1. Spirit Fanfics >
  2. Riven e Musa: algo complicado >
  3. O tempo só se passa

História Riven e Musa: algo complicado - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - O tempo só se passa


Fanfic / Fanfiction Riven e Musa: algo complicado - Capítulo 16 - O tempo só se passa

1 semana depois...

Não consigo acreditar que ele ainda não voltou - falo em meus pensamentos deitada em minha cama - Achei que ele estava dando uma de Riven, mas acho que não. Eu quero odiar ele, mas só consigo sentir tristeza. Não tem espaço para o ódio... Não acredito nisso e não consigo acreditar...

3 semanas depois...

-Então ele não entrou em contato? - falo no telefone com Helia.

-Sinto muito, Musa. Ele não me ligou, mas tente entender ele e não fique chateada.

-Fácil falar. Não foi a Flora que terminou com você e foi embora - falo com raiva.

-Desde que o Riven te conheceu, ele sempre tentou ser um homem melhor... vai ver ele ir embora, foi realmente a coisa certa a se fazer - Helia fala calmamente.

-Pode ser... mas isso não muda o fato dele ter me magoado e pisado em meu coração - tento segurar o meu choro.

-Você vai ficar bem, Musa...

-Espero que sim...

1 mês depois...

-Meninas, não devemos falar com ela? - Stella pergunta para as outras Winx, do lado de fora do meu quarto.

-Não sei, Stella - Flora afirma - Ela está muito mal. O Riven foi embora.

-E acho que ele não volta nunca mais - Tecna afirma.

-Tecna! - Bloom a chama atenção - Não seja tão insensível...

-Mas eu só estou falando a verdade. Riven foi embora há 1 mês já. Se ele fosse voltar, teria voltado. No final desse ano a gente já se forma. Musa não pode ficar assim para sempre.

-A Tecna tem razão - Layla fala - Precisamos animar a Musa e fazer ela esquecer o Riven.

-Isso mesmo! - Stella se anima - Posso ligar para os especialistas virem aqui e daremos uma festa!

-Não sei se é uma boa ideia convidar os meninos - Flora fala - Mesmo que eu queira ver o Helia, sempre quando os meninos nos encontravam, Musa corria para os braços de Riven. Pode ser doloroso para ela não ter que fazer isso...

-É... você pode ter razão - Stella afirma - Então, teremos que pensar em outra coisa...

3 meses depois...

Aquele idiota! E eu sou mais! Porque eu ainda espero que ele volte?? Nenhuma ligação sequer nesse tempo todo... NENHUMA! Estou começando a enlouquecer... não sei se aguento mais isso.

(toc toc) - alguém bate na porta do meu quarto e entra antes de eu permitir.

-Helia? - me surpreendo com sua supresa - O que você está fazendo aqui?

-Flora me contou que está difícil de te tirar desse quarto, desde que o Riven foi embora - ele se senta ao meu lado.

-Bom, eu nunca imaginei que isso aconteceria.

-Musa - ele respira fundo - Antes do Riven partir, ele passou em Fonte Rubra para pegar suas coisas e me pediu uma coisa.

-O-o-o que ele pediu??

-Para que eu cuidasse de você.

Assim que Helia fala essas palavras, meu coração aperta e minhas lágrimas caem.

-Ei, Musa - Helia me consola - Não fique assim.

-Então ele realmente não vai voltar? 

-Não, Musa... não é isso... você só tem que entender que o que houve com o Valtor mexeu muito com ele. E não estou falando que não mexeu com você também, mas ele ficou muito abalado por não ter conseguido impedir dele te capturar e de ter feito o que fez... o Riven te amava muito, Musa. Ele vai voltar... você vai ver...

As palavras de Helia me consolam, mas ainda sim não tenho certeza se ele irá voltar...

6 meses depois...

-Musa! - Stella entra em meu quarto - Vamos, amiga! Tá na hora da festa.

-Stella, eu não vou - me escondo nas cobertas.

-Você vai sim! Chega de ficar nessa cama e nesse quarto... Dona Faragonda está fazendo essa festa para comemorar que todas nós conseguimos o poder Enchantix! Então venha - Stella me puxa da cama e começa a arrumar meu cabelo e colocar uma roupa em mim - Pronto, agora vamos 

(...)

Depois de um tempo, comecei a me divertir na festa e pela primeira vez em muito tempo, eu sorri.

-E então? Era melhor ter ficado no quarto? - Stella me pergunta no meio da festa.

-Não, foi legal ter saído... obrigada.

-Pra isso que servem as amigas - ela sorri e continua a dançar.

Eu estava dançando muito bem até esbarrar em alguém.

-Me desculpe - peço desculpas mas a pessoa na qual esbarrei, não fala nada - Você está bem?

