História Roberta Woods: A irmã secreta do Jeff The Killer - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Creepy, Creepypasta, Fanfics, Jeff, Jeff The Killer, Killer, Liu Woods, Matança, pasta, Slender Man, Universo Alternativo, Woods
Visualizações 3
Palavras 1.529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 10 - Novo Aprendiz


Eu desamarrei o garoto da cadeira,e eu,meu mestre e o garoto saímos da casa e enquanto caminhávamos e eu,com tédio e curiosidade,comecei a perguntar sobre o garoto


“Hey,agora que você vai ser nosso aprendiz,me diz,qual o seu nome?”


“Willian… E o seu?”


“Nome bonito,o meu é Roberta…” - eu digo enquanto dou um belo sorriso


“E o seu… “mestre”?”


“Meu nome é Júlio” - Meu mestre diz irritado com a pergunta do Willian


“Hãn… Júlio?? Poderia jurar que era outro! Eu te vi numa reportagem da Tv falando sobre que você matou sua família e tals…”


“Mas que droga!” - meu mestre pensa


“É Júlio mesmo… Você deve estar se confundindo haha!” -ele dá uma leve sorriso “amigável”


“Seu nome era mais fácil,ou era mais complicado? Não estou lembrado…” - Willian fala olhando pro meu mestre


“Ah,mudando de assunto, mestre, ainda vamos pra escola amanhã?” - esse assunto irritava muito meu mestre,então mudei pra qualquer outro assunto aleatório


“Aff! Sério que você está preocupada com isso? Não,a gente não vai,vamos ficar treinando o Willian…”


“Tenho que ficar de vigia na Charlotte,Ela está desconfiada de mim!”


“Apenas ignore, porque se você ficar muito de olho,vai causar mais desconfiança ainda…”


“Ta…”


Chegamos em casa


“Enfim Willian,essa é a nossa casa…” - meu mestre diz revirando os olhos e com um tom de desgosto,abre a porta e entra


“Vamos entrar Willian” - eu disse segurando a mão de Willian e o  trazendo para dentro de casa


Meu mestre trancou a porta


“Bem,fiquem vocês aí,eu vou pro quarto…” -meu mestre disse quase subindo as escadas


“Hey, Antes de subir… Me fale,o Willian pode ficar no antigo quarto do seu irmão?”


“Sim, só traz as coisas do quarto do meu irmão para o meu,mande o Willian fazer isso…”- e o meu mestre sobe as escadas e vai para o seu quarto


“Willian… Já sabe né? Pega todas as coisas que estão no quarto e leve para o do mestre, eu vou te ajudar,não que preocupe” - eu disse sorrindo para Willian


“Tá,onde é o quarto?”


“Lá em cima,me segue” - eu subo as escadas e levo ele até o novo quarto dele


“Bem,é esse o seu novo quarto”


“Legal, vou trazer essas caixas no chão para o quarto do Júlio”- e ele foi levando as caixas para o quarto do meu mestre,eu resolvo ajudá-lo,as caixas estavam muito pesadas


“Acabou as caixas?”


“Acho que sim”


Ele arruma umas coisas que ele trouxe,como roupas e uns objetos e colocou no seu novo quarto


“Que interessante,tem um banheiro particular nesse quarto!”


“Tem em todos…”


“Vou tomar um banho, ok?”


“Tudo bem,eu fico aqui”


Eu deito na cama e ele deixa as roupas sujas dele em cima de uma mesa ao lado do banheiro


“Roberta,pode pegar uma roupa limpa pra mim? Esqueci de trazer pra cá!”


“Eu não sei onde você guardou suas coisas”


“Deixa pra lá,eu pego”


E ele sai do banheiro de toalha e pega as roupas


“Que corpo sarado… Calma Roberta,calma!” - eu penso


E ele volta pro banheiro,ele se veste, ele vestiu uma camisa cinza claro e uma bermuda azul


“Willian,quantos anos você tem?”


“Eu tenho 13 e você?”


“Tenho 11”


“Ah sim… e…. Por curiosidade… Seu mestre tem quanto?”


“14,e ele é meu irmão,eu apenas o chamo de mestre porque ele me treinava desde pequena”


“Ah,entendi… Interessante,sua vida foi bem feliz ao lado dele né?”


“Bem,ele me faz feliz,meu único motivo para sorrir,mas,minha vida foi horrível…”


“Me conte! Bem, se quiser…” - Ele deita comigo na cama,olhando para mim


“O irmão inútil do meu mestre só me maltratava, me batia e fazia diversas coisas terríveis,chegou a queimar o meu braço com uma vela,com o fogo dela e com as gotas de cera quente, a minha mãe me largou no porão esperando que ninguém soubesse da minha existência e que eu morresse…”


“Nossa… Que triste…”


“E você Willian?”


“Minha vida foi perfeita até os 10 anos,porque eu me mudei para aquela casa verde,onde eu estava, os vizinhos me detestavam, os mais velhos brigavam comigo por qualquer coisa,já as crianças, viviam batendo na janela e fazendo perguntas “Hey,cara estranho,porque você existe?” “Hey,inútil,porque você não morre?” E na época,os mais velhos que eu,eles viviam me maltratando, me tacando no lixo,botando bichos e laxante nas minhas comidas,tacando barro na minha cara,me batendo… E isso só ficou pior quando eu comecei a ir para a escola, começaram a pegar meu dinheiro,me bater,me humilhar de todas as formas possíveis,todos os dias,por todos os miseráveis dias… E isso continua até hoje,mas agora não sei,não tenho mais meus pais,acho que não irei mais me preocupar em meus pais ficarem decepcionados comigo ao verem eu derramando sangue,e nem por sair da escola…”


“Hey,você agora vai estudar no mesmo colégio que eu e meu irmão,aqui no centro da cidade,eu comecei a ir para escola a pouco tempo atrás,mas,as pessoas de lá é muito gente boa”


“A escola que teve 5 mortes ontem? Tá louca?”


