1. Spirit Fanfics >
  2. Rockstar >
  3. Is This It

História Rockstar - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


ÚLTIMO CAPÍTULO! <333

Capítulo 5 - Is This It


Fanfic / Fanfiction Rockstar - Capítulo 5 - Is This It

Cristina estava terminando de se arrumar para o último dia do festival, quando Pamela entrou, se sentou na cama e ficou a encarando.

— Preciso decidir. – Pamela comentou fazendo sua amiga se virar para ela.

— Sobre o quê?

— Se irei ficar com o Izzy ou não.

— Quer a minha opinião sincera? – Cristina perguntou se aproximando dela.

— Claro.

— Fique com ele. Perdoe ele.

— Oi? – Pamela riu completamente confusa. – Não foi você mesma que disse que deveríamos nos vingar? Que veio decidida a fazer eles sofrerem?

— Eu estava errada. — Falou séria. — Transei com o Axl ontem achando que iria me sentir melhor, mas estou me sentindo um lixo. Eu acho que o Izzy deve ter se sentindo assim também depois da traição, caso contrário, ele não estaria correndo atrás de você e nem socando ninguém por você.

Cristina deixou Pamela surpresa e caminhou em direção a porta.

— Onde você vai? — Perguntou confusa.

— Arctic Monkeys vai tocar hoje. – Se virou para ela. – Estou tentando decidir se vou ou não. Alex me mandou mensagem pedindo para eu aparecer, e se eu não aparecer, ele vai entender o recado e não vai mais me procurar. – Sorriu triste. – Eu quero que você siga o meu conselho, mas eu mesma nem sei o que fazer.

— Acho que deveria fazer o mesmo.

— Eu vou pensar no assunto.

Cristina saiu e Pamela ficou pensativa. A morena resolveu sair do quarto e ir atrás do Izzy, ela já sabia bem o que fazer.

Quando chegou perto do quarto dele, o viu saindo.

— Izzy! — Ela o chamou e ele a encarou, ela parou de frente para ele e sorriu. — Eu te perdoo.

— Sério? — Ele perguntou sorrindo aliviado. — Meu amor, você não sabe como é bom ouvir... – Ele parou de falar quando Pamela acertou um soco bem no meio do seu rosto.

— Mas que caralho! – Reclamou com as duas mãos no nariz. – Você ficou maluca?

— Isso é pra você aprender a nunca mais me trair, e se houver uma próxima vez, eu juro por Deus Izzy Stradlin, que eu arranco o seu pau com as mãos! – Disse irritada. – Estamos entendidos?

— Sim. – Ele disse ainda com a mão no nariz.

— Ótimo! Agora vamos ao hospital. – Ela disse o puxando dali.

Com Cristina...

O show do Arctic Monkeys estava quase no fim quando a morena apareceu na lateral do palco. Alex havia acabado de cantar uma música e olhou para o lado. Ele ficou surpreso ao vê-la ali.

Alex se aproximou dos seus colegas da banda e conversou algo com eles, em seguida, ele voltou ao microfone e a banda começou a tocar a introdução de uma música que ela conhecia bem. 

Você não vê que eu estou tentando? Eu nem mesmo gostei
Eu apenas menti para ir pro seu apartamento
Agora irei ficar aqui só um pouco
Eu não consigo pensar, porque estou muito cansado


Is This It do The Strokes, a música que eles escutavam juntos, a música que Alex sempre cantava para fazer as pazes com ela quando brigavam, era a música que sempre a fazia chorar.

É isso?

É isso?

É isso?

E a cada palavra da música que Alex cantava a fazia se arrepender ainda mais da noite passa. Não, não havia sido ruim o sexo com Axl, e ela não o culpava por nada, já que transou com ele por vontade própria.

Oh querida, você não está vendo?
São eles, não sou eu
Nós não somos inimigos
Nós só discordamos
Se eu fosse como eles
Puto de raiva nesse bar
Ele muda de ideia
Diz que eu fui longe demais
Todos nós discordamos
Acho que deveríamos discordar, yeah

Ela amava Alex, por isso estava arrependida.

Você não vê que eu estou tentando? Eu nem mesmo gostei
Eu apenas menti para ir pro seu apartamento
Agora irei ficar aqui só um pouco
Eu não consigo pensar, porque estou muito cansado

Quando a música havia acabado, Cristina não estava mais conseguindo segurar as lágrimas e resolveu sair dali o mais rápido possível. Ela odiava chorar na frente das pessoas.

[...]

Mais tarde...

Já era noite, Cristina estava sentada na beira da praia, encarando as ondas fracas e sentindo a brisa do mar. Ela sentiu alguém se sentar ao seu lado, mas não olhou para ver quem era, pois já sabia muito bem.

— Você não me perdoo, não é? — Alex perguntou a encarando.

A garota ficou com os olhos marejados.