-Ah, sim sim. Estou... é porque eu nunca vi uma mulher tão linda quanto você - o menino afirma.

-Ah, obrigada - fico com vergonha.

-Qual o seu nome? - ele pergunta com um sorriso.

-Musa. E o seu?

-Phebo... e você tem namorado?

-Não - responde hesitante - Não, não tenho - e depois respondo meio triste... é estranho dizer isso para alguém que não sabia.

1 ano depois...

-Agora, vamos receber as alunas que se formam em grande estilo na escola de fadas Alfea - Faragonda fala no palco - Stella, Bloom, Flora, Tecna, Layla e Musa - todas nós subimos no palco e recebemos nossos diplomas, mas antes de eu descer do palco, Dona Faragonda me segura e fala no meu ouvido - Estou muito orgulhosa do tanto que você foi forte esse ano, Musa. Continue assim na sua vida adulta - ela sorri.

-Obrigada, Diretora Faragonda - sorrio e desço do palco.

-Stella, meu amor - Brandon pega Stella em seus braços.

-Bloom, que orgulho - Sky segura as mãos de Bloom.

-Flora, para você - Helia da um buquê de rosas vermelhas para Flora.

-T-tecna, você foi brilhante - Timmy da um beijinho na bochecha de Tecna.

-Layla, minha vida! - Nabu, novo namorado de Layla que conheceu há 4 meses, a pega pela cintura e a abraça.

E admito que essa foi a primeira vez, em 6 meses, que eu pensei em Riven novamente.

-Musa! - Phebo coloca seu braço ao redor de mim e me deseja parabéns.

-Obrigada, Phebo! Finalmente adeus a escola - eu rio.

-Bom, eu gostaria de te pedir algo.

-Sério? E o que seria?

-Você - de suas mãos, surgem uma rosa branca - gostaria de ser minha namorada?

Sua pergunta me faz me sentir mal. Mesmo Riven nunca ter voltado e mesmo eu ter sofrido demais com ele, ainda o amo e sinto sua falta. Nunca me imaginei nos braços de outra pessoa e beijando outra boca. Principalmente do Phebo, que eu considero como um irmão.

-Phebo, me desculpe... mas eu não posso aceitar. Gosto de você como amigo e só. Me desculpe.

-Ah... tudo bem - seu sorriso murcha - Ser seu amigo ainda vale a pena - um sorriso fraco surge - Bom, eu tenho que ir. Fique com a flor - aceito a rosa - Tchau, Musa.

-Tchau, Phebo.

2 anos depois...

Nossa, nem acredito que 1 ano atrás eu me formei em Alfea e agora estou aqui em Melody realizando concertos igual a minha mãe. Ainda continuo falando com as meninas, igual antes e minha vida está maravilhosa.

(trim trim) - meu telefone toca

-Oi, Flora!

-Musa, quando você vai chegar na festa do Helia?

-Acabei de terminar o meu concerto e já estou a caminho.

-Ok, te vemos aqui então.

Hoje é o aniversário do Helia e nesses anos todos, eu e ele nos tornamos bons amigos, então fico mais do que feliz em ir nesse seu dia especial.

(...)

-Musa! - Helia me abraça - Ainda bem que você chegou!

-Eu não perderia por nada!

-Chegou bem na hora, amiga - Stella fala.

-Helia vai fazer um anúncio - Layla afirma.

-Senhoras e senhores - Helia sobe ao palco, chama a atenção de todos e fala - Hoje é um dia muito especial para mim. Além de ser meu aniversário, tenho um anúncio muito especial para fazer.

-Aposto que tem haver com a Flora - Sky fala para Brandon.

-Com certeza - Brandon afirma.

-Flora, sobe aqui um instante - Flora sobe ao palco e fica ao lado de Helia, que coloca sua mão em sua cintura - Eu e minha amada Flora, estamos noivos! - e assim que Helia termina de falar, magicamente um anel de diamante em formato de uma rosa, surge no dedo de Flora.

-Uau! Não acredito - Bloom fala rindo.

-Ela escondeu isso da gente? Que amiga - Stella fala sendo Stella.

-Ah, fica feliz por eles, Stella - Tecna fala.

-Eu sei que eu fiquei muito feliz - afirmo.

(...)

Depois do grande anúncio, todo mundo estava dançando na pista de dança e estava muito barulhento. Eu saio do meio da pista para beber água, mas vejo algo familiar... mas não pode ser o que eu estou pensando que é... pego o meu copo e olho novamente para essa pessoa... fico olhando até ver o rosto da pessoa e quando ela se vira, derrubo o copo no chão, fazendo o salão ficar em silêncio e a pessoa olhar diretamente para mim.

-Riven? 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...