“Corrigindo: a escola em que eu e meu irmão matamos 5 pessoas”


“Ah… Vamos parar de conversa afiada,já são quase meia noite”


“Vou dormir com você hoje Willian,ok?”


“Tudo bem” - ele olhou pra mim e deu um sorriso


Eu fico abraçada com ele


“Hãn… Roberta?”


“O que foi?”


“Hãn… Nada não! Deixa pra lá…”


Continuo abraçada com ele,e a gente pegou no sono


Já chegou o outro dia,eu estava dormindo ainda, meu mestre estava me procurando pela casa inteira, até chegar no quarto do Willian ,ele abre a porta e entra


“Roberta,então você está aí… Acorde já é de manhã…” - meu mestre sussurra bem baixinho no meu ouvido


 Eu acordo


“Oi? Já é de manhã?” - dessagarro do Willian e levanto da cama


“Vamos lá pra cozinha tomar café da manhã”


“E o Willian?”


“Ah,ele desce depois”


Eu desci as escadas com o meu irmão e fomos para a cozinha


“O que você estava fazendo no quarto do Willian?”


“Era o primeiro dia dele aqui,então decidi dormir com ele” - digo coçando a cabeça e dando um sorrisinho


“Que bela forma de dizer bem-vindo a alguém hein, mas ok” - meu irmão diz num tom de ironia


“Me chamou pra me perguntar isso?”


“E pra a gente comer o café da manhã também né!”


“Então… Agora eu posso chamar o Willian?”


“ESQUECE O WILLIAN! Depois ele acorda,e toma o café da manhã… Sozinho”


“Você tá sendo estranho demais… Está com ciúmes maninho?”


“Não…”


“Você está sim! Está incomodado desde que Willian chegou!” - eu digo com um sorrisinho provocante e me aproximando do meu irmão


“Não estou!” - ele cruza os braços e diz irritado


Eu fico atrás das costas dele,mexo no cabelo dele,e depois faço um tipo de massagem nos ombros dele e sussurrei:


“É claro que está! Consigo ver em seus olhos… Mas saiba que gosto de você mais do que tudo”


“Para com isso! Eu não estou com ciúmes! Ah quer saber? Vai chamar logo o Willian, que coisa!” - ele diz e se distancia de mim


“Haha! Tudo bem irmãozinho” -digo bem baixo,dou um beijo na bochecha dele na intenção de provocá-lo


“Idiota!” - ele exclamou virando o rosto ficando todo vermelho


“Por que que ninguém admite quando está com ciúmes? Vai entender…” - eu penso


E eu subo as escadas para chamar o Willian.


Fui lá no quarto e cutuquei o Willian,dizendo:


“Willian,acorda menino,já são 9 horas da manhã! Esse moleque dorme pra caramba”


“Mãe… Eu tive um sonho muito…” - Ele para de falar quando me ver - “então é verdade que agora faço parte da família de vocês? Pensei que era só mais um sonho que nunca teria possibilidades de se realizar”


“É claro que é verdade,vem,vamos tomar café da manhã,mas a essa hora tinha que ser o almoço”


“Você me acordou igual minha mãe haha… Bem,vamos logo tomar o café então”


Eu desço as escada com o Willian e a gente sentou para comer o café da manhã


“Onde está o seu irmão?”


“Ah está ali!”


Eu vi ele na parede ainda de cabeça baixa…


“Maninho,vem botar a nossa comida”


“Bota você,pra você e pro ‘Willian’” - ele diz irritado


“Ele está incomodado comigo? Eu reparei que ele me trata estranho…”


“Ignora Willian,ele está com ciúmes de você!”


Meu irmão sobe as escadas e entra no quarto dele e bate a porta do quarto dele com muita força


“Ciúmes? Sou tão feio…”


“Não é nada você é lindo! Amo seus olhos… Verdes,bem claros…”


Ele se levanta e vê o que tem na geladeira… Ele se serve com um copo de leite e faz um pão com peito de peru e queijo para ele


“Aproveita que está aí e faz um pra mim,ou melhor,faz dois”


“Ta” - e ele começa a fazer os dois sanduíches e pega também dois copos de leite e bota em cima da mesa


“Obrigada Willian!”


“Denada”


Eu como meu pão e bebo o copo de leite e vou no quarto do meu irmão, trazer o outro pão e o outro copo de leite


“Hey maninho abre a porta! Quero conversar com você” - eu digo enquanto batia na porta


Ele abre a porta e senta na cama,eu entro e sento do lado dele


Eu me inclino até ele e digo:


“Aqui seu café maninho” - eu disse e dei o copo e o pão pra ele


“Eu mesmo pegava!” - ele me diz pegando o copo e o pão da minha mão com agressividade


Apenas o encarei por um tempo,depois eu o lembrei de treinarmos o Willian, e eu e ele apenas descemos as escadas e fomos até a cozinha,onde o Willian tava


“Tá,agora que você já comeu NOSSA COMIDA e dormiu na NOSSA CASA, vamos treinar você,porque ESSE É O MOTIVO DE VOCÊ ESTAR AQUI!” - ele diz com arrogância olhando seriamente para o Willian


O Willian só abaixou a cabeça e disse que tava tudo bem,e que não se importava…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...