1. Spirit Fanfics >
  2. Roqueiros - As Notas Do Amor >
  3. You're Not To Blame

História Roqueiros - As Notas Do Amor - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - You're Not To Blame


Fanfic / Fanfiction Roqueiros - As Notas Do Amor - Capítulo 13 - You're Not To Blame

SHOWNU

Eu sou acordado pelo toque irritante de um celular e eu tenho total certeza de que é o meu. Resmungando por ter que me desvencilhar de Yugyeom, eu me levanto e pego meu celular antes de me encaminhar para fora do quarto.

— Alô -

— EM QUE MERDA DE LUGAR VOCÊ ESTÁ HYUNWOO? - Afasto o celular do meu ouvido, apenas para ver o nome de Jungwoo no visor. — ME DIGA QUE VOCÊ JÁ ESTÁ A CAMINHO.

— Primeiro você abaixa esse tom pra falar comigo, porque eu não sou seu filho pra ficar escutando você gritar. - Digo para ele entredentes, deixando transparecer a minha insatisfação pelo seu tom de voz. — Agora civilizadamente, me diga para onde exatamente eu deveria estar indo.

— A coletiva de imprensa. - Ele bufa do outro lado da linha. — Eu lhe disse ontem antes de você embarcar.

— Merda ...

— Só esteja aqui em uma hora ok!?

A linha se torna muda e eu entro no quarto procurando não fazer barulho, mas Yugyeom se vira na cama, olhando em minha direção.

— O que aconteceu? - Apesar da pequena rouquidão em sua voz, ela não deixa totalmente o tom manhoso. — Quem ligou?

— Jungwoo me ligou agora, dizendo que eu preciso estar na sede da Starry Entertainment em uma hora, para a coletiva de imprensa. - Digo já me livrando das roupas que Yugyeom havia me emprestado para dormir. — Eu havia me esquecido completamente.

— Você precisa de alguma roupa? Eu posso pegar da nova coleção do Matthew. - Yugyeom se levanta, espreguiçando a preguiça para fora do seu corpo. — Tome banho aqui no meu banheiro, eu vou me arrumar no quarto do Tae.

— Engraçado que mesmo eu tento trago a roupa que vou usar, eu acabei me esquecendo da coletiva. - Me aproximo de Yugyeom, abraçando seu corpo, selando seus lábios rapidamente. — Você bem que podia tomar banho comigo.

— E você sabe que isso não daria certo. - Yugyeom se afasta, indo até o closet para pegar uma muda de roupa, antes de se encaminhar para fora do quarto. — Aliás... - Ele chama minha atenção ao abrir a porta novamente. — Nós só temos mais quarenta minutos.

Ele fecha a porta e sem perder tempo, eu corro para o banheiro, tomando uma ducha rápida, porém descente. No quarto, eu visto a roupa e coloco os acessórios que Kihyun separou para mim, antes de pegar o meu celular e sair para encontrar Yugyeom. 

Quando já estou descendo as escadas, ele sai da cozinha com uma garrafa de suco verde e frutas picadas em um recipiente de vidro. 

— Eu vou dirigir enquanto você come, okay!? - Ele me beija ao me entregar as coisas e se afasta antes que eu consiga aprofundar mais o ósculo. — Assim nós vamos acabar nos atrasando.

[•••]

Yugyeom deixa o carro na minha vaga no estacionamento da empresa, antes de corrermos para o elevador. Quando chegamos ao andar principal, encontro Jungwoo me aguardando do lado de fora da sala. 

— Você chegou em cima da hora, deixarei a sua bronca pra depois.

Entramos na sala e eu só tenho tempo de sussurar para Yugyeom se sentar ao lado de Kihyun, antes que Jungwoo me empurre para o palanque, onde os meninos já estão.

— Olá a todos! Sinto muito pelo atraso. - Digo a todos presentes antes de olhar em direção a Kihyun para me certificar de que Yugyeom está ocupando o lugar ao seu lado. — Daremos início a coletiva agora. 

