História Romances De Uma Adolecente❤ - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Air
Visualizações 4
Palavras 664
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente altera hoje tá meio melancólico devido ao dia de hoje logo voces descobriram quando chegar o capítulo da história contando esse dia mas tentarei não transmitir para a história .

Capítulo 7 - Ele não desistiu no dia seguinte


Voltei pra minha diversão eu dancei muito e não sou dessas minas que bebê com desculpa à e pra perder a vergonha não bebo e não tenho vontade minha diversão e sóbria mas o garoto não ia desistir e eu já sei porque ele não parou de mim olhar um só minuto

Já era umas meia noite então resolver e pra casa támbem o som parou. Eu não vou, bebê, não vou fumar e não vou namorar não tem mas nada pra mim fazer aqui.

-Hinna partil.

-tá cedo Saky.

-Nada hoje já deu pra mim.

Eu dava tão descabelada que até eu se mim visse na rua diria que eu tava bebinha mas so que nao num tomei uma gota de alco.

Assim que sai na porta da casa  de Hina ouso uma voz.

-Hey já vai?

-Hai.  Sorrir eu queria ser gentio não queria acabar a noite mal. -desculpas por hoje cedo..

-A aquilo não tem porque.

-mesmo assim.

-você mora ali.? Perguntou aprontando pra casa ao lado.

-nani. Quer dizer mas ou menos. Meu pai mora ali.  Eu só passo o fim de semana aqui.

-A então ainda te vejo amanhã.

-não amanhã eu almoçar com minha mãe então vou mas cedo mas não é sempre as vezes só vou a noite e que ela quer conversar comigo.

-então só te verei daqui uma semana?

-e talvez.

-Então mim passa seu número pelo menos.

-Tá certo.

Ele mim entregou seu celular e eu salvei meu número.

-Desculpa preciso ir.

-tchau princesa.

-Boa noite.

 Fui tomar meu banho quentinho e ele foi longo engraçado ontem eu não tava nem aí pra esse garoto é porque ser a que não consigo parar e pensa nele?

Vestir minha camisola e deitei na cama adormeci pensando no garoto de cabelos loiros e sorriso cativante.

Despertei com meu celular desparando oito e trinta da manhã eu tinha que corre logo minha mãe mandaria alguém mim buscar. E lá vai eu corre pra tomar banho arruma mochila isso porque eu podia ter arrumado ontem mas fiquei na farra né.

Assim que fechei o zíper ouço alguém buzinar na porta.saiu e vejo um dos amigos De minha mae .

-Hai. SARUTOBI

-Sakura-Chan sua mãe mandou eu pega-lá aqui.

Eu não falei nada só entrei pegui minha bolsa meu pai não estava la então não mim despedir e partir não questionei o caminho eu achei que ele mim levaria a outro lugar mas eu resolver não falar nada. Ele mim levou pra casa e mesmo sem entender abrir a porta e entrei e lá estava minha mãe terminando de pôr a mesa.

-Dona Mebuki imaginei que nosso almoço juntas não fosse ser em casa.

-Então Saky e que te última hora o Sarutobi apareceu aqui e vai almoça conosco.

Eu nem perguntei do que ela queria conversar comigo deixei pra quando tivéssemos a sós. Fui ao meu quarto depositei minha bolsa na cama lavei minhas mãos e fui pra mesa onde estava minha mãe eu seu  Sarutobi.

Fiz minha refeição em silêncio eles vez ou outra falavam de algo mas foi bem tranquilo. Depois do almoço eu lavei a louça enquanto minha mãe dava atenção ao Iruzen ali presente quando acabei fui para meu quarto e peguei meu celular qual tinha duas ligacoes perdidas e assim que vi tocou novamente.

-Hai.

-Nem vou pergunta que sei que essa voz e mesmo de uma menina que tem lindos cabelos rosas 

-sim ela mesma quem fala.

-Nossa princesa não reconhece minha voz.

-Aaah Naruto-Kun. Falei enquanto corri para fecha a porta.

-Tudo bem princesa.?

-Sim e você?

-Estou melhor agora.

Ele falou é eu ouvir batidas na porta.

-Naruto podemos falar depôs minha mãe tá mim chamando.

-Claro depois falamos.

-Sim Dona Mibeku.

-Sakura eu não farei rodeios.

-que foi mãe. 

-Amanhã voltares pra Konoha.

-Sério mãe você é meu pai se acertaram?

-Não vamos morar só eu e você . Vamos ser muito feliz tenho certaza.

-Então tudo bem vou arrumar minhas coisas.

Comecei fazer a primeira mala e enta lembrei posha a aposta com a Rin. E sai correndo para ter com ela.

-Rin preciso falar-te. 

-Diga?

-Eu e você conseguimos dois correto.

-Sim.

-E se declaramos impatado e acabaremos com isso.

-pronto. Demos a mão e um sorriso de Vitória das duas




Notas Finais


Oiie . Tchau te o próximo kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...