1. Spirit Fanfics >
  2. Riquo >
  3. Melhor pessoa Forever

História Riquo - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Oie gente para compensar eu ficar uns dias sem postar tô postando um hj dnv espero que vcs gostem

Capítulo 7 - Melhor pessoa Forever


Fanfic / Fanfiction Riquo - Capítulo 7 - Melhor pessoa Forever

Depois que Nairóbi saiu nós deitamos para dormir porque a gente estava com muito sono eu coloquei minha cabeça no peito de Rio para eu dormi ele ficou fazendo carinho no meu cabelo era uma coisa que eu não gostava muito mas com ele era diferente Rio sabia até onde eu gostava de carinho, eu dormi com Rio fazendo carinho em mim nós dormimos assim eu acordei com o despertador e lenvatei para ir no meu quarto era cinco da manhã professor acorda as seis então eu tinha uma hora para ele acordar.

- Amor fica mas um pouco- Rio disse com uma voz de sono sem abrir os olhos.

- Não dá para mim tinha que ir se o professor entrar no meu quarto de nove sem bater eu não me vê lá o que eu faço?- disse com a voz de sono ainda me adaptando com a luz do abajur que eu acendi.

- Tá bom vai lá mas tarde nós resolvemos- Rio levantou e estava abrindo os olhos também se adaptando na luz ele me deu um beijo bem demorado depois outro na minha testa.

Sai do quarto dele e Nairóbi estava já acordado mas que carralhos a puta estava fazendo acordado.

- Eita está noite foi boa em casa- Nairobi disse e eu ri tando.

- Que noite minha linda eu só dormi no peito de Rio só isso benina- eu disse indo em direção do meu quarto e Nairóbi entrando no banheiro.

Depois disso voltei para meu quarto e como eu disse ele não bateu na merda da porta mas que filho da puta ele.

- Srta.Tóquio so falta você e Nairóbi para descer hoje é uma aula muito importante- ele disse isso e eu nem virrei para ver ele só escutei e mexi a cabeça confirmando.

Depois que professor disse isso eu fui tomar um banho porque eu estava podre precisava de um banho quando eu saí não vi ninguém só que o desgraçado do Berlim literalmente brotou no corredor e me empurrou na parede para me beijar e eu deu um chute no saco dele acho que é a parte mas fraca dos homens.

- Sua filha da puta- ele disse tentado me enforcar mas sou mais forte então tirei a mão dele e Nairóbi passou bem na hora e tirou ele da minha frente eu fui tomar banho entrei, quando eu ia tirar a minha roupa comecei a sentir uma dor insuportável no meu peito logo veio uma tontura tão forte eu ia entrar na banheira que já estava cheia para ver se passava mas aí eu desmaiei.

*****NAIRÓBI*****
Já fazia uns vinte que Tóquio estava no banheiro bati na porta umas duas vezes e nada então professor veio me chamar para ir eu desci apenas pensei que Tóquio estava tomando banho e estava escutando música por isso não me ouvi depois que eu desci professor veio logo atrás de mim.

- Primeira mente bom dia a todos- ele disse arrumando o óculos e procurando Tóquio- alguém sabe onde Tóquio esta?- ele olhou para mim como se eu soubesse pior que eu sabia que ela estava no banheiro tomando banho.

- Da última vez que vi, ela estava saindo tomar banho mas bati lá e ela não respondeu- eu disse olhando para o professor e ele arrumou os óculos.

- Nairóbi vá lá de nove e vê se ela ainda está no banho ou no quarto.

Eu subi primeiro fui no quarto dela bati e ninguém atendeu, então entrei bem ela não estava lá e então fui no banheiro bati, três vezes e ninguém atendeu então entrei, quando abri vi ela no chão com sangue na cabeça.

- PROFESSOR ME AJUDA- Eu gritei e logo veio Helsinki, me ajudou ajudou a levar Tóquio para o quarto, professor logo veio e ele estava ligando para alguém eu, estava preocupada com ela, com Rio que não tinha ainda escutado, porque estava na cozinha e de lá não da para escutar nada.

- Nairóbi preocupada com Tóquio- Helsinki, disse com a mão no meu ombro- Tóquio forte ela aguenta.

Eu estava do lado da cama dela sempre segurando a mão dela, Rio percebeu que não tinha ninguém lá, embaixo então ele subiu, quando ele entrou no quarto de Tóquio e viu ela lá, ele segurou o choro, sai do quarto e pedi para Helsinki ir com ele.

******RIO*****

Eu desci e vi todos lá menos Nairóbi e Tóquio provavelmente elas estavam conversando, então Nairóbi desceu mas e Tóquio, professor perguntou onde estava Tóquio e então Nairóbi disse que ela estava no banheiro logo depois, fui fazer café já que o professor mandou.

Fiz o café e depois fui colocar na mesa mas ninguém estava então vi o professor subir parecia nervoso, fui seguir ele e vi ele entrando no quarto de Tóquio mas que carralhos ele quer lá, eu olhei lá dentro lá estava Tóquio deita na cama, Nairóbi segurando a mão dela, nunca vi ela assim o que tinha acontecido com ela, estava preocupado eu segurei o choro e sai Helsinki veio atrás de mim.

- Não fica triste Tóquio forte, ela vai ficar bem- ele disse e colocou a mão em meu ombro saiu algumas lágrimas eu limpei, tentei ficar forte pela a Tóquio.

*****NAIRÓBI*****

Depois desses cinco minutos que mas parecia cinco anos o médico chegou, professor e ele subiram a escada Tóquio ainda estava sem acordar, eu soltei a mãe dela e o médico ficou ao lado dela.

- Ah quanto tempo ela desacordado?- o Dr. Disse olhando para mim.

- Acho que uns quarenta minutos- eu disse tão aflita eu estava tão nervosa.

O Dr examinou a Tóquio ele passou um negócio no nariz dela que vez ela acordar, quando ela acordou o médico ficou perguntando um monte de coisa.

******TÓQUIO*******

Eu acordei e vi Nairóbi, professor e um médico nunca nem vi ele na minha vida.

- Srta. Tóquio quantos dedos tem aqui- ele me disse com três dedos levantados.

- Tem três coices tão cegos ou o que- eu disse com um pouco de raiva, bem quando tem uma luz dentro do seu olho me diz se você não ia ficar nervosa.

- Ela tá muito bem doutor- disse Nairóbi debochando da minha cara.

O doutor me examinou mas um pouco fez mil e umas perguntas e foi embora ele disse que era para ficar de repouso até o dia seguinte uma coisa que eu não consigo, professor mandou Nairóbi ficar comigo fazendo companhia, ela estava falando um monte de coisa para me distrair,depois disso tudo Rio veio me ver, vê com eu estava, antes dele ele entrar verificou se tinha alguém lá perto.

- Como você estava amor?- Rio disse com um sorriso meio sem graça ele se aproximou de mim e me deu um beijo na testa e Nairóbi só vendo e debochando.

- Como você acha que eu estou não posso sair daqui mas que saco- Eu disse com a voz meio dura.

Ele saiu só tinha ido lá me levar comida porque o médico tinha me dito que eu teria que comer coisas saudáveis e tomar uns remédios.

O professor foi no meu quarto algumas vezes para ver como eu estava não sabia ao certo que horas, Nairóbi ficou do meu lado o tempo todo, melhor pessoa Forever


Notas Finais


Contente se vcs gostarem amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...