— Eu te trai com o Axl. — Resolveu contar a ele.

— Eu sei. — Ele disse tranquilo e ela abaixou a cabeça. — As fofocas daqui correm. 

— Você não está chateado? — Perguntou o encarando e sentiu as lágrimas escorrer pelo seu rosto.

— Eu mereço isso, afinal, eu fiz coisa pior com você, sem você merecer. – Disse passando a mão em seu rosto, para enxugar as lágrimas e ela ficou em silêncio. — Eu te amo muito e vou entender se você não quiser me dar outra chance. Não vou poder te obrigar a ficar comigo, a decisão é toda sua, mesmo que me dói muito saber que a uma grande possibilidade de você não me querer mais.

Alex depositou um beijo na cabeça dela e saiu dali, a deixando sozinha.

Cristina sentiu que uma parte dela foi junto com Alex, ela o amava demais e vê-lo partir assim a destruía.

Do que adianta se vingar e ficar se sentindo horrível depois?

Ela tomou uma decisão e resolveu ir atrás de Alex. Cristina correu e foi encontrá-lo nos corredores do quarto do hotel.

— Alex! – Ela o chamou e ele se virou para encara-la. – Eu te quero de volta.

— Sério? — Ele perguntou sorrindo e ela deu um soco em seu nariz tão forte que arrancou sangue. – Porra! Mas que merda foi essa?

— Aí meu Deus, me desculpa! – Ela falou querendo rir.

— Está sangrando! – Ele disse olhando suas mãos cheias de sangue.

— Me desculpa, meu amor. – Falou alisando o rosto dele. – Mas você mereceu.

— É, eu sei. – Revirou os olhos.

— Vem, vou te levar ao hospital. – Disse rindo.

— Não estou achando nada engraçado!

— É, é engraçado sim. – Riu.

[...]

No dia seguinte...

Todos estavam no saguão com as malas prontas para irem embora.

— Aline, vem. Aline. — Cristina tentava desgrudar ela de Duff. — Solta ela, Duff! – Falava irritada. – Vem logo, Aline!

— Calma aí! — A morena reclamou. — Deixa eu me despedir dele.

— Tem mais de uma hora que você está se despedindo! — Pamela falou irritada.

— Olha o Izzy lá te chamando, anda, vai lá. — Aline disse fazendo pouco caso com as meninas.

Pamela revirou os olhos e saiu de lá para falar com o noivo.

— Só mais cinco minutos, ou eu te deixo para trás! – Cristina disse e saiu.

— Oi, amor. – Pamela disse dando um selinho no Izzy. – Como está o nariz?

— Está inchado ainda, mas está bem. Melhor do que o Alex, eu acho. – Riu.

— Falando no Alex... — Cristina começou. – Onde ele está?

— Server aquele narigudo ali? – Pamela perguntou apontando para o moreno que se aproximava.

— Onde você estava? – A garota perguntou.

— Tenho uma surpresa para você. – Turner disse sorrindo e mostrou o braço.

— Mentira! – Ela disse surpresa. – Você cobriu mesmo a tatuagem? – Encarou o desenho da banda que estava em seu braço no lugar do nome da Taylor.

— Fiz o que eu deveria ter feito há muito tempo.

— Pra começar, você não deveria nem ter feito. – Pamela disse se intrometendo.

— Cala a boca, não estraga! – Izzy disse cutucando a morena.

Cristina ignorou Pamela e sorriu para o namorado.

— Eu amei. – Falou o puxando para dar um selinho rápido.

— Vou colocar as coisas no taxi. – Izzy disse pegando a mala dele e de Pamela. – Me ajuda aqui, Alex?

— Claro. – Afirmou.

— Vamos esperar vocês no carro. – Izzy disse e os dois saíram carregando as malas.

As duas observaram o saguão praticamente vazio, a maioria das bandas já haviam ido embora.

— É... – Cristina sorriu e encarou a amiga. – No final das contas foi divertido.

— Nos vingamos dos meninos, fizemos as pazes com eles, nos divertimos, choramos. – Riu ao se lembrar.

— Acho que valeu a pena. – As duas riram.

Axl e Steven estavam indo em direção as duas e passou por elas.

— Até o próximo festival, meninas. – Axl disse com um sorriso malicioso e Steven piscou para as duas.

Eles saíram dali rindo e as elas arregalaram os olhos.

— Acho que está na hora de irmos embora, não acha? – Cristina perguntou engolindo o seco.

— Já passou da hora. – Pamela disse a puxando pelo pulso para correr dali.


Notas Finais


AQUI ESTÁ A SEGUNDA TEMPORADA DESSA LOUCURA, ESPERO QUE GOSTEM, BEIJOS <3
Nos vemos lá *-*

- https://www.spiritfanfiction.com/historia/roockstar-the-wedding-18804445/capitulo1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...