História Riprocidade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Recíprico
Visualizações 10
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa história foi feita pela melhor pessoa do mundo a Mayara, ele é minha melhor amiga e, eu quis escrever pra mostrar que ela é muito importante pra mim que eu nao esqueci a história que ela fez e mando pra mim.

Capítulo 1 - O começo


As vezes as pessoas só precisam de um pouco de amor, e acredite.. Essa é um história de amor recíproco entre um homem e uma mulher, mas nem sempre o que é recíproco dura eternamente..

Durante o ano de 90, no mês de outubro nascia um menino lindo, sorridente, com o nome Henrique; já durante o ano de 91, no mês de abril nascia uma menina também muito linda, e feliz, se chamava Luiza..

No ano de 2011, tudo mudou na vida deles definitivamente.. Luiza e Henrique estavam entrando no segundo ano da faculdade, eles faziam o mesmo curso de engenharia civil, mais isso não vem ao caso agora.

No primeiro dia do segundo ano da faculdade, todos os "alunos" estavam em sala, e após de meia hora de aula, Henrique chega correndo, ofegande, pede desculpa e arruma um lugar para se sentar.. Por algum motivo a atitude e ele chamaram a atenção de Luiza.

Eles eram tão diferentes, o típico dama e vagabundo.. Ela toda certinha, organizada, conhecendo todos os tipos de livro, adorava uma boa leitura; E ele?.. Bom, ele viciado em skate, futebol, festas, a falta de pontualidade e a bagunça lhe definiam.. Ninguém nunca poderia imaginar um futuro junto para os dois.

Em um dia, junto das suas amigas, ela foi para um parque, se sentou no gramado e começou a ler "Romeu e Julieta", mas nesse mesmo parque ele estava lá, andando de skate com seus amigos sem se importar com nada, quando ele de repente cai em cima da obra de Shakespeare e Luiza se assusta com o tombo.. Mas acredite ou não, aquele tombo foi o que mudou a vida deles do nada.

Quando ela estava indo embora do parque, ele se ofereceu para acompanha-la ate sua casa, podia se ver o brilho nos olhares de ambos, parecia estrelas nascendo no céu em começo de noite.., ela aceitou a companhia e eles foram embora, ao deixa-la na porta de sua casa, ele pegou o número dela e prometeu que ia ligar.

Ela deitou, fechou os olhos e abraçou o livro no qual ele caíra, começou a pensar nele.., já havia passado das três da manhã e ela ainda mantinha o pensamento fixo naquele menino, quando de repente seu celular toca, um número desconhecido aparece na tela.

Ao atender a ligação, fica tão feliz, percebe que é Henrique do outro lado da linha, ele diz que não conseguia dormir, que seu pensamento era resumido nela.. Havia reciprocidade.., ficaram conversando até amanhecer e o sol subir ao céu que foi quando eles desligaram por causa da faculdade.. Marcaram de se encontrar na sala de aula, mas nenhum dos dois tinham iniciativa de puxar assunto.

E assim foi, durante algumas semanas sem se falar, ele ia pra festas, jogos.. Mas nenhuma outra menina chamava sua atenção, enquanto ela.. Fazia bouas leituras de romances, saia com suas amigas para restaurantes mas também não se interessava por ninguém.. Era como se os dois tivessem seus corações preenchidos.. As vezes as pessoas só precisam de um pouco de amor, e acredite.. Essa é um história de amor recíproco entre um homem e uma mulher, mas nem sempre o que é recíproco dura eternamente..

   Durante o ano de 90, no mês de outubro nascia um menino lindo, sorridente, com o nome Henrique; já durante o ano de 91, no mês de abril nascia uma menina também muito linda, e feliz, se chamava Luiza..


Notas Finais


Obg por ver, tomarem qus gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...