas na verdade era justamente o que estava sentindo. 

-O que foi agora?.-Dylan perguntou irritado, cruzando os braços.

-Acho melhor você ir embora.-Camila disse rápido, indo até a porta do quarto.-Nos vemos depois. Eu te ligo.

-Ma...

-Dylan, é sério!.-Olhou em seus olhos azuis.-Prometo ligar, nós estamos namorando agora. Não estou me sentindo bem.

-Ok...-Murmurou, indo até a porta.-Me liga mesmo, gatinha. Fico sentindo saudade.-Fez um biquinho ridículo, a latina até teve que rir.

Camila o fez dar tchau para seus pais, os deixando confusos por sua saída tão repentina. A latina apenas disse que ele precisava ir embora por conta de um imprevisto, avisou que iria dormir e trancaria a porta por causa da Sofia.

-Só faço merda...-Murmurou ao fechar a porta do quarto, logo trancando. Olhou para a janela e viu que a cortina da vizinha estava fechada. Bufou frustada.

Camila não iria desistir, abriu o vidro da janela e inclinou o corpo para frente, se agarrando nos galhos da árvore. Estava escuro na rua, apenas o que iluminava era a luz do poste alaranjada. Se agarrava como nunca na árvore, já que mal enxergava. Ela já estava quase no chão, mas seu pé pisou em um galho frouxo e caiu com tudo na calçada. Caiu de joelhos, os raspando com tudo no chão.

Camila segurou o choro, estava doendo horrores. Mesmo assim levantou e caminhou mancando e sangrando um pouco até a casa de Lauren. Respirou fundo e tocou a campainha.

Tocou de novo.

E de novo

Mais uma vez.

Lauren ouvia tudo no andar de cima, sentada na cama com Emily dormindo ao seu lado. Nem com a campainha a garotinha acordava. Estava irritada com Camila e nem deveria ter motivos, elas não tem nada. Mesmo assim não queria enxergar a latina, nem pintada de ouro.

Mais uma vez a campainha foi tocada, a fazendo bufar e levantar resmungando. Desceu a escada resmungando e abriu a porta resmungando.

-Finalmente!!.-Camila disse entrando rápido na casa. Lauren a notou mancando e logo olhou para seus joelhos ensanguentados.-Isso foi ao descer dá árvore. Não está doendo...-Sorriu quadrado.-Precisamos conversar.

-Não tenho nada para conversar com você, Camila.-Disse seca, fechando a porta.-O que foi?

-Aquilo que você viu...-Suspirou.-Não sinto nada beijando ele, eu já disse.

-E o que tenho a ver com isso?.-Franziu o cenho, se mantendo séria. A latina revirou os olhos.

-Eu vi você olhando pela janela e...

-Óh sim, eu estava vendo o casal beijando.-Sorriu irônica, a interrompendo.-Vejo também a bela aliança em seu anelar.-Olhou sua mão direita. Camila cerrou o punho, tentando esconder o anel.

-Nem me fale, isso foi o fim...-Bufou.-Não sabia o que fazer, ele me pediu em namoro na frente dos meus pais.

-Dizer um não, que tal?.-Lauren perguntou irônica.-Você parece ser tão confiante, mas...

-Pensei que iria me ajudar, não me criticar.-Camila disse incrédula.-Poxa, eu cai naquela porra de árvore e vim até aqui falar com você. 

-Eu não pedi para vir até mim.-A morena falou se aproximando.-Veio porque quis.

-Você ficou com ciúme quando viu Dylan me beijando, não ficou?.-Camila perguntou sorrindo, um tanto quanto provocante.

-Passou longe de ciúmes!.-Disse entre dentes, aproximando seus rostos.-Fiquei com raiva, ódio. Foi nojento ver aquilo.

-Você queria estar me beijando daquele jeito?.-Camila falou contra seus lábios.

-Não, daquele jeito não...-Lauren sorriu provocante.-Porque beijo muito melhor.-Se afastou. Camila mordeu o lábio inferior, segurando o sorriso safado.-E acaba aqui. Camila, não quero mais ver você.

-Você está brincando comigo?.-A latina falou incrédula. Lauren continuou séria, a olhando intensamente.-Lauren...

-É sério, não quero mais ficar perto de você.-A morena suspirou, sentindo algo estranho dentro de si...Estava doendo, dizer aquilo estava a machucando.-Essa coisa que temos, isso tem que parar agora mesmo!

-Mas, eu...-Camila murmurou, fitando o chão.-Não quero que essa coisa pare.

-Nem eu, mas precisamos.-Lauren suspirou, se aproximou e pegou delicadamente no queixo da latina.-Essa coisa vai nos prejudicar, não podemos deixar esse sentimento crescer. Camila, seja madura, entenda isso. Por favor.

-Estou sentindo algo estranho...-Se afastou.-Nunca senti isso antes, eu não sei o que é. Está doendo.

-Está doendo onde, Camila?.-Lauren disse preocupada, já pensando que fosse o joelho.

-Está doendo aqui!.-A latina colocou a mão no lado esquerdo do peito, respirando fundo.-Lauren, você foi a primeira pessoa a machucar meu coração.-Seus olhos começaram a marejar.

-Mas como? Camila, nos conhecemos faz três dias. Você sabe o que são três dias?? Nada.

-Grande porra que são três dias!!.-A latina disse um tanto quanto alto.-Você não acredita em amor à primeira vista, Lauren?

-Amor não, mas paixão sim.-Falou firme. Camila respirou fundo, estava com uma tremenda vontade de chorar.-Olha, é melhor você ir embora logo.

-Mas eu NÃO quero ir. Não está vendo?.-A latina se aproximou, fazendo Lauren ficar paralisada.-Ok...-Fechou os olhos, afastando novamente.-Vou parar de bancar a idiota.

-Ótimo!.-A morena disse firme, indo até a porta e segurou na maçaneta.-Já pode ir embora.

-Você pode me dar um abraço?.-Camila falou, dando um sorriso de lado.

-Não me venha com isso de abraço.-Lauren falou disse grossa.-Vá embora.

-Não, você vai me abraçar antes!

-Camila, não complique as coisas...-Suspirou, quase derrotada.

-Se você não me abraçar, vai quebrar mais ainda meu coração.-Murmurou, fitando o chão.-Você não quer deixar ele mais quebrado do que já está, não quer?

-Você é chantagista...-Lauren resmungou, indo até ela.


Notas Finais


Capítulo para vocês não ficarem com tantaaaa saudade assim!!!
Amo vocês, meus amores!!!! Prometo responder todos esses comentários, estou com saudade de responder.
Comentem!! Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...