História Risco - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Iida Tenya, Mei Hatsume
Tags Iihatsu
Visualizações 23
Palavras 200
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Droubble, Fluffy

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá heróis!

Pois bem, eis um crackship que eu curto deveras. Sério, imagino muito o Iida e Mei trabalhando juntos e lógico nosso querido representante sofrendo com algumas invenções dela.
A Mei é bem interessante, tem um personalidade bem exótica e gosto dela! Ainda não consegui trabalhar com a personalidade ambos, mas quero voltar com mais trabalhos melhorando nisso.

Por fim, desejo uma boa leitura e espero que gostem!

Boku no Hero não me pertence e nem seus incríveis personagens.<\3

Capítulo 1 - Capítulo único.


Quando a conheceu e sobreviveu a ela, aderiu uma palavra simples e que resumia tudo sobre a garota, perigo.

As ideias mirabolantes, boas, porém em certos casos fora do controle e segurança que ele valorizava. E por ironia do destino Hatsume o pegara como sua cobaia, e logo percebeu que poderia morrer facilmente.

Mas sua ignorância com o jeito intrigante da moça foi sendo esmagada, a partir do momento que ele encontrou nela, algo além do maluco e exagerado.

Ela não desistia, dando certo ou errado, a jovem rosada, estava sempre buscando melhorar, era difícil ver alguma expressão de desistência em seu rosto. Às vezes quando a mesma lhe abordava com suas novas invenções, aquela sensação de frio espalhava pelo seu corpo inteiro, o sinal de alerta era emitido por seu cérebro.

Porém Iida não fugia, não mais. Observando-a toda animada, e buscando por ele para testar suas criações, ele aceitava ser aventurar novamente.

Tinha consciência do risco, mas não consegui negar nada diante do olhar desafiante de Mei.

― Vamos lá, Engine-boy, meus bebes lhe esperam ansiosamente! ― a voz dela revelava o entusiasmo corriqueiro.

― Sii..sim! ― respondeu ainda um pouco nervoso, enquanto era arrastado para o laboratório.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...