História Rockstar - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Banda, Rockstar, Sasusaku
Visualizações 52
Palavras 1.742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Up!
Depois de tantas derrotas(ter apagado não sei quantas vezes meu rascunho) retornei das profundezas do chão(minhas quedas) para trazer o capítulo para vocês!
Boa leitura /o/❤

Capítulo 13 - Thirteen


Sakura ON 


Sasuke adormeceu em meu ombro, com certeza qualquer um notaria que o mesmo se encontra bem exausto, nem me passou na cabeça a ideia de acordá-lo, seria muita malvadeza da minha parte, por sorte dele meu sofá é fofo, não teria problemas em deixá-lo descansar no mesmo. Só preciso sair com cuidado para não despertá-lo.

Acredito que meu celular esteja no modo silencioso, pois não cheguei a ouvir nenhum barulho do mesmo desde que entrei dentro de casa. Parando para pensar, de modo geral, não cheguei a entrar em contato com o loiro para o aliviar de sua preocupação do sumiço do Uchiha. Foi um trabalho e tanto para todos darem uma desculpa sobre a ausência, seja na mídia, na universidade e claro que para as fans que viviam questionando os meninos, só os próximos sabiam claro do que estava acontecendo e resolvemos todos permanecerem em silêncio absoluto. O Naruto foi o que mais sofreu, por ser o amigo mais próximo realmente foi um baque e tanto, ele transmitiu logo por suas expressões que isso acontece frequentemente, é como conviver em uma vida repleta de segredos e manter isso dentro de si. Deve ser um peso e tanto guardar muitas coisas somente para si sem pode contar aos demais. A amizade de Naruto com Sasuke é como irmãos, um laço afetivo. Porém percebi que é meio problemático.

Me levanto cuidadosamente para não despertá-lo, deixando-o cuidadosamente por enquanto da maneira que está até que eu vá buscar a almofada e um cobertor. Vou em direção ao armário onde guardo para caso ter hóspedes em minha casa, muitas vezes chamo ou deixo alguns amigos vir pra minha casa dormir, estou até planejando arrumar um quartinho que guardo algumas bagunças minhas em um quarto de hóspedes, assim eles terão mais conforto para descansarem, claro que ninguém chegou a reclamar ao dormirem por aqui, meu sofá é uma fofura e eu tenho um colchão caso queiram, sou um amor de pessoa.

Após pegar, vou tentando colocar devagar o travesseiro para não despertá-lo, é uma missão e tanto, com sucesso, porque eu sou muito boa claro. A mais fácil é colocar o cobertor, não tem o que reclamar, colocou em cima e fim.

Mas eu não cheguei a imaginar que realmente algo poderia ser diferente nessas situações.

Depois de ter colocado o cobertor meu instinto de fan pesou, ver ele dormindo é como um ser celestial, um arcanjo, tão calmo e sereno, vontade de tirar foto e manter esse privilégio somente para mim até a morte, maldito celular que não está comigo... Antes que eu pirasse resolvi que seria melhor ir para meu quarto, não é o que você está pensando, não vou sair agarrando ele, tenho juízo, ou espero ter, seria uma loucura dizer que gosto dele com outro significado além de fan. Ou não seria? Por que estou pensando nisso? Xô! Xô!

Vou me levantando do meu tapete e sinto algo segurar minha mão, me arrepiei por completo, o sentimento de medo falou mais alto, segurei a vontade de gritar, quando vejo que é a mão do Uchiha mal amado deu vontade de brigar, xinga-lo mas quando olhei para o mesmo estava dormindo, pelo que parecia está dizendo algo porém extremamente baixo, me aproximei aos poucos parecia algo como "Não  me deixa sozinho...", claro que não entendi o porque dessas palavras, resolvi ficar já que isso o faça ficar confortável quando está descansando, me sento em uma posição confortável, arrumando seu braço para não sentir dores após acordar no outro dia, não percebi o tempo passar simplesmente cai no sono.


Sakura OFF


~Dia Seguinte


🔄


Sasuke ON


Acordo estranhando o ambiente, ainda com efeito pós sono meu cérebro vai processando os acontecimentos do dia anterior, não sei quando realmente eu terminei dormindo, literalmente exausto, espero não ter dado trabalho para a rosinha, percebo que a mesma me cobriu e ainda colocou uma almofada enquanto eu dormia.

Me levanto, não sei onde ela se encontra, deve ter saído. Dobro e arrumo o lençol perto da almofada, gostaria de agradecer a hospedagem, mas prefiro ir logo, tenho muitas coisas para resolver ainda, preciso ligar meu celular novamente e obviamente dar sinal de vida para os demais. Arrumo meu cabelo e vou em direção a porta, abro a mesma e vou seguindo direção ao meu apartamento, esqueci literalmente que deveria ir na portaria, depois vou dar uma passada por lá.

Espero que Sakura não pense que sou um mal educado por ter saído sem ela estar presente.

Vou rumo ao banheiro escovar os dentes, tomar um bom e refrescante banho. Escolho usar uma calça preta com rasgos na região do joelho, um tênis vans vermelho e uma blusa de manga branca, pego uma máscara, um boné e meu óculos, ambos da cor preta, tenho que sair e tentar não chamar atenção ao meu redor. É meio impossível, principalmente quando você está saindo feito um garoto da moda, mas o que posso fazer amo me vestir ao meu bom estilo, não poderia esquecer de pegar meus braceletes, por precaução vou levar um casaco de tecido fino, o clima tá um pouco quente, caso de repente esfrie é melhor está prevenido. O coloco na cintura.

Pego uma maçã, a minha chave e o barulhento do meu celular, acho que vou ter que andar um pouco hoje, se eu inventar de sair seja com o meu carro ou a minha moto ficaria muito óbvio que estou de volta na cidade. As fan's devem já ter decorado os números das placas e os modelos. Nunca duvide da capacidade delas.


🔄


Quando passei na portaria avisei ao porteiro que na volta pegaria a encomenda, não faço a mínima de quem me enviaria aquilo, se não for da família...

Andar em meio a multidão é como andar em meio de vários obstáculos, qualquer vacilo alguém te reconhece e não tem escapatória se não tentar se esconder, mas aonde se esconder quando todos estão olhando para você com vontade de agarrar ou até matar? Não é porque sou famoso que agrado todos.

Meu celular não para de chegar notificação.

É mensagem.

É ligação perdida.

É gmail.

É rede social.

Tudo menos a paz.

Pra "melhorar" a situação ele começa a tocar.

Entro em uma cafeteria e me sento em uma mesa afastada das demais.

Atendo o celular.

Ligação ON

Sasuke: ...

Naruto: DEPOIS DE SUMIR NÃO TEM NADA A DIZER? QUAL É CARA!

Sasuke: Me encontre no estúdio em 20 minutos.

Naruto: (Risos) Sempre assim...

Ligação OFF

Suspiro.

– Bom dia, já sabe o que quer tomar ou gostaria de olhar o cardápio moço? — Pergunta uma das funcionárias do local, com um bloco e um cardápio nas mãos.

– Um café, para viagem por favor.

– Certo. Já, já trago para o senhor.

Enquanto a funcionária se distanciava mais e mais da minha mesa, mais vazio ficava o ambiente que me encontrava, olho para uma vidraça do local, observo as pessoas andando no lado de fora. Umas sorrindo, outras expressando preocupação, pressa, tristeza, inveja...

Com certeza até algumas dessas pessoas que estavam sorrindo estejam apenas usando uma máscara para transmitir para as outras pessoas que estão bem, e as que transmitem não estarem bem talvez elas tenham cansado de fingir e carregar essa dor como nada estivesse acontecendo para os demais a sua volta. Parece ser uma fraqueza, mas talvez não seja, para o ponto de vista seja quem for, mas caso for alguém que passa por algo igual, parecido ou pior, possa ser um ato de coragem e tentar ir em busca de uma forma de tentar superar essa crise diária dentro de si. Pelo menos eles são capazes de demonstrar que ser fraco também é parte fundamental para o ser humano. Assim como os bons momentos tem seu tempo, com início e fim, os piores dias também possui os mesmos benefícios. Eu prefiro acreditar assim, por mais que sejam minhas palavras, ou melhor pensamento, meus dias são o oposto do que acabei de citar.

A garçonete trouxe meu café.

Fui no caixa pagar.

Como qualquer outro estabelecimento eles sempre dizem "Volte sempre!".

O nosso estúdio é um pouco longe, como marquei de ir lá e não gosto de me atrasar chamei um táxi.

A corrida até lá está sendo calma.

O motorista parece que quer dizer algo, não deve ser um bom dia pra ele.

– Não é um dos seus melhores dias também? — Sei lá, só perguntei a ele.

Ele suspirou e respondeu.

– Está bem óbvio né?

– As vezes é inevitável guardar tudo somente pra si. — Respondi.

– Não deveria encher o moço com meus problemas, me desculpe, o que você acabou de falar é correto. Como não sou muito presente dentro de casa devido o trabalho e a correria, não consegui comprar um presente para minha filha, sabe... Hoje é o aniversário dela, cheguei a perguntar o que ela gostaria receber de presente e ela me respondeu que queria minha presença, nenhum outro presente seria mais especial do que eu...

– Você deve ser um bom pai... Acredite que muitas pessoas gostaria de ter um pai como você, sua filha deve se orgulhar muito de você.

– Gentileza sua moço, mas eu fico feliz de ter uma boa filha.

A vida chega a ser hilária não?!

Assim como essa garota que quer ter a presença paterna do pai, assim como milhares de crianças, que pelo menos os pais se importam, existe eu e outras milhares de pessoas que sempre torceram para ter um bom convívio com o pai, porém ele nunca deu a mínima para a nossa vida, só quando trata-se de controlar o que realmente eles desejam o que iremos fazer no futuro e quando decidimos que queremos trilhar caminho diferentes simplesmente eles nos abandonam.

– Moço, chegamos!

Estava meio distraído que não percebi que tinha chegado. Peguei minha carteira no bolso, pegando o dinheiro, logo em seguida o entregando.

Abro a porta, saindo.

– Antes que fale algo, não lhe dei o valor errado, não desejo receber o troco, vá comprar um belo bolo e um presente para sua filha, passe o dia com ela, permita que ela possa sorrir no dia dela, mande os parabéns e diga que eu conheci o grande pai dela.

Me distancio aos poucos do carro tirando o óculos e a máscara. Me viro e aceno para o mesmo, vendo sua expressão de surpresa.


Sasuke OFF


"Nesta estrada eu ando sozinho

Eu quero brilhar nessa escuridão

Jogue seus paus e pedras

E daí se formos diferentes dos outros

Não se importe com nada"

[The Rose]


Notas Finais


Até mais! 🌱


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...