História Riverdale - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Riverdale
Visualizações 5
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Policial
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Beira do rio (Parte 1)


Nossa história é sobre uma cidade, uma cidadezinha, e as pessoas que moram nela. De longe, é como todas as cidadezinhas ao redor do mundo...Segura. Decente. Inocente. Porém chegue mais perto e começará a ver o que está escondido nas sombras. O nome da nossa cidade é Riverdale.

E acho que nossa história começa com o que os gêmeos Blossom fizeram nesse verão. No dia 4 de julho logo após o amanhecer, Jason e Cheryl Blossom foram ao rio Sweetwater para um passeio de barco matinal.

Cheryl: Está com medo Jason? - diz olhando para ele que balança a cabeça negativamente

O que sabemos após disso é que Dilton Doiley, o que liderava os escoteiros de Riverdale em uma expedição de observação de aves, encontrou Cheryl à beira do rio.

Cheryl: Jason..

A polícia vasculhou o rio a procura do corpo de Jason, mas nunca o encontrou.

Alice Cooper: Se ele estiver morto , Hal, espero que ele tenha sofrido nos últimos momentos, que Jason Blossom queime no fogo do inferno. - diz para o seu marido enquanto olha para os policiais na beira do rio sem o corpo de Jason.

Então, uma semana depois, a família Blossom enterrou um caixão vazio... E a morte de Jason foi considerada acidente, e a história que Cheryl contou se espalhou. Cheryl derrubou uma luva na água, e Jason mergulhou para pegá-la, e acidentalmente virou o barco, entrou em pânico e se afogou. Quanto a nós, ainda falávamos da "tragédia de 4 de julho", no último dia das férias de verão, quando um novo mistério chegou na cidade.

Hermione: Prepare-se. O apartamento é pequeno, uma morada secundária - diz para sua filha saindo do carro e olhando o ap de fora - Mas "qualidade, sempre".

Verônica: "Qualidade, sempre". - diz junto com sua mãe

Hermione: Além disso, é a única propriedade no meu nome e não no do seu pai. - diz entrando

Smithers: Sra. Hermione! Bem vinda!

Hermonie: Smithers! É tão bom te ver.

Smithers: Como foi a viagem?

Hermonie: Sem trânsito, graças a Deus. - diz pegando nas suas mãos - Smithers, gostaria de te apresentar, à minha filha, Veronica.

Smithers: É um prazer, senhorita! - diz a cumprimentando em aperto de mão

Veronica: Oi - o cumprimenta 

Smithers: Vou pegar as malas

Hermione: Por favor?

Smithers: Gostaria do menu, para fazer seu pedido madame?

Hermonie: Não. Desejo um cheeseburger do Pop Tate desde o meio dia. A Chock'lit Shopper dele ainda está aberta?

Veronica: O que é um Chock'lit Shopper e por que vende hambúrgueres? - sua mãe ri

A Elizabeth (Beth) está no seu quarto passando batom e amarrando seu cabelo enquanto seu melhor amigo está deitado na cama.

Kevin: Você está ansiosa? Nervosa?

Beth: Ambos. Não o vi as férias todas.

Kevin: Por isso estar nervosa é aceitável, mas concordamos Beth... Está na hora. Você gosta dele, ele gosta de você.

Beth: Então por que, Kevin... Ele nunca disse ou fez nada? - diz se virando para seu amigo

Kevin: Porque o Archie é ótimo, mas como a maioria dos héteros milenares, precisa que digam a ele o que ele quer. Então diga.

Beth: Vamos ver. Digo, de repente..

Kevin: Meu Deus! - diz olhando pela janela

Beth: O quê? - diz se virando

Kevin: Que mudança. Archie ficou gostoso!

Beth corre pra janela.

Kevin: Ele tem tanquinho agora - diz olhando Archie vestir a camisa - Mais seis razões para você pegar esse touro pelo chifre hoje.

Beth e Archie no Pop Tate.

Archie: Então qual foi o destaque?

Beth: Do meu estágio? A festa do livro de Morrison que eu organizei, sem dúvidas. No final da noite, Toni Morrison, que, como você sabe, é meu herói, diz para mim...

Archie: Sim.

Beth: "Não tenha pressa, Beth. Passa tudo tão rápido na sua idade. Um verão pode mudar tudo"

Archie: Nossa. verdade.

Beth: Como foi trabalhar para seu pai?

Archie: Foi... Despejar concreto, todos os dias, o dia todo. Para passar o tempo, comecei a compor poemas na minha cabeça e quando eu voltava para casa, eu os escrevia...

Beth: Nem gosta de poesia.

Archie: Não eram poemas, eram letras de músicas. E escrevê-las me faz sentir...

Beth: O quê Archie?

Archie: É como se eu tivesse descoberto algo real. Sobre minha vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...