Há algum motivo em especial para vocês solicitarem essa conferência de última hora? - Uma repórter se adianta com a primeira pergunta.

— Sim! - Respondo sem delongas. — Nós do 5 Seconds To Paradise, junto a autorização da Starry Entertainment, estaremos adiando a nossa turnê pela Ásia, mas a data do lançamento do novo mini álbum, ainda permanece.

Após assimilarem minha palavras, todos os repórteres iniciam uma onda de questionamentos, causando um grande alvoroço, fazendo com que Jungwoo precise intervir antes de me dar permissão para voltar a falar.

Vocês do 5 Seconds To Paradise, não acabaram de sair de um longo período de férias?

Ao meu lado, eu consigo ver Hoseok se retrair e eu preciso respirar fundo para não perder minha paciência com todos por estar causando desconforto a alguém que eu amo.

— Sim, nós acabamos de sair de um longo período de férias, mas essa decisão de adiar a turnê foi sugerido pela Starry Entertainment pensando no bem estar de todos os membros da banda. - Por baixo da mesa, eu alcanço a mão de Hoseok, dando-lhe um leve aperto para mostrar a ele que não está sozinho nessa. — Será um curto período, nada para se preocuparem.

Mas vocês acham que os fãs vão receber bem essa notícia?

Incrível como as pessoas conseguem ser inconvenientes até sem querer. Esse repórter conseguiu tocar no ponto mais doloroso para Hosoek.

— Eu tenho certeza de que nossos fãs vão nos apoiar, pois para eles, além das nossas músicas e shows, nosso bem estar é o mais importante. - Digo entredentes, tentando segurar a minha impaciência. — Bom... Era somente isso que tínhamos para falar, por isso encerramos aqui. Em nome do 5 Seconds To Paradise e da Starry Entertainment, nós agradecemos a presença de todos. Vocês podem se servir das guloseimas nos fundos da sala. 

Me levanto e antes de me encaminhar para a porta que dá acesso a sala de camarim fornecida pela empresa, eu vejo toda a confusão estampada no rosto de Yugyeom. Minha vontade é contar tudo a ele agora, mas infelizmente isso ficará para quando chegarmos em casa.

Deixo um suspiro escapar assim que me encontro dentro da sala de camarim. Quando ouço a porta ser aberta atrás de mim, eu abro meus braços, acolhendo Hoseok que na mesmo hora me aperta, sufocando seus dolorosos soluços em meu peito.

— Está tudo bem... 

— Me perdoe Hyung, e-eu realmente não queria isso....

Soluços mais fortes e altos fazem caminho para fora do seu peito, causando tremores em todo seu corpo, e eu só queria poder arrancar essa dor e culpa de dentro dele.

— Olha pra mim Seok... - Digo antes de afastar seu rosto do meu peitoral. — Você não tem culpa de nada, entendeu!? Nós não deixamos ninguém pra trás, você lembra!? Nós somos família e estamos aqui uns para os outros.

Jooheon que estava escorado na porta, agora faz seu caminho até mim, puxando seu irmão para abraça-lo. Enquanto olha pra mim, ele deixa transparecer o quão grato é pelas minhas palavras.

— Jooh... Você pode ir. - Changkyun que está na outra porta que dá acesso ao corredor, avisa a Jooheon de que ele poderia levar Hoseok. — Hyunwoo Hyung, você volta com a gente? 

— Não Chang, eu voltarei com o Yugyeom, nós viemos de carro. 

Com um aceno, eles deixam a sala apenas para ocuparem o elevador que fica a poucos metros a frente.

— Você quer conversar? - Yugyeom se aproxima, tomando uma de minhas mãos na sua, enquanto eu dou uma resposta negativa a sua pergunta. — Vamos indo então... Você precisa descansar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...