1. Spirit Fanfics >
  2. Rimuru Tempest em Dungeon ni deai >
  3. Prólogo (Bell)

História Rimuru Tempest em Dungeon ni deai - Capítulo 2


Escrita por: Matheuzinho1

Notas do Autor


-w-

Capítulo 2 - Prólogo (Bell)


Fanfic / Fanfiction Rimuru Tempest em Dungeon ni deai - Capítulo 2 - Prólogo (Bell)

*Flashback ON* 

Eu estava no interior vivendo com meu avô, com 8 anos eu amava ouvir as histórias que ele contava sobre heróis, acabou que isso ascendeu uma vontade imensa dentro de mim, a vontade de ajudar os outros, eu quero ser um herói e para me tornar um herói eu tenho que ser um aventureiro.




- Vovô: Bell, venha aqui. - Ele me chama batendo a palma da mão ao lado dele sinalizando para eu me sentar.

- Oi Vovô. - Falo me sentando ao lado dele.

- Vovô: Bell, você já está com 12 anos, ainda deseja se tornar um aventureiro? 

- Sim Vovô, virar um herói se tornou meu maior sonho, eu quero muito ser um aventureiro para salvar as pessoas. - Digo isso com meus olhos brilhando.

- Vovô: Certo, lembre-se: Dê prioridades a garotas lindas, para assim você se casar com elas e ter filhos lindos! - Ele da uma risada bastante alta.

- Eu irei salvar todos vovô, não importa quem seja! - 

- Vovô: Esse é meu garoto! - Ele me abraça - Vovô: Eu te amo Bell. - 

- Eu também te amo vovô! - Retribuo o abraço




  *Flashback Off*




Isso foi a 2 anos atrás, um ano depois, quando eu tinha 13 anos meu avô veio a falecer, pouco antes ele havia me falado para vir a cidade de Orário para me tornar um aventureiro, acabei de chegar nessa cidade.

Chegando na Guilda da cidade, fui ao balcão principal aonde havia uma elfa metade humana com olhos verdes cor de esmeralda.



- ???: Posso ajudar? - Pergunta a meia elfa.

- Olá, meu nome é Bell Cranel, sou um forasteiro e quero me tornar um aventureiro.

- ???: Olá Bell Cranel, meu nome é Eina Tulle, serei sua guia a partir de agora. - A meia elfa sorri docemente, ela é uma mulher muito linda.

- Eina: Bell, poderia responder algumas perguntas antes de prosseguirmos? - 

- Claro Eina-san, manda bala! - 

- Eina: Certo! Bell, quantos anos você tem? - 

- Tenho 14 anos, senhorita. - 

- Eina: Você veio de onde? - 

- Do interior, numa casinha da roça fora de Orário. - 

- Eina: Qual é sua família? - 




Eu faço uma cara de confusão que ela percebe na hora, olhando para ela decidi perguntar;




- Como assim ''Família''? - 

- Eina: Para virar um aventureiro é necessário você ter a benção de algum Deus, ou seja, você precisa entrar na família de algum Deus. -

- E como eu faço para entrar em uma família? - Pergunto bastante preocupado, já que não sabia dessa informação.

- Eina: Bem... Você pode sair por aí á procura da aprovação de alguma família, infelizmente não temos nenhum sistema prático para isso, já que raramente forasteiros veem aqui, e a maioria do povo de Orário já nasce dentro de uma família. - 

- Certo, então meu primeiro passo será entrar para uma família. -

- Eina: Correto, assim que você conseguir pode voltar para cá que eu mesma vou te aprovar como um aventureiro, enquanto não estiver em uma família, você pode dormir na minha sala aqui na Guilda, irei trazer alimentos diariamente, e em troca, você me ajuda em algo. - 

- Eina-san, eu não posso aceitar isso, só iria te atrapalhar. - 

- Eina: Eu não ligo Bell, eu simplesmente não posso deixar um garoto de 14 anos rodar por aí com fome e dormindo na rua, pelo menos até você conseguir uma família, por favor, aceite. - Ela diz abaixando a cabeça.

- Por favor Eina-san não abaixe a cabeça, eu irei aceitar, mas assim que conseguir dinheiro o suficiente eu vou voltar aqui e te pagar por isso. - Digo abaixando a cabeça na intenção de mostrar gratidão. 

- Eina: Não precisa se preocupar com isso, não irá impactar negativamente em nenhum caso, por favor, me acompanhe. - 




Eina me guiou para uma sala pequena mas aconchegante, me deu algumas roupas de cama e uma toalha, me informou aonde era a banheira e voltou para o trabalho, como já era de noite, fui me banhar e ir dormir, quero acordar cedo amanhã para encontrar uma família.



- Amanhã vai ser um longo dia... - 


Notas Finais


É isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...