1. Spirit Fanfics >
  2. Romance em Dó Menor >
  3. Música em Você

História Romance em Dó Menor - Capítulo 1


Escrita por: Brinis_

Notas do Autor


Salut, pessoal. Como estão? Espero que estejam bem ♥

Sempre quis escrever um conto que houvesse poesia no meio. Como é a primeira vez que fiz isso, não sei se ficou muito bom. Se puderem, me digam o que acharam, certo?

Música para acompanhar a leitura: Clair de Lune - Claude Debussy.

Espero que façam uma boa leitura. Abraços da Ternura ♡

Capítulo 1 - Música em Você


Vejo-a escrever, enquanto meus dedos tocam as teclas do piano. A melodia ressoa por todo o ambiente, crescendo e morrendo, distorcendo todo o espaço e parando o tempo, mas parece que nem tamanha grandiosidade consegue tocá-la. Me pergunto se algo conseguiria.

Se me tocar com essas mãos,

Se me beijar com esses lábios,

Se me amar com essa canção,

Serei apenas uma alma

Encantada com teu coração.

Ela era inalcançável de uma maneira poética. Ninguém iria transcrever com tanta intensidade, a beleza da vida e as tragédias do amor. Jamais alguém olharia para o cinza e enxergaria um arco-íris completo, mas ela era exceção à regra. Sua excentricidade, tornava-se inspiração para minhas composições.

Quando todas as notas estão na ponta de seus dedos,

Quando todas as melodias saem de você,

Quando todo silêncio é partido

Tudo é seu,

Inclusive eu.

A quietude tomava nossos lábios, as palavras dançavam ao redor dela e, as notas, apoderavam-se de minha alma. Mesmo que tudo ao meu redor se reduzisse a pó quando somente o piano eu via, conseguia vê-la presa em seu próprio um mundo cheio de poesia.

Envolto por um caos invisível,

Vejo a paixão caminhando por teu espírito

E vindo até meu peito

Como uma flecha atirada por um arqueiro.

Os meus dedos deslizam, inquietos, pelas teclas do piano e o meu olhar, vislumbra ela fitar o papel, o seu cabelo escorrega da orelha e a boca se abre soltando um som silencioso. É absurdo o quanto ela pode ser linda, mesmo sem a intenção. Seus movimentos mais simples, causam um impacto devastador em meu peito. Jamais me acostumarei com sua beleza tempestuosa, que torna minha calmaria, um tormento eterno. Um tormento mais que belo.

Se conquistas a mim com tua melodia,

O mundo pode ser sua eterna sinfonia

Assim como meu coração,

Que sempre lhe pertenceu.

Espero que o mundo

Te ame como eu.

Ela junta os papéis, levanta e caminha até o mim. Sem tirar os olhos dos meus, ela coloca o queixo apoiado nas mãos e os cotovelos na calda negra do piano. Respiro fundo e início uma nova melodia, digna de uma ouvinte tão linda.

Assim como as palavras, as notas dançam ao redor dela, pois até elas sabem que tudo fica mais bonito em volta dela. E enquanto todos os átomos do universo param para vê-la, ela centraliza toda sua alma para absorver verdadeiramente, a essência do meu tocar. No fim, ela era o arranjo mais que perfeito para um compositor apaixonado.

Quando a música acaba, o único som presente no lugar são as batidas de nossos corações. Ela senta ao meu lado e deita a cabeça em meu ombro, enquanto eu passo meu braço ao redor de seu corpo intocável. Sinto sua respiração lenta, vejo seu sorriso de canto e ouço sua voz dizer:

— Você tocou com muito amor hoje. Até as minhas palavras sentiram.

— Deve ser porque pensei em você. –Seguro seu rosto com as duas mãos e fitando o profundo de seus olhos, digo: — Pois você é minha melodia mais bonita.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...