História Rosa Carolina - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Ambre, Armin, Kentin, Lysandre, Personagens Originais, Rosalya
Tags Amor Doce, Armin, Castiel, Docetes, Hot, Lysandre, Nathaniel, Romance
Visualizações 12
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello! Voltei com um capítulo curtinho, mas escrito com muito carinho especialmente para você. Aproveita!

Capítulo 18 - Apenas diga


Fanfic / Fanfiction Rosa Carolina - Capítulo 18 - Apenas diga

GUEN, segunda-feira

Sinto minhas pernas tremerem enquanto fico encarando a porta do grêmio estudantil. Eu poderia simplesmente não ajudar Nathaniel hoje mas eu estou com uma papelada que levei por engano comigo na sexta. Quer saber? Não vou deixar um beijinho atrapalhar no que devo fazer, a coragem nunca me abandonou e não vai ser agora que isso acontecerá.

Giro a maçaneta e abro a porta rapidamente, num movimento brusco. E lá está o loiro, guardando alguma coisa em uma gaveta. Ele se vira. Quando me vê, seu rosto ganha uma expressão séria e ele volta ao que estava fazendo.

Vou continuar mantendo esse silêncio, talvez assim eu possa evitar ter que ficar nessa sala por hoje, sem ter que falar com ele.

Abro minha mochila e retiro a pasta intacta com as folhas organizadas e coloco elas em cima da mesa. O único barulho que eu ouvia era do zíper da mochila. Depois disso, fiquei ali, parada olhando para o nada. Nath provavelmente fazia a mesma coisa.

Eu tô muito confusa, eu sinto uma coisa que nunca alguém me fez sentir, e isso...Cara, eu não acredito que estou com medo de uma coisa tão pequena. Medo de me apaixonar mais do que já estou, de me entregar assim para alguém. O amor não é o meu forte, eu costumava brincar com o sentimento dos garotos que se aproximavam de mim mas agora...nossa, o que você foi fazer comigo, Nathaniel?

Parece que ele também se sentia assim, ou apenas estava arrependido do que aconteceu e quer apenas esquecer. É, parece que a coragem me abandonou ali.

Decido que já estava na hora de ir, dou uma última olhada para trás, apenas para saber se ele olhava de volta. "Esquece, Guen. Você sabe que amor é uma fraqueza".

Ajeito a mochila nas costas e caminho para sair, eu fiquei tão nervosa que acabei tropeçando no pé de uma cadeira e caindo com tudo no chão.

NATHANIEL

O que eu estou fazendo? Planejei toda a conversa que eu teria com ela hoje e quando a vejo eu simplesmente...congelo.

Continuo mexendo e remexendo as folhas na gaveta. Guen não faz nenhum gesto, parece até que não está mais ali.

De repente, escuto um barulho de cadeira arrastando no chão, em seguida, de um tombo. Viro-me.

- Merda!- Guenevive esbraveja, puxando a mochila que acabou presa na cadeira após a queda.

Me aproximo rapidamente para ajudar, ela conseguiu se soltar e eu a tirei do chão. Ainda segurando seu braço quando Guen se recompôs.

- Você tá bem?- pergunto tentando olhar em seus olhos escondidos pelos cabelos negros.

- Aram.- disse ela, brevemente. Ficamos parados durante alguns segundos, até que eu decidi agir.

- Guen, eu não consigo ficar nesse silêncio.- falo, tirando as mechas de cabelo da frente de sua face para poder observá-la.- Preciso te falar o que sinto.

GUEN

- Apenas diga.- digo rapidamente, mal conseguindo respirar direito. Meus olhos fitavam os dele, suas mãos ainda em meus cabelos. Estou nervosa.

NATHANIEL

- Apenas diga.- Guen não parecia estar muito confortável, isso não me encoraja muito mas agora que lancei a bomba tenho que deixar explodi eu estava certo, tudo mudou depois que você apareceu. Não sei ao certo quando comecei a me apaixonar, mas quando percebi que estava gostando de você...fiquei tão confuso e não sabia ao certo se você sentia o mesmo. Por isso não reagi quando nos beijamos pala última vez.- falo, minha mão caí sobre seu ombro, Guenevive está com o maxilar trincado, os olhos fundos e escuros ainda me encaram.- Quando você me olha nos olhos, como você fez naquela noite, tenho cada vez mais certeza do que estou sentindo por você agora. Pode parecer cedo,mas, bem, isso parece tão certo, porque parece tão certo apenas te ter aqui ao meu lado.

GUEN

Eu nunca ouvi algo parecido com isso. Estou tão nervosa como percebo que Nathaniel está, ele me olha com apreensão. Nada que eu diga vai superar o que ele me disse agora. Então como diz aquele famoso ditado que eu ODEIO: Um beijo vale mais que mil palavras.

NATHANIEL

Ela não diz nada, provavelmente está pensando em uma maneira de não me magoar muito quando disser que não sente o mesmo.

- Olha eu...- começo a falar, mas sou interrompido pelos lábios de Guen que se chocam contra os meus com rapidez. Ela me beijava como se esperasse aquilo a muito tempo, suas mãos agarravam meus cabelos enquanto eu ficava sem saber o que fazer direito, ainda surpreso. Retribui o beijo com o mesmo entusiasmo, segurando sua nuca com uma mão e com a outra, explorava as costas e a cintura dela.

Sem nem perceber, eu acabo encostado na parede, aos beijos com Guenevive. Ela termina o beijo e ainda com seu corpo contra o meu, ela falou.- É, isso definitivamente parece muito certo para mim também.- ambos sorrimos um para o outro timidamente, voltando a colar nossos lábios.


Notas Finais


Gostou do ep especial para o casal Nathanevive? Eu sei, sou péssima criando shipps. Beijooos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...