História Rokuon-ch! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


HEYIAA! FANFIC NOVA! Os capítulos dessa fanfic sairão uma vez por semana, Okai? Espero muito que gostem dela ♡

Sobre ela; A temática dela é um pouco mais pesada, então garanto que terão momentos desconfortáveis. Mas lembre que isso é uma estória, e que eu não aceito e nem apoio nada disso. Pelo outro lado, e se historia vai ser bem doce quando quiser ^^

Enfim, falei demais. Fiquem com o primeiro capítulo! (E eu perdi a tradução, gomen).

Capítulo 1 - Sore Wa Fukanõ


Sakata

A câmera gravava o ambiente, enquanto nossos corpos suados estavam se colidindo. Estávamos no nosso clímax, em um roleplay de rape. Eu era o ativo, e Pusu o passivo. Resumidamente, ele estava fingindo que essa era uma situação que não gostaria de estar. Pusu era realmente um ótimo ator.

- Eu… eu vou te… denunciar! - Falava entre gemidos, fazendo uma voz trêmula.

- Veremos se continuará com essa idéia, se eu te partir no meio! - Respondi, penetrando com mais força. - Quer reclamar do serviço denovo? Pode reclamar. Mas terá as suas consequências!

- Ah! Tá doendo! - Gritou, com prazer no tom.

Enquanto isso, nosso amigo, Akatin. Rodava pelo ambiente, filmando. Ele também fazia parte dessa grande brincadeira, só que dessa vez ele escolheu ficar por de trás das câmeras mesmo.

- Você… nunca vai… s.. se satisfazer? Acabe logo com i… isso! - Disse, fazendo uma especial de choro falso, aquilo era muito excitante. - Você.… já go-gozou... ah... 2 vezes...

- Aguente firme, temos ainda a noite toda. - Falei, enquanto a câmera se aproximava de nós. Akatin deu o "ok" e a gravação acabou.

Sai de cima do Pusu, que me olhou aliviado. Fizemos um bom trabalho hoje, tanto eu quanto ele.

- Wow! Eu adorei o roleplay dessa vez, a história estava muito boa… mas será que da próxima, você pode penetrar com menos força? Minha bunda ainda tá doendo. - Brincou, colocando a mão em sua bunda.

- Foi mal. Da próxima eu pegarei mais leve. - Dei uma risada de leve.

Por trás das câmeras, eu diria que eu era um garoto bem fofo. Pusu era até que orgulhoso e mimado. E Akatin é sempre na dele, mas quando está gravando ou fazendo filmes com a gente, se solta e se torna alguém muito legal. Ou seja, 3 garotos diferentes, trabalhando juntos.

- Ótimo trabalho meninos, gostei muito. Aqui estão - nos entregou nossos roupões. - podem descansar, querem água ou alguma coisa? - Akatin perguntou.

- Hmm… eu não quero nada, e você Sakata-senpai? - Pusu olhou pra mim.

- Estou bem, não precisa se preocupar. - Respondi de maneira fofa, mas logo voltei ao tom sério. - Aka-san você já sabe um bom lugar pro próximo AV?

- Sim, o motel do centro de Hiyakuga. Soube que lá é um ótimo lugar pra gravar. Vamos amanhã mesmo. - Falou, se sentando na almofada da cadeira. Pegou e abraçou a mesma. - Quem vai ser quem no próximo Roleplay?

- Sakata será um Seme e eu um uke, óbvio. Vai participar dessa vez Aka-san? É chato sem você. O Saka é um bom chupador sim, mas você? Ha. Me deixa de perna bamba. - Pusu se abanou, fogo é o que não falta nele.

- Hey! Eu estou aqui ainda! - Falei, mal humorado. O que fez arrancar risadas de Pusu.

- Pode até ser. Cenar com vocês é legal, são bem proficionais. - Aceitou dando de ombros.

- Bom… agora vamos editar isso pra postar! Quero ver logo os comentários do vídeo. - Disse, pegando o laptop que se encontrava em uma mesinha de canto.

É então… começamos a editar. Depois, Akatin foi para nosso perfil no site "Pornpopcorn" , e foi ver os comentários mais recentes. Todos elogiavam nosso trabalho, e falavam muito bem dos gemidos. Nosso lema era; servimos aos nossos verdadeiros mestres, nossos fãs.

Era tudo conforme a rotina, desde o início… só que, as águas mudam. Sabe?

1 ~ day

Uratanuki

Agenda; Estudar para o exame? Confere. Arrumar meu quarto? Confere. Fazer hora extra… eu sabia que tinha algo faltando! Deveria ter recusado quando meus amigos me chamaram pra beber, meu chefe vai me matar! Eu tinha prometido que iria limpar os quartos restantes, mas parece que eu passei pra trás.

Nesse exato momento, eu estava correndo contra o tempo pra fazer uma pequena revisão. Antes de voltar ao motel. Precisava absorver tudo pra conseguir um bom resultado no exame, recebi um conselho muito especial de Sakata-senpai; "Não memorize a matéria toda, memorize o resumo final", e devo admitir que a idéia está dando certo.

- Terminei! - Gritei, me levantando da mesa. - Agora… se arrumar para o trabalho!

Coloquei meu terno, com minha gravata verde e uma blusa de frio. Vi os graus e soube que fazeria muito frio, então, como eu não posso pegar um resfriado, preciso me manter aquecido.

Fui até a entrada, olhei para as coisas uma última vez. E sai de casa. O pior é que nem consigo pensar em alguma desculpa, sou um garoto muito verdadeiro, dês de pequeno, nunca consigo mentir. Depois de alguns minutos de caminhada, cheguei no motel. Vários carros paravam para as pessoas descerem, metade eram sempre casais.

Entrei no grande motel e fui até a sala de limpeza, pra pegar os matérias. Ok, Urata. São 46 quartos pra limpar, preciso começar rápido.

Fui fazendo a limpeza, e tudo foi normal. Não encontrei meus amigos de trabalho e principalmente, meu chefe. Isso é muito bom.

Quando eu cheguei perto da 18° porta, comecei a escutar uns barulhos estranhos. Com certa desconfiança, coloquei minhas mãos na massaneta e abri. E eu acho que nunca vou esquecer esse cena; Sakata-senpai e outros dois homens, fazendo sexo.

- Sakata-senpai? - Sussurei, mas do mesmo jeito, isso chamou a atenção dos três.

Um se levantou e desligou a câmera que gravava tudo, e o que estava embaixo (antes sendo penetrado) olhou com desprezo pra mim.

- Urata-san? O que… - Antes que ele pudesse falar alguma coisa, eu saí dali. Isso que eu vi foi tão… nojento.


Notas Finais


Ahhhhhhh! Foi isso! Gostaram? Espero que sim!
Ansiosa pra postar o resto dos capítulos (tenho 3 já prontos ^^)

Um beijo enorme no seu coração e bye bye minnaaa ~♡!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...