1. Spirit Fanfics >
  2. Rodrigo, o motoboy >
  3. Uma surpresa e tanto

História Rodrigo, o motoboy - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Uma surpresa e tanto


Passou uma semana inteira e eu estava quase um alcoólatra, de tantos pedidos de cerveja que eu fiz pra  cheirar o chulé do meu macho. O Rodrigo era bem malvado nesse sentido, em vez de permitir contato pelo WhatsApp, ele preferia causar esse sentimento em mim de esperar por ele nas entregas.

Chegou o sábado e eu queria minha entrega exclusiva de chulé. Esse era um dia de muito trabalho para o Rodrigo, o seu aumentava o grau do chulé dentro daquelas botas. Esperei a outra era e abri o app para chegar o carregamento de chulé. Não demorou muito e o Rodrigo aparecer buzinando no portão. Fui ansioso atender e já o convidei pra entrar, mas levei um fora.

- A essa hora, cara?  To cheio de entrega ainda, tenho que correr pra faturar. O depósito fecha 01:00h da manhã e vou ficar até o final. Fica com o app aberto e pede de novo às 00:59h.

Pedi desculpas e voltei pra dentro ansioso para chegar o horário que ele marcou. Aproveitei pra beber as poucas latinhas que eu pedi e fiquei fazendo uns trabalhos da faculdade.

Quando deu 00:30h eu já estava tão ansisoso que não largava o celular. A compra tinha que ser às 00:59h para garantir que seria o último pedido do dia, mas também não podia passar porque o depósito ia fechar e o app, que era a única forma de chamar o Rodrigo, ia parar de funcionar.

No horário combinado eu pedi 6 latinhas de duplo malte e fiquei epsernado meu macho chegar.

Para minha surpresa eu ouvi uma bizina diferente. Sim, eu já conhecia a buzina do Rodrigo. Na hora uma sensação de frio tomou meu corpo, mas fui abrir o portão.

Era o outro rapaz entregando um pedifo diferente. Eram 12 longneck da cerveja Becks (que até hoje eu nem experimentei). Eu já estava chatesdo pelo Rofrigo não ter vindo e meu pedido ainda vem errado.

- Não foi essa cerveja que eu pedi.

O rapaz logo respondeu.

- Essa foi a que o Rodrigo falou pra trazer.

Ainda tinha esperança de algo acontecer, mas continuei questionando.

- Ah sim, mas eu pedi 6 e aí tem muito mais.

Mais uma vez ele respondeu.

- Achamos 6 muito pouco, mas se você preferir eu levo de volta e aviso ao Rodrigo que não vai ter cerveja e que é melhor a gente ir beber em outro lugar.

- O Rodrigo está vindo? Perguntei esperançoso.

- Caiu outra entrega junto com a sua e ele foi fazer, mas daqui a pouco ele chega.

Eu não estava entendo nada e achei muito estranho aquele rapaz falando tanto comigo, ainda mais de uma forma que mostrava certa autoridade. Mas não ia fazer nada, afinal, se o Rodrigo decidiu está decidido e eu vou fazer do jeito dele.

Enquanto eu pagava pelas cervejas que meu macho escolheu, a moto do Rodigo virou a esquina e começou a se aproximar. Meu coração batia mais forte a cada segundo. Por fim ele parou já perguntando.

- Por que não convidou meu amigo para entrar?

Eu gaguejando respondi que não sabia o que era pra fazer, mas já emendei o pedido de desculpas em um convite. Estava muito nervoso e curioso com essa atitude do Rodrigo, porque eu não conseguia ler suas intenções

Não demorou muito para eu saber o que meu macho chulezudo estava aprontando. Enquanto eu colocava as cervejas na geladeira ele abriu o jogo.

- Você foi abrir o bico para o Marcos e agora ta fudido.

Eu gelei na hora, mas deixei ele terminar de falar.

- Ele ficou querendo saber porque eu demorava nas entregas aqui e me encheu de perguntas. Tive que abrir o jogo e ele se interessou, agora você tem dois machos para servir.

Eu fiquei muito nervoso com aquela situação e estava me tremendo. Como assim? Eu nunca nem falei com aquele cara... Só agora fiquei sabendo o nome dele e o Rodrigo já trouxe para ser meu segundo dono. 

Apesar de tudo, eu me entreguei a situação.

- Ok, mestre. O senhor sabe o que faz.

O marcos caiu na gargalhada. Acho que ele percebeu pelo "mestre" que o Rodrigo exercia forte poder sobre mim.

Se mostrando ser bem folgado, o Marcos sentou no sofá testando seus novos poderes.

- Bom, vamos ver como funciona isso aqui. Vai lá e pega cerveja pra a gente começar a beber.

Eu fui rapidamente e voltei com três garrafinhas, mas fui repreendido pelo Rodrigo.

- Meu amigo mandou tu pegar cerveja pra você?!  Hoje tu só vai beber cerveja reciclada.

De repente me veio um estalo e percebi como seria aquela noite. Pedi dedculpas abri as duas garrafas dos machos e devolvi a terceira garrafa para a geladeira. Quando voltei já me ajoelhei na frente dos machos e fiquei aguardando novas ordens.


.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...