1. Spirit Fanfics >
  2. Rivais (Michaeng) >
  3. Detention

História Rivais (Michaeng) - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Detention


Nossa detenço foi nada a mais, nada a menos que ajudar a limpar todo o refeitório com os outros alunos que tambem ficaram

Nao sei qual o problema que essa menina tem, mas ela ficou quieta por toda a detençao, nao deu nenhuma palavra comigo, nao deu nenhuma de suas tiradas, muito menos aprontou comigo até agora. Estranho isso

Normalmente eu nao preciso fazer nada pra essa garota ficar me encarando, me remedando e me provocando, isso esta estranho demais

No instante estou terminando de varrer o canto do refeitório junto com uma menina alta de corpo lindo, de cabelos castanhos e sorriso encantador. As vezes vejo ela andando pelo colegio com as amigas dela. As vezes ela olha fixo pro meu grupinho, depois desfarça mas nunca liguei muito

-Como ficou em detençao? -Pergunto á garota. Se for pra ficar aqui, nao quero ficar com tanto tedio

-Meio que aprontei com o professor Fitz com a minha amiga Jihyo -Ela da um sorrisinho constrangido- E você?

-Ta vendo aquela garota lá? -Aponto para Son Chaeyoung- Entao, culpa dela -Paro pra pensar um pouco- Na verdade... Pensando bem... Coloquei bombinha na privada dela e pintei a moto dela de rosa. Mas ela mereceu -Me defendo. Ela ri

-Genial! Gostei de voce. Estudamos juntas, mas nao nos falamos -Ela sorri- Prazer Tzuyu, e voce?

-Prazer Mina -Apertamos as mãos

-Entao, Mina. Vamos terminar logo isso pra ficarmos livres. Nao aguento mais varrer esse refeitorio gigantesco -Ri simplista

-Claro. Também acho. Amanha se quiser falar comigo, estarei na mesa 5 do refeitorio com minhas amigas, leve suas amigas também

-Claro! -Ela sorri e continuamos a limpeza naquele refeitorio nojento

🌷

-Mas o que de fato elas fizeram com o professor Fitz? -Nayeon pergunta

-Eu sao sei, ela nao falou. Apenas disse que aprontou com ele

-Seja o que for.. Que bom, nao gosto dele mesmo -Momo indaga revirando os olhos

-Tadinho. Ele é legal

-Só com voce, Sana -Nayeon diz. E é verdade, a unica aluna que aquele professor é legal, é a Sana. Sana nem percebe, mas ele ja deu em cima dela varias vezes. Confesso que nao gostei nada daquilo

-Isso nao é verdade! -Sana rebate Nayeon

-Quem acha que é verdade levanta a mão -Nayeon ja diz levantamdo a mão. Logo em seguida Momo e eu levantamos a mão também- Toma essa entao!

Sana revira os olhos

-Ok entao. Vou prestar mais atençao na proxima aula

🌷

Depois de tirar conversa fora, minhas amigas vao embora. Deixando eu e minha colega de quarto, Nayeon ali.

Depois durmimos

🌷

Dia de aula! E nao, nao estou feliz. Hoje recebo minhas notas, a nota de biologia e física, as notas que vao definir se vou ficar de recuperaçao ou nao

Estou nervosa com isso. Minhas chances sao baixas de nao ficar, ja que a professora tirou minha prova e nem sei se ela corrigiu ou não devido aos ocorridos. E mesmo se corrigisse eu precisaria acertar todas as questoes e a questao bonus, ja que nao respondi uma das outras. A prova de fisica eu tenho certeza que tirei uma nota boa, ja que comparei minhas respostas com  de todos da sala e estava tudo certo pelo visto.

Hoje a primeira aula, é de japonês, do senhor Fitz.

Ele esta uns minutos atrasado, o que nao é de seu fetio. Nem ligo

Do nada chega o diretor. Com o professor Fitz do lado.

Sinto que todos prendem a respiração, inclusive eu que quase caio na gargalhada, se jao fosse pela cara extremamente brava do professor e a cara quase seria do diretor. Ate o diretor quer rir. Sinto que ele quer

O professor Fitz estava sem as sobrancelhas e com suas mãos azuis. Olho pra Tzuyu que parece preocupada e querendo rir ao mesmo tempo. Ela me olha com um olhar de "to ferrada".

Foi ela.

-Bom. Vamos direto ao assunto -O direto começa a falar. Ele nao parece surpreso, muito menos bravo- Um dos alunos invadiu o quarto do senhor Fitz sábado de manhã, e fez mais uma de suas travessuras. Como podem ver. Saibam que o feitor desse ato esta tomando os devidos castigos -O diretor, esta falando.

O resto da turma se controla ao maximo pra nao rir o professor esta vermelho de raiva e vergonha, tentando esconder suas mãos atras de suas costas. O que é obviamente inútil 

-Bom. Comentários sobre este acontecimento são proibidos. Caso contrário, tomarei medidas drásticas -Continua o diretor. Depois o mesmo sai da sala

-Enfim -Diz o professor, tomando posse do "modo" professor novamente- Preparei uma lista com 50 exercícios á voces. Individual. Para essa aula, ou perdem 1 ponto da prova

Os alunos bufam e resmungam

-E sem nenhum pio. -Ele fala bravo

Todos poderiam ficar quietos em seus lugares, sem levar bronca. Mas nao

-Piu -Jacksson fala baixo. Mas nao o suficiente para o professor nao ouvir. Ele ouve

-Retire-se da sala, Jacksson. Agora pro diretor -O professor aponta para a porta, com uma cara nada agradavel. Jacksson sai sem dizer nada.

Todos ficam quietos depois daquilo

Tzuyu fez bem e mal aprontando com o professor

Olho pra ela. Ela põe o indicador em seus labios pedindo silêncio. Aceno e sorrio. Ela é minha amiga agora



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...