História Rosa não é minha cor - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Amor, Rosa Não É Minha Cor
Visualizações 3
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


T.A.T.U. - Not Gonna Get Us
❤❤

Capítulo 10 - O Sonho


Durante toda a limpeza da casa, eu permanece em silencio, não acredito que Emma ainda pensava na possibilidade de reatar com a Tais, não que isso seja da minha conta, mas algo dentro de mim não quer ver ela com Tais, e com ninguém. Carolina permaneceu no seu quarto, mesmo após o irmão de Bryan ter saído, depois minha mãe pensa que eu sou a má influencia, na verdade eu sou a casula e seria estranho eu ser a má influencia.

Apesar de ter cuidado de Bryan na noite passada ainda não esqueci do suposto interesse de Jessie por ele, tremendo garanhão disputado por Carol e Jessie, o que não duvido nada que ele goste dessa competição, apesar que suspeito que ele permite para me causar ciúmes aos quais eu finjo senti-los.

E logo vejo-me em um muro próximo a residência dos pais de Emma o que parecia estar esperando por ela, e a mesma logo surgiu vinda do jardim usando uma calça preta, uma jaqueta de couro preto alias e seus cabelos rosados presos com um coque, seus lábios finos e por incrível que pareça rosados e em seus dedos o restante do que seria um cigarro Black sabor menta onde ela o jogou no chão apagando-o com a sola de seu ténis em um piso apenas, e a cada passo dela em minha direção sinto-me ofegante, as mãos soam, minha boca fica seca e tenho a sensação que meu coração ira saltar pela boca a qualquer momento, ela se aproxima e me puxa para junto ao seu corpo e nos beijamos, algo quente e envolvente que me incendeia por dentro, mas ouço uma voz a me chama...Susana...Susana..SUSANA! ME levanto em assustada, sem entender aonde estou e apos alguns minutos me dou conta que tudo foi um sonho e eu estava dormindo no sofá da sala, e reparo que Emma esta na minha frente sem entender o porque de eu estar olhando para ela.

_Esta tudo bem?

_Sim, eu...me desculpe Emma

_Pelo o que?

_A...eu...-parecia muito real foi um sonho mesmo ou não? - Estava sonhando algo estranho apenas.

_Parecia sem ar, achei melhor acorda-la apesar de tu ter me chamado

_Chamei? Nem reparei

_Bom tenho que ir

_ Tudo bem, eu te acompanho - levo ela até a beira da rua, e não consigo parar de pensar no sonho que tive, e ficar olhando para aqueles lábios diante de mim, quando a abraço olho fixamente dentro de seus olhos dos quais não parecem compreender o que estou fazendo nem eu mesma sei, quando aproximo mais perto de seu rosto, escuto a voz de Bryan a me chamar e me afasto rapidamente e ele chega em seguida, e noto que Emma me encara sem entender.

_Susan! Aonde você?- Bryan

_Já irei, apenas estou me despedindo de ...

_Tenho que ir,  irei encontrar com Tais - ela ainda me encara

_Claro! Tais... - não consigo olhar para ela, onde eu estava com a cabeça - Bryan pode nos dar um minuto - ele retorna par adentro da casa - Olha Emma, me desculpa ok?

_Quer me dizer algo?

_A...E o que você decidiu?

_Voltarei com ela, Susan pelo menos pretendia

_È serio isso?

_Me de um motivo para não voltar - ela me olha como se esperasse que eu dissesse "fique comigo Emma", mas nem sei o porque fiz isso pode ser uma reação do sonho que tive.

_Acho que deveria ir encontra-la

_Ta bom

_Me desculpe, pelo...

_Não sei do que esta falando Susana

Retornei para casa ainda sem acreditar no que estava dando em mim, porque tentei beija-la, não é possível que isso era apenas uma reação do sonho, mas porque eu sonhei que estava beijando-a e não a Bryan, era em ele que eu deveria estar pensando.  Fomos assistir um filme do qual eu não estava prestando a mínima atenção, não conseguia para de pensar no sonho, e na minha louca tentativa de beijar Emma, que droga pare de pensar nela não foi nada isso não é nada esta ficando louca Susana, você é apaixonada por Bryan, esse cara ao seu lado. Na despedida após nós beijarmos, foi algo estranho, não sentia minhas mãos soarem, nem algo me queimar por dentro, consegui sentir algo denso por ele um dia mas tudo parece desaparecer aos poucos desde a chegada de Emma em minha vida, eu preciso saber o porque disso, e enquanto beijávamos apenas duvidas e mais duvidas borbulhavam em minha mente.

_O que foi Susan?

_Nada!

_Está distante, o que eu beijo mal assim?

_Não! Claro que não.

_Uma coisa que passou pela minha cabeça, queria que me esclarecesse.

_Claro, o que?

_Você beijou Emma?

_Eu?...e Emma?

_Tive essa impressão hoje

_Não Bryan, claro que não, somos amigas apenas isso

_Mas ela gosta de garotas né?

_Sim! Mas isso não tem nada haver, e ela retornou com a Tais, estávamos ensaiando como ela iria dizer para Tais, por isso estávamos um pouco próximas, mas nada além disso

_A ok...

_Você me conhece desde pequena se eu fosse do time, você seria o primeiro a saber

_Mas sou seu namorado lembra?

_Você é? - quando disse isso, ele tirou do bolso uma caixinha de veludo preto, e a estendeu a mim ao abrir havia duas alianças de prata

_Se você aceitar?

_Claro!

"Porque eu disse claro? Susana o que você esta fazendo, não adiantara correr dos seus sentimentos, se escondendo dentro de um relacionamento com Bryan. Eu sempre esperei por esse momento, e será que estou me escondendo? Devo deixar tudo acontecer e me afastar um pouco de Emma, ela me confundi sobre todas as certezas que eu tinha, e depois de hoje nem sei se conseguirei olhar para ela normalmente."

 

Fico em meu quarto ao olhar para o teto pensando e procurando respostas para todas as minhas perguntas, e por mais que eu procure não encontro nenhuma cabível.

Me direciono até a escrivaninha onde meu celular se encontra, visualizo algumas mensagens de Emma, mais do que ela costuma a me mandar mas coloco a playlist da banda Queen